Saiba como abrir uma conta bancária em Portugal.

Abrir conta bancária em Portugal

Portugal  / 

Se você pretende morar fora do Brasil, é importante saber como abrir uma conta bancária em Portugal, pois você vai precisar dos serviços bancários e a Euro Dicas vai te ajudar a entender como abrir uma conta no país.



Bancos de Portugal

Em qual banco abrir a conta? Depende. Depende porque varia de pessoa para pessoa e do gosto de cada um. Alguns preferem bancos privados e outros optam por bancos públicos. Abaixo você encontra a lista de todos os bancos que atuam em Portugal:

Documentos para abrir uma conta bancária em Portugal

Depois de decidir em qual instituição você vai abrir sua conta bancária em Portugal, você vai precisar dos seguintes documentos:

  • Bilhete de Identidade (B.I.) ou Cartão de Cidadão;
  • Passaporte no caso de cidadãos estrangeiros;
  • NIF (Número de Identificação Fiscal) para quem não tem Cartão de Cidadão;
  • Comprovante de endereço (fatura de água, luz ou contrato de aluguel);
  • Recibo de vencimento ou Cartão Profissional.

Conheça todos os documentos necessários para morar em Portugal.

É necessário depositar algum valor para abrir conta?

Sim, dependendo do tipo de conta e da instituição bancária é necessário depositar algum valor. Por exemplo, para abrir uma Conta Mundo 123 no Banco Santander Totta, é necessário depositar, no mínimo, € 150 (euros). Já no caso do BPI, para abrir uma Conta à Ordem, o montante mínimo que deve ser depositado é de € 100 (euros).

Serviços online dos bancos portugueses

Cada banco possui diferentes possibilidades de serviços online. Ainda no caso do Santander Totta e do BPI, as instituições disponibilizam um aplicativo que pode ser baixado para o telefone celular e ainda possuem sites onde todas as operações podem ser realizadas com login e senha de usuário.

Cartão de Crédito

Depois de ter algum tempo de conta aberta e, dependendo da sua movimentação financeira, é possível solicitar um cartão de crédito para o banco onde você abriu uma conta bancária em Portugal. Raramente eles vão lhe oferecer o cartão de crédito, mas você pode solicitar se for do seu interesse.

Uma grande diferença entre os bancos de Portugal e do Brasil, por exemplo, são as taxas cobradas nos juros dos cartões de crédito no país europeu. A média é de 17% ao ano (ANO) em Portugal, já no Brasil essa média é mensal (15% no Banco do Brasil – dependendo do tipo de conta – por mês = 180% ao ano).

Bancos para estudantes

Estudantes universitários podem abrir uma conta bancária em Portugal na Caixa Geral de Depósitos. Esse banco é equivalente, no Brasil, a Caixa Econômica Federal e tem algumas vantagens para quem está abrindo a conta pela primeira vez na instituição e é estudante.

Além dos baixos custos de operação, é possível solicitar um cartão de crédito e os limites iniciam em 150€, mas podem aumentar conforme a conta movimente montantes maiores.

O ActivoBank também é bem famoso entre os estudantes, por que além de não cobrar nenhum tipo de taxa para gestão da conta, atende em horários flexíveis nas agências.

Saiba como estudar em Portugal de graça.

Cheques em Portugal

Apesar de a utilização de cheques estar (quase) em desuso, ainda é possível solicitar cheques na instituição bancária de Portugal onde você vai abrir sua conta. O processo é semelhante do Brasil e as folhas de cheque são impressas nos caixas automáticos de auto-atendimento.

Horário de Atendimento dos bancos em Portugal

O horário de atendimento dos bancos em Portugal é das 8h30 às 15h, nos dias úteis. Porém, existe uma rede nacional de caixas eletrônicos que permitem o saque de dinheiro 24 horas por dia, inclusive nos feriados e aos finais de semana. Em Portugal é identificada como MB (Multibanco).

Curiosidades dos bancos em Portugal

Quando você for abrir uma conta bancária em Portugal, se ela não for online, você necessariamente vai visitar uma agência e começará a se surpreender já na chegada. Na porta da agência bancária não existe porta-giratória e você não precisa abrir bolsa ou quase se despir para que o equipamento não barre a sua entrada. Em Portugal a porta dos bancos é de vidro simples.

Além disso, você não verá nem um segurança armado. Claro, a questão da segurança é resolvida com câmeras e só. Para sacar dinheiro (em Portugal se diz “levantar dinheiro”, pois sacar é equivalente a roubar), você pode ir a um caixa eletrônico, de dia ou de noite, no meio da rua. Os equipamentos, geralmente, estão instalados em fachadas de prédios e lojas, virados para a rua.

No começo causa um certo estranhamento, mas logo você se acostuma e entende que, por conta da segurança do país, é normal que se levante dinheiro sem olhar para trás e sem medo, no meio da rua mesmo.

COMPARTILHE

Amanda é jornalista brasileira e faz Mestrado em Ciências da Comunicação em Braga, Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.