As melhores cidades da Itália para se viver

Itália  / 

Viver na Itália está nos planos de muitos brasileiros. Seja pela intensa colonização italiana no Brasil, seja pela proximidade parental ou até mesmo pela curiosidade de morar em um país que é reconhecido mundialmente por sua cultura exuberante e influência em diversas partes do planeta. Escolher a cidade onde vai morar é tão importante quanto escolher o país, por que cada cidade tem seu estilo, vantagens e desvantagens.

Conheça as 7 e melhores cidades da Itália para se viver

Florença
Piazza del Duomo em Florença
A maior cidade da região da Toscana tem cerca de 380 mil habitantes. Com uma área metropolitana que supera a população de 1 milhão de pessoas, já foi tida como a capital da moda e se tornou mundialmente famosa por ser a cidade natal de Dante Alighieri, autor de Divina Comédia. Com uma economia forte, a cidade de Florença abriga a fábrica da Gucci e tem nos têxteis muita referência.

Gênova
Com quase 650 mil habitantes, a cidade italiana de Gênova também é um bom lugar para se viver na Itália. Com sua economia aquecida devido ao porto, nos arredores da cidade é possível encontrar diversas metalúrgicas, indústrias químicas, de cimento, papel entre outras. Também é considerada o centro comercial de duas importantes regiões agrícolas do norte da Itália.



Bolonha
Considerada uma das cidades mais importantes da Itália, abriga a universidade mais antiga da Europa, fundada em 1088, que é a Universidade de Bolonha. Com mais de 100 mil estudantes vivendo na cidade, é um pólo efervescente da cultura e da juventude. Tem sua economia atrelada às indústrias e claro, ao grande número de estudantes naquela região sendo um bom lugar para se viver na Itália.

Turim
Turim está entre as melhores cidades da Itália
Com quase 1 milhão de habitantes, a cidade no norte da Itália fica na região Piemonte. Sede da FIAT, sediou em 2006 os Jogos Olímpicos de Inverno e tem uma grande área industrial. Além de ser a sede de outras grandes corporações, sedia a rede de televisão RAI e é a sede do Museu Nacional de Cinema.

Nápoles
A cidade, mais ao sul da Itália, também tem um grande contingente populacional. Vivem, atualmente, mais de 1 milhão de pessoas em Nápoles e sua região metropolitana abriga mais de 4 milhões de habitantes. Sua economia se baseia no turismo e na produção de alimentos e é uma das cidades mais baratas para se viver na Itália.

Milão
Com mais de 1,3 milhões de habitantes, Milão tem a região metropolitana mais populosa da Itália. Considerada um dos principais centros financeiros da Europa, é sede da Bolsa de Valores do país e, ao lado de Paris, uma das capitais da moda no mundo. Considerada uma das cidades mais ricas da União Europeia, Milão deve ser considerada por quem pretende viver na Itália.

Roma
Roma, a mais importante das cidades da Itália
Localizada no centro da Itália, é a capital do país. Com quase 3 milhões de habitantes, é considerada um dos motores da União Europeia. Nela você encontra as principais instituições do país, inclusive o Vaticano, e sua economia é diversificada, porém com especial atenção ao turismo. Se está pensando em viver na Itália, não deixe de considerar Roma.

Não se esqueça de ver qual é o Custo de vida na Itália, para ter uma noção de quanto gastará por mês morando na Itália. Veja também nosso guia de Como trabalhar na Itália para entender como funcionam os vistos de trabalho e quais são os salários e os melhores sites para procurar emprego na Itáia.

COMPARTILHE

Erick é luso-brasileiro, aos 21 anos mudou para a Europa e dedica parte do seu tempo para ajudar outros brasileiros realizarem o sonho de viver na Europa. Mora atualmente em Portugal, trabalha com tecnologia e é fundador da Euro Dicas.

Posts Relacionados

Que a Itália faz parte do nosso imaginário nós sabemos, mas já pensou ter a oportunidade de estudar...

Dizem por aí que o português inventou a burocracia, então veio um italiano e aperfeiçoou. Começo o...

Muitos brasileiros querem viver na Europa em busca de uma vida melhor, com mais segurança e...