Você tem direito à cidadania portuguesa? Neste conteúdo você vai descobrir quem tem direito à solicitação, documentos necessários, custos e quanto tempo demora para ser aprovada.

Antes, confira as respostas a três das perguntas mais comuns sobre o assunto.

Pergunta  Resposta
Como tirar cidadania portuguesa? Antes de tudo, verifique se possui o direito, conforme as hipóteses existentes. Se tiver, reúna os documentos necessários e encaminhe o seu pedido.
Quem pode tirar o passaporte português? Quem é filho, neto ou bisneto de português, ou quem cumprir com outros requisitos, como tempo de residência em Portugal, casamento com português, entre outros.
Como saber se você tem direito à cidadania? São vários os critérios que dão direito à cidadania. É preciso conhecer todas as possibilidades para saber se você atende a algum deles.

Quem tem direito a tirar cidadania portuguesa?

A cidadania portuguesa pode ser solicitada por:

  • Filho de português;
  • Neto de português;
  • Bisneto de português (de forma indireta);
  • Casado ou em união estável com cidadão português;
  • Descendente de judeu sefardita português;
  • Residente legal em território português por pelo menos 5 anos;
  • Filho de estrangeiro adotado por cidadão português;
  • Nascido em ex-colônia no período que esta ainda estava sob controle de Portugal;
  • Nascido em Portugal, filho de estrangeiros, maior de idade ou emancipado, que tenha permanecido em Portugal por 5 anos;
  • Filho menor de idade de estrangeiros, nascido em território português – o pai/mãe precisa estar no país há pelo menos 1 ano regularmente.

Como saber se tenho cidadania portuguesa?

Antes de tudo, tenha em mente que você não precisa necessariamente ser descendente de um português, já que a nacionalidade pode ser requisitada inclusive por estrangeiros que morem em Portugal legalmente por no mínimo 5 anos, ou por pessoas casadas com um português, por exemplo.

Portanto, para saber se tem direito à cidadania portuguesa, o primeiro passo é conhecer a Lei da Nacionalidade e entender cada uma das possibilidades e ver se você se enquadra em uma delas.

A equipe do Euro Dicas ilustrou um infográfico para te ajudar a entender se você tem ou não direito.

Árvore genealógica da cidadania portuguesa
Existem muitas possibilidades de conseguir a cidadania portuguesa, não apenas por via sanguínea.

Como conseguir cidadania portuguesa?

O primeiro passo é saber se você tem direito à solicitação. Confira dentre as categorias que permitem obter cidadania portuguesa, desde a descendência familiar, casamento com nacional até a residência em Portugal.

Comprar euro mais barato?

A melhor forma de garantir a moeda europeia é através de um cartão de débito internacional. Recomendamos o Cartão da Wise, ele é multimoeda, tem o melhor câmbio e você pode utilizá-lo para compras e transferências pelo mundo. Não perca dinheiro com taxas, economize com a Wise.

Cotar Agora →

Após se certificar que você tem esse direito, você precisará reunir os documentos necessários para o seu tipo de processo.

O próximo passo é dar entrada no pedido, que pode ser feito tanto em Portugal (pelas Conservatórias) ou no Brasil (pelo Consulado português da sua zona de residência). Depois é aguardar a aprovação da sua solicitação.

E para conseguir a cidadania portuguesa, você tem duas opções:

  1. Fazer o processo sozinho: você mesmo vai se encarregar de pesquisar as suas possibilidades de cidadania, correr atrás de toda a documentação, agendar o consulado (se fizer o pedido no Brasil) ou a Conservatória (se fizer o pedido em Portugal), pagar a taxa e aguardar o parecer;
  2. Fazer por meio de assessorias: existem diversas assessorias especializadas na cidadania portuguesa, como, por exemplo, a Cidadania Já e a Cidadania4U. Elas cuidam de tudo para você, desde a indicação se tem ou não direito à cidadania, bem a reunião da documentação e acompanhamento do processo do início ao fim.

Como conseguir cidadania portuguesa pelo sobrenome?

Primeiro é importante destacar que ter um sobrenome português não significa que você tenha direito à cidadania portuguesa. Apesar da Lei da Nacionalidade não ter limite de geração, apenas filhos e netos de portugueses podem conseguir a cidadania diretamente pelo sobrenome.

Em alguns casos, os bisnetos e tataranetos também podem solicitar o direito, desde que a cidadania portuguesa tenha sido atribuída anteriormente ao pai/mãe ou o avô/avó em questão, fazendo com que o bisneto do português “nativo”, se torne filho ou neto de português “atribuído”.

Como conseguir cidadania portuguesa sendo brasileiro?

Depende. A relação Portugal e Brasil é antiga e existem muitos brasileiros que são descendentes de portugueses, portanto, comece montando a sua árvore genealógica. Mas como explicado acima, não adianta apenas ser descendente, é preciso que você seja filho ou neto de português, seja ele “nativo” ou “atribuído”.

Se você é como eu (Lívia), que não tem parentes portugueses, o negócio é buscar por outras vias. Eu, por exemplo, dei entrada na cidadania em abril de 2024, pois já completei 5 anos de residência legal em Portugal.

A carioca e pesquisadora da área de Comunicação, Priscila Minussi, solicitou a cidadania portuguesa em 2019, também pela via por tempo de residência.

“Entre 2013 e 2018, tive 1 cartão de residência por ser familiar de uma portuguesa (minha mãe). Em 2018, pedi a renovação da residência e recebi o cartão permanente de residência. Em outubro de 2019, fui ao Arquivo Central do Porto com os documentos necessários para pedir a cidadania. Fiz todo o processo por conta própria e não encontrei dificuldades”, conta Minussi.

Priscila Minussi conquistou a sua cidadania portuguesa por tempo de residência.
Priscila conquistou a sua cidadania portuguesa depois de residir por 5 anos no país. Foto: Priscila Minussi

Outras possibilidades de um brasileiro solicitar é por meio de casamento ou união estável com português (a). E saiba, casamento de fachada é crime.

Requisitos para tirar a cidadania portuguesa

A seguir detalhamos as 10 hipóteses mais comuns e todos os passos para ajudar você a conseguir sua cidadania portuguesa conforme as mais recentes alterações da Lei da Nacionalidade Portuguesa. Confira!

1. Cidadania portuguesa para filho de português

É possível solicitar a cidadania portuguesa para filho(a) de português, sendo o principal requisito a demonstração da filiação ao pai/mãe português.

A cidadania portuguesa para filhos adotivos de portugueses também pode ser concedida, se forem cumpridos os requisitos estabelecidos pela lei.

2. Cidadania portuguesa para neto de português

É possível solicitar a cidadania portuguesa para neto(a) de português, desde que o interessado demonstre:

3. Cidadania portuguesa para bisneto de português

“Sou bisneta de português, tenho direito à cidadania portuguesa?”

Bom, a lei portuguesa não prevê uma possibilidade específica para pedido de cidadania para bisnetos de portugueses, mas isso não significa que o bisneto não possa obtê-la.

4. Cidadania portuguesa por casamento ou união estável (união de facto)

É possível solicitar a cidadania portuguesa para cônjuge ou companheiro, desde que:

5. Cidadania portuguesa por tempo de residência em Portugal

Pode solicitar a cidadania portuguesa por tempo de residência o estrangeiro que preencha os seguintes requisitos:

Lembrando que, nesta possibilidade, para fins de contagem do tempo de residência, a lei admite a soma de todos os períodos em que tenha vivido legalmente em Portugal, seguidos ou interpolados, desde que os mesmos tenham decorrido num período máximo de 15 anos.

Esta previsão beneficia aqueles que sempre cumpriram com as suas obrigações legais e eram detentores de autorização de residência neste intervalo.

Apesar do pedido poder ser feito depois de 5 anos de residência no país, é importante alertar que, após submetido o pedido, o prazo médio de resposta das autoridades portuguesas é de um ano.

Após aprovado, é preciso esperar a chegada da carta em casa para fazer o pedido do cartão de cidadão como cidadão nacional e do passaporte português, o que ainda pode demorar cerca de 6 a 8 meses. Portanto, o pedido demora de 1 ano e meio a 2 anos para ser finalizado.

Priscila Minussi compartilha que o processo foi mesmo longo e que não adianta ter pressa.

“Demorou por volta de 1 ano desde o dia que fui ao Arquivo Central do Porto até receber a confirmação de que o meu pedido foi aceito. Em dezembro de 2020 (dei entrada em outubro de 2019), todo o processo foi finalizado e pude ir ao cartório criar o meu cartão de cidadão na Conservatória do Registo Civil da Maia. No início da primavera de 2021 dei entrada no pedido do passaporte e julho do mesmo ano, já pude buscá-lo”, relembra.

A mais nova alteração na Lei da Nacionalidade, que entra em vigor já em abril de 2024, passou a permitir que a contagem de tempo seja a partir da data que os estrangeiros dão entrada no requerimento do título de residência temporária, e não mais a partir da data da primeira emissão.

6. Cidadania para filhos de estrangeiros nascidos em Portugal

Atualmente, os filhos de estrangeiros nascidos em Portugal podem ter direito à cidadania portuguesa originária. Para isso, é preciso se enquadrar em uma das situações:

7. Cidadania para descendente de judeu sefardita português

Os descendentes de judeus sefarditas podem solicitar a nacionalidade portuguesa desde que se enquadrem nas seguintes condições:

8. Cidadania a partir do visto de investidor (Golden Visa)

Os detentores de uma Autorização de Residência por Atividade de Investimento (ARI) — também conhecida como Golden Visa, podem solicitar a cidadania portuguesa mediante o cumprimento dos seguintes requisitos específicos:

9. Cidadania para estrangeiros pais de filhos portugueses originários

Esta alteração na Lei da Nacionalidade foi aprovada em março de 2022 e entrou em vigor em abril deste mesmo ano.

A mudança veio para beneficiar as pessoas que vivem em Portugal e tiveram filhos no país. Segundo a nova regra, os ascendentes (pais) de cidadãos portugueses originários que morem no país por 5 anos (independentemente de possuir Título de Residência válido) terão a possibilidade de solicitar a sua cidadania portuguesa.

O conhecimento da língua portuguesa também é exigido.

10. Cidadania para estrangeiros nascidos em ex-colônia portuguesa

É possível solicitar a cidadania portuguesa a uma pessoa que nasceu em uma ex-colônia portuguesa, mas o requerente precisa ter nascido antes da Proclamação da Independência deste país, ou seja, enquanto este país ainda pertencia a Portugal — é o caso de muitos países africanos.

Além disso, para requerer, é preciso ser filho ou neto de um cidadão português.

Documentos necessários para pedir cidadania portuguesa

Vamos lá saber o precisa para solicitar a cidadania portuguesa? Aqui listamos os documentos indispensáveis a serem apresentados no protocolo do pedido de nacionalidade.

Documentos necessários para cidadania portuguesa.
Reunir e conferir os documentos é uma das etapas mais importantes para solicitar a cidadania portuguesa.

Lembrando que para cada tipo de pedido há também requisitos específicos e gerais a serem cumpridos, e ainda que podem ser solicitados documentos adicionais caso a caso.

Documentos para cidadania portuguesa para filhos

De acordo com informações oficiais do IRN – Instituto de Registros e Notariado, os documentos necessários são:

Documentos para cidadania portuguesa para netos

De acordo com informações oficiais do IRN, a documentação exigida para netos de portugueses são:

Documentos para cidadania portuguesa por casamento

A lista de documentos para a cidadania portuguesa por casamento é um pouco mais longa. Você vai precisar:

Documentos para residentes em Portugal há pelo menos 5 anos

Para os estrangeiros residentes legais em Portugal há pelo menos 5 anos, a lista não tem nenhum segredo. Como a Priscila mesmo compartilhou, o processo é bem simples. Eu (Lívia) também não tive dificuldade para reunir a documentação para dar entrada no meu pedido.

Você vai precisar reunir os seguintes documentos, segundo o IRN:

Documentos para filhos de estrangeiros nascidos em Portugal

A lista aqui pode variar conforme a situação: (1) se tem menos de 18 anos e é filho de estrangeiros ou (2) se nasceu em Portugal e viveu habitualmente no país nos últimos 5 anos.

Documentos para descendente de judeu sefardita

A lista para a cidadania portuguesa para descendente de judeu sefardita é mais complexa. Você vai precisar:

Como tirar cidadania portuguesa passo a passo

Veja abaixo como fazer o processo de cidadania portuguesa em cinco etapas:

1. Descobrir se você tem direito à cidadania portuguesa

Inicialmente é preciso verificar a viabilidade para solicitar a nacionalidade portuguesa. Se reunir todos os requisitos necessários e específicos para o pedido, poderá avançar para a próxima etapa, que é a obtenção dos documentos que devem ser apresentados.

2. Reunir documentos (e apostilar)

Lembre-se de que alguns dos documentos devem ter a Apostila de Haia para terem validade em Portugal, bem como algumas certidões precisam estar em formato específico e terem sido emitidas há menos de 1 ano.

É importante estar atento a esses detalhes para, durante o trâmite do processo, não ser surpreendido com uma notificação exigindo a apresentação de uma nova certidão ou mesmo indeferindo o pedido, por exemplo.

3. Entregar a documentação

Em 2023, o Governo de Portugal liberou uma plataforma online ligada ao Ministério da Justiça para solicitações online da cidadania portuguesa a fim de agilizar o processo de solicitação e desafogar os serviços públicos que estão sob pressão devido à elevada demanda.

Contudo, até o momento, apenas advogados e solicitadores têm acesso à plataforma. Se deseja fazer por esta via, deve contratar uma assessoria especializada em cidadania portuguesa como a Cidadania Já ou a Cidadania4U — dessa forma, eles cuidam de todo o processo para você.

Advogados podem solicitar a cidadania portuguesa online.
Contar com uma assessoria pode te ajudar a ter sucesso na aprovação da sua cidadania portuguesa.

Caso queira entregar os seus documentos pessoalmente, deve fazer o agendamento na Conservatória de Portugal por meio do SIGA ou, no caso de dar entrada no Brasil, deve agendar no Consulado português de sua jurisdição.

Reunida toda a documentação e agendamento feito, é chegado o momento de dirigir-se até uma Conservatória ou Consulado para dar entrada no processo de nacionalidade portuguesa, bem como efetuar o pagamento das taxas/custos devidos para cada tipo de processo.

Segundo o Governo de Portugal, após a entrega da documentação, seja ela online ou presencial, o processo segue o seguinte caminho:

  1. Recebimento do pedido;
  2. Registro do processo;
  3. Consulta a órgãos externos;
  4. Verificação dos documentos entregues pelo requerente;
  5. Confirmação de que as exigências legais foram cumpridas;
  6. Decisão sobre o pedido de nacionalidade portuguesa;
  7. Registro do cidadão português (se aprovado o pedido) ou arquivamento do processo (se for negado).

4. Acompanhar o processo

No prazo médio de 15 dias após entregar o pedido, você receberá um e-mail contendo os dados necessários (chave de acesso) para poder acompanhar o processo pela internet.

Processo de nacionalidade portuguesa
No site da Justiça portuguesa, você pode acompanhar o andamento do seu pedido até a conclusão.

Ao acessar o sistema, além de ser possível ver o andamento do pedido, será possível consultar a informação sobre a estimativa de prazo da conclusão do pedido.

5. Emitir os documentos portugueses

Passada a etapa de espera, após a conclusão e aprovação do processo, você será comunicado oficialmente do resultado e receberá o número do assento de nascimento português.

Tendo esse número à mão, poderá ir até uma Loja do Cidadão ou balcão de atendimento do Instituto dos Registos e do Notariado (IRN) para pedir a emissão dos seus novos documentos portugueses, como cartão de cidadão e o passaporte português.

Quanto custa para tirar cidadania portuguesa?

Verifique os preços na tabela abaixo, os valores são referentes a março de 2024 e consultados na tabela de preços do Consulado Geral de Portugal em São Paulo.

Tipo de nacionalidade Taxas
Filhos
  • Em Portugal: maiores de idade: 250€ | menores de idade: gratuito
  • No Consulado no Brasil: maiores de idade: R$ 1.295,63 | menores de idade: somente R$ 60 de envio
Netos
  • Em Portugal: maiores de idade: 250€ | menores de idade: gratuito
  • No Consulado no Brasil: maiores de idade: R$ 1.295,63 | menores de idade: somente R$ 60 de envio
Casamento ou união estável 250€
Filhos de estrangeiros nascidos em Portugal Gratuito
Tempo de residência 250€
Descendente de judeu sefardita 250€*

Observação: os valores são estabelecidos em euros, através de uma Portaria do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal. Por essa razão, os custos em real podem sofrer alterações conforme a variação cambial.

*Este valor é referente à taxa consular, ainda é preciso consultar o valor do donativo exigido pela Comunidade Israelita.

Outros custos

Vale ressaltar que estes são os custos estabelecidos para fazer a solicitação da cidadania portuguesa, ou seja, é o valor pago no momento em que o seu pedido é encaminhado no Consulado ou na Conservatória.

Mas existem outros gastos anteriores que também devem ser considerados no custo final do pedido de cidadania, como:

Quanto tempo demora para receber a nacionalidade portuguesa?

O tempo de duração do processo de nacionalidade varia conforme o tipo de pedido. Considera-se também o fato de o processo ter sido instruído com todos os documentos nos formatos exigidos, pois se houver alguma exigência/notificação durante sua tramitação pode atrasar por meses ou até mesmo anos.

O prazo oficial dado pelo Governo de Portugal é:

  • Para adultos, atualmente deve durar entre 24 e 29 meses, desde que todos os documentos estejam corretos;
  • Pedidos de menores de idade, filhos de pai português ou mãe portuguesa e declarados diretamente pelos pais, são tratados com prioridade. Por isso, o tempo de análise e decisão pode durar entre 2 e 4 meses.

Atualmente, na experiência que temos junto às Conservatórias de Portugal, podemos afirmar que os pedidos de atribuição de nacionalidade para filhos maiores duram em torno de 6 a 12 meses, enquanto os de filhos menores levam cerca de 4 a 5 meses.

Os processos de naturalização de estrangeiros que residam legalmente há pelo menos 5 anos em Portugal demoram em média 12 a 18 meses até serem concluídos. Já nos outros processos, como de netos e cônjuges, o prazo tem sido de 12 a 24 meses, do recebimento do processo até sua conclusão.

Lista de documentos para cidadania portuguesa
Antes de dar entrada no pedido, faça um checklist da documentação para evitar atrasos na análise e indeferimentos.

Importante destacar que esses prazos podem ser bastante superiores quando os processos são iniciados nos Consulados portugueses e, tendo em vista a publicação da nova alteração à Lei da Nacionalidade, a demanda deve aumentar muito e os prazos também.

Os processos para requisição da nacionalidade portuguesa estão em fase de digitalização e o governo já anunciou que o tempo de análise da cidadania portuguesa vai diminuir.

E lembre-se de que, por enquanto, apenas advogados em Portugal e solicitadores podem fazer o pedido por meio da plataforma eletrônica, mas com o tempo, espera-se que o serviço seja ampliado para toda a população.

Onde tirar a cidadania portuguesa?

Como dissemos anteriormente, o processo de cidadania portuguesa pode ser feito tanto no Brasil (via Consulado de Portugal), como diretamente em Portugal (em uma Conservatória). A decisão fica a seu critério, conforme o que for melhor para a sua situação.

Entretanto, é bom esclarecer que a grande vantagem de protocolar os pedidos de nacionalidade diretamente em Portugal é o ganho de tempo, já que em Portugal os pedidos podem ser até 1 ano mais rápidos do que aqueles iniciados pelos Consulados no Brasil.

Por esta razão, não restam dúvidas de que encaminhar um pedido de nacionalidade em Portugal pode significar uma economia de tempo considerável. Se essa for uma possibilidade para você, vale a pena.

Alterações na Lei de Nacionalidade Portuguesa

Em 2022 foram anunciadas algumas mudanças na Lei de Nacionalidade Portuguesa, especialmente em relação aos pais que tiveram filhos nascidos em Portugal e aos pedidos feitos por descendentes de judeus sefarditas.

Confira mais detalhes sobre as alterações na Lei de Nacionalidade Portuguesa que ocorreram na época.

Mudanças na Lei da Nacionalidade em 2024

Para 2024, há novas mudanças na Lei da Nacionalidade aprovadas pelo Parlamento português. A primeira é que os descendentes de judeus sefarditas terão que residir em Portugal obrigatoriamente pelo período mínimo de 3 anos, seja consecutivo ou não.

A segunda é relativa à  cidadania por tempo de residência. Até então, os 5 anos eram contabilizados a partir da primeira emissão da autorização de residência em Portugal, com a mudança, será também contabilizado o tempo em que os imigrantes aguardam a documentação.

A alteração foi criada porque, devido aos atrasos no antigo SEF (hoje AIMA), muitos chegam a aguardar até 3 anos para obter o título de residência por meio da manifestação de interesse e permanecem no país pagando os seus impostos.

Vantagens de tirar a cidadania portuguesa

Sem dúvida são muitas as vantagens em obter a nacionalidade portuguesa, seja por qualquer uma das vias disponíveis. Como cidadão português você terá o direito de morar, estudar, transitar ou trabalhar não apenas em Portugal, mas em qualquer dos países da União Europeia.

Lembrando que num país desenvolvido os cidadãos, por regra, têm acesso a melhor educação, saúde, serviços públicos, mais liberdade e segurança, melhor qualidade de vida e mais oportunidades de negócios.

Viajar com o passaporte português.
A grande vantagem de obter a nacionalidade e o passaporte português é ter a entrada facilitada em 191 países.

A Priscila também comentou que o direito de trabalhar em qualquer país da União Europeia é a maior vantagem de ter a cidadania e complementou destacando a facilidade em viajar para outros países como os Estados Unidos e Inglaterra — que está em fase de implementação do ETA UK, uma autorização de viagem eletrônica.

Outras vantagens são:

  • Ter menos burocracias a cumprir, já que você será um cidadão europeu e não terá que atualizar a autorização de residência, por exemplo;
  • Pagar as mensalidades da faculdade (propina) como um estudante europeu. Os custos são consideravelmente mais baixos;
  • Poderá transmitir a cidadania portuguesa aos seus filhos.

O passaporte português é um dos mais fortes do mundo

Vale destacar ainda que o passaporte português foi classificado entre os mais valiosos do mundo, relativamente à livre entrada (visa free) em 191 países. Segundo o ranking The Henley Passport Index, em 2024 o passaporte português foi considerado o 4º mais valioso.

Portanto, trata-se de um “Plano A” ou um “Plano B” que os seus detentores podem contar para assegurar o presente e também futuro da sua família.

Indicações de assessoria para solicitar cidadania portuguesa

Existe uma infinidade de escritórios e advogados que trabalham com a solicitação da cidadania portuguesa. Mas é preciso ser muito criterioso na escolha do profissional que irá orientar o seu processo.

É um serviço que exige experiência e seriedade, portanto não é indicado solicitar o serviço em um escritório que você não conheça o trabalho realizado pelos profissionais.

Para melhor orientar os nossos leitores, o Euro Dicas fez uma pesquisa extensa dos melhores escritórios que solicitam cidadania portuguesa no Brasil e temos 2 indicações: a Cidadania Já e a Cidadania4U.

Ambos os escritórios são de confiança e realizam um excelente trabalho, e indicamos que você conheça cada um deles e escolha aquele que melhor se encaixa no seu perfil e na sua necessidade.

Cidadania Já

A Cidadania Já possui mais de 10 mil casos de solicitação de cidadania europeia bem sucedidas. A empresa trabalha atendimento automatizado, por isso é muito rápido iniciar o seu processo.

Diferenciais da Cidadania Já

Segundo a própria Cidadania Já:

“A nossa principal vantagem competitiva é o atendimento rápido e humanizado em todas as etapas. Além disso, nossos números de procedimentos concluídos nos colocam hoje como a maior empresa de assessoria de cidadania do Brasil”.

Além do atendimento humanizado, outros destaques da Cidadania Já são:

  • A empresa possui nota geral 8.3 no Reclame Aqui (nota referente aos 6 meses anteriores a data do dia 14 de março de 2024) e todas as reclamações de clientes foram respondidas;
  • Caso algum imprevisto ou erro aconteça no processo, a empresa devolve o investimento do cliente;
  • Possui preço competitivo, não são os mais baratos do mercado, nem os mais caros;
  • Oferecem possibilidade de parcelamento do valor pago;
  • Possuem lojas físicas em São Paulo, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro e Criciúma, agregando maior confiança a alguns clientes, e seus funcionários estão capacitados para realizar atendimento mais próximo e ter escuta ativa para a história de cada cliente.

Se quiser conhecer melhor o escritório Cidadania já, leia esse artigo que escrevemos sobre a marca. Para ser atendido pela Cidadania Já, acesse o site e prepare-se para se tornar um cidadão português.

Cidadania4U

A Cidadania4U é um escritório que declara ter o atendimento mais rápido do Brasil. O escritório possui atendimento automatizado através do site e de um aplicativo próprio, que possibilita o acompanhamento do processo e contato com a equipe.

Diferenciais da Cidadania4u

De acordo com a Cidadania4U:

“Nós temos a cidadania mais rápida do Brasil por conta da implementação de tecnologia na execução de todo o processo. Sendo assim, conseguimos finalizar toda a parte burocrática muito mais rápido que nossos concorrentes”.

O cliente pode optar pelo processo 100% virtual ou presencial, a marca possui escritórios em 6 cidades: São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e Florianópolis. A avaliação geral da marca no Reclame Aqui é ótima, nota 9.3 (nota referente aos 6 meses anteriores a data do dia 14 de março de 2024). Todas as reclamações registradas na plataforma foram respondidas pela empresa.

Para saber mais sobre a Cidadania4U, leia também esse artigo que escrevemos sobre a marca. Visite o site da Cidadania4U para iniciar o seu processo para se tornar cidadão português com auxílio da tecnologia dessa marca.

Vale a pena contratar assessoria para solicitar a cidadania?

O próprio requerente da nacionalidade pode, por conta própria, realizar o seu pedido junto às autoridades competentes.

Esta pode ser uma boa opção para pessoas dispostas a pesquisar informações e resolver tudo por conta própria, que não têm urgência, que podem facilmente se deslocar para obter e enviar a documentação e conseguem gerir bem a relação com diversas instituições públicas envolvidas no procedimento.

Mas, apesar de não ser necessário e envolver um custo adicional, em muitos casos de nacionalidade portuguesa a contratação de um advogado especializado costuma ser uma mais-valia ao interessado por várias razões, dentre as quais:

No final das contas, se para você os pontos elencados acima são relevantes, a resposta então é sim, vale a pena contratar um advogado especializado.

Perguntas frequentes sobre cidadania portuguesa

Aqui vamos listar as perguntas mais comuns sobre cidadania portuguesa com respostas rápidas:

Agora que você já sabe tudo sobre a cidadania portuguesa, não perca tempo e vá em busca de mais detalhes para tentar obter a sua. E se tem vontade de morar no país luso, confira o nosso Programa Morar em Portugal, uma série de vídeos que traz todos os detalhes em formato de aula para auxiliar no seu planejamento. E vem acompanhado com um ebook para não perder nenhum detalhe.

Boa sorte!