Governo eleva piso da declaração de capitais brasileiros no exterior

O governo eleva piso da declaração de Capitais Brasileiros no Exterior (CBE). Com isso, só quem tem mais de US$ 1 milhão em patrimônio mantido em outros países precisa prestar contas ao Conselho Monetário Nacional (CMN).

Aumento do limite de US$100 mil para US$1 milhão

Até então, patrimônios de US$ 100 mil já precisavam ser declarados. A regra atingia cerca de 64 mil brasileiros, de acordo com os últimos dados disponíveis.

As declarações que variavam entre US$ 100 mil e US$ 1 milhão, o novo piso, representavam 65% do total de declarações, mas apenas 2,8% do valor em dólares.

Desta forma, segundo o Banco Central brasileiro, a mudança visa atualizar as normas de controle à realidade atual do câmbio. Não havia mudanças na declaração de bens no exterior desde 2004.

O aumento do limite reduzirá custos de monitoramento sem prejudicar o controle, alega o banco. Segundo o órgão, o governo continua tendo acesso às informações detalhadas de ativos de brasileiros no exterior, caso alguma atividade suspeita seja detectada.

Precisa enviar dinheiro para o exterior?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

“A mudança decorre do entendimento de que seria oportuno tornar mais eficiente a captação de informações sobre a movimentação de tais contas, a partir da compatibilização dos custos de observância às necessidades”, explicou o Banco Central em comunicado.

Mudanças também para quem mora no exterior, mas tem conta no Brasil

Outra decisão tomada pelo Banco Central é a de que estrangeiros e brasileiros residentes no exterior que movimentam recursos bancários em contas no Brasil só deverão declarar ao Banco Central movimentações a partir de R$ 100 mil.

Até então, qualquer movimentação a partir de R$ 10 mil precisava ser informada.

Como fazer a declaração de Capitais Brasileiros no Exterior (CBE) Para fazer a declaração dos bens no exterior, o declarante deve utilizar o site do Banco Central. Ao acessar a página, preste atenção ao item

O que é a Declaração de Capitais Brasileiros no Exterior (CBE)

Brasileiros que têm capital investido em outro país precisam realizar uma declaração ao Banco Central chamada CBE – Capitais Brasileiros no Exterior. A periodicidade dessa declaração varia conforme o montante no exterior.

A declaração é obrigatória para pessoas físicas ou jurídicas residentes, domiciliadas ou com sede no país, que detenham, no exterior, ativos que totalizem:

  • US$ 1 milhão ou equivalente em outras moedas até 31 de dezembro do ano base: a declaração é anual e deve ser feita de 15 de fevereiro até às 18h do dia 5 de abril do ano subsequente;
  • US$ 100 milhões ou equivalente em outras moedas até 31 de março, 30 de junho, 30 de setembro ou 31 de dezembro: a declaração é trimestral e deve ser feita nas datas de 30 de abril até 5 de junho; 31 de julho até 5 de setembro; 31 de outubro até 5 de dezembro; e 15 de fevereiro até 5 de abril do ano subsequente.

As multas para quem não faz a declaração prevista na legislação variam de R$ 2,5 mil a R$ 250 mil, podendo ser aumentada em 50% em alguns casos.

Os capitais brasileiros no exterior compreendem bens, direitos, imóveis, instrumentos financeiros, ações, participações em empresas, disponibilidades em moedas estrangeiras, depósitos, títulos, créditos comerciais, dentre outros.

Além da declaração do CBE, bens e valores mantidos no exterior também devem ser declarados no imposto de renda. Entenda tudo em nosso artigo sobre o tema.

Como fazer a declaração de Capitais Brasileiros no Exterior (CBE)

Para fazer a declaração dos bens no exterior, o declarante deve utilizar o site do Banco Central.

  1. Ao acessar a página, preste atenção ao item “Sistemas” do lado direito.
  2. Clique em “declarações anuais a partir de 2018” ou “declarações trimestrais a partir de 2018”, conforme o caso.
  3. Na sequência clique em “fazer ou acessar declaração”, também do lado direito da tela.
  4. Depois, digite seus dados como solicitado para fazer a declaração.

Essa notícia é importante para os nossos leitores que moram na Europa ou que pretendem morar e terão maior limite para transferência bancária internacional sem necessidade de declaração.

Cláudia Zucare Boscoli trabalha como jornalista há 20 anos, tendo se formado na Cásper Líbero, com extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), especialização em Marketing Digital pela FGV e pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP. Já trabalhou para IstoÉ Online, O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo e Editora Abril, entre outros veículos. Adora viajar, conhecer novas culturas e contar o que descobriu.

Artigos relacionados

TransferWise: como funciona? Veja nosso guia antes de usar

Será que é seguro enviar dinheiro pela TransferWise? É confiável? Mostramos tudo sobre essa plaforma, como utilizar, preços, vantagens e desvantagens.

Remessa Online vale a pena? Veja como funciona e se é seguro

Saiba como poupar, quais as taxas aplicadas e o passo a passo para utilizar a Remessa Online. Leia ainda o que dizem os utilizadores.

Limite de remessas para o exterior: saiba quanto dinheiro pode enviar

Enviar dinheiro para fora é sempre complicado por causa das várias taxas e regras. Veja qual é o limite de remessas para o exterior e como enviar.

Receber dinheiro do exterior paga imposto? Descubra aqui

Receber dinheiro do exterior paga imposto? Esclareça essa e outras dúvidas que muitas pessoas têm na hora de enviar dinheiro para o exterior.

Western Union: como funciona, taxas e passo a passo para enviar dinheiro

Western Union: como funciona o envio e recebimento de dinheiro, quais são as taxas cobradas e se é confiável fazer transferências nessa plataforma.

Remessa Online ou TransferWise: qual é melhor para enviar dinheiro?

Remessa Online ou Transferwise? Comparamos as duas plataformas de envio de transferência internacional e descobrimos a melhor opção. Confira.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube