Sem dúvida alguma a experiência de viajar é uma das mais prazerosas e únicas que podemos vivenciar e quando planejamos uma viagem queremos rapidez, conforto e segurança.
Para concretizar isso da melhor forma possível devemos ter em mente que o deslocamento aéreo é uma das melhores opções, embora existam mitos sobre voar de avião que atormentam nossos pensamentos, gerando dúvidas e inseguranças.
Vamos descobrir o que é mito e verdade?

10 Mitos sobre voar de avião mais comuns

Existem muitos mitos sobre voar de avião que são transmitidos como verdades e não são comprovados cientificamente.
Para acabar de uma vez por todas com essas informações equivocadas preparei uma lista com os principais receios, esclarecendo quais são mitos e quais são verdades, afinal, em tempos de tanta informação e tecnologia ninguém quer viver desatualizado, não é mesmo?
Saiba como superar o medo em viagens de avião.

1) Aparelhos celulares, computadores e tablets interferem na navegação?

Os passageiros são orientados a manterem seus aparelhos eletrônicos em modo avião durante a decolagem e o pouso, tudo isso sob a alegação de que o uso desses interfere no sinal de navegação da aeronave, mas isso é um dos mitos sobre voar de avião.
Apesar de especialistas em aviação afirmarem que as ondas eletromagnéticas de celulares e eletrônicos, fora do modo avião, podem interferir na comunicação do avião com a torre de comando, não há comprovação de que isso causaria a queda ou falhas no sistema operacional da aeronave, testes realizados até o momento anulam as possibilidades de um acidente causado por esse motivo.
Um relatório de 2014 da Agência Europeia para a Segurança da Aviação afirmou que equipamentos eletrônicos não representam risco para a segurança e cabe a companhia aérea a decisão de liberar ou não a utilização desses.
Enfim, para evitar transtornos é recomendável que o passageiro mantenha sua atenção nas informações de segurança que são repassadas pela tripulação.
Também já compartilhamos algumas dicas sobre o que fazer antes de viajar.

2) Qualidade do ar é ruim dentro da aeronave?

Muitos acreditam que a qualidade do ar no interior da aeronave é ruim, devido a presença e retenção de germes que fazem mal a saúde dos passageiros, isto é um dos mitos sobre voar de avião.
O ar circula da frente para a parte de trás do avião, dali vai para a parte de baixo da fuselagem onde passa por filtros de alta retenção com a mesma qualidade dos filtros hospitalares, se mistura com o ar externo que vem das hélices e retorna para dentro do avião.
O ar é trocado a cada três minutos, sendo que 95% das bactérias são removidas.
Veja também dicas de como viajar sozinho.

3) É possível haver sucção pelo vaso sanitário?

Embora o som alto da sucção assuste, os vasos sanitários possuem um sistema de fechamento a vácuo, quando a descarga é acionada, uma válvula é aberta e o conteúdo é sugado por um cano até um tanque coletor, portanto é impossível que uma pessoa seja sugada, é mais um dos mitos sobre voar de avião.

4) Dejetos do vaso sanitário são lançados nos ares?

Os dejetos do banheiro não são ejetados pelos ares, portanto é um mito. Existe um reservatório onde eles são armazenados e quando a aeronave pousa em seu destino elas são retiradas e descartadas em local adequado.
Conheça 12 segredos de um piloto de avião que quase ninguém sabe.

5) As portas podem ser abertas durante o voo?

Abrir porta de Avião durante voo
A abertura das portas da aeronave só acontece quando a pressão exterior e interior é a mesma, e a pressão de dentro do avião é muito maior que a exterior, pois a cabine é pressurizada para evitar que os passageiros fiquem sem ar, visto que em altas altitudes o ar é rarefeito. A pressão não possibilita a abertura das portas. Conclusão, é um mito.
Conheça também 10 mitos sobre comprar passagens aéreas.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Seguro de Viagem na Europa é obrigatório

Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

Ver Cotação →

6) Tempestades aumentam chance de queda da aeronave?

Obviamente não é nada agradável estar em um voo durante uma tempestade, devido a turbulência que causa desconforto. Podemos ficar tranquilos porque este é só mais um dos mito, pois a aeronave é preparada para esse tipo de situação, o máximo que pode acontecer é a visibilidade ser afetada mas o piloto certamente estará preparado para essa eventualidade.

7) Pouso e decolagem são momentos mais perigosos?

Essa afirmação é verdadeira porque são fases de transição e nesses momentos o piloto tem menos tempo para tomar uma decisão em caso de emergência.
Confira todas as dicas para comprar passagens aéreas baratas.

8) O piloto possui paraquedas sob seu assento?

É um mito que pilotos teriam esse recurso para um eventual escape, até porque seu trabalho é o de pilotar a aeronave com segurança até o pouso.

9) Há possibilidade de faltar oxigênio nas máscaras de emergência?

Outro mito sobre voar de avião que gera medo e insegurança, é se a máscara utilizada em caso de despressurização da aeronave, possui oxigênio suficiente. A máscara é capaz de suprir 12 minutos de oxigênio, tempo suficiente para o piloto tomar uma atitude para atingir uma altitude respirável.

10) Assento vira uma boia?

É verdade, e não apenas um artifício para tranquilizar o passageiro. Em caso de pouso de emergência ele suporta peso acima de 100 kg e atua como boia, pois tem a capacidade de flutuar.
Nunca é demais lembrar que para entrar na Europa é obrigatório ter em mãos um seguro de viagem. Para encontrar o plano ideal para você, utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele vai ajudar você a comparar os principais planos oferecidos pelas seguradoras e ainda garantimos o menor preço aos nossos leitores, faça sua cotação sem compromissos.
Conheça também os mitos sobre seguro viagem e não caia neles.