Mochileiro na Europa

Turismo na Europa  / 

A palavra que mais gostamos de ouvir é férias. Claro, momento de desencanar, de sair por aí sem compromisso, de não ter hora para dormir e de acordar quando bem entender. Férias e viagem pode ser uma combinação atraente para muitas pessoas, mas muitas dúvidas aparecem nessa hora.

Viajar com agência de turismo? Viajar sozinho? Será que vai dar certo levar mala ou é melhor ir de mochila? Por experiência própria te digo: viajar com mala é bom, mas de mochila é inesquecível.

Ser um mochileiro pode ser uma experiência de vida, principalmente quando outros tantos mochileiros vão se cruzando e se encontrando. Uma viagem bem planejada pode ser legal, mas uma viagem improvisada tem lá suas vantagens, porém não saia cometendo loucuras nas suas férias.



O planejamento do mochileiro

Ter em mente o caminho que irá fazer, buscar informações sobre hábitos e costumes, moeda e documentação quando a viagem é para fora do Brasil, são passos essenciais em uma viagem de mochila nas costas.

Planejando sua viagem
Decidir o destino é um excelente começo. Depois do local, quantos dias você pretende permanecer por lá irão lhe dar bases para um planejamento. Na Europa, por exemplo, você gastará em média 70 euros por dia para dormir e fazer as três refeições. Em países da América do Sul os valores são menores, porém com o nosso real desvalorizado, contar as moedas pode fazer a diferença na hora da viagem de férias.

Enchendo a mochila
Carregador de celular, protetor solar, dinheiro, capa de chuva e roupas confortáveis. Viajar no estilo mochileiro requer abrir mão de luxo, mas não quer dizer que sua viagem não possa ser confortável. Pense que tudo que você está colocando na mochila será carregado por você mesmo, então menos é sempre mais. Coloque o essencial e deixe sempre espaço para aventuras, coisas inesperadas, amizades inesquecíveis e momentos de intensidade no nível máximo.

Uma dica é nunca deixar que o peso da mochila seja maior do que 10% do seu peso. Um adulto de 75kg, não deve carregar uma mochila com mais de 7.5kg, para que posso andar e viajar confortavelmente. Se quer fazer um “mochilão“, invista numa boa mochila, vai fazer toda diferença na sua viagem.

Mochila ou Mala
Vai de cada um, mas são duas formas totalmente diferentes de viajar. Mala tem espaço e não é você quem carrega, mochila é feita para ser levada nas costas e suas roupas saem amarrotadas de dentro. Você não verá com facilidade alguém indo fazer um cruzeiro no estilo mochileiro, até porque a tal “noite de gala” teria que ser feita com um vestido ou terno meio amassadinhos. Nada contra quem viaja com malas, mas viajar de te dá a oportunidade de ir de um jeito e voltar de outro, totalmente diferente.

Viajar é sempre bom, mas viajar de mochila é para sempre. Encontrar outros mochileiros pelo caminho te farão entender que aquela lembrancinha pesada ficará para outro dia e que as melhores lembranças são sempre melhor guardadas no coração e na memória. Vá, coloque as coisas na mochila e saia pelo mundo. Você não vai se arrepender e na pior das hipóteses, voltará melhor do que foi.

COMPARTILHE

Amanda é jornalista brasileira e faz Mestrado em Ciências da Comunicação em Braga, Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.

Posts Relacionados

Amsterdã é uma das capitais mais incríveis da Europa, por isso ela precisa entrar no seu roteiro de...

O Fórum Romano está localizado no centro da cidade de Roma, capital da Itália. Foi, ainda na época...

Conhecer a Itália de perto está nos planos de muitos brasileiros e visitar Roma mais ainda. Quem...