Planeja viajar para o Reino Unido em breve? Então, é importante conhecer a ETA UK, uma autorização eletrônica de viagem que elimina a necessidade de solicitar visto para países elegíveis. Neste artigo, explicamos o que é esse documento, como funciona, custos e muito mais. Acompanhe!

O que é a ETA UK?

A ETA UK é uma Autorização Eletrônica de Viagem que permite que viajantes de países elegíveis visitem o país para turismo, negócios, estudo, visitar amigos e familiares, e trabalhar por até 3 meses com o visto de Trabalhador Criativo.

Ao obter essa autorização, que está vinculada eletronicamente ao passaporte, os estrangeiros podem permanecer por até seis meses na condição de visitante e fazer múltiplas entradas no Reino Unido em um período de 2 anos após sua concessão.

Qual o objetivo da ETA no Reino Unido?

A ETA faz parte do plano do Reino Unido cujo objetivo é digitalizar as suas fronteiras nos aeroportos até o final de 2025. É uma autorização de viagem digital semelhante ao ESTA dos Estados Unidos.

De forma simples, a ETA permite a coleta de informações precisas sobre o número de pessoas que viajam para os países do Reino Unido e de onde elas estão partindo. A intenção é que a segurança nas fronteiras seja reforçada através do rastreio dos passageiros antes mesmo de viajarem e, assim, permitir que potenciais ameaças sejam identificadas mais cedo.

Como a ETA UK funciona?

A ETA UK não é um visto para Inglaterra ou outro país do Reino Unido, mas funciona de forma semelhante. Ao chegar ao país ou atravessar fronteiras, os viajantes terão que digitalizar o passaporte (o mesmo que utilizaram para solicitar a ETA) e a autorização de entrada é verificada eletronicamente de forma simples e prática.

Quem precisa solicitar a ETA UK?

A ETA UK é obrigatório para todos os estrangeiros que entram no Reino Unido sem visto para uma estadia de no máximo 6 meses a partir de 2024.

Sonha morar na Inglaterra?

Conheça o nosso Ebook Morar na Inglaterra e saiba como se mudar para o país com toda a segurança, de forma legal e contando com a informação atualizada do Euro Dicas. A qualidade de vida do Reino Unido espera por você!

SABER MAIS →

Por enquanto, apenas os cidadãos do Catar precisam solicitar a nova autorização de viagem no Reino Unido. Os visitantes dos países listados abaixo também deverão solicitar a ETA a partir de 1º de fevereiro de 2024:

  • Barein;
  • Jordânia;
  • Kuwait;
  • Omã;
  • Emirados Árabes Unidos;
  • Arábia Saudita.

Como a ETA funciona para quem tem cidadania europeia?

A ETA funciona da mesma forma para todos os estrangeiros que podem viajar para o Reino Unido sem visto se permanecerem por um período máximo de seis meses, incluindo quem tem cidadania europeia de um país de fora do bloco britânico.

ETA UK será exigido a todos os estrangeiros, incluindo europeus.
Por conta do Brexit, cidadãos europeus também deverão solicitar a ETA UK.

O novo sistema, introduzido pelo Ministério do Interior, exigirá que os visitantes solicitem e paguem a ETA UK antes da viagem. A autorização será obrigatória para todos os estrangeiros que visitam o Reino Unido, exceto para aqueles que possuem cidadania britânica e irlandeses.

Países onde a ETA deve ser solicitada

A ETA UK está sendo introduzida em diferentes fases para viajantes de diferentes nacionalidades. As datas divulgadas pelo governo até o momento de publicação deste artigo foram as seguintes:

  • 25 de outubro de 2023: disponível para cidadãos do Catar;
  • 15 de novembro de 2023: obrigatório para catarianos;
  • Fevereiro de 2024: disponível para cidadãos do Barein, Jordânia, Kuwait, Omã, Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita.

Atualmente não há data para quando todas as outras nacionalidades isentas de visto deverão solicitar a ETA UK, incluindo o Brasil. Por isso, os viajantes devem se manter atualizados com as mudanças na imigração do Reino Unido para garantir que se inscrevam no momento certo.

A ETA UK já está em vigor?

Sim.

A ETA UK entrou em vigor em outubro de 2023, quando ficou disponível apenas para os cidadãos do Catar. Assim como adiantamos acima, os cidadãos de Barein, Jordânia, Kuwait, Omã, Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita também poderão solicitar a ETA se viajarem para o Reino Unido a partir de 1º de fevereiro de 2024.

Quando será obrigatório para os brasileiros?

Ainda não há previsão de quando a ETA UK será obrigatória para os brasileiros, mas a expectativa é que seja em 2024, quando outros países serão incluídos na lista de nações que terão que apresentar a autorização.

Quer entender melhor como essa nova autorização irá funcionar? Assista o vídeo abaixo do canal Apure Guria e veja uma explicação detalhada sobre a ETA.

Onde solicitar a ETA para entrar no Reino Unido?

A Autorização Eletrônica de Viagem pode ser solicitada online pelo aplicativo da UK ETA ou através do site oficial do governo. O processo é rápido e pode ser realizado em poucos minutos.

Como solicitar ETA UK?

A solicitação da Autorização Eletrônica de Viagem pode ser realizada online pelo site oficial do governo ou pelo aplicativo UK ETA através do:

  • Preenchimento de um formulário;
  • Envio da foto do passaporte;
  • Pagamento da taxa.

Nos próximos tópicos, detalhamos os documentos necessários e como preencher o formulário de solicitação corretamente. Acompanhe!

Documentos necessários

Solicitar a ETA UK online é rápido e fácil. No entanto, é importante reunir os documentos e informações corretas antes de iniciar sua inscrição. De modo geral, você precisará das seguintes informações e documentos para pedir a sua Autorização Eletrônica de Viagem:

  • Passaporte original válido com o qual você viajará;
  • Endereço de e-mail;
  • Cartão de crédito ou débito, Apple Pay ou Google Pay;
  • Upload ou foto do passaporte;
  • Upload ou foto do rosto da pessoa que se inscreveu.

Para ter sucesso ao solicitar a ETA UK, é essencial se certificar de que todas as informações estejam corretas e correspondam a seu passaporte.

Como preencher o formulário?

Os viajantes para o Reino Unido precisam seguir alguns passos simples para preencher o formulário de solicitação pelo aplicativo da ETA UK. Essas etapas incluem:

  1. Instale o aplicativo UK ETA no seu smartphone (disponível para Android e iOS);
  2. Tire uma foto da página de foto do seu passaporte;
  3. Escaneie o chip biométrico do seu passaporte, se aplicável;
  4. Escaneie seu rosto para confirmar sua identidade;
  5. Tire uma selfie com fundo liso, sem sombras ou objetos;
  6. Responda a algumas perguntas básicas sobre sua viagem;
  7. Efetue o pagamento da taxa com cartão de crédito ou débito, Google Pay ou Apple Pay;
  8. Em seguida, o número de referência da ETA será enviado e um e-mail de confirmação;
  9. Aguarde a decisão, que geralmente é enviada por e-mail dentro de 3 dias úteis.

Quando aprovado, a ETA UK será digitalmente vinculado ao passaporte usado na aplicação. Durante a viagem, você só precisará mostrar o documento para ingressar no Reino Unido ou atravessar fronteiras.

Atenção: os inscritos precisam preencher todos os dados solicitados no formulário de inscrição online. As informações fornecidas devem estar corretas ou poderão ocorrer atrasos e até rejeição do pedido.

A ETA UK pode ser recusado?

Sim!

A ETA UK não garante a entrada no Reino Unido e pode ser negado no momento da aplicação devido a problemas nas informações fornecidas ou a critério dos agentes de imigração nos postos de controle em portos e aeroportos.

O que fazer diante da recusa?

Caso o seu pedido da ETA UK seja negado e você precise mesmo viajar para o país, deverá solicitar um dos seguintes vistos:

Quanto custa a ETA UK?

A inscrição na ETA UK custa £10, cerca de R$62 na cotação do dia 11 de dezembro de 2023. O pagamento poderá ser feito através do cartão de crédito ou cartão de débito internacional, também pela internet pelo Apple Pay e Google Pay.

Prazo de entrega da Autorização de Viagem Eletrônica para o Reino Unido

O prazo de entrega da Autorização de Viagem Eletrônica para o Reino Unido é de até 3 dias úteis.

Mulher acessando o status do seu ETA UK na tela do computador.
Viajantes com pedido de ETA UK recusado devem solicitar um visto. Portanto, atente-se ao planejamento.

Após esse período, a ETA UK será vinculado digitalmente ao passaporte informado no momento da inscrição. Os viajantes devem solicitar a ETA antes de viajar para o Reino Unido, mas é possível viajar para o país enquanto aguarda a decisão.

Qual a validade da ETA após a emissão?

A validade da ETA UK é de 2 anos após a emissão e poderá ser usado para múltiplas entradas no Reino Unido durante esse período. No entanto, se você obter renovar o passaporte, será preciso solicitar uma nova autorização.

Vou viajar para o Reino Unido em 2024, já tenho que pedir a ETA?

Não neste momento. 

Até a data da publicação deste artigo, a ETA não estava disponível para cidadãos brasileiros. Embora a previsão é de que o país seja incluído na lista em 2024, não foi divulgada uma data exata até a publicação deste artigo.

Contudo, assim que o governo do Reino Unido divulgar essa data, os viajantes brasileiros deverão solicitar a ETA com até 7 dias de antecedência do dia da viagem.

O que acontece se eu esquecer de pedir a ETA para entrar no Reino Unido?

O embarque em portos e aeroportos, assim como a entrada na fronteira, será provavelmente negado ao estrangeiro que tentar viajar sem a ETA UK exigido. Por isso, é importante solicitar a autorização com pelo menos 7 dias de antecedência da data prevista da viagem.

E se eu perder o documento da ETA UK?

A ETA UK é vinculado eletronicamente ao passaporte que será utilizado durante a viagem, e as informações ficam armazenadas no banco de dados do governo do Reino Unido. Sendo assim, por não se tratar de um documento físico, não há risco de perda.

A autorização eletrônica vinculada ao passaporte dispensa o visto para alguns países e facilita estadias de até seis meses. Embora ainda não seja obrigatório para brasileiros, é essencial acompanhar as atualizações do governo sobre essa autorização de viagem.

Quer saber mais como é viver no Reino Unido? Acompanhe os nossos artigos e confira também o ebook Como Morar na Inglaterra com o passo a passo completo para viver no país.