O visto para Inglaterra é um requisito indispensável para os brasileiros que planejam estudar, trabalhar ou morar legalmente no país e aproveitar as vantagens que ele oferece. Neste artigo, explicamos melhor como é o processo de solicitação de visto, quanto custa, documentos necessários e muito mais. Acompanhe!

Caso prefira, você também pode ouvir este conteúdo. É só dar o play!

Pergunta Resposta
Precisa de visto para Inglaterra? Sim. O visto é um requisito indispensável para quem planeja passar mais de 6 meses na Inglaterra.
Quanto custa o visto de turismo para Inglaterra? Brasileiros não precisam de visto para turismo na Inglaterra por até 6 meses. Portanto, não há custos para ter a entrada autorizada a turismo no país.
Onde tirar visto para Inglaterra no Brasil? É possível tirar visto para Inglaterra no Brasil através do site do Governo Britânico.

Brasileiro precisa de visto para Inglaterra?

Sim, o visto para Inglaterra é obrigatório para brasileiros sem cidadania britânica que planejam passar mais de seis meses em território britânico. Assim, se você pretende morar na Inglaterra, visitar, trabalhar ou se juntar à família, terá que solicitar essa permissão, que também varia de acordo com o objetivo da sua viagem.

A solicitação do visto pode ser realizada no Brasil, através do site do Governo Britânico. Nele, o viajante preenche um formulário online e verifica se precisa de visto e qual modalidade é a mais indicada conforme o objetivo da viagem.

Os prazos para aplicação dependem da modalidade do visto. Para viajantes, por exemplo, é preciso iniciar o processo com no mínimo três meses de antecedência da data prevista para a viagem.

Após obter o visto para Inglaterra, você passa a ter acesso ao sistema de saúde, educação e até a alguns benefícios sociais do país. Isso fica claro com a experiência da Loise Reynolds (@loisereynolds_), brasileira que reside há 2 anos e meio na Inglaterra com o visto de cônjuge.

Sonha morar na Inglaterra?

Conheça o nosso Ebook Morar na Inglaterra e saiba como se mudar para o país com toda a segurança, de forma legal e contando com a informação atualizada do Euro Dicas. A qualidade de vida do Reino Unido espera por você!

SABER MAIS →
Loise Reynolds com o marido em sua festa de casamento na Inglaterra
Para Loise Reynolds, o visto para Inglaterra ofereceu vários benefícios para sua vida no país. Foto: arquivo pessoal

Loisa falar sobre os benefícios com o visto:

“[…] obtive o National Insurance Number, que me permite trabalhar, e paguei pelo NHS durante a aplicação do visto, proporcionando acesso ao sistema de saúde público. O visto de cônjuge (Spouse Visa) permite solicitar benefícios do governo, como o Universal Credit, após cinco anos, mas isso não afeta meus objetivos no momento.

A nossa entrevistada também compartilha que, após obter o visto, ela teve a oportunidade de fazer cursos gratuitos de inglês em colleges e que está iniciando o processo para ingressar na universidade, com previsão para janeiro de 2025, quando poderá solicitar o empréstimo estudantil.

Além disso, ela destaca que o seu visto não limita a sua busca por emprego, mas que ainda está aprimorando as qualificações acadêmicas.

Quais os tipos de visto para Inglaterra?

Existem diferentes modalidades de visto para a Inglaterra, que variam dependendo da nacionalidade do viajante, objetivo da visita ao país, duração da viagem e até das suas circunstâncias. Diante disso, selecionamos os principais vistos para Inglaterra para você pode conhecê-los e descobrir qual é o ideal para o seu objetivo:

Visto de estudante para Inglaterra

O visto de estudante na Inglaterra, que substituiu o antigo Tier 4, é indicado para pessoas com 16 anos ou mais que pretendem fazer cursos com mais de seis meses de duração, como:

Com o visto de estudante, você permanece legalmente no país enquanto durar o curso. Os estudantes com 18 anos ou mais matriculados em cursos de nível superior, normalmente ficam na Inglaterra por até cinco anos.

No entanto, se estiver matriculado em um curso abaixo do nível de graduação, como os cursos de inglês na Inglaterra e intercâmbios, o estudante só poderá permanecer no país por até dois anos. Ao concluir esse prazo, e dependendo das circunstâncias do estudante, ainda é possível:

  • Estender o visto: o estudante tem direito a estender o período do visto, caso pretenda continuar os seus estudos na Inglaterra;
  • Mudar de visto: é possível mudar o outro tipo de visto para o visto de estudante se já estiver na Inglaterra;
  • Mudar para um visto de pós-graduação: permite que o estudante permaneça no país por pelo menos dois anos após concluir o curso.

Além disso, o visto de estudante também permite que você trabalhe na Inglaterra. Contudo, essa permissão depende do que está estudando e se o trabalho é dentro ou fora do período letivo.

Visto de trabalho temporário

O visto de trabalho na Inglaterra temporário (Tier 5) é destinado para os estrangeiros que pretendem trabalhar por um prazo determinado no país. A maioria dos vistos dessa categoria autoriza a permanência no país por cerca de um ano, prazo que pode aumentar por até mais dois anos.

A autorização é destinada para estrangeiros que desejam desempenhar atividades como:

  • Charity Worker: trabalho voluntário não remunerado para uma instituição de caridade por até 12 meses ou pelo tempo indicado no certificado de patrocínio mais 14 dias;
  • Creative Worker: trabalhar na Inglaterra como atleta e/ou profissional criativo por no máximo 12 meses, ou pelo tempo indicado no certificado de patrocínio mais 28 dias;
  • Government Authorised Exchange: participação de treinamentos, programa de idiomas do governo do país de origem, pesquisa ou bolsa de estudo por um período de 12 ou 24 meses;
  • Internacional Agreement: desempenhar um trabalho coberto por leis ou tratados internacionais na Inglaterra, como empregado em uma casa diplomática ou prestando serviços para o governo estrangeiro por até 24 meses, ou pelo tempo determinado no certificado de patrocínio mais 14 dias;
  • Religious Worker: fazer trabalho religioso, como trabalhar em uma instituição religiosa por 24 meses ou até 28 dias a mais do que o tempo em seu certificado de patrocínio;
  • Seasonal Worker: realizar trabalhos agrícolas, como colher frutas, legumes ou flores por até seis meses. Também permite a permanência no país durante o período de e 18 de outubro a 31 de dezembro de cada ano para o trabalho avícola;
  • Youth Mobility Scheme: para estrangeiros com idade entre 18 e 30 anos que desejam viver e trabalhar na Inglaterra por até dois anos.

Além de permitir que o estrangeiro trabalhe legalmente no país por um período específico, algumas modalidades desse visto para Inglaterra também autorizam que o trabalhador estude e leve membros da família.

Visto de trabalho de longa duração

Diferentemente da modalidade anterior, o visto de trabalho de longa duração, o Tier 2, permite que o estrangeiro permaneça no país por um período de três a cinco anos, com a possibilidade de ser renovado. Confira para quais trabalhos essa autorização permite exercer:

  • Skilled Worker: permite que o profissional estrangeiro permaneça na Inglaterra para desempenhar um trabalho qualificado para o empregador por até 5 anos antes de precisar estendê-lo;
  • Health and Care Worker: indicado para profissionais da área da saúde que desejam trabalhar no NHS (sistema de saúde na Inglaterra), em empresas vinculadas ao NHS ou na assistência social para adultos. É válido por até 5 anos antes de precisar estendê-lo;
  • Senior or Specialist Worker: autoriza a atuação do profissional na filial de uma empresa estrangeira na Inglaterra por um período de 5 anos ou o tempo indicado no seu certificado de patrocínio mais 14 dias;
  • Minister of Religion: destinado para estrangeiros com oferta de emprego em uma comunidade religiosa, como missionários. Autoriza a permanência por um período de 3 anos e 1 mês ou o tempo indicado em seu certificado de patrocínio mais 14 dias;
  • Internacional Sportsperson: para esportistas de elite ou treinadores qualificados com reconhecimento internacional. O visto pode durar até 3 anos, mas é possível estendê-lo enquanto o estrangeiro ainda for elegível.

Além de estar qualificado para o cargo, o profissional estrangeiro deve cumprir diversos requisitos para conseguir o General Work Visa (Tier 2). Para obter autorização e trabalhar na Inglaterra, é necessário comprovar o vínculo com a empresa aprovada pelo Home Office, proficiência em inglês e receber pelo menos um salário mínimo por mês.

Novo Visto: Scale Up Visa para trabalhadores qualificados

O Scale-up Worker, também chamado de “scale-up business” ou apenas “Scale-up Visa”, permite que o estrangeiro venha para o Reino Unido para fazer um trabalho qualificado para um negócio de rápido crescimento.

Para se qualificar para esse visto, o empregador no Reino Unido deve atender a critérios específicos de elegibilidade para patrocinar os trabalhadores estrangeiros. Além disso, você precisa cumprir os seguintes requisitos:

  • Ter uma oferta de trabalho confirmada para trabalhar em uma empresa em expansão aprovada por pelo menos 6 meses;
  • Ter um “certificado de patrocínio” do empregador com informações sobre a função que lhe foi oferecida;
  • Ter uma oferta de emprego para realizar um trabalho que está na lista de ocupações elegíveis;
  • Receber um salário mínimo em seu novo emprego;
  • Provar seu conhecimento de inglês ao se inscrever.

Caso aprovado, você poderá permanecer na Inglaterra com visto Scale-up Worker por 2 anos. Lembrando que esse prazo pode ser estendido quantas vezes quiser por 3 anos, desde que ainda atenda aos requisitos de elegibilidade.

Além de permitir a sua estadia na Inglaterra, o visto também autoriza a permanência do seu parceiro e filhos no país como dependentes. Também oferece a possibilidade de assumir trabalho adicional ou se tornar autônomo. Saiba tudo sobre o Scale Up Visa nesse artigo que dedicamos ao tema.

Visto de cônjuge para Inglaterra

O visto de cônjuge, ou Marriage Visitor, tem duração de seis meses e deve ser feito por estrangeiros que desejam casar na Inglaterra ou formalizar parceria civil com cidadãos ingleses. No entanto, dependendo da autorização, o requerente pode morar legalmente no país após a cerimônia.

Vale lembrar que para conseguir o visto para Inglaterra de cônjuge é necessário cumprir alguns requisitos e apresentar a documentação específica. “O primeiro visto que solicitei em 2021 foi o visto de noiva para entrar no país e casar”, relata a nossa entrevistada Loise Reynolds, brasileira residente em Manchester há dois anos e meio. “Para este visto, foram necessários apenas meu passaporte, endereço no Brasil e prova do IETLS A1 A2.”

Ao compartilhar sua experiência no processo de obtenção do visto para Inglaterra, ela comenta que seu noivo precisou apresentar mais documentos:

“[…] foram requeridos mais documentos, como comprovantes de trabalho (paylisp) e um documento da empresa atestando seu emprego, além de documentos pessoais, como aulas de direção e passaporte.

Ela contou que também foram solicitadas comprovações do relacionamento deles, como “fotos, prints de conversas e cartas de pessoas próximas que pudessem confirmar nossa relação”.

Após o casamento, Loise nos conta que imediatamente solicitou o visto de esposa (Spouse Visa), que exigiu a apresentação de uma série de documentos adicionais:

“[…] comprovante de moradia em meu nome e do meu esposo, documento de comprovante de aluguel da casa e carta do locador, fornecendo detalhes sobre a residência, como número de quartos e banheiros. Os documentos para comprovar a capacidade de meu esposo me sustentar na Inglaterra foram os mesmos solicitados no visto de noiva, com a diferença de que agora era necessário o comprovante de residência em meu nome”.

Visto de família

O Family Visa é destinado aos estrangeiros que desejam morar com um membro da família na Inglaterra por um período superior a 6 meses. É possível solicitar esse visto para morar com:

  • Cônjuge ou parceiro;
  • Noivo, noiva ou parceiro civil proposto;
  • Filho;
  • Pai;
  • Parente que fornecerá cuidados de longo prazo para você.

É importante destacar que esse tipo de visto permite que o estrangeiro permaneça no país por um prazo máximo de dois anos e nove meses, que pode ser estendido.

Outra modalidade é o Apply for an EU Settlement Scheme family permit to join family in the UK. Essa autorização de família é indicada para os estrangeiros que desejam se juntar a um membro da família da União Europeia, EEE, Suíça ou Inglaterra e autoriza a permanência no país por até seis meses.

Experiência de uma brasileira na Inglaterra

A nossa entrevistada, Lilian Nespeque Furtado, brasileira que reside há 4 anos na Inglaterra com seu marido Marcilo Zsengeller, compartilhou como foi a sua experiência de solicitar o visto de Familiar de cidadão da União Europeia.

Ela conta que o casal passou pela imigração britânica assim que deu entrada na Inglaterra e informaram que estavam vindo morar. Em seguida, Marcilo recebeu um carimbo no passaporte (uma espécie de Family Permit), que poderia ser solicitado como prova de entrada no país.

Lilian e marido Marcílio
A solicitação do visto do marido de Lilian foi simples e feita 100% online. Foto: arquivo pessoal

Lilian também comenta que o processo de solicitação de visto do marido brasileiro foi um pouco diferente, sendo realizado pelo site do governo britânico e não pelo aplicativo. Ela também relata as principais etapas que eles precisaram seguir:

O dele não deu pra fazer via App, e sim pelo website do governo. Respondemos algumas perguntas básicas e no fim da aplicação anexamos fotos do passaporte dele, o meu visto aprovado, comprovante de residência, extrato bancário, certidão de casamento, foto do carimbo no passaporte e algumas fotos nossas mais antigas.

Após esse passo, ela conta que foi indicado comparecer em um órgão britânico para colher a Biometria e foto para fazer o cartão de residência.

De acordo com Lilian, nada disso foi preciso quando solicitou seu visto para Inglaterra como cidadã italiana. Mas, após passar por todo esse processo, o cartão de residência do seu marido chegou em menos de um mês após a aprovação:

Toda nossa aplicação foi muito rápida e não foi nos pedido mais evidências, então em um mês conseguimos resolver tudo, mas vale lembrar também que isso foi dois meses antes do Covid acontecer.

Visto para quem tem cidadania europeia é diferente?

Não.

Após o Brexit, os estrangeiros com cidadania europeia que chegaram na Inglaterra depois de 31 de dezembro de 2020 devem obter o visto para viver e trabalhar no país. Nesses casos, o processo de solicitação é feito pelo sistema de imigração de pontos.

Os demais cidadãos europeus que planejam passar mais de seis meses na Inglaterra, seja para estudar ou trabalhar, também devem solicitar o visto correspondente e cumprir os requisitos necessários.

Mulher europeia solicitando o visto para Inglaterra no consulado.
Após o Brexit, até os europeus precisam solicitar o visto para morar, trabalhar e estudar na Inglaterra.

Lilian Nespeque, que possui cidadania italiana além da brasileira e está há 4 anos na Inglaterra com seu marido Marcilo Zsengeller, conta que a sua experiência com o pedido do visto foi diferente. Isso porque o processo de solicitação de visto foi realizado online um pouco antes da Inglaterra deixar a União Europeia:

“Precisei apenas de um comprovante de endereço, o NI (National Insurance – um documento para trabalhar que fiz online somente com o passaporte europeu), meu ID e/ou passaporte italiano e um número de contato inglês. Uma vez aplicado, recebi uma confirmação via email da aplicação e duas semanas depois eu recebi meu certificado (COA) que me dava o direito de morar, trabalhar e ter todos os direitos como cidadão durante o período de 5 anos”.

Ela também comenta que, após esse período de cinco anos, ela terá direito de mudar o seu status Pre-Settled para Settled. Com isso, poderá morar por tempo indefinido na Inglaterra e até solicitar a nacionalidade britânica.

Como tirar o visto para Inglaterra?

É possível solicitar o visto para Inglaterra no Brasil através do site do Governo Britânico ou contratar uma assessoria para auxiliar na sua solicitação.

O processo de solicitação não é complicado, mas é preciso ter muita atenção à documentação e compreender o inglês para não existir erros no processo, gerando visto anulado ou atrasando sua obtenção.

Se você deseja contar com o acompanhamento de um advogado especializado na solicitação de vistos para a Inglaterra, indicamos os serviços do escritório London Help4You. Com mais de 20 anos de experiência no setor, a equipe poderá auxiliar você em todo o processo, tornando sua solicitação mais segura e eficiente. É da confiança do Euro Dicas.

Se você prefere solicitar por conta própria, precisa preencher o formulário online e enviar a documentação necessária corretamente.

Caso tenha dúvidas sobre a aplicação de visto feita fora do Reino Unido, entre em contato com o Centro de Solicitação de Visto no Brasil. Através dele, você acompanha o seu processo e obtêm mais informações. Nossa entrevistada Lilian fez tudo por conta própria:

Não precisamos de nenhuma ajuda, pois nos informamos muito antes de aplicar, inclusive com amigos que já haviam feito o processo e também pesquisamos online para tirar dúvidas, mas vale lembrar que no caso da documentação para aplicação deve estar toda em inglês.

Quanto custa o visto para Inglaterra?

As taxas consulares para solicitação de visto para Inglaterra variam conforme a modalidade de autorização. Confira abaixo a lista das tarifas cobradas para os principais vistos em 2024.

Tipo de Visto Valor
Student Visa (Tier 4) £ 490
Work Visa (Tier 5) £ 298
Work Visa (Tier 2) A partir de £ 719
Scale-up Worker Visa £ 822
Marriage Visitor £ 115
Family £ 1.846

O que precisa para tirar o visto para Inglaterra?

Para tirar o visto para Inglaterra é preciso cumprir uma série de requisitos e apresentar diversos documentos, que variam de acordo com a categoria de visto e com as circunstâncias de cada requerente. Mas, em geral, a documentação básica exigida no momento da aplicação inclui:

  • Passaporte válido;
  • Pagamento das taxas consulares;
  • Aprovação no exame de proficiência em inglês;
  • Contrato de trabalho de empresa na Inglaterra (visto de trabalho);
  • Comprovante financeiro de que tem condições para permanecer no país;
  • Matrícula ou comprovante de aprovação em instituição de ensino inglesa (visto de estudante).

Quanto tempo demora para tirar o visto para Inglaterra?

Os pedidos de visto para Inglaterra feitos fora do Reino Unido demoram em média três semanas para sair. Esse prazo é contado após o preenchimento do formulário online, a comprovação da identidade e o fornecimento de toda a documentação necessária.

Na experiência da nossa entrevistada Lilian, o visto para Inglaterra como cidadã europeia demorou duas semanas para sair e não foi preciso fazer nenhuma entrevista. Já para o seu marido, o brasileiro Marcilo Zsengeller, o visto foi liberado após um mês.

Para Loise, o tempo para liberação foi mais longo e exigiu a realização de testes e entrevistas, como detalha:

“Meu visto de noiva, aplicado em agosto de 2021 no consulado em São Paulo, foi liberado em outubro de 2021. O visto de esposa foi aplicado em março de 2022 e recebi a aprovação em abril de 2022. Durante a aplicação, respondi a algumas perguntas básicas sobre nosso relacionamento”.

Ela conta que também precisou passar por testes:

“Realizei o teste de inglês, que consiste em uma conversa de 30 minutos com outro aplicante, com um tema fornecido pela avaliadora. Também tive que responder às mesmas perguntas e respostas da conversa por escrito, o que foi avaliado pela examinadora.

É importante lembrar que em alguns países, há possibilidade de optar pelo “Serviço Super Prioritário”. Dessa forma, por meio do pagamento de uma taxa de £1000 além da tarifa de inscrição, o visto é entregue até o final do próximo dia útil.

Posso ir para a Inglaterra sem visto e tentar me regularizar lá?

Não.

O pedido de visto para Inglaterra deve ser feito no seu país de residência. Como turista, você pode ingressar em território britânico e permanecer por até 180 dias para fazer turismo, cursos de até 6 meses e outras atividades permitidas.

Após esse período, é possível solicitar o aumento da estadia apenas em circunstâncias específicas, como para obter tratamento médico. Caso contrário, você estaria em situação irregular no país e teria que iniciar um complicado processo legal para permanecer na Inglaterra.

Com visto para Inglaterra, posso morar em outros países do Reino Unido?

Sim, com o visto para Inglaterra você tem o direito de residir no país durante o prazo previsto no visto. Além disso, também é possível morar no Reino Unido — Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte.

Isso porque todos os países compartilham do mesmo acordo de vistos para Inglaterra. Contudo, para saber se você precisa de visto para o seu objetivo de viagem, acesse o site do Governo Britânico. Ele fornece todas as informações necessárias.

Você gosta de conteúdo em vídeo? Então acompanhe esse vídeo do canal Erika Pesseto que fala sobre como morar na Inglaterra e os principais tipos de vistos disponíveis para brasileiros que desejam viver no país.

Perguntas frequentes sobre visto para Inglaterra

Veja aqui algumas perguntas mais feitas pela nossa comunidade sobre a solicitação de visto para Inglaterra:

Precisa de visto de turista para Inglaterra?

Para ficar como turista no país por até 6 meses não é preciso qualquer tipo de visto, basta apresentar o seu passaporte brasileiro e outros comprovantes como de capacidade financeira e de hospedagem.

Portugueses precisam de visto para Inglaterra?

Sim. Após o Brexit, os portugueses, assim como os demais cidadãos da União Europeia, precisam solicitar visto para Inglaterra para morar, estudar, trabalhar ou permanecer no país por mais de 6 meses.

Existe visto de esposa para Inglaterra?

Sim, existe visto de cônjuge para Inglaterra, com duração de seis meses. Mas é necessário cumprir alguns requisitos e apresentar a documentação específica para obter essa autorização.

Quanto tempo um brasileiro pode ficar no Reino Unido?

Sem visto, por até 6 meses. Com visto ou autorização de residência, pelo tempo que o documento estiver válido.

Como tirar o visto britânico no Brasil?

O visto britânico, que é o mesmo do visto para Inglaterra, deve ser solicitado no Brasil através do site do Governo Britânico.

Quais os consulados da Inglaterra no Brasil?

Existem consulados britânicos em diversas cidades do Brasil. Abaixo listamos o endereço e contatos de algumas unidades:

Consulado britânico SP

  • Endereço: Rua Ferreira de Araújo, 741 – 2º Andar – Pinheiros, São Paulo – SP. CEP: 05428-002
  • Telefone: (11) 3094 2700
  • E-mail: [email protected]

Consulado britânico RJ

  • Endereço: Praia do Flamengo, 284 – 2º Andar, Rio de Janeiro – RJ. CEP: 22210-030
  • Telefone: (21) 2555 9600
  • E-mail: [email protected]

Consulado britânico em Brasília (Setor Consular da Embaixada)

  • Endereço: SES Av. das Nações, Qd. 801, Conj “K”, Lote 08, Brasília – DF. CEP:70408-900
  • Telefone: (61) 3329 2300
  • E-mail: [email protected]

Consulado da Inglaterra em Belo Horizonte

  • Endereço: Rua Rio Grande do Sul, 1332/ 1101 – Belo Horizonte – MG. CEP: 30170-111
  • Telefones: (31) 3504 6603 / 9295 2222
  • E-mail: [email protected]

Qual o valor do visto para Londres?

O valor do visto para Londres varia entre £ 115 a £ 1.846. A taxa varia conforme o tipo de visto solicitado pelo requerente.

Sem dúvida, ter um visto para Inglaterra abre novas portas para sua carreira, educação e qualidade de vida. Para te ajudar com todos os passos burocráticos e planejamento da mudança para o território britânico, recomendamos o ebook Como Morar na Inglaterra, que reúne em um só lugar, todas as informações necessárias para que você possa concretizar a sua mudança.