Turismo na Rússia, o guia para visitar a sede da Copa do Mundo 2018

Turismo na Rússia, o país que vai receber a Copa do Mundo 2018

Turismo na Europa  / 

O maior país do mundo fala uma língua difícil de entender, tem temperaturas abaixo de zero, muita vodka e habitantes emocionalmente frios. O turismo na Rússia não é, nem de longe, popular como em outros países da Europa, como Espanha, França e Itália.

O país, cuja maior parte do território está no leste europeu, vai receber a Copa do Mundo FIFA 2018 e, com o evento, uma enxurrada de viajantes de todo mundo. Se você faz parte do time que vai acompanhar os jogos do Mundial confira esse guia de turismo na Rússia e o que fazer no país.

Principais cidades da Rússia

Segundo o Quanto Custa Viajar, o turismo na Rússia não tem custos absurdos. Para se ter ideia, um dia em Moscou custa, em média, R$ 58 ao bolso, enquanto um dia em São Petesburgo sai um pouco mais caro, R$ 62. Já a cidade de Cazã custa apenas R$ 52 por dia.

Se tudo isso não for um bom motivo para você investir no turismo na Rússia vamos falar da valorização do real: a moeda russa é o rublo, sendo que um rublo equivale a R$ 0,056 e 100 rublos equivalem a R$ 5,67. Sucesso, não?

São Petesburgo

São Petesburgo, Rússia

Precisando abrir uma conta bancária na Europa?

Literalmente, em 5 minutos, você pode ter a sua conta bancária no banco N26, um banco digital que funciona na Europa toda.

Você não precisa de comprovar que está trabalhando nem que tem recebimentos mensais. Precisa apenas ter um endereço na Europa e o seu passaporte em mãos. Confira:

CRIAR CONTA NO N26

A segunda maior cidade russa (depois de Moscou) é considerada o centro cultural do país, com mais de cinco mil estatuas de Lênin em suas praças públicas e os famosos canais e pontes em torno dos quais a cidade foi se expandindo.

Principais pontos turísticos em São Petesburgo

Distante a 715 quilômetros da capital, tem como principal destaque o Palácio de Inverno, construído em estilo rococó entre 1754 e 1762 como residência de inverno dos czares russos e suas famílias. Ao lado, o Hermitage é um dos maiores museus de arte ocidental do mundo, com um acervo de mais de três milhões de peças.

O Palácio de Catarina, a Catedral de Pedro e Paulo, a Igreja do Salvador do Santo Derramado, a Catedral de Kazan, o Peterhof e o Teatro Mariinsky são também pontos de passagem obrigatório no turismo na Rússia.

Moscou

Moscou, Copa do Mundo 2018 Rússia

A capital da Rússia é Moscou, uma cidade com 900 anos de história de grande importância para o país; é lá que se concentram os principais pontos turísticos, pois Moscou reúne é uma cidade cheia de singularidades e contrastes, além de ser o centro político, histórico, econômico e científico do país.

Principais Pontos turísticos em Moscou

Comece seu tour pela Praça Vermelha, o principal ponto de interesse da cidade tanto pela história quanto pelos monumentos que abriga. O local foi palco da Revolução Russa e dos desfiles militares durante a era soviética e também abriga algumas das principais atrações da Rússia – no caso, a Catedral de São Basílio e o Kremlin.

A Catedral de São Basílio é a famosa “igreja colorida” vista em cartões postais russos, uma catedral ortodoxa russa erguida entre 1555 e 1561 sob a ordem de Ivã IV e que marca o centro geométrico e de crescimento da cidade. A Catedral do Cristo Salvador, também ortodoxa russa, é um ícone do renascimento russo e se destaca pelas cinco cúpulas douradas.

O Kremlin de Moscovo

É a residência oficial do presidente e inclui cinco palácios, quatro catedrais e uma muralha com torres; em russo, “kremlin” significa “fortificado”.

Dentro do turismo na Rússia, Moscou é uma das cidades com mais atrações e vida noturna agitada. O Teatro Bolshoi, sede da tradicional e prestigiada Companhia de Balé Bolshoi, é, sem dúvida, passagem obrigatória.

Circos em Moscou

Há dois circos tradicionais, o Nikulin Moscow Circus e o Great Moscow State Circus, para quem prefere se concentrar nos espetáculos. Se a ideia for curtir a gastronomia local invista no Mercado Danilovsky e nas Galerias Glavny.

Vida notorna em Moscou

Por fim, a vida noturna se concentra no bairro de Arbat, próximo ao Teatro Bolshoi, e nos arredores da estação de metrô Tchistye Prudy.

Dica extra

Entre os dias 20 e 21 de junho acontece o fenômeno chamado Noites Brancas, quando o sol quase não se põe e o dia dura mais tempo. Portanto, dá você curtir a balada na noite de Moscou de ainda voltar com o céu iluminado durante a noite!

Outras cidades para turismo na Rússia

Vale a pena também conhecer essas cidades se estiver de turismo na Rússia:

Cazã

Também chamada de Kazan, a capital e maior cidade da República do Tartaristão e terceira maior cidade russa, cujo Complexo Arquitetônico e Histórico do Kremlin é considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Fica a 720 quilômetros de Moscou.

Sochi

A cidade litorânea no sul da Rússia há mais de 1.600 quilômetros de Moscou, recebeu os Jogos de Inverno de 2014 e oferece diversas opções para quem curte praia e sol, totalmente diferente do que se espera de um país russo. É também a cidade que vai receber a Seleção Brasileira na Copa do Mundo do 2018!

Ekaterimburgo

Há mais de 1.500 quilômetros de Moscou e São Petesburgo, um dos principais pontos de encontro de turistas, rodeada por natureza, grandes lagos e florestas impressionantes. Fica no trajeto da linha Transiberiana.

Copa do Mundo 2018 na Rússia

Copa do Mundo 2018 na Rússia

O turismo na Rússia tem tudo para bombar em 2018 com o Mundial da FIFA, que começa em 14 de junho e vai até o dia 15 do mês seguinte. Onze cidades vão receber os jogos da Copa em 12 estádios:

  • Moscou: estádios Luzhniki e Spartak
  • São Petesburgo: Arena Zenit
  • Cazã: Kazan Arena
  • Sochi: Fisht Stadium
  • Caliningrado: Kaliningrad Stadium
  • Níjini Novgorod: Niznhy Novgorod Stadium
  • Samara: Samara Arena
  • Volvogrado: Volgograd Arena
  • Saransk: Mordovia Arena
  • Rostov-on-Don: Rostov Arena
  • Iecaterimburgo: Ekaterinburg Arena

Turistar na Rússia

Um fator que pode frear o turismo na Rússia é a ameaça de terrorismo. Em abril de 2017 houve duas explosões em São Petersburgo e o Comitê Antiterrorismo da Rússia confirmou que se tratava de um atentado arquitetado. Mas atentados também já aconteceram na Alemanha, França, Espanha,etc.

Tirando este risco que existe também por toda a Europa, o turismo na Rússia pode ser feito em segurança. O país apresenta uma taxa 50% menor que o Brasil em roubos, furtos, homicídios e latrocínios e quase três vezes menos homicídios que nosso país. Só evite conexões em redes públicas e desprotegidas, pois os crimes cibernéticos estão em alta por lá.

Gostou das dicas? Você pode também descobrircomo comprar passagem aérea barata e também os
10 apps para viagem fundamentais.

Clara é natural do interior de São Paulo e tem muito orgulho do sotaque caipira. Jornalista que adora gatos, tatuagens e livros, vê o mundo de cabeça para baixo e tem como vícios memes da internet e soltar piadas inesperadas no meio de uma conversa.