Worldpackers, saiba o que é, como funciona e se vale a pena.

Worldpackers, o que é e como funciona

Europa  / 

Muito provavelmente você já tenha sonhado em morar fora, mas por falta de grana e condições possa ter deixado a ideia de lado.

Porém, hoje vamos lhe apresentar uma oportunidade de passar um tempo em algum país ou cidade que você sonha e ter um contato com pessoas de todo o mundo e uma experiência de trabalho.

Saiba também como é fazer um intercâmbio, e como essa experiência pode mudar sua vida.



O que é a Worldpackers

A Worldpackers é uma empresa que possibilita que viajantes encontrem um local de hospedagem e que troquem a estadia por trabalho, ou seja, você trabalha por hospedagem e pode conhecer cidades e países.

No site da empresa é possível fazer um cadastro como viajante ou como anfitrião e, segundo eles, viajar é um direito universal e que todos deveriam ter a oportunidade de fazer por pelo menos uma vez na vida.

Experiência de trabalho

Enquanto viajante você pode optar por trabalhar em albergues e pousadas, ONGs, pequenos negócios, acomodação em casa de família ou em projetos relacionados com a natureza e bem estar.

Como funciona a Worldpackers

A ideia consiste em encurtar o caminho entre quem pretende viajar e está com a grana curta e donos de pousadas, albergues, ONG, donos de pequenos negócios e etc., que precisam de pessoas para trabalhar.

Dessa maneira, os viajantes trocam hospedagem por trabalho e podem ter, de acordo com a Worldpackers, uma experiência cultural aprofundada e com custos muito reduzidos.

Você pode conferir nossas 7 dicas que para morar fora do país.

Vale a pena?

Até vale e digo “até” porque para quem tem o sonho de viajar e ter uma experiência de trabalho em outro país pode ser um começo, porém como em todas as relações que envolvem pessoas, há o risco de a experiência se tornar um problema.

Especialmente se as horas de trabalho não forem respeitadas e a “troca” se torne uma exploração de mão-de-obra sem salário e com muitas atividades laborais e horas por fazer.

É seguro?

No site da Worldpackers é possível encontrar viajantes e anfitriões que se disponibilizaram a deixar o seu depoimento e isso traz uma sensação de segurança.

A empresa também afirma ter mais de 620 mil viajantes cadastrados em 172 países de todo o mundo, além de disponibilizar um suporte, um aplicativo e um sistema de avaliações que, assim como outras plataformas, serve de referência para quem está pensando em viajar ou contratar um viajante.

Se viajar para a Europa está nos seus planos, veja como encontrar hotel barato na Europa.

Quais tipos de intercâmbio existem na plataforma

Como referido, é possível trabalhar em albergues ou pousadas, ONGs, pequenas empresas, em casa de família ou ainda em projetos sociais e ambientais.

Já falamos sobre como conseguir emprego no exterior, ainda no Brasil.

É pago?

A Worldpackers cobra uma taxa que pode variar entre US$ 10 e US$ 50 (dez e cinquenta dólares americanos) por viagem e o valor pago pelos viajantes é exclusivamente para o site.

A ideia de estipular o valor é firmar um compromisso com o viajante, pois depois de pagar o valor as chances de as pessoas darem o cano ou nunca aparecerem no trabalho diminui.

Como participar do Worldpackers

Para participar você deve acessar o site da Worldpackers e fazer o seu cadastro. Nele você deve informar suas habilidades (profissionais e pessoais), quais idiomas fala e etc., colocar fotos e deixar o perfil bem completo.

Após isso, basta começar a procurar sua “nova casa” e quando encontrar a cidade e o país, se mostrar interessado. Lá do outro lado, o seu anfitrião verá seu perfil e poderá dizer se quer ou não lhe hospedar.

Se sim, vocês precisam chegar ao consenso quanto as condições (horas trabalhadas, funções desempenhadas e etc) e somente depois é que o pagamento precisa ser feito.

Importante

A Worldpackers não cuida das questões burocráticas como visto, passagens aéreas ou seguro de viagem, portanto são os viajantes que devem agilizar e pagar isso.

Se você está pensando em passar um tempo fora e está com a grana curta, talvez com a Worldpackers você encontre a oportunidade que está buscando.

Conheça as melhores cidades da Europa para morar, pode te ajudar a planejar essa aventura.

COMPARTILHE

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.