Cidadania portuguesa por tempo de residência: como pedir

De acordo com a lei, é possível obter cidadania portuguesa por tempo de residência. Se você tem interesse, confira este artigo com todas as informações sobre o tema.

O que é a cidadania portuguesa por tempo de residência

É a concessão de cidadania para quem possui mais de 18 anos de idade e já reside em território nacional português há pelo menos 5 anos.

Trata-se de uma modalidade de nacionalidade por aquisição, também conhecida como nacionalidade derivada ou por naturalização. Dessa forma, só produz efeitos a partir da data do seu registro.

Em síntese, o Governo português concede a nacionalidade portuguesa, por naturalização, aos estrangeiros que satisfaçam os seguintes requisitos, cumulativamente:

  • Tenha mais de 18 anos de idade ou seja emancipado, com base na lei portuguesa;
  • More legalmente em Portugal há, pelo menos, 5 anos;
  • Comprove conhecimentos suficientes da língua portuguesa;
  • Não tenha sido condenado a crime de prisão, com trânsito em julgado da sentença, com pena de prisão igual ou maior que 3 anos;
  • Não apresentem perigo ou ameaça para a segurança ou para a defesa nacional, pelo seu envolvimento em atividades relacionadas à prática do terrorismo, nos termos da respetiva lei.

Cidadania portuguesa: quem tem direito e como adquirir.

Morar, trabalhar ou estudar em Portugal?

A Atlantic Bridge é o parceiro que nós recomendamos para ajudar a planejar e concretizar o seu sonho de vir para Portugal.

Quanto tempo precisa morar em Portugal

Como adiantamos, para ter direito à cidadania portuguesa por tempo de residência, o estrangeiro precisa morar por, pelo menos, 5 anos em território português.

Precisa ser legalmente?

Sim, para obter cidadania portuguesa por tempo de residência é necessário morar legalmente em Portugal. De acordo com o art. 6º, nº 1 da Lei Orgânica 02/2018 de 5 de julho, o prazo para residência legal é de 5 anos, e não mais 6 anos, como era.

Já com base no art. 15º, atualmente que a residência legal pode ser tanto ininterrupta quanto intercalada, para efeitos do pedido de nacionalidade. Porém, esses períodos interpolados a serem somados não podem ultrapassar o período de 15 anos.

Dessa forma, com base na nova lei, a contagem dos prazos para residência legal deve ser realizada pela soma de todos os períodos em que o imigrante morou legalmente em território português, seguidos ou intercalados, desde que não sejam maiores que 15 anos.

Exemplo: se você morou em Portugal durante 3 anos, voltou para o Brasil em 2013 e depois voltou para Portugal em 2016 e residiu por mais 2 anos, com um período total de 5 anos, já é possível requerer a cidadania portuguesa por tempo de residência.

Nacionalidade portuguesa ou visto de residência: saiba qual é o melhor para o seu caso.

Como saber quanto tempo o SEF contabiliza?

Ao chegar em Portugal, o estrangeiro deve agendar sua ida ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), para solicitar a concessão de autorização de residência. A partir daí, o imigrante está legal no país e passa a contar o prazo para que ele possa solicitar sua cidadania portuguesa por tempo de residência, de acordo com a lei.

Saiba tudo sobre como funciona o SEF, o órgão de imigração em Portugal.

Quais são os documentos necessários

De acordo com o site da Justiça de Portugal, para solicitar a nacionalidade portuguesa é preciso apresentar os seguintes documentos:

Importante: no Requerimento, você precisará informar:

  • Seu nome completo;
  • Sua data de nascimento;
  • Seu estado civil;
  • Sua nacionalidade;
  • Nome de seus pais;
  • Sua profissão;
  • Seu endereço;
  • O(s) país(es) onde morou;
  • Nome completo e endereço dos seus representantes legais, se for incapaz, ou do seu procurador;
  • Número, data e entidade que emitiu o seu título ou autorização de residência, passaporte ou documento de identificação equivalente.

Este requerimento deve ser assinado na presença de um dos funcionários dos registros, quando entregar o pedido, perante alguém com poderes para reconhecer a assinatura. Se preferir, enviar por correio para um dos Balcões da Nacionalidade ou para Conservatória dos Registros Centrais, Rua Rodrigo da Fonseca, 198, 1099-003 Lisboa. Se for enviar pelo Correio, o pagamento deve ser inserido no envelope, em numerário (espécie).

Onde fazer o pedido

Você pode solicitar sua cidadania por tempo de residência:

Se preferir, você também pode enviar sua documentação para:

  • A Conservatória dos Registros Centrais, na Rua Rodrigo da Fonseca, 198, 1099-003 Lisboa, Portugal;
  • Um Balcão da Nacionalidade.

Quanto custa cidadania portuguesa por tempo de residência

Quanto custa a cidadania portuguesa? De acordo com o nº 2.2.1. do art. 18º do Decreto-Lei, o valor atual aplicável é de 250 euros.

Esse é o valor pago ao Estado Português e não está contabilizado o valor da Certidão de inteiro teor e da Apostila de Haia.

Cidadania portuguesa por tempo de residência bandeira

Quanto tempo demora para sair minha cidadania portuguesa por tempo de residência

Não existe um prazo legal para o processo de cidadania portuguesa por tempo de residência ser concluído. Mas, em média, de acordo com a experiência prática, pode ser entre 6 meses e 2 anos.

A época em que foi solicitado e a forma como o processo é apresentada podem influenciar nos prazos. Sendo assim, quanto mais bem organizado, maior é a possibilidade de rapidez e deferimento de sua solicitação.

É possível que o processo de cidadania por tempo de residência seja negado?

Sim. Os pedidos com documentação incompleta ou pendências não são aceitos. Além disso, é importante destacar que o Ministro da Justiça tem autonomia e discricionariedade na análise da solicitação, o que significa que ele pode solicitar documentos além dos previstos legalmente, se entender que os já apresentados têm informações insuficientes.

Dessa forma, serão necessários outros documentos para convencê-lo de que o requerente efetivamente tem mesmo o direito à naturalização. Por isso, é essencial que o pedido seja formalizado com muita atenção, conhecimento legal e organização possíveis.

Se aprovado, já saio com passaporte europeu?

Não. Após realizar todos os trâmites e estar com a sua cidadania por tempo de residência em mãos, você já é um cidadão português e pode dar entrada no processo de solicitação de seu passaporte europeu.

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.

Artigos relacionados

Como trabalhar em Portugal: visto, salários e oportunidades

Todos os passos para trabalhar em Portugal: veja como obter o visto de trabalho, média salarial, os melhores sites de emprego e mais.

Visto para Portugal: tipos, custos e como solicitar o seu

Vai se mudar para Portugal?Sozinho ou com a família? Confira o visto necessário, custos e procedimentos passo a passo para viajar tranquilo.

Sites de emprego em Portugal: veja a lista com os melhores

Descubra os melhores sites de emprego em Portugal e algumas alternativas para encontrar a sua vaga, seja através de sites, agências ou pelas redes sociais.

Como morar em Portugal em 2020 (Guia Atualizado!)

Dicas que ninguém te conta sobre como morar em Portugal na primeira pessoa: passo a passo, como conseguir um visto, qual é o custo de vida e mais.

Custo de vida em Portugal 2020: quanto custa viver no país

Conheça o custo de vida em Portugal, quanto custa alugar apartamento, fazer compras do mês, gasto com saúde, transporte e salário para viver no país.

Estudar em Portugal de graça: programas e bolsas de estudo

Estudar em Portugal de graça pode ser mais comum do que você imagina, basta ser aprovado em programas de bolsas e intercâmbios. Veja como se inscrever!

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube