Portugal

Como morar em Portugal em 2020 (Guia Atualizado!)

Portugal está entre os países mais procurados por brasileiros que querem morar na Europa, seja pela ligação histórica que temos com o país ou até mesmo pelo facilidade do idioma. A verdade é que somos uma comunidade de mais de 151 mil expatriados em Portugal, representando 1 a cada 4 imigrantes no país. De acordo com o SEF, houve um aumento de 43% no número de brasileiros com autorização de residência no país de 2018 para 2019. Saiba tudo sobre morar em Portugal.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Morar em Portugal é o sonho de muitos brasileiros, mas para a maioria não passa mesmo de um sonho distante. Na prática, é preciso muito planejamento para se mudar para o país, começando por conseguir um visto adequado, uma oportunidade de trabalho, reserva financeira, etc. Nesse artigo vamos passar pelos pontos mais importantes que você precisa levar em consideração para morar em Portugal.

Então o que você precisa fazer para morar em Portugal?

O que você precisa para morar em Portugal

Em primeiro lugar você precisa saber que apesar de Portugal parecer uma extensão do Brasil na Europa, na prática a coisa é muito diferente e só vai funcionar se você tiver planejamento financeiro e emocional e acima de tudo, tiver um motivo para morar em Portugal.

Visto para morar em Portugal

O primeiro passo e um dos mais importantes é conseguir um visto adequado para morar em Portugal (caso você não tenha cidadania de nenhum país europeu). Os tipos de visto mais comuns que você pode solicitar são:

  • Visto de Estudo;
  • Visto de Trabalho;
  • Visto de Empreendedor;
  • Visto para Startup;
  • Visto de Rendas Próprias (aposentados, por exemplo);
  • Golden Visa (compra de imóvel).

Você pode ver aqui todos os tipos de visto para Portugal e os documentos necessários para solicitar cada um deles. Se você tem a cidadania portuguesa (ou de outro país da União Europeia), não precisa de nenhum visto para morar na Europa.

As melhores cidades para morar em Portugal

Fazer um ranking com as melhores cidades para morar em Portugal (ou em qualquer outro país) é complicado por que tudo depende do seu estilo de vida. Esse ranking é baseado em qualidade de vida, custo de vida e oportunidade de trabalho.

1. Lisboa – Como é morar em Lisboa;

2. Porto – Como é morar no Porto;

3. Braga – Como é morar em Braga;

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

4. Coimbra – Como é morar em Coimbra;

5. Guimarães – Como é morar em Guimarães;

Claro que você deve levar em consideração o propósito de morar em Portugal para escolher a cidade que vai morar. Se você não quer morar em uma cidade grande, Braga pode se adequar melhor ao seu estilo de vida. Se quer trabalhar com tecnologia em Portugal, provável que tenha que escolher entre Porto e Lisboa, por exemplo.

Aliás, se você está em dúvida entre Porto e Lisboa (como grande parte das pessoas), temos aqui um comparativo que vai te ajudar a escolher se vai morar em Lisboa ou no Porto.

Mosteiro dos Jerónimos Portugal
Mosteiro dos Jerónimos é ponto turístico de Lisboa.

Como é morar em Portugal na opinião dos brasileiros?

É muito difícil dizer o que os brasileiros pensam sobre morar em Portugal, porque cada pessoa vem com um objetivo, tem experiências e visões diferentes do mundo, por isso nós convidamos alguns brasileiros que já moram em Portugal para resumir “o que é morar em Portugal” na opinião de cada deles.

Quer saber como morar, trabalhar ou estudar tranquilamente em Portugal?

A Atlantic Bridge é o parceiro que nós recomendamos para ajudar a planejar e concretizar o seu sonho de vir para Portugal.

SABER MAIS »

Ficou com vontade mas não sabe como começar o seu planejamento? Eu tive essa mesma dificuldade que você quando me mudei. Por isso, eu e a Equipe Euro Dicas preparamos um Ebook com todos os passos essenciais para mudar para Portugal dentro da legalidade e sem imprevistos.  Se tiver interesse, confira o nosso Ebook Como Morar em Portugal.

Morar em Portugal como aposentado

Desde que Portugal criou um visto especial para pessoas que possuem rendas próprias (aposentados ou não), o país tem recebido anualmente milhares de aposentados que veem aqui a oportunidade de viver melhor, gastando menos do que gastavam no Brasil e com muito mais segurança.

Sem dúvida, é uma escolha acertada. O custo de vida em Portugal pode ser até 50% mais barato caso vá viver em cidades pequenas de Portugal, e além disso, os aposentados brasileiros acabam conseguindo ter um conforto muito maior, além de se sentirem mais seguros, respeitados e acolhidos.

Nós já escrevemos, inclusive, um guia de como viver em Portugal depois de aposentar. Se esse for o seu caso, recomendamos a leitura.

Quanto custa morar em Portugal

Sem dúvida o custo de vida em Portugal é um dos itens que você deve considerar antes de mudar para o país. O custo de vida vai depender da cidade que você escolher para viver e do seu estilo de vida.

Lisboa e Porto são as cidades mais caras para morar em Portugal, mas também é onde mais tem oportunidades de trabalho e onde pagam melhor, ou seja, uma coisa compensa a outra.

Se considerar um casal, sem filhos, vivendo em um apartamento bem localizado com um quarto, incluindo as contas básicas (água, luz, telefone, internet) e comida, o custo de vida por cidade seria mais ou menos assim:

  • Lisboa – 2.000€;
  • Porto – 1.500€;
  • Braga – 800€;
  • Coimbra – 700€;
  • Guimarães – 700€.

Claro que essa é uma conta genérica, onde o seu estilo de vida e principalmente que tipo de imóvel quer alugar, vai fazer toda a diferença. Esses são os custos mínimos para viver uma vida econômica em cada uma das cidades.

Dados Numbeo

O site Numbeo, que calcula custo de vida ao redor do mundo, informa que uma pessoa sozinha precisa de 553 euros mensais (sem o valor do aluguel incluído) para morar em Lisboa. Já para o Porto, uma pessoa sozinha precisaria de 529 euros mensais (sem o valor do aluguel incluído) para viver na cidade de forma econômica.

Na cotação do euro de janeiro de 2020, isso representaria R$2.575 mais aluguel para Lisboa e R$2.463 mais aluguel para o Porto. Mas afinal, quanto custa o aluguel? Veja abaixo.

Aluguel de Portugal

No último ano, Portugal sofreu um boom com a chegada de uma grande quantidade de pessoas que vieram em busca de emprego e mais qualidade de vida. Com a grande procura de casas, o fenômeno do aumento dos valores aconteceu. Portanto, os valores para aluguel de casas e apartamentos, principalmente nas grandes cidades como Lisboa e Porto, sofreram um aumento considerável.

Quem vem para Portugal deve ter em mente o ocorrido e estar ciente de quem isso afetará o custo de vida.

Veja abaixo exemplos dos valores de aluguel no país:

Lisboa Porto  Braga
Apartamento de 1 quarto no centro 884€ 680€ 475€
Apartamento de 1 quarto fora do centro 617€ 506€ 347€
Apartamento de 3 quartos no centro 1.701€ 1281€ 732€
Apartamento de 3 quartos fora do centro 1.128€ 862,50€ 550€

Saiba mais no artigo sobre como alugar apartamento em Portugal.

Comprar imóvel

Se ao invés de morar de aluguel em Portugal, você tem a intenção de comprar ou financiar um imóvel no país, é preciso estar atento à toda a legislação vigente, agendar visitas ao imóvel, tratar do contrato, dos impostos, do registro e escritura, etc.

Para que você tenha uma ideia, veja os valores do metro quadrado nas três principais cidades que os brasileiros escolhem para morar em Portugal:

Lisboa Porto  Braga
Preço do m² para apartamento no centro De 3 mil € a 6 mil € De 2 mil € a 4 mil € De 1.100€ a 1.750€
Preço do m² para apartamento fora do centro De 1.500€ a 3.500€ De 1.200€ a 4 mil € De 900€ a 1.140€

Se você deseja obter uma assessoria para fazer o melhor negócio na compra de imóvel em Portugal, preencha esse formulário da Atlantic Brigde, sem compromissos. Essa empresa de consultoria para cidadania, vistos e investimentos pode auxiliar você e é da nossa confiança.

Marina do Porto
Porto é uma cidade com rio e praia: ideal para curtir o fim de semana.

Como é o mercado de trabalho em Portugal

Esse é um dos pontos fundamentais para a maior parte das pessoas, que vem em busca de um trabalho para poder viver com mais qualidade de vida. Portugal está se recuperando da crise e já começam a aparecer mais oportunidades de trabalho (principalmente para mão de obra qualificada), mas o ideal é vir com um emprego já certo.

Isso porque o tempo médio para conseguir um emprego em Portugal (exceto em tecnologia) é superior a 3 meses. As empresas portuguesas costumam fazer um maior número de entrevistas do que no Brasil e o período de decisão das empresas é maior.

Fizemos um guia de como trabalhar em Portugal, e também pode ser útil ver a lista dos melhores sites de emprego em Portugal para começar as buscas e saber se tem vagas na sua área.

Qual é o clima em Portugal?

Portugal possui 561 quilômetros de norte a sul e 218 quilômetros de largura. Claro que, tendo o tamanho do estado de Pernambuco, fica difícil comparar com os diversos climas do Brasil. Mesmo sendo pequeno, o clima em Portugal é bem diferente de região para região do país, sendo o norte do país mais frio e o sul mais quente.

Verão em Portugal

Graças ao clima mediterrânico, que predomina na parte continental de Portugal, no verão, o país consegue ter praias com águas quentes no sul, famosas em todo o mundo.

As temperaturas médias podem chegar aos 40ºC no verão, principalmente no sul e no interior.

No norte do país, as temperaturas também sobem, mas nem tanto, ficando perto dos 30 graus no verão. Lisboa, que fica no centro de Portugal, tem temperaturas agradáveis, com verões quentes e secos.

Inverno em Portugal

No inverno as temperaturas podem chegar a até -5ºC, dependendo da região. Na Serra da Estrela é possível até nevar e aproveitar para esquiar.

No norte do país as temperaturas variam entre 2ºC e 15ºC, em média.

Diferenças de clima entre Brasil e Portugal

As temperaturas anuais médias variam muito de cidade para cidade e podem ir dos 10ºC aos 18ºC. No verão português quase não chove, porém, no inverno é possível que a chuva caia por vários dias e acompanhadas de muito vento.

As estações em Portugal são ao contrário do Brasil. Os meses de inverno são em dezembro, janeiro, fevereiro e março. Já a primavera abrange os meses de março, abril, maio e junho, quando começa o verão que vai até setembro (período de inverno no Brasil). O outono chega em setembro e fica até dezembro quando volta o inverno.

Como morar em Portugal Lisboa
Lisboa tem cerca de 260 dias de sol por ano.

Como funciona a saúde em Portugal

O sistema público de saúde em Portugal é o que atende a maioria das pessoas, e tem boa qualidade, inclusive se comparado com hospitais particulares do Brasil. Os hospitais são bem equipados, com atendimento de qualidade e não precisa esperar dias para ser atendido. Mas também diferente do Brasil, não é gratuito!

Porém, os valores não são abusivos, como no Brasil.

Brasileiros podem usar a saúde pública em Portugal?

Sim! Seja você uma pessoa que mora, trabalha e reside em Portugal, você tem o direito de usar a saúde pública em Portugal.

Será necessário solicitar o PB4 ainda no Brasil para usufruir do direito. O PB4 (gratuito) é um acordo entre Brasil e Portugal no qual todo beneficiário do INSS tem direito a atendimento nas redes de saúde pública dos países que fazem parte do acordo, pagando o mesmo que um cidadão local. Mas lembramos: é preciso apostilar o documento segundo a Convenção de Haia.

Veja onde e como solicitar o PB4 ou então, veja como escolher o melhor seguro viagem Europa.

Como usar o PB4 em Portugal?

Depois que você chegar em Portugal e já tiver em mãos a sua autorização de residência (que deverá ser emitida pelo SEF), você pode ir ao Centro de Saúde (o equivalente ao nosso Posto de Saúde) da sua região de residência para conseguir o seu número de utente. O número do Utente é como se fosse um Número do SUS no Brasil, o registro que você tem no sistema público da saúde português.

Mas vale lembrar que para fazer o registro do seu PB4, a atendente do Centro de Saúde vai exigir de você o comprovante do seu PB4, seu comprovante de endereço em Portugal e seu cartão de residência. Caso não tenha vaga no Centro de Saúde da sua freguesia (bairro), você poderá procurar por outro ou entrar na fila de espera.

Depois de registrado e com o seu número de utente em mãos, você será atendido no Centro de Saúde e nos hospitais portugueses como um nativo: pagando o mesmo valor das taxas moderadoras que os portugueses pagam. Para uma consulta com médico generalista (clínico geral) o valor é de 4,5€ por consulta, com especialista em média 7€, atendimento de urgência no Hospital custa 18€.

Plano de Saúde em Portugal

Em Portugal não se usa o mesmo “conceito” de plano de saúde do Brasil. Aqui é muito mais comum o seguro de saúde!

Você paga um valor mensal e ele cobre uma porcentagem de tudo que você gastar em hospitais / clínicas particulares. Você pode pagar por um seguro de saúde, que em média custa de 10€ a 40€ mensais e quando for fazer consultas e exames, irá pagar apenas uma parcela menor do valor. Quanto maior o valor que você paga por mês, menos terá que pagar para ser atendido.

Por exemplo, se você tem um plano da Generali que custa 30€ por mês, quando for consultar com um especialista que cobra 80€ por consulta, você vai pagar apenas 15€.

Precisa de seguro saúde em Portugal?

Precisar não precisa, mas se você quiser ter mais agilidade e conforto é sempre bom.

O sistema de saúde pública em Portugal é muito bom, mas pode haver demora no atendimento. Em algumas especialidades médicas a demora pode ser de meses. Assim como na urgência e emergência.

Portanto, se você puder pagar, pode ser uma boa ideia, principalmente se você costuma recorrer a especialidades como psiquiatria/psicologia, dermatologia, oftalmologia, etc, que têm sempre muita espera em Portugal.

Quais os documentos necessários para morar em Portugal?

Quando um estrangeiro se muda para Portugal pode ficar bem confuso sobre os documentos necessários no país europeu e isso é extremamente normal. Mas depende de cada caso. De forma geral, os documentos básicos para morar em Portugal são:

Se você vai levar sua família que não possui cidadania europeia, será necessário fazer o reagrupamento familiar. Veja os documentos necessários para o reagrupamento familiar em Portugal.

Se você viajará com seus animais de estimação, serão necessários uma série de documentos. Veja os documentos necessários para viajar com animais para Europa.

Alguns documentos deverão ser reconhecidos pela Convenção de Haia. Veja mais sobre Apostila de Haia para morar em Portugal.

Vale a pena morar em Portugal?

Em resposta direta, na minha opinião vale sim! Mas isso é a minha opinião, vale para o meu estilo de vida e para os meus objetivos. Você terá que avaliar o seu caso, mas vou dar umas dicas que podem te ajudar.

Para quem vale a pena morar em Portugal:

  • Pessoas que dão mais valor a qualidade de vida do que a ganhar muito dinheiro;
  • Pessoas que gostam de uma vida mais calma;
  • Pessoas que têm ou pretende ter filhos;
  • Aposentados e pensionistas com uma renda razoável.

Para quem talvez não seja um bom negócio:

  • Pessoas que gostam de viver em grandes metrópoles;
  • Pessoas que querem ganhar um bom dinheiro com trabalhos não técnicos/especialistas;
  • Pessoas que não têm um bom planejamento financeiro para se sustentar até que a vida se encaminhe por aqui.

Eu prefiro dizer que você precisa olhar o seu caso e não se basear no meu, porque diariamente falo com pessoas que querem vir morar em Portugal e muitas vezes elas tem expectativas que o país não corresponde.

Por exemplo, diferente dos Estados Unidos, aqui ninguém vai conseguir chegar e arrumar um emprego para limpar chão (ou qualquer outro serviço braçal) e através desse emprego vai conseguir ter uma boa qualidade de vida, adquirir imóveis e etc.

Vantagens e desvantagens de morar em Portugal

Se você está pensando em morar fora do Brasil, provavelmente só tem pensando nas vantagens que existem em morar em Portugal (e que são muitas), mas também precisa ponderar que existem sim desvantagens.

Entre as principais vantagens estão: segurança, qualidade de vida, custo de vida, saúde pública de qualidade, qualidade de ensino para quem tem filhos ou vem estudar, uma vida muito menos corrida do que a do Brasil.

Entre as principais desvantagens estão: começar a vida de novo, ficar distante da família e amigos, mercado de trabalho mais concorrido, deixar para trás emprego e alguma estabilidade já adquirida.

Digo isso não é para desanimar, é apenas para você ponderar se no seu caso é uma boa opção morar em Portugal. Para mim foi uma boa opção sem dúvida alguma, inclusive eu já escrevi minha opinião se vale a pena morar e trabalhar em Portugal.

Receba gratuitamente o índice e as primeiras páginas do nosso guia Como Morar em Portugal.

Então, o que tenho que fazer para morar em Portugal?

A resposta é simples, PLANEJAR. É verdade que a prática é muito mais complicada, mas é isso que vai fazer você sair do Brasil. Só vai dar certo se você tiver escrito o passo a passo de tudo que você tem que fazer, e correr atrás de cada um desses passos.

A maioria das pessoas que leem esse artigo, não conseguem vir morar em Portugal, porque depois que eles acabam de ler, essa informação fica na cabeça da pessoa, mas não vira um plano de ação.

Então a minha dica é: pegue AGORA um papel, uma planilha, qualquer coisa… e anote quais são os passos que você tem que dar para conseguir viver em Portugal e o principal, coloque DATAS para que cada tarefa seja feita. Só assim, é que você conseguirá chegar aqui e te garanto, vai valer a pena.

Informação é tudo

Além de se planejar, outra dica para quem quer tirar do papel o plano Portugal é se informar. Por isso, recomendamos a leitura do Ebook Como Morar em Portugal. Neste ebook você encontrará todas as informações acima detalhadas e muito mais. São 300 páginas de conteúdos claros e objetivos e o passo a passo de todo o processo, desde a tomada de decisão até a chegada em Portugal.

E é desta forma você terá a chance de planejar melhor a mudança, antecipar problemas, encontrar respostas às perguntas que surgirem no caminho e terá, acima de tudo, um companheiro para esta jornada.

E então? Vamos morar em Portugal? Boa leitura!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE

Erick Gutierrez

Erick é luso-brasileiro, aos 21 anos mudou para a Europa e dedica parte do seu tempo para ajudar outros brasileiros realizarem o sonho de viver na Europa. Mora atualmente em Portugal, trabalha com tecnologia e é fundador da Euro Dicas.

Artigos Relacionados

Fechar