Categorias: Itália

Doutorado na Itália: o que precisa saber para estudar no país

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança na TransferWise, que funciona em toda a Europa. A TransferWise não exige comprovação de rendimentos, você só precisa ter um endereço na Europa.

Estudar no exterior é uma excelente oportunidade para ter contato com novas culturas, melhorar o currículo e melhoras as nossas habilidades. Os programas de doutorado na Itália são ótimos para quem pretende seguir com os estudos com a possibilidade de ter uma bolsa. Vamos ver como funciona e como fazer doutorado na Itália.

Como fazer doutorado na Itália?

Se você está interessado em morar na Itália para fazer um doutorado (chamado Dottorato di ricerca), é necessário saber que você precisa ter um diploma de mestrado (não serve diploma de pós-graduação nem de especialização).

Escolha da universidade

A escolha da universidade é uma parte muito importante para a definição do seu doutorado na Itália. É imprescindível que você, antes de fazer a sua candidatura, pesquise sobre as áreas de estudo que a universidade está focada. Ainda compare essas áreas com o seu tema de pesquisa, para conferir se você está em conformidade com as expectativas da universidade.

Se você não encontrar uma afinidade de tema com a universidade, procure outra, pois isso facilitará o seu processo de candidatura e posteriormente o desenvolvimento do seu trabalho. Saiba quais são as melhores universidades da Itália nesse artigo.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Como funcionam os cursos de doutorado na Itália

O curso de doutorado na Itália normalmente dura 3 anos (existem pessoas que demoram mais tempo para terminar). É muito concorrido, já as vagas são abertas internacionalmente.

Além disso, as universidades costumam oferecer bolsas de estudo para os primeiros colocados. Para poder finalizar o doutorado, é necessário apresentar uma tese feita a partir de uma pesquisa original, que você desenvolverá ao longo do curso (no decorrer dos 3 anos).

Antes de fazer a sua inscrição, dê uma olhada no programa do curso. Alguns contam com um ano e meio de aulas e seminários, sendo o restante somente dedicado à tese.

Candidatura para doutorado na Itália

Para fazer a candidatura para o doutorado na Itália, é necessário montar o seu projeto de pesquisa, que pode ser em italiano ou em inglês, dependendo da língua do curso. Tendo o projeto de pesquisa pronto, você deverá juntar os outros documentos necessários e fazer a sua inscrição. Fique atento, pois alguns cursos exigem uma prova de admissão, que você deverá fazer. Mas isso estará explicado no edital de abertura das vagas.

Inscrição

As candidaturas normalmente são feitas online, diretamente no site das universidades.

Acesse o portal do candidato e preencha os campos obrigatórios. Nessa candidatura online, você precisará colocar anexo os documentos e o seu projeto de tese.

Documentos necessários

Cada universidade italiana terá a sua própria lista de documentos exigidos para fazer a candidatura ao doutorado na Itália. A lista normalmente contém os seguintes documentos:

  • Diploma do mestrado;
  • Histórico do mestrado;
  • Currículo;
  • Projeto de pesquisa;
  • Passaporte;
  • Publicações realizadas;
  • Diploma do curso de línguas (inglês ou italiano);
  • Carta de recomendação.

Seleção para doutorado na Itália

Assim como a lista de documentos, a seleção dos candidatos é feita de maneira diferente em cada universidade. Normalmente o padrão de seleção seguido é:

1. Análise de documentos

Serão analisados os documentos que você enviou, com um foco maior no seu histórico e projeto de tese (assim como as suas publicações).

2. Prova escrita

Alguns cursos contam com uma prova escrita durante o processo seletivo para fazer doutorado na Itália. Se o curso que você quer fazer tiver essa etapa, ela será eliminatória para passar para a próxima.

3. Entrevista

A terceira etapa (ou segunda, no caso das universidades que não possuem exame escrito) é composta por entrevistas, que podem ser pessoalmente ou pela internet.

Nessa entrevista, será avaliado o seu nível de inglês (ou italiano) e suas habilidades de comunicação. Durante a entrevista, poderão te perguntar sobre as suas motivações para fazer o doutorado, pedir para dar mais detalhes sobre o seu projeto de pesquisa e ainda para falar sobre as suas expectativas para o doutorado na Itália.

Quanto custa fazer doutorado na Itália?

O doutorado na Itália tem um custo diferente de acordo com a universidade e curso escolhidos. Normalmente, o valor não ultrapassa os 2.000€.

Para se ter uma ideia, veja alguns exemplos:

A grande vantagem de estudar na Itália é que a maioria das universidades oferece bolsas de estudos, mesmo para estudantes estrangeiros. Os estudantes mais bem colocados nas provas de admissão são escolhidos para receber a bolsa de estudos.

Caso não tenha sido contemplado com a bolsa, você poderá tentar pedir isenção de pagamento das taxas. Para isso, precisará comprovar a sua renda (eles irão analisar quanto de isenção você poderá receber).

Doutorado-sanduíche na Itália

Outra opção para quem quer fazer doutorado na Itália é fazer o doutorado sanduíche. O doutorado sanduíche é uma modalidade de intercâmbio onde podemos fazer um período do doutorado fora do Brasil, normalmente 2 semestres. Nesse período fora do Brasil, normalmente as pessoas escolhem fazer parte da pesquisa no laboratório das universidades.

Como funciona

Como já explicamos, no doutorado sanduíche você vai fazer parte do seu doutorado em outro país. Para isso, você precisa já estar cursando um doutorado em uma universidade brasileira.

Para conseguir fazer o doutorado sanduíche no exterior, você deverá entrar em contato com a sua universidade e ver as possibilidades existentes. Depois você precisará entrar em contato com a universidade estrangeira (se a sua universidade tiver parceria com alguma, o processo é mais fácil) e ver o programa doutoral e se realmente faz sentido para a sua pesquisa.

Existe doutorado à distância na Itália?

As universidades italianas não são muito adeptas ao ensino à distância. É muito difícil encontrar um curso completo de doutorado à distância na Itália. É possível, porém, fazer algumas disciplinas à distância, mas isso vai depender de cada universidade.

Bolsa para doutorado na Itália

Para quem quer fazer doutorado na Itália, como já explicamos, existe a possibilidade de conseguir uma bolsa de estudos. A maioria das universidades contempla os primeiros colocados na seleção com uma bolsa de estudos. Além da bolsa das universidades, o governo italiano geralmente também abre edital para bolsas de estudos (para até 6 meses com possibilidade de renovação para até 9 meses).

Outra opção para fazer doutorado na Itália com bolsa de estudos é através do programa Erasmus +, que aceita candidatura de estudantes brasileiros para estudar na Europa.

Como é fazer doutorado na Itália

O doutorado na Itália é um curso muito concorrido e muito prestigiado. Os professores são excelentes e os alunos têm muito a aprender. Normalmente, as universidades possuem recursos para contratar professores renomados, professores estrangeiros e ainda ajudar os alunos nas pesquisas.

Como qualquer outra universidade no exterior, ao estudar na Itália você irá conviver com pessoas do mundo inteiro e ter contato com diferentes culturas. Isso é muito enriquecedor e contribuirá para o seu crescimento pessoal e profissional.

Saiba também como é fazer um mestrado na Itália e não esqueça: se estudar na Itália está nos seus planos, saiba que o seguro viagem é obrigatório. Para fazer a cotação do seu seguro de forma personalizada, recomendamos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele apresenta planos das principais seguradoras do mercado e ainda garantimos os melhores preços aos leitores do Euro Dicas.

Se preferir, pode também utilizar o portal Seguros Promo, comparador online que nós recomendamos e utilizamos para realizar cotações aqui no Portal.

Julia Discacciati

Julia é brasileira, formada em Turismo e mora em Portugal há 6 anos. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.

Deixe um comentário
Compartilhar
Publicado por
Julia Discacciati

Posts recentes

Seguro viagem para Portugal: guia completo para contratar o seu

Será que é necessário seguro viagem para Portugal? Descubra quem precisa do seguro viagem, quanto…

% dias atrás

Morar em Roma: saiba como é viver na capital da Itália

Descubra quais os melhores bairros para morar em Roma, o custo de vida na capital…

% dias atrás

Combate ao Covid-19 na Catalunha: máscara passa a ser obrigatória na rua

A Espanha precisou dar um passo atrás no desconfinamento por conta de um novo avanço…

% dias atrás

Banco N26 na Irlanda: como funciona e como abrir conta

Pagar contas, fazer saques e compras ficou muito mais fácil para quem vive na Europa.…

% dias atrás

Viajar com animais para Europa: veja o passo a passo

Como viajar com animais para Europa. Saiba cuidados a tomar, quanto custa, quanto tempo demora,…

% dias atrás

Estudar em Portugal de graça: programas e bolsas de estudo

Estudar em Portugal de graça pode ser mais comum do que você imagina, basta ser…

% dias atrás