São muitas as motivações para morar em outro país: conhecer uma nova cultura, estudar um novo idioma, aventurar-se, cursar um mestrado, trabalhar no exterior, entre outras. E se você quer saber como morar na Irlanda, país bastante procurado por brasileiros nos últimos anos, nos acompanhe neste artigo.
Aqui, vamos contar para você qual é o custo de vida da região, quais são as principais vantagens e desvantagens em morar no país, as melhores zonas e cidades para morar, segurança, clima e tudo mais o que precisa saber antes de se mudar para lá.

Como morar na Irlanda legalmente

É claro que se você deseja se mudar para a Ilha Esmeralda, deve procurar por opções que estejam de acordo com as leis de imigração do país.
Por sorte, mesmo que você não tenha cidadania europeia, é possível obter o visto relacionado com as suas intenções. As principais opções são:

  • Estudar na Irlanda, seja em uma universidade ou pelo visto de estudo e trabalho relacionado com as escolas de inglês;
  • Trabalhar na Irlanda, por meio da oferta de uma empresa que será responsável por viabilizar o seu visto de trabalho;
  • Investir na Irlanda, ou seja, abrir uma empresa e obter o visto de empreendedor.

O que eu preciso para ir para a Irlanda?

Para poder morar na Irlanda, faz-se necessária a obtenção de alguns documentos, de acordo com o tipo de visto. No caso do visto mais comum, que é o de estudo e trabalho, os documentos são:

  • Passaporte válido;
  • Caso vá estudar, a Carta da escola, com a confirmação da matrícula em um curso de no mínimo 6 meses e com um mínimo de 15h de carga horária semanal; E também a Prova de que a Escola escolhida por você possui o Learner Protection;
  • Comprovação de 3 mil euros (500€ para cada mês de estadia no país);
  • Seguro de saúde internacional governamental ou privado que cubra todo tempo de estadia no país;
  • Comprovação de residência por pelo menos uma semana, com endereço;
  • 300€ – taxa cobrada pela emissão do IRP, deve ser pago no cartão de débito ou crédito no dia agendado para emissão do visto.

Melhores cidades para morar na Irlanda

O país, localizado na parte oeste da Europa, conta com diversas cidades excelentes para se morar. Veja o mapa da Irlanda abaixo:

A área da Irlanda é de 70.285 km² e há 4,8 milhões de habitantes no país (dados de 2018). Suas principais cidades são: Dublin, Cork, Galway, Limerick e Waterford.

1. Dublin

Como toda capital, tem um dos custos de vida mais altos, mas vale cada centavo não somente para quem tem o perfil boêmio e festeiro. A vida noturna de Dublin é agitadíssima, repleta de pubs e festas típicas.
Dublin
Mas, ao mesmo tempo, a cidade conta com um forte cenário cultural. Para estudantes, tem boas universidades e cursos de idiomas.
As melhores zonas para morar em Dublin, capital da Irlanda, são:

  • Centro Comercial;
  • St Stephen’s Green;
  • Ranelagh;
  • Portobello;
  • Rathmines.

2. Cork

Com ar mais interiorano, Cork também é excelente para brasileiros, tanto para os que procuram estudar idiomas quanto para quem procura emprego na área de tecnologia.
É a segunda maior cidade do país e conta com sedes da conceituada Cork English Academy e da Apple. Tem boa infraestrutura e custo de vida menor do que Dublin. Principais bairros para morar em Cork: Centro, Ballinlough, Ballintemple, Blackpool e The Lough;

3. Limerick

Uma das cidades mais jovens da Irlanda, com a maioria da população na faixa etária de 30 anos, grande parte formada por intercambistas. Se este for o seu perfil, certamente o lugar vai te agradar. É o polo do rúgbi e do futebol gaélico.
Limerick também é muito conhecida por ser a cidade da banda de rock irlandesa The Cranberries. O Erick Gutierrez, fundador do Euro Dicas morou em Limerick e contou como foi seu processo de adaptação na Irlanda.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

4. Galway

Com ar interiorano e muito tranquila (mas, claro, com muitos pubs), Galway também é destino de intercambistas, mas não atrai muitos brasileiros. Possui um belo centro histórico preservado, casas de fachadas coloridas e ruas estreitas.
Confira os bairros que estão entre os mais escolhidos brasileiros em Galway: Centro, próximo à universidade NUI Galway e Shop Street.

5. Waterford

Outra cidade pouco explorada pelos brasileiros, a mais antiga da Irlanda e com um dos mais baixos custo de vida. Boa oportunidade para uma imersão na língua, ficando em contato direto com o idioma local, já que não há muitos brasileiros. Tem ótima infraestrutura e vida noturna agitada.
Confira o artigo específico que fizemos sobre as 10 principais cidades da Irlanda.

Por que escolher a Irlanda para morar?

Na Irlanda, é possível estudar inglês de seis a oito meses e ter a permissão para trabalhar 20h semanais, sendo possível ser estudante e se manter trabalhando. Além disso, o país oferece boas oportunidades para brasileiros das áreas de tecnologia, saúde e engenharia.
Apesar de o salário ser calculado por hora trabalhada, o país tem um dos maiores salários médios da Europa – 1.656 € – e a qualidade de vida compensa: no quesito segurança, saúde e lazer, você estará bem.

Visto para Irlanda

Conhecida pelas deslumbrantes paisagens verdes, a Ilha Esmeralda é uma ótima alternativa para quem quer estudar e trabalhar no país. Porém, por ser um dos países da União Europeia com o controle de imigração mais rígido, é preciso estar com tudo em dia e seguir a lei para não ser pego de surpresa e ter a entrada barrada na imigração na Irlanda.
Se você quer saber como morar na Irlanda e não possui dupla cidadania, não precisa ficar sem esperanças; há algumas opções de vistos para estar legalizado no país. Para brasileiros, é possível morar legalmente no país como estudante de inglês, com curso superior ou pós-graduação e mestrado ou com visto de trabalho.

O visto é solicitado na Irlanda, não no Brasil

Outra vantagem da Irlanda é que você só precisa solicitar o visto para Irlanda já estando no país. Brasileiros podem entrar na Irlanda sem visto e permanecer até 90 dias por lá. Veja os tipos de visto concedidos a brasileiros após esse período de 90 dias:

Visto para trabalhar na Irlanda: Stamp 1

Esse visto destina-se para quem tem uma proposta de trabalho de empresa estabelecida na Irlanda. A autorização é submetida ao Ministério da Justiça e da Igualdade, que emitirá ao empregador a permissão de contratar um imigrante.
O visto de trabalho é o mais almejado entre os cidadãos que não são europeus e que querem morar e trabalhar na Irlanda. Porém, é também o processo mais burocrático. Para conseguir este visto, é necessário entrar com um processo na imigração por meio da empresa na qual o imigrante vai trabalhar.
A companhia precisa anunciar publicamente a vaga e comprovar que nenhum cidadão europeu está apto para entrar. Além disso, é preciso pagar taxas, assim como diversos outros pontos devem ser avaliados pelo governo irlandês para que o visto seja (ou não) aprovado.
As vagas na Irlanda mais comuns estão na área de Tecnologia da Informação. Dublin é conhecida como o Vale do Silício Europeu.

Visto para estudar na Irlanda: Stamp 2 A (visto de estudo sem permissão de trabalho)

Menos requisitado, é um visto com duração de três a seis meses, autorizando estudar no país, mas sem trabalhar. É preciso apresentar a carta da escola comprovando a matrícula no curso (seja de idiomas, cursos técnicos ou superiores).

Posso trabalhar na Irlanda com visto de estudo?

Ok, mas se eu for morar na Irlanda, posso também trabalhar? Quantas horas?”.
Estas perguntas são comuns entre os brasileiros que querem tentar algo novo no exterior e morar na Irlanda. Uma das vantagens da Irlanda é a possibilidade de estudar e trabalhar, garantido a permanência no país.
Mas você não deve pensar em vender tudo no Brasil e ficar rico do dia para a noite no país só porque vai receber em euros, pois não é bem assim que as coisas funcionam. Veja abaixo o visto que dá permissão para trabalhar.

Visto para estudar na Irlanda: Stamp 2 (visto de estudo com permissão de trabalho)

O mais requisitado, tem duração de seis a oito meses, precisando ser renovado duas vezes (período total de dois anos). Ele permite trabalhar 20 horas semanais durante o período do curso em questão e 40 horas semanais durante o período de férias (de 15 a dezembro a 15 de janeiro e de junho a setembro).
Para isso, você precisa estar de férias escolares. Também é preciso apresentar carta da escola comprovando a matrícula. Se o estudante descumprir a lei e trabalhar mais horas do que deveria, corre o risco de ser deportado.
Além disso, maioria das empresas tem seguido estas regras rigidamente, já que a multa para quem descumpre as leis é elevada. O agendamento para solicitação de visto é feito online, pelo site do Ministério da Justiça e da Igualdade da Irlanda.
Desde dezembro de 2017, as autorizações de permanência no país, que antes se chamavam GNIB card, foram substituídas pelo Irish Residence Permit (IRP). Os documentos apenas mudaram de nome, mas seguem com as mesmas regras e condições para emissão.

O visto é válido para cursos de curta duração

Normalmente, as escolas de inglês comercializam cursos de curta duração. Mas o mais procurado é o pacote de seis meses de aula e dois meses de férias, que totaliza oito meses de permanência no país. Com este visto, é possível estudar na Irlanda por dois anos, fazendo a renovação dessa autorização a cada oito meses, por duas vezes.

Também é o visito ideal para graduação e pós-graduação (até 2 anos)

Outra opção para conseguir o visto de estudante é cursar faculdade, pós-graduação ou mestrado. Infelizmente, os cursos na Irlanda não são os mais baratos (um curso de Administração pode custar a partir de 3 mil euros, mas outros podem custar até 15 mil euros por ano).
No entanto, o investimento vale a pena: o país possui universidades renomadas, situadas em Dublin, Galway, Limerick e Cork, principais cidades desta ilha.
Cliffs

Morar na Irlanda com cidadania europeia

Se você quer saber como morar na Irlanda e possui cidadania de um país da União Europeia, tudo se torna mais simples. Muitos brasileiros têm buscado pesquisar a história de seus descendentes para garantir o direito de morar na Europa e circular livremente pela União Europeia sem a necessidade de solicitar visto.
A maioria das pessoas que adquire dupla cidadania possui descendentes dos seguintes países: Portugal, Espanha, Itália e Alemanha.
Saiba também como funciona a cidadania irlandesa, quem tem direito e como conseguir.

Vantagens e desvantagens de morar na Irlanda

Devido à situação de frequente crise no Brasil, cada vez aumenta mais o número de brasileiros que buscam informações sobre a vida em outros países, principalmente os europeus. Para te ajudar a saber como morar na Irlanda, apresentamos para você as principais vantagens e desvantagens em viver no país.

Vantagens em morar na Irlanda

  • Ter boas oportunidades de emprego;
  • Aprender o inglês local ou treinar o idioma;
  • Aprender novas culturas;
  • Ter a possibilidade de viajar para outros países europeus, principalmente por causa das constantes promoções de passagens aéreas;
  • Receptividade da população;
  • Salário mínimo por hora elevado (10,20€ em 2021);
  • Pouca burocracia para intercambista conseguir visto.

Desvantagens em morar na Irlanda

  • O país é bastante conservador, principalmente no que diz respeito à religião e à homossexualidade. Ainda que ele tenha sido o primeiro país a permitir, através de um plebiscito, a união legal de pessoas do mesmo gênero, o número de casos de homofobia tem visto uma crescente;
  • Há dificuldade para conseguir moradia;
  • O preço do aluguel é elevado;
  • Pode ser difícil se adaptar no quesito culinário, já que os hábitos alimentícios são bem diferentes;
  • O clima é bem diferente do Brasil: os dias normalmente são cinzentos e chuvosos.

Custo de vida para morar na Irlanda

O salário mínimo por hora na Irlanda atualmente é 10,20€ a hora. Com esse valor, é possível se manter na ilha, mas sem luxo. Você consegue pagar o aluguel, provavelmente dividindo casa e quarto (os valores de aluguel em Dublin, por exemplo, são bem altos), pagar suas contas como mercado, luz, água, telefone, transporte e ainda pode ser que sobre um pouco no final, dependendo da sua economia.
Mas, se você quer saber como é morar na Irlanda, confira a seguir o custo de vida na Irlanda detalhado, considerando as despesas básicas. Selecionamos alguns produtos e serviços dia 22 de janeiro de 2021, no site Numbeo. Mas, claro, os gastos dependem do estilo de vida de cada viajante.
Em termos comparativos, Dublin, Cork, Galway, Limerick e Waterford se apresentam nesta ordem entre as opções de cidades do país com maior custo de vida, de acordo com levantamento do site Numbeo. Os valores abaixo são médios para o país:

Preço dos serviços/produtos  Irlanda
Refeição em restaurante econômico 15€
Lanche no Mc Donalds  8€
Água (300ml)  1,41€
Leite (1 litro)  1,03€
Arroz (1 quilo)  1,46€
Carne (1 quilo)  9,69€
Batata (1 quilo)  1,63€
Bilhete de transporte unitário  2,70€
Bilhete de transporte mensal  120€
Gasolina (1 litro)  1,40€
Contas básicas da casa (eletricidade, aquecimento, água, taxa de lixo) para apartamento de 85 metros quadrados  146,86€
Ligação de celular (tarifa local, 1 minuto) 0,31€
Internet (60 mega, dados ilimitados, cabo/ADSL) 49,55€
Academia de ginástica (mensalidade) 43,51€
Cinema (1 entrada) 10,00€
Educação infantil (particular, integral, mensalidade para 1 criança) 904,30€
Educação fundamental em escola internacional (anuidade para 1 criança) 8,982,35€
Aluguel apartamento de 1 quarto, no centro da cidade 1.157,51€
Apartamento para comprar no centro da cidade (metro quadrado) 4.107,61€

Aluguel de imóvel na Irlanda

Assim como em todos os lugares, na Irlanda o valor do aluguel depende do imóvel e de sua localização. De acordo com consulta feita no site Numbeo em janeiro de 2021, alugar um apartamento de um quarto no centro da cidade custa, em média, 1.157€. Já fora do centro, o valor médio fica em 956€.
Para alugar um apartamento de três quartos no centro da cidade, é preciso desembolsar cerca de 2.004€ por mês. Já se uma pessoa quiser morar na Irlanda em um apartamento fora do centro, o valor médio fica em 1.625€.

Alugar moradia individual não é uma tarefa simples na Irlanda

Como você viu, alugar apartamento na Irlanda não custa nada barato. Por isso, é preciso se programar bem financeiramente caso você imigre sem trabalho certo.
Além do preço, há, ainda, a dificuldade de alugar: são poucas ofertas e os proprietários costumam dificultar a entrada de estudantes em seus apartamentos, principalmente por medo de inadimplência, motivo pelo qual muitas pessoas que fazem intercâmbio na Irlanda optem por moradias compartilhadas.

Compra de imóvel na Irlanda

De acordo com o Numbeo, o preço médio por metro quadrado para comprar apartamento para morar na Irlanda, no centro da cidade, é 4.108€. Se você optar por um imóvel fora do centro, o valor médio fica em 2.989€. Além disso, cada instituição financeira possui o direito de decidir critérios para liberar o crédito imobiliário.
Não existe programa governamental de suporte, nem algo como o FGTS, para que você utilize como garantia: a negociação é entre o banco e você.

Segurança na Irlanda

Os índices de criminalidade são baixos na Irlanda e a polícia é considerada eficiente. São relatados casos esporádicos de manifestações violentas contra turistas e de grupos raciais minoritários, como informa o portal do Itamaraty.
Nas regiões mais turísticas e nos pubs, podem ocorrer roubos de bolsas e carteiras. Cuidado com as brigas em bares: os famosos “pubs” deixam de servir comida por volta das 21h30. E o consumo maior de bebidas alcoólicas pode levar a desavenças.
No ano de 2020, viu-se um aumento da violência direcionada a entregadores de comida por aplicativo, que geralmente se locomovem pela cidade de bicicleta.

Saúde na Irlanda

O serviço saúde na Irlanda é de alta qualidade, mas turistas não têm acesso à rede pública. O custo do atendimento médico é alto, por isso recomendamos fortemente que você adquira um seguro viagem antes de embarcar rumo ao país.
A cobertura mínima do seguro viagem para custos médicos e hospitalares é de 30 mil euros e o seguro é o exigido pelo país para quem vai permanecer mais de 90 dias em território irlandês.

Como contratar

Você pode contratar seu seguro viagem no comparador do Euro Dicas. Nele, você completa seus dados pessoas, seu destino e datas de embarque e retorno.
Depois, confere planos de seguradoras confiáveis no mercado e pode fazer uma escolha bem racional comparando as opções que melhor se encaixam no seu perfil financeiro e de viajante. Em parceria com o Portal Seguros Promo, garantimos os melhores preços aos nossos leitores.

Ganhe 10% de desconto no seguro viagem

Optando por fazer a compra do seu seguro viagem no comparador do Euro Dicas, você pode garantir 10% de desconto. Você garante 5% de desconto no valor final da sua compra se inserir o código EURODICAS5 no box “Cupom” antes de finalizar a compra. Depois, pode optar por pagar via boleto bancário, o que garante mais 5%. Os descontos são acumulativos.
Como morar na Irlanda Dublin

Clima na Irlanda

O clima na Irlanda é influenciado, em sua maioria, pelo Oceano Atlântico, não havendo temperaturas extremas. A média é de cerca de 10°C.
No verão (de maio a julho), a média das temperaturas mais altas é de 18 a 20°C e há dias com cerca de 18 horas de luz solar (só anoitecendo depois das 23h).
No inverno, as temperaturas ficam geralmente em 8°C, e os meses mais frios são janeiro e fevereiro. Algo que é importante saber sobre o clima na Irlanda: chove muito.

Idioma na Irlanda

Existem duas línguas oficiais na Irlanda: o inglês e o irlandês. Então, quem tem a pretensão de aprender ou treinar o inglês para pegar fluência, pode ir para a Irlanda sem medo. Não por acaso, o país é destino de intercâmbio para brasileiros, e sempre figura nas listas dos países mais procurados para o estudo do inglês, como na lista dos destinos mais procurados de 2019, da Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio.

Fazer contato ajuda na integração

Se você gostou de saber informações sobre como morar na Irlanda e quer trabalhar no país, uma dica fundamental é a pesquisa.
Pesquise informações em grupos do Facebook, peça ajuda àquele amigo que conhece um amigo que mora na Irlanda ou em qualquer outro país, e busque saber sobre tudo relacionado a essa mudança. Assim, você consegue se programar melhor e aproveitar ao máximo a sua experiência em um novo país e legalmente.
Para mais informações sobre tipos de visto para morar na Irlanda, acesse o site do Serviço de Imigração e Naturalização Irlandês (INIS).

Como é morar na Irlanda?

Para mim, Carolina Candido, morar na Irlanda foi uma experiência única na minha vida. Foram muitas as lições que aprendi morando nesse país.
O meu interesse inicial era a obtenção do visto de estudante, mas, em pouco tempo, me rendi aos encantos da Ilha Esmeralda. País de fortes tradições, cultura envolvente e famoso pelos pubs, a Irlanda será sempre uma casa para mim.
De antemão, digo que foi na Irlanda que encontrei as pessoas mais simpáticas que conheci na vida. Fiz amigos que jamais me esquecerei e com os quais mantenho contato.
Passei de inglês intermediário para a obtenção do certificado IELTS com a nota mais alta em cada uma das categorias.
Entender como morar na Irlanda parte também da ideia de ampliar os seus horizontes e conhecer uma cultura nova, explorar o mundo. Jamais me esquecerei dessa experiência.