Nômades digitais, veja como viajar e trabalhar ao mesmo tempo

Nômades digitais

Emprego na Europa  / 

Parece que trabalhar das 8h às 18h é coisa do passado, e para algumas profissões realmente deveria. Ter horários flexíveis é hoje fundamental para o bom rendimento de profissionais que trabalham com a criatividade e que possuem carreiras que permitem uma reflexibilidade.

Ultimamente muito se tem falado sobre os nômades digitais, mas você sabe o que são? Hoje vamos te contar como é ser um nômade digital e quais as profissões que te permitem ser um.

Morar fora não é tarefa fácil. Será que você tem o perfil necessário para morar no exterior?

O que são nômades digitais?

Ser um nômade digital é poder trabalhar de qualquer lugar do mundo, pela internet, sem escritório fixo. Se você acha que o home office é o futuro, talvez a próxima etapa seja ser um nômade digital e viajar pelo mundo.

Por que as pessoas optam por ser nômades digitais?

A nova geração não quer ficar pressa a um escritório careta, formal, cheio de regras, horários fixos e muitas horas extras. Com as novas tecnologias e a internet, é possível hoje estar conectado em qualquer lugar do mundo, seja em São Paulo, Salvador, Tóquio ou Los Angeles.

Quem escolhe ser um nômade digital quer aproveitar os melhores anos da vida e não quer esperar até a aposentadoria (se um dia ela vier) para ter tempo para curtir e aproveitar a vida.

Vantagens e desvantagens

Trabalhar e viajar
A grande vantagem de ser um nômade digital é poder viajar pelo mundo (sozinho ou acompanhado), não ter horário fixo, poder trabalhar de frente para o mar, em um café, em um parque (ou onde sua criatividade te levar) e poder aproveitar a vida (e os seus melhores anos).

A desvantagem de ser um nômade digital é a insegurança financeira, pois você precisa ir atrás de trabalhos, clientes ou criar seu próprio modelo de negócio. Nem todo mês você terá a grana desejada, mas com um bom planejamento é possível.

Você pode conferir 7 dicas úteis para quem quer morar fora do país.

Nômades digitais, como ser um?

Para ser um nômade digital é preciso planejamento financeiro para iniciar a viagem ou a mudança de país, a definição de uma meta (ou não) e ter uma carreira flexível que te permita trabalhar de forma remota pelo mundo.

Hoje 30% das empresas já trabalham com profissionais de forma remota e essa é uma tendência mundial.

Profissões de nômades digitais

Fotografo, um nômade digital
Abaixo listamos algumas profissões que se encaixam no perfil de nômade digital, descubra se sua área está na lista.

Profissionais de comunicação e marketing

Pessoas experientes que saibam produzir conteúdo, fazer textos, vídeos, editar, gerenciar mídias sociais, fazer artes, etc. Criar um site, um blog, um canal do Youtube, lançar ebooks são atividades que podem ser feitas online e de qualquer lugar do mundo, basta ter uma boa ideia para um projeto próprio – ou clientes – e um ótimo acesso a internet.

Profissionais de TI

Programadores, criadores de sites, apps, jogos, etc. Estes profissionais são precisam ter um horário de trabalho definido, nem um local fixo. Basta uma boa conexão Wi-Fi e um computador.

Também já escrevemos um texto sobre como trabalhar como TI em Portugal.

Fotógrafos

Profissionais experientes de fotografia, podem viajar o mundo, fazer fotos e vender para banco de imagens, revistas, jornais e sites de todo o mundo. Basta ir atrás, falar algum outro idioma e saber vender seu trabalho.

Produtores de vídeo

Quem domina a produção de vídeos e possui equipamentos pode viajar o mundo, gerar conteúdo e vender para empresas, sites, canais de televisão, ou até mesmo ter seu próprio canal no Youtube.

Venda de ações

Quem trabalha no mercado de venda e compra de ações da bolsa de valores não precisa necessariamente estar em um local específico.

Venda de produtos

Um nômade digital pode vender produtos online e não precisa estar em um lugar fixo. O e-commerce no mundo lucra bilhões e os nômades podem vender produtos pela internet para conseguirem se manter na estrada viajando.

Venda de conhecimento

Muitos profissionais hoje atendem pelo Skype. Podem ser psicólogos, nutricionistas, professores de inglês, espanhol, etc.

A tecnologia de hoje permite que você atenda com hora marcada pela internet e pode estar em qualquer lugar do mundo.

Trabalho remoto

Além dessas carreiras, é possível trabalhar em uma empresa com contrato de trabalho fixo e trabalhar de forma remota, fazer reuniões por Skype, enviar relatórios e estar online.

Se gostou desse artigo também pode ser útil ver como conseguir um emprego no exterior, ainda no Brasil.

COMPARTILHE

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.