Conheça 5 tradições do natal em Portugal

5 tradições do natal em Portugal

Portugal  / 

Para a maioria, o Natal celebra o nascimento de Jesus.

No entanto, é sabido que esta celebração remonta a tempos anteriores ao cristianismo. Na Europa há centenas de exemplos que podemos dar das antigas celebrações pagãs, pré-cristãs, que se faziam em homenagem ao sol, sendo este astro, posteriormente, substituído pelo novo Deus, Cristo.

Conheça 5 tradições do natal em Portugal

Caretos de Varge

Também conhecidas por Festa dos Rapazes, celebra o retorno do sol, que no dia 24 de Dezembro começa, no hemisfério norte, a crescer, dando mais horas ao dia e menos à noite.

Homens mascarados, denominados caretos, espalham a desordem absoluta na aldeia de Varge, em Trás-os-Montes, chocalhando as mulheres, simbolizando esse ato o regresso à terra fecunda.

Veja a tradição completa dos Caretos de Varge

Pinheiro de Guimarães

No dia 29 de Novembro, a cidade de Guimarães corta um gigante pinheiro e carrega-o, com a ajuda de bois, até ao seu centro histórico, até ser por lá levantado. Pelo meio, o povo bate com toda a força que tem no braço em gigantes tambores.

Veja a tradição completa do Pinheiro de Guimarães

Caretos de Ousilhão

Muito semelhante à já falada festa dos Caretos de Varge. Também aqui, por ocasião do renascimento do sol, rapazes vestem as suas misteriosas máscaras e dançam ao astro que acaba de se fortalecer, precisamente no dia 25 de Dezembro.

Veja a tradição completa dos Caretos de Ousilhão

Bananeiro de Braga

Na noite de 24 de Dezembro, a cidade de Braga reúne-se numa pequena taberna, ao som de gaiteiros com as suas gaitas-de-fole galegas. A razão? Comer uma banana acompanhada por um moscatel – um vinho doce típico português.

Veja a tradição completa do Bananeiro de Braga

A Árvore de Natal

A árvore de Natal é um costume de origem germânica que se expandiu ao resto da Europa há já muitos anos. A maioria não consegue encontrar uma ligação entre este pinheiro e o nascimento de Cristo, e não consegue encontrar porque ela não existe.

Trata-se, mais uma vez, de um rito pagão de homenagem ao sol – que tanto é simbolizado pelas bolas com que hoje enfeitamos a árvore, como pela estrela que colocamos no seu topo.

Veja a tradição completa da Árvore de Natal

Esse texto foi uma contribuição do site Portugal num Mapa, que escreve sobre as tradições e cultura de Portugal.

COMPARTILHE

Erick é luso-brasileiro, aos 21 anos mudou para a Europa e dedica parte do seu tempo para ajudar outros brasileiros realizarem o sonho de viver na Europa. Mora atualmente em Portugal, trabalha com tecnologia e é fundador da Euro Dicas.