Como estudar na Itália

Itália  / 

Que a Itália faz parte do nosso imaginário nós sabemos, mas já pensou ter a oportunidade de estudar na Itália e ainda sair de lá com um certificado? Então comece a imaginar porque é possível.

Estudar ou “passar um tempo” em qualquer país europeu pode ser fantástico, na Itália pode ser inesquecível. Claro que com uma riqueza cultural exuberante e com a história estampada em tudo que vemos, a experiência de estudar na Itália pode nos tornar melhores cidadãos.

É possível embarcar nessa aventura por conta própria ou através de agências especializadas. Leve em consideração que a “trabalheira” que você não quer ter para procurar a instituição de ensino, verificar a documentação exigida, vistos de permanência e etc deverá ser paga para que alguém tenha. Se você quiser fazer o processo sem ajuda de ninguém, faça com tempo e calma. Nunca esqueça que correria e Itália são coisas inversas, não combinam.

Estudar na Itália: por conta própria

Comece pesquisando as instituições de ensino e quais as exigências para estrangeiros. Lembre-se de verificar todos os detalhes e mantenha-se atento aos prazos. Deixe toda a documentação em ordem, começando pelo passaporte e terminando nos documentos traduzidos e chancelados pelo consulado da Itália no Brasil. Você encontra mais informações lendo o os primeiros passos para morar na Itália

Estudar na Itália: agências de intercâmbio

Tudo vai depender de quanto capital você tem para a sua aventura. Como dito anteriormente, o trabalho que você não quer ter precisa ser pago para quem quer, então encontrar agências especializadas não é difícil. Vale a pena, mas custa dinheiro. Tendo em mente que o trabalho que você não teve precisa ser pago a alguém, acredite, você não irá se decepcionar.

Tenha cuidado na hora de escolher, dando preferência para as com mais tempo de mercado, e consulte sites de reclamações para ver a reputação da agência. Tudo que você não quer é ficar sem suporte quando estiver fora do país e surgir um problema.

Estudar na Itália: bolsas de estudos ou programas do governo

É possível estudar na Itália através de bolsa de estudo ou de iniciativas do governo brasileiro. Claro que o fator crise, que está no início da ebulição no Brasil, está complicando a vida dos estudantes brasileiros que dependem das bolsas de estudo do governo.

Por conta de cortes no investimento da educação, muitos bolsistas ficaram sem receber as verbas do governo e há indícios de que 2017 será um ano complicado para quem pretende ingressar com pedidos de bolsa. O importante é se informar, acessar o site da Capes, ir atrás na sua universidade de parcerias e alimentar o sonho. Dá trabalho e é bem puxado, mas vale a pena.

A experiência de morar na Europa pode fazer você se tornar outra pessoa. Além de abrir os horizontes, as amizades que serão construídas e as oportunidades que surgirão darão a você outra visão de mundo. Isso sem falar da bagagem cultural que você carregará para o resto da sua vida. E aí, está esperando o que para começar a planejar o seu intercâmbio e realizar o sonho de estudar na Itália? Se joga e boa sorte!

Antes de pensar em estudar na Itália, veja o custo de vida na Itália para se preparar financeiramente.

COMPARTILHE

Amanda é jornalista brasileira e faz Mestrado em Ciências da Comunicação em Braga, Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.

Posts Relacionados

Dizem por aí que o português inventou a burocracia, então veio um italiano e aperfeiçoou. Começo o...

Viver na Itália está nos planos de muitos brasileiros. Seja pela intensa colonização italiana no...

Muitos brasileiros querem viver na Europa em busca de uma vida melhor, com mais segurança e...