Seguro de viagem obrigatório para Europa

Você sabia que para viajar para a Europa é obrigatório ter um seguro de saúde que cubra despesas médicas até 30 mil euros? Este é um dos requisitos para entrar em países que fazem parte do Espaço Schengen.

Apesar de parecer uma coisa complicada e cara, na verdade, contratar um seguro de saúde obrigatório para a Europa é super simples e muito mais barato do que você imagina. Outra notícia boa é que você pode contratar somente para os dias que vai ficar na Europa e ainda tem opções de seguros mais em conta e soluções com coberturas bem completas.

Faça uma cotação online e veja o preço dos seguros de viagem em diversas seguradoras e escolha a melhor opção de acordo com o seu tipo de viagem! O importante é garantir que você tem um seguro para não ser barrado na Europa.

R$0,00

Comprar

Categoria .

Para entrar na União Europeia, cidadãos não europeus, devem cumprir alguns requisitos para garantir a sua entrada, e são eles:

  • Ter passaporte com validade mínima de 90 depois da data prevista de retorno;
  • Passagem de volta que não exceda o período máximo de 90 dias (em caso de não ter visto);
  • Ter um visto válido caso não seja uma viagem a turismo;
  • Reserva de hospedagem (hotel, airbnb…) ou uma carta convite;
  • Dinheiro compatível com o período de estadia na Europa;
  • Seguro de viagem para todo o período de estadia na Europa.

O que é o seguro de viagem obrigatório para Europa

Todos os países que fazem parte do Espaço Schengen obrigam os turistas terem um seguro de viagem que cubra despesas de até 30 mil euros! Está é a obrigatoriedade, claro que depois existem seguros que oferecem proteções extras, como em caso de desvio de bagagem e etc, mas estas coberturas extras NÃO são exigidas.

O que você precisa ter para garantir a sua entrada na Europa é que o seguro (um por pessoa, obviamente), cubra as despesas médicas!

É mesmo obrigatório?

Controle de passaporte
Já li diversas vezes na internet coisas do tipo: “mas nunca me pediram o seguro na imigração“. É verdade, muitas vezes os agentes de imigração não pedem para ver o seguro, nem as passagens de volta. Mas isso não quer dizer que seja dispensável, porque são pré-requisitos para entrar na Europa, e caso o agente de imigração solicite e você não tenha, pode ser obrigado a voltar para o Brasil imediatamente.

Quais países exigem o seguro

Todos os países que fazem parte do Espaço Schengen, você pode conferir a lista completa neste link do sobre Schengen, mas vale lembrar que Portugal, Espanha, Itália, França e etc estão incluídos neste lista e exigem o seguro de viagem internacional.

Em que momento podem solicitar o seguro?

O seguro geralmente é solicitado pelo agente de imigração, no primeiro país que você aterrissar na Europa. Por exemplo, se você viajar com destino para Portugal, com escala na Espanha, todos os seus documentos serão checados na Espanha, porque quando você chegar em Portugal não vai passar por imigração novamente, está é uma das vantagens para os turistas que transitam no Espaço Schengen.

Claro que o seguro também vai ser solicitado caso seja necessário algum tipo de ajuda/atendimento.

Porque contratar um seguro de viagem

Além de cumprir a obrigatoriedade de ter um seguro para entrar na Europa, não faltam motivos para contratar um seguro de viagem. Se você contratar um seguro com cobertura básica, ele apenas garante as despesas médicas, e acredite, já ajuda muito.

Parece que cobrir até 30 mil euros é muito, mas não é. As contas dos hospitais na Europa (inclusive, vale lembrar que os hospitais públicos NÃO são gratuitos) chegam tranquilamente a 10 mil euros simplesmente para engessar uma perna/braço.

Você ainda pode contratar um seguro que tenha cobertura em caso de desvio de mala, por exemplo, ou até mesmo que cubra a sua passagem de volta, caso tenha algum imprevisto e não possa embarcar no voo comprado.

Quanto custa um seguro de viagem para a Europa

Um seguro de viagem para a Europa por um período de 15 dias, por exemplo, com a cobertura obrigatória e ainda com cobertura da bagagem (cobre até €1.000 em caso de extravio de bagagem), fica por cerca de R$160! O mesmo seguro, para o mês inteiro, custa R$265. Aposto que você imaginou que seria bem mais caro, certo?

Seguro de viagem para quem viaja muito

Se você viaja mais do que duas vezes por ano para o exterior (fora da Europa, inclusive), vale a pena fazer um seguro de viagem internacional anual. É um seguro que tem uma cobertura de 365 dias, válido na América Latina, Europa e Ásia. Este seguro tem um custo de R$679/ano, com desconto de 20% à partir do segundo ano. Vale muito a pena para quem viaja bastante.

Como contratar um seguro de viagem internacional

Existem diversas maneiras de contratar o seguro obrigatório, inclusive diretamente com o seu banco ou com a sua seguradora, mas na maior parte das vezes esses seguros acabam sendo mais caros.

Nós recomendamos usar o comparador de seguros, o Seguros Promo. Através do site você tem cotação na hora (e sem compromisso) de diversas seguradoras, compara as coberturas e contrata na hora, sem complicações, sem assinar papéis e etc. Tudo online!

Quanto tempo demora para o seguro ficar pronto?

Se você contratar online e pagar com cartão de crédito, em poucos minutos (literalmente) você já recebe por email a apólice do seu seguro para impressãor, e nela também consta os números de telefone que você pode ligar caso precise de assistência. Se você quiser pagar no boleto (tem 5% de desconto), é bom solicitar alguns dias antes para garantir que o boleto é compensando antes do dia da sua viagem e gerar a apólice do seguro a tempo.

Qualquer dúvida, deixe um comentário que nós vamos te ajudar!

Fazer cotação online

Para entrar na União Europeia, cidadãos não europeus, devem cumprir alguns requisitos para garantir a sua entrada, e são eles:

  • Ter passaporte com validade mínima de 90 depois da data prevista de retorno;
  • Passagem de volta que não exceda o período máximo de 90 dias (em caso de não ter visto);
  • Ter um visto válido caso não seja uma viagem a turismo;
  • Reserva de hospedagem (hotel, airbnb…) ou uma carta convite;
  • Dinheiro compatível com o período de estadia na Europa;
  • Seguro de viagem para todo o período de estadia na Europa.

O que é o seguro de viagem obrigatório para Europa

Todos os países que fazem parte do Espaço Schengen obrigam os turistas terem um seguro de viagem que cubra despesas de até 30 mil euros! Está é a obrigatoriedade, claro que depois existem seguros que oferecem proteções extras, como em caso de desvio de bagagem e etc, mas estas coberturas extras NÃO são exigidas.

O que você precisa ter para garantir a sua entrada na Europa é que o seguro (um por pessoa, obviamente), cubra as despesas médicas!

É mesmo obrigatório?

Controle de passaporte
Já li diversas vezes na internet coisas do tipo: “mas nunca me pediram o seguro na imigração“. É verdade, muitas vezes os agentes de imigração não pedem para ver o seguro, nem as passagens de volta. Mas isso não quer dizer que seja dispensável, porque são pré-requisitos para entrar na Europa, e caso o agente de imigração solicite e você não tenha, pode ser obrigado a voltar para o Brasil imediatamente.

Quais países exigem o seguro

Todos os países que fazem parte do Espaço Schengen, você pode conferir a lista completa neste link do sobre Schengen, mas vale lembrar que Portugal, Espanha, Itália, França e etc estão incluídos neste lista e exigem o seguro de viagem internacional.

Em que momento podem solicitar o seguro?

O seguro geralmente é solicitado pelo agente de imigração, no primeiro país que você aterrissar na Europa. Por exemplo, se você viajar com destino para Portugal, com escala na Espanha, todos os seus documentos serão checados na Espanha, porque quando você chegar em Portugal não vai passar por imigração novamente, está é uma das vantagens para os turistas que transitam no Espaço Schengen.

Claro que o seguro também vai ser solicitado caso seja necessário algum tipo de ajuda/atendimento.

Porque contratar um seguro de viagem

Além de cumprir a obrigatoriedade de ter um seguro para entrar na Europa, não faltam motivos para contratar um seguro de viagem. Se você contratar um seguro com cobertura básica, ele apenas garante as despesas médicas, e acredite, já ajuda muito.

Parece que cobrir até 30 mil euros é muito, mas não é. As contas dos hospitais na Europa (inclusive, vale lembrar que os hospitais públicos NÃO são gratuitos) chegam tranquilamente a 10 mil euros simplesmente para engessar uma perna/braço.

Você ainda pode contratar um seguro que tenha cobertura em caso de desvio de mala, por exemplo, ou até mesmo que cubra a sua passagem de volta, caso tenha algum imprevisto e não possa embarcar no voo comprado.

Quanto custa um seguro de viagem para a Europa

Um seguro de viagem para a Europa por um período de 15 dias, por exemplo, com a cobertura obrigatória e ainda com cobertura da bagagem (cobre até €1.000 em caso de extravio de bagagem), fica por cerca de R$160! O mesmo seguro, para o mês inteiro, custa R$265. Aposto que você imaginou que seria bem mais caro, certo?

Seguro de viagem para quem viaja muito

Se você viaja mais do que duas vezes por ano para o exterior (fora da Europa, inclusive), vale a pena fazer um seguro de viagem internacional anual. É um seguro que tem uma cobertura de 365 dias, válido na América Latina, Europa e Ásia. Este seguro tem um custo de R$679/ano, com desconto de 20% à partir do segundo ano. Vale muito a pena para quem viaja bastante.

Como contratar um seguro de viagem internacional

Existem diversas maneiras de contratar o seguro obrigatório, inclusive diretamente com o seu banco ou com a sua seguradora, mas na maior parte das vezes esses seguros acabam sendo mais caros.

Nós recomendamos usar o comparador de seguros, o Seguros Promo. Através do site você tem cotação na hora (e sem compromisso) de diversas seguradoras, compara as coberturas e contrata na hora, sem complicações, sem assinar papéis e etc. Tudo online!

Quanto tempo demora para o seguro ficar pronto?

Se você contratar online e pagar com cartão de crédito, em poucos minutos (literalmente) você já recebe por email a apólice do seu seguro para impressãor, e nela também consta os números de telefone que você pode ligar caso precise de assistência. Se você quiser pagar no boleto (tem 5% de desconto), é bom solicitar alguns dias antes para garantir que o boleto é compensando antes do dia da sua viagem e gerar a apólice do seguro a tempo.

Qualquer dúvida, deixe um comentário que nós vamos te ajudar!

Fazer cotação online