Categorias: Suécia

Bandeira da Suécia: história, cores e significado

Entre os símbolos de um país, a bandeira ocupa lugar de destaque por representar a identidade de uma nação. Através dela, a soberania, história e valores do país são expressados. Mas você conhece a bandeira da Suécia?

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa ter um endereço na Europa e ter seu passaporte em mãos.

Acompanhe esse artigo e conheça tudo sobre a bandeira da Suécia.

Como é a bandeira da Suécia?

A bandeira da Suécia é composta por duas cores: azul e amarela. A cor azul recobre todo o fundo da bandeira e o amarelo preenche a cruz nórdica.

O desenho da bandeira da Suécia é uma cruz nórdica ou escandinava, e suas pontas estendem-se até os cantos da bandeira. O desenho da cruz não é centrado, fica mais perto da tralha, ou seja, onde a bandeira é prendida ao mastro.

A cruz nórdica presente na bandeira da Suécia aparece em outras bandeiras de países da Escandinávia (Finlândia, Noruega, Islândia e Dinamarca).

O que é a cruz nórdica?

A cruz nórdica ou escandinava é um padrão que está associado aos países da Escandinávia. Todos os países escandinavos utilizam esse padrão, diferenciando-se na cor e tamanho. A bandeira da Dinamarca foi a primeira a usar a cruz nórdica.

O que o Brasil pode aprender com a Suécia? Saiba aqui.

Qual o significado da cruz na bandeira da Suécia?

O principal elemento da bandeira é a cruz escandinava que representa o cristianismo.

Qual o significado das cores da bandeira da Suécia?

Embora haja várias interpretações com relação as cores da bandeira da Suécia, a mais aceita é a de que foram inspiradas pelo Brasão de Armas da Suécia de 1442.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

Ainda assim encontram-se registros indicando que as cores azul e amarela estão ligadas à Suécia desde o ano de 1275, período que o rei Magnus Birgersson governou o país.

Conheça 10 curiosidades sobre a Suécia (algumas são mesmo difíceis de acreditar!).

História da bandeira da Suécia

Até meados do século 16 não há registros ou imagens da bandeira da Suécia, a existência da bandeira da Suécia nesse período, é relacionado com a mitologia.

A data exata da criação da bandeira da Suécia não é conhecida. Há informações em documentos históricos que mencionam a utilização de um pano azul com uma cruz amarela a partir do século 16.

Em 1562 foi feita uma descrição no Registro Geral, sobre uma cruz amarela formada no azul. E em 1569 através de uma ordem real, determinou-se que a cruz amarela deveria figurar em todos os símbolos suecos.

Com as campanhas de propagação do Cristianismo, aumentou-se consideravelmente o número de cristãos. Principalmente no século 16, com a Reforma Protestante, a Suécia se inclinou mais para o lado religioso.

O que fica claro na bandeira, é a predominância da religião cristã, manifestado pela presença da cruz nórdica.

Você sabe quais são as melhores cidades da Suécia para morar? Confira em nosso artigo.

A bandeira da Suécia e sua relação com a mitologia

A Suécia, assim como os demais países nórdicos, possuem um passado rico em lendas pré-cristãs.

De acordo com a mitologia, no século 12, o rei Érico IX viu uma cruz dourada no céu, quando desembarcou na Finlândia, durante a Primeira Cruzada Sueca em 1157. Ele interpretou isso como um sinal enviado por Deus, e a partir disso adotou uma bandeira de fundo azul e com uma cruz dourada.

Bandeira de oposição

Você deve estar se perguntando porque bandeira de oposição? Por volta de 1400, o rei Karl Knutsson durante a guerra contra os dinamarqueses, puxou uma bandeira no mesmo modelo da dinamarquesa mas com suas próprias cores, azul e amarelo.

A bandeira dinamarquesa é conhecida desde o ano de 1219 e é a inspiração para as bandeiras de todos os países nórdicos.

De acordo essa teoria as cores foram trocadas e o azul da bandeira da Suécia representaria a verdade, lealdade e justiça. A cor amarela representaria a generosidade da Suécia.

Este ato de resistência é descrito por alguns historiadores como decisivo para a criação do modelo da bandeira da Suécia.
Segundo outros historiadores, a bandeira sueca era azul com uma cruz branca antes de 1420 e durante o reinado do Rei Gustav Eriksson tornou-se azul com uma cruz dourada.

Bandeira de 1844 a 1906

A bandeira que foi utilizada de 1844 a 1906 possuía o símbolo da união com a Noruega. Com a dissolução desta união, o símbolo foi retirado da bandeira.

Bandeira atual

Embora a bandeira da Suécia esteja presente há centenas de anos, o design atual foi adotado oficialmente apenas em 1906. O azul presente na bandeira ficou mais claro e foi aprovada a regulamentação do uso da bandeira.

Em 1982 foi definida a relação comprimento e largura e a forma exata da cruz escandinava.

Dia da bandeira

O dia escolhido para a celebração da bandeira é 6 de junho, porque nesta data em 1523, Gustav Eriksson subiu ao trono sueco. Antes disso, ele derrotou a Dinamarca e expulsou os dinamarqueses de Estocolmo.

Curiosidades sobre a bandeira da Suécia

Dizem que as cores da equipe argentina de futebol do Boca Juniors, azul e amarelo, foram inspiradas na bandeira sueca. Os argentinos não conseguiam definir as cores da equipe de futebol. Então foi combinado que as cores do primeiro navio que chegasse ao porto da Buenos Aires seriam escolhidas. O navio que chegou trazia uma bandeira sueca.

Gostou de saber mais sobre a bandeira da Suécia? Então veja também sobre a bandeira da Espanha.

Precisa de seguro de viagem para Suécia? Descubra neste artigo e saiba como contratar o seu.

Em destaque no Euro Dicas

  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, obrigado a voltar a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.
    COTAR SEGURO »

  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.
    VER COTAÇÃO »

  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.
    RECEBER AMOSTRA »

May Bell

May Bell é brasileira, formada em Zootecnia. Adora história mundial, literatura, música e artes, além de viajar e conhecer outras culturas. Hoje divide seu tempo entre produção de conteúdos e a família.

Comparilhar
Publicado po
May Bell

Post's Recentes

Quem tem passaporte europeu precisa de seguro viagem? Descubra

Se você está planejando uma viagem para Europa e está na dúvida se quem tem passaporte europeu precisa de seguro…

19 de outubro de 2019

Seguro viagem cobre parto? Saiba tudo sobre a cobertura

As viagens durante a gravidez podem parecer complicadas e muitas pessoas acreditam que não são possíveis. Porém, caso você se…

19 de outubro de 2019

Bolsa de estudo na Europa: para licenciatura, mestrado e MBA

Estudar no exterior por causa da qualidade do sistema educacional e das instituições de ensino – que estão entre as…

18 de outubro de 2019

Viagem para Portugal: dicas para visitar ou morar no país

Está programando visitar ou morar nas terras lusitanas? Então confira este artigo, pois vamos te dar dicas de como planejar…

18 de outubro de 2019

Requisitos para entrar na Espanha: saiba tudo o que é preciso

Entender todos os requisitos para entrar na Espanha pode ser confuso para muitas pessoas. Entre vistos, documentos e apostilas de…

18 de outubro de 2019

Cidades da Irlanda: conheça as 10 principais cidades do país

Já ouvi pessoas dizendo que morar na Irlanda e não viver de verdade o país, é um grande desperdício. Eu…

18 de outubro de 2019