Intercâmbio na Espanha, saiba como fazer e algumas dicas importantes.

Intercâmbio na Espanha

Espanha  / 

Aprender espanhol sempre esteve em segundo plano, principalmente, entre estudantes brasileiros, que davam prioridade em assimilar a língua inglesa.

Fazer intercâmbio na Espanha

Nos últimos anos, o número de brasileiros interessados em conhecer o segundo idioma mais falado do mundo, simplesmente, disparou. A nível mundial, somos os segundos colocados, com mais de seis milhões de estudantes da língua de Cervantes.

O principal motivo tem sido os convênios entre Universidades brasileiras e espanholas e os programas de intercâmbio entre os dois países.

Já escrevemos um texto sobre as melhores universidades da Espanha, veja quais são!



Aprender a falar espanhol sem gastar muito

Sempre imaginamos que para realizar estudos fora do Brasil é preciso desembolsar rios de dinheiro e que somente um público restrito pode bancar essa experiência.

Entretanto, existem algumas formas de aprender um novo idioma fora do Brasil, sem comprometer o orçamento. Vejamos!

Saiba quais são as melhores maneiras e algumas dicas para aprender espanhol.

Intercâmbio entre Universidades na Espanha

Essa é uma das formas mais utilizadas por aqueles que não podem custear estudos fora no Brasil, já que normalmente esse período de capacitação na Espanha acontece através de programas de bolsas.

Muitos desses projetos,oferecem intercâmbio de cursos de espanhol e cultura espanhola ou até mesmo a nível de graduação, pós, mestrado e doutorado.

Programas com bolsa de estudos

Com as despesas pagas, e auxilio financeiro para custear a vida na Espanha, essa é uma oportunidade única e inesquecível para os escolhidos.

Convém deixar claro que é necessário que os candidatos tenham um ótimo expediente escolar e muito interesse em desenvolver projetos acadêmicos a nível social.

Entre os programas existentes com mais credibilidade, podemos citar, o da Fundação Carolina e as bolsas de estudos oferecidas pelo Santander Universidades.

Intercâmbio na Espanha por conta própria

Apesar de poder estudar espanhol em países ao lado do Brasil, muita gente opta em vir para a Espanha. Os encantos da Europa atraem cada vez mais brasileiros, mas escolher um intercâmbio por conta própria não é para qualquer bolso.

Comparar preços, buscar por cidades e escolas, lugar para ficar, e toda a burocracia que implica estar uma temporada fora do Brasil deixa qualquer um de cabelo em pé. Por isso, um punhado de paciência vai ser essencial.

Conheça as 7 melhores cidades da Espanha para morar.

Atenção aos custos e duração da estadia

Com a queda do real em relação ao Euro, por exemplo, pagar um curso de quatro semanas no país pode sair bem caro.

Vale lembrar que para estadias inferiores a noventa dias, brasileiros não necessitam solicitar visto, ainda que estejam no país por motivo de estudos.

Você pode conferir os tipos de visto para a Espanha.

Intercâmbio na Espanha por agências

Evitar burocracias e facilitar o tão sonhado intercâmbio na Espanha é a proposta de muitas agências. E nesse caso, existe um programa para cada perfil de cliente. Dos que podem pagar por um ano de curso aos que só podem estar no país por duas semanas.

A oferta é bem variada e os preços também. Nas cidades de Madri e Barcelona, costumam ser bem mais caras do que intercâmbios em outras cidades espanholas, como na região de Andaluzia ou Comunidade Valenciana.

O preço médio gira em torno de cinco mil reais, incluindo os gastos básicos: seguro de saúde, curso e alojamento.

Dicas Importantes

Todas as Universidades públicas espanholas oferecem curso de espanhol (em vários níveis) durante o verão e também no inverno. Isso supõe um custo beneficio importante. Além de estudar em Instituições renomadas, você consegue economizar alguns euros.

Cursos durante o verão sempre serão mais caros do que nas outras estações do ano. É a alta temporada no país e a estadia costuma pesar muito no orçamento.

Busque por outras cidades. Madri e Barcelona estão a um passo, de avião ou em trem. Você pode economizar no curso e gastar conhecendo o país.

O alojamento é quase sempre a parte mais cara de um intercâmbio na Espanha. O Ideal é buscar apartamentos compartilhados com outros estudantes, que também estejam aprendendo espanhol.

Também já escrevemos sobre o clima na Espanha.

Vantagens de aprender o Espanhol

  • É o segundo idioma mais falado no mundo;
  • É fácil de aprender. Basta dedicação e disciplina;
  • Potencializa seu curriculum profissional;
  • Você expandirá seu horizonte, mergulhando em outras culturas.

Não deixe de ler o nosso guia sobre onde fazer cursos de Espanhol.

COMPARTILHE

Taiana é brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilha no seu blog Partiu Espanha roteiros, dicas e as impressões de viver no exterior.