Saúde na Inglaterra: como funciona e quanto custa

Inglaterra  / 

Com certeza uma das grandes preocupações de quem vai lá morar é em relação ao sistema de saúde na Inglaterra – facilidade de atendimento em clínicas ou hospitais, qualidade da saúde pública, preço de consultas, exames e cirurgias, planos particulares e, principalmente, quem tem direito a usar tudo isso.

Se você está de mudança para a Inglaterra, tire suas principais dúvidas com esse artigo completo sobre como é a saúde na Inglaterra. Também aproveite e saiba tudo sobre a Inglaterra.

Saúde na Inglaterra: sistema público

Você sabia que o Sistema de Saúde Público (National Health System – NHS) é o mais antigo do mundo? É claro que o sistema não é perfeito e acaba pecando em algumas coisas, mas com a visão de quem mora aqui, ele é, sim, muito eficiente e organizado. E sabe o que é melhor? Consultas, atendimentos e tratamentos são gratuitos para cidadãos britânicos, residentes legais e seus dependentes, e estudantes em cursos com duração superior a seis meses.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Para ter acesso ao sistema público você deve se inscrever no posto local, determinado pelo seu endereço, portando passaporte e comprovante de endereço. Após preencher um formulário básico, em poucos dias você receberá uma carta com seu número de registro e o nome do seu médico de família, mais conhecido como GP (General Practitioner).

Todo esse processo é gratuito e muito rápido. Em uma semana você já pode mandar sua primeira consulta.

Melhor Sistema de Saúde

Você sabia que o NHS foi escolhido no final de 2017 como o melhor sistema em termos de eficiência administrativa, abrangência e acesso aos serviços e bons resultados? Segundo o Royal College of General Practitioners, o Sistema de Saúde na Inglaterra ficou na frente de países como: Austrália, Países Baixos, Nova Zelândia, Noruega, Suécia, Suíça, Alemanha, Canadá, França e Estados Unidos da América.

Já sabe onde vai morar? Conheça as melhores cidades da Inglaterra.

Como funciona a saúde na Inglaterra

O GP será o seu primeiro contato em caso de necessidade médica e poderá te passar uma receita para adquirir os remédios a custos muito baixos, muitas vezes até de graça. Para agendar o atendimento você sempre precisa ligar no início da manhã, de preferência logo após as 8 horas, para conseguir uma agenda mais tranquila.

Algumas vezes você até consegue consulta para o mesmo dia, mas o normal é que a visita seja marcada para alguns dias depois.

Já em situações mais específicas, o GP fará uma primeira triagem e, se necessário, te encaminhará para um especialista. Uma carta será enviada para a sua casa com a data marcada para a consulta. Você será atendido pelo médico que estiver de plantão no dia.

Atendimento de emergência

Em alguns casos, se você não tiver tempo de ir ao GP, pode ir diretamente ao hospital e será atendido por um plantonista. Se você ainda não estiver registrado e precisar de algum tipo de atendimento de emergência, basta ir a uma clínica conhecida como walk-in centre. É uma espécie de hospital. Como não é necessário agendamento prévio você será atendido por ordem de chegada.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Caso você precise de atendimento médico enquanto o GP estiver fechado, basta ligar para o telefone 111 e explicar o problema. Médicos ou enfermeiras extremamente capacitados irão te dar informações sobre o que fazer e podem até agendar uma consulta para você.

hospital inglaterra

Brasileiros podem usar o sistema de saúde na Inglaterra?

Caso você não seja ainda um residente definitivo na Inglaterra e também não faça parte da União Europeia, será necessário pagar uma taxa para acessar a gratuitidade do sistema de saúde. Dê uma olhada no site do governo para saber mais detalhes.

Nesse caso nós temos duas situações:

  • Se você está de mudança para a Inglaterra por um período inferir a seis meses você poderá ser cobrado por serviços do NHS, mas não pagará a sobretaxa.
  • Se você está de mudança para a Inglaterra por mais de seis meses, mas ainda não possui os requisitos para ser considerado um residente, neste caso será cobrada uma sobretaxa de saúde para imigração de:
    • £150 por ano, por pessoa, para estudantes e seus dependentes.
    • £200 por ano, por pessoa, para todas outras pessoas.

Você deverá pagar esta taxa ao aplicar para o seu visto. Uma vez pago, você poderá ter acesso gratuito aos serviços de saúde na Inglaterra.

Saúde na Inglaterra: planos particulares

A grande diferença para o sistema público é que no plano de saúde particular você tem a possibilidade de escolher o seu médico, mas é claro que você paga por isso. Além disso, o tempo de espera para uma consulta com um especialista é menor. O Bupa é o maior e mais conhecido da Inglaterra.

E assim como no Brasil, o valor a ser pago mensalmente vai depender do tipo de plano escolhido – idade do usuário, se o plano inclui ou não dependentes, histórico de saúde, doenças pré-existentes, tempo de carência, entre outros.

Como funciona?

Mesmo que você tenha plano de saúde particular, ainda é necessário marcar uma consulta com o seu GP. É ele que dará o encaminhamento para o médico particular da sua escolha ou, em alguns casos, poderá encaminhar para um médico determinado.

Em seguida, terá que entrar em contato com o seu plano de saúde e enviar o encaminhamento por fax, para ser autorizada a consulta. Obterá um código após a consulta ser autorizada e terá que entrar em contato com o hospital, que queira marcar a consulta. Lembrando que, a partir desse momento, todo atendimento passa a ser privado, inclusive os medicamentos. Por exemplo, se receber uma prescrição de medicamento para menores de 16 anos, na farmácia do Hospital Particular terá que pagar pelo remédio. E se quiser ter acesso ao remédio no NHS sem custo, terá que pagar um valor para o GP emitir outra prescrição.

Conheça a bandeira da Inglaterra.

Medicamentos

A maioria dos remédios é gratuita e dada diretamente ao paciente. Em alguns casos você pode retirar na farmácia, também sem custo ou pagar um valor muito baixo por ele. Pílulas anticoncepcionais são gratuitas. Menores de 18 anos e pessoas acima de 60 anos, estudantes, gestantes e deficientes não pagam. No entanto, a maioria dos remédios, quando pagos, custam £7,65.

Seguro de viagem: é obrigatório?

Se você viajar para a Inglaterra a turismo, o seguro viagem não é obrigatório. No entanto, é recomendável adquirir um antes de viajar, com certeza. E você sabe por quê? Como turista você só tem direito a atendimento em casos de urgência ou acidentes. E assim que for encaminhado para um leito, você deve pagar todas as despesas do hospital, além dos medicamentos.

Por isso, o ideal é contratar um seguro viagem que cubra gastos com médicos e outras despesas hospitalares. É sempre melhor prevenir do que remediar, não é mesmo? O preço vai variar de acordo com a sua idade, país de origem, além dos dias de viagem e demais benefícios que você queira incluir no seguro.

Você pode ver como funciona a saúde em outros países da Europa que já escrevemos sobre:

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.