Estudar na Inglaterra é uma oportunidade incrível para quem deseja aprender inglês, conhecer uma nova cultura e, ainda por cima, fazer cursos nas melhores universidades do mundo, como Oxford e Manchester.

Acompanhe o nosso artigo e descubra como e onde estudar na Inglaterra, opções de bolsas, principais custos e muito mais.

Perguntas Respostas
Como estudar na Inglaterra de graça? Para ingressar em Universidades inglesas de graça, é possível aplicar para bolsas de estudos e apoio financeiro.
Tem faculdade pública na Inglaterra? Tem sim, mas pública não quer dizer gratuita.
Quanto custa estudar na Inglaterra? Os custos para estudar na Inglaterra variam de acordo com o tipo de curso, duração e a instituição escolhida. Encontramos valores médios entre £9.250 e £39.010 por ano.

Como estudar na Inglaterra?

O planejamento é a chave para estudar na Inglaterra. Afinal, para ingressar em qualquer instituição de ensino do país, os estudantes estrangeiros devem realizar diversos processos burocráticos até o momento de embarcar.

Por isso, elaboramos um passo a passo das etapas que você precisa cumprir para estudar legalmente na Inglaterra:

    1. Escolha o curso que deseja fazer;
    1. Pesquise as instituições de ensino que oferecem o curso do seu interesse;
  1. Busque informações sobre a mensalidade, forma de ingresso e bolsas de estudo disponíveis;
  2. Realize o processo seletivo da instituição de ensino escolhida;
  3. Caso seja aprovado, faça a inscrição no curso;
  4. Se for o caso, solicite o visto de estudante;
  5. Organize-se financeiramente.

Como ingressar na faculdade na Inglaterra?

O ingresso nas faculdades na Inglaterra é organizado pelo University and College Admissions Service (UCAS). Assim, para se candidatar em uma instituição no país, os interessados devem acessar o site do UCAS e preencher a aplicação.

Cada estudante pode se candidatar em até cinco cursos, todos de uma vez ou alguns mais tarde. No entanto, não existe uma ordem de preferência e as universidades não sabem onde mais você se inscreveu até que as ofertas de admissão sejam respondidas.

Se o candidato ainda for estudante de uma escola ou faculdade no momento da inscrição no UCAS, será preciso enviar uma referência escrita por um professor ou tutor assim que a taxa de inscrição for paga. O envio da documentação é feito pela própria instituição de ensino ao UCAS.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Requisitos para ingressar na faculdade na Inglaterra

A admissão nas universidades na Inglaterra é mais rigorosa e complexa da conhecida no Brasil.

As instituições de ensino avaliam uma série de fatores, os principais deles são:

  • Notas e histórico acadêmico;
  • Certificado de conclusão do Ensino Médio;
  • Proficiência em inglês (IELTS);
  • Recomendações dos professores;
  • Carta pessoal de motivação (personal statement);
  • Atividades extracurriculares desempenhadas.

As notas escolares dos estudantes dos últimos quatro anos são muito relevantes no processo de admissão. Portanto, é importante que você planeje bem a vida escolar antes de se candidatar a uma universidade na Inglaterra.

Precisa validar diploma brasileiro para estudar na Inglaterra?

Sim, algumas instituições de ensino exigem a validação do diploma para estudar na Inglaterra.

Nesse sentido, o recomendado é que os estudantes estrangeiros entrem em contato com a universidade escolhida para saber quais são os pré-requisitos necessários para o ingresso.

Os estudantes com graduação, especialização ou mestrado no Brasil, que desejam continuar os estudos na Inglaterra, devem enviar os documentos para o NARIC. Esse órgão é responsável por avaliar o diploma e informar a sua equivalência com o curso na Inglaterra.

No entanto, é claro que isso não significa que o documento será validado na Inglaterra, apenas que ele é compatível ao diploma emitido pela universidade inglesa.

Certificado de proficiência em inglês

O exame de proficiência em inglês é um requisito indispensável para quem planeja estudar na Inglaterra. Essa é uma forma das universidades britânicas se assegurarem que os alunos estrangeiros estão aptos para acompanhar as aulas e as demais atividades do curso.

Tanto os cursos superiores quanto alguns de curta duração exigem a proficiência em inglês. Por conta disso, é importante que os estudantes aperfeiçoem seu domínio na língua inglesa e tenham uma boa nota no IELTS.

Cartas de motivação e referência

Para estudar na Inglaterra os estudantes estrangeiros precisam de uma declaração pessoal de interesse. Na carta de motivação, os alunos devem escrever um pouco sobre a sua trajetória acadêmica, porquê estão se inscrevendo, o que esperam do curso e seus planos ao concluí-lo.

Além disso, os estudantes devem entregar uma carta de referência escrita por alguém que conheça sua vida acadêmica e/ou profissional. Nesse caso, o documento deve conter a visão do professor ou supervisor sobre o seu desempenho no curso e a interação com os demais alunos.

A escolha do professor ou supervisor é crucial nessa etapa da inscrição na faculdade. Pois, deve ser alguém que domine a língua inglesa e saiba falar com clareza e propriedade sobre as suas qualidades como estudante.

Melhores universidades da Inglaterra

O Times Higher Education (THE) publica anualmente um ranking universitário com as melhores universidades do mundo, com base em aspectos como qualidade de ensino e aprendizagem dos alunos.

Diante disso, consultamos o ranking de 2022 para saber quais são as melhores universidades da Inglaterra para os estudantes, o resultado foi o seguinte:

  • Universidade de Oxford;
  • Universidade de Cambridge;
  • Imperial College London;
  • UCL;
  • London School of Economics and Political Science.

Embora ocupem as melhores posições do ranking das melhores universidades para estudar na Inglaterra, você não precisa se restringir a elas. Afinal, a escolha da instituição ideal depende, acima de tudo, do estilo e preferências de cada aluno.

como estudar ingles na inglaterra

Como escolher a universidade ideal?

A Inglaterra é o berço de algumas das melhores instituições de ensino do mundo. No entanto, para escolher a universidade ideal para você, é preciso pesquisar quais oferecem os cursos na sua área de interesse e avaliar outros aspectos como:

  • Duração do programa;
  • Ementa curricular;
  • Custos do curso escolhido;
  • Corpo docente da faculdade;
  • Possibilidades de bolsa de estudo;
  • Estrutura da universidade;
  • Localização.

Como estudar inglês na Inglaterra?

A Inglaterra é o destino preferido dos intercambistas pela qualidade dos cursos, riqueza cultural e diversos pontos turísticos. No entanto, para estudar outro idioma no país, você precisa definir qual é o seu objetivo com este aprendizado.

Os cursos de inglês na Inglaterra são segmentados de acordo com as metas de cada estudante, os principais deles são:

  • General English (Inglês geral): mais tradicional, o curso trabalha aspectos como conversação e gramática. Indicado para quem é iniciante ou deseja aprimorar seu nível de inglês;
  • Business English (Inglês para negócios): tem como objetivo aprimorar o vocabulário e conversação dos estudantes nas áreas relacionadas aos negócios, como administração e marketing;
  • IELTS e TOEFL Preparation (Curso preparatório para os exames de proficiência): indicado para quem deseja estudar na Inglaterra e ingressar em uma universidade;
  • Cambridge Preparation (Curso preparatório para a prova de Cambridge): específico para o exame de proficiência de inglês da Universidade de Cambridge.

Melhores cidades para estudar inglês

Existem escolas de idiomas com unidades nas principais cidades da Inglaterra. Porém, cabe ao aluno decidir qual delas melhor se enquadra aos seus objetivos, estilo de vida e orçamento.

Para facilitar a sua escolha, selecionamos as melhores cidades para estudar inglês na Inglaterra. Confira:

  • Londres: a capital inglesa é o principal destino de quem planeja estudar inglês no país. Pois conta com centenas de pontos turísticos e a presença de estudantes de várias partes do mundo;
  • Brighton: também conhecida como “Londres à beira-mar”, a cidade é considerada um polo estudantil e oferece diversas opções de lazer parecidas com Londres;
  • Cambridge: a cidade mais antiga da Europa e sede de uma das melhores faculdades do mundo tem uma população estudantil que ultrapassa as 20 mil pessoas;
  • Oxford: berço da Universidade de Oxford, a cidade recebe muitos estudantes estrangeiros.

Quanto custa estudar na Inglaterra?

Estudar na Inglaterra é uma opção muito atraente para estudantes estrangeiros, mas é necessário ficar atento ao aspecto financeiro de estudar em um país onde o custo de vida é considerado alto.

Por conta disso, é fundamental que você pesquise a média das taxas de ensino e as despesas com alimentação, moradia, entre outras. A seguir, reunimos os preços médios de cursos na Inglaterra em 2022.

Graduação

O ensino superior na Inglaterra não é gratuito. Os alunos precisam pagar uma anuidade durante a graduação para continuar os estudos na faculdade. Essa taxa serve para cobrir despesas administrativas e serviços acadêmicos da universidade, mas não incluem custos residenciais dos alunos.

Os preços variam de acordo com o curso, nacionalidade do aluno e instituição de ensino. Na Universidade de Oxford, por exemplo, os estudantes britânicos inscritos no primeiro curso de graduação pagam uma taxa de £ 9.250.

Além disso, há possibilidade de solicitar financiamento estudantil. Por outro lado, alunos estrangeiros, costumam pagar taxas relativamente altas. Em Oxford, o valor da anuidade varia entre £ 27.840 e £ 39.010.

Como parâmetro, confira abaixo os preços da anuidade em diferentes faculdades e cursos de graduação na Inglaterra para alunos estrangeiros:

Curso Oxford Manchester
Medicina £36.800 £29.000
Engenharia £39.010 £20.000
Direito £29.500 £21.500
História £32.480 £21.500

Mestrado

Os renomados cursos de mestrado das faculdades inglesas duram em média entre 1 a 3 anos, a depender da área da atuação. Assim como a graduação, eles também não são gratuitos e as taxas variam entre £20,000 a £60,000, de acordo com a instituição e área de ensino.

Confira abaixo os preços aplicados nas universidades de Oxford e Manchester para estudantes estrangeiros.

Curso Oxford Manchester
Master of Business Administration MBA £65.520 £28.500
Filosofia £23.850 £ 20.500
Direito £42.120 £23.000

Doutorado

Os cursos de doutorado também exigem o pagamento de anuidades altas aos pesquisadores. Contudo, esse é um investimento que vale a pena para impulsionar sua carreira acadêmica. As taxas variam de acordo com a nacionalidade e programa de estudo de cada universidade, mas é possível encontrar tarifas a partir de £20,000.

Curso Oxford Manchester
Economia £22.410 £20.500
Política £25.900 £ 20.500
Farmacologia £27.460 £25.500

Curso de inglês

Os valores do curso de inglês variam de acordo com a escola e a carga horária do curso. Existem opções de cursos com duração de seis meses e carga horária de 20 horas a partir de R$ 10.000. É importante ter em mente que outros custos devem entrar no orçamento tais como despesas com alojamento, seguro viagem, passagens aéreas, alimentação, entre outros.

Em geral, o estudante precisa arcar com cerca de R$40.000 para fazer um curso na Inglaterra com duração de 6 meses. Mas é claro, é possível reduzir esse valor, optando por um período de curso menor, permanência em escola localizada em cidade do interior e hospedagens mais econômicas.
visto para estudar na inglaterra

Precisa de visto para estudar na Inglaterra?

Sim. O visto de estudante é requisito obrigatório para quem pretende estudar na Inglaterra por um período superior a 6 meses, pois autoriza a permanência do estrangeiro no país até a conclusão do curso.

Além disso, as crianças estrangeiras de 4 até 17 anos precisam de um visto especial para estudar em qualquer escola da Inglaterra.

A autorização só é dispensada para os estudantes de cursos de inglês na Inglaterra, por exemplo, que são de curta duração. Acompanhe abaixo mais informações sobre os três tipos de visto de estudante.

General Student Visa

O General Student Visa é o visto de estudante indicado para alunos maiores de 16 anos que pretendem fazer um curso de longa duração, com mais de 6 meses, em uma instituição de ensino. Permite que o aluno estrangeiro estude, trabalhe e more com familiares na Inglaterra.

Como solicitar

Para solicitar esse visto, o estudante não pode pertencer a nenhum país da União Europeia e deve preencher outros requisitos como:

  • Comprovar proficiência em inglês;
  • Provar que tem dinheiro para pagar o curso e se sustentar no país;
  • Estar matriculado em um curso licenciado para este visto de estudante.

Assim, caso cumpra com os requisitos acima, o estudante pode fazer a solicitação do visto pela internet no site do Governo Britânico. No entanto, como parte do processo para obter a autorização, será preciso enviar fotos e fornecer as impressões digitais.

Tanto as fotos quanto as impressões digitais são tiradas em um centro de solicitação de visto, necessárias também para obter uma autorização de residência biométrica.

Documentos necessários

A apresentação dos documentos é outro requisito para solicitar o General Student Visa. Embora eles possam variar a depender da circunstância do estudante no país, os principais deles são:

  • Passaporte válido;
  • Prova de que possui dinheiro suficiente para se sustentar no país;
  • Prova do relacionamento do estudante com os pais ou responsáveis;
  • Resultado do teste de tuberculose se o estudante for de um país onde seja preciso fazer o exame;
  • Documento que comprove o consentimento dos pais ou tutor legal para que o estudante menor de 18 anos estude na Inglaterra.

Short-Term Study Visa

O Short-Term Study Visa é o visto exclusivo para quem planeja estudar em cursos de inglês de curta duração. Assim, por meio dele, o aluno pode morar e estudar na Inglaterra legalmente enquanto durar o curso, mas não pode levar dependentes para o país.

Como solicitar

Apenas os alunos estrangeiros com idade igual ou superior a 16 anos e interesse em estudar em uma escola independente na Inglaterra podem solicitar o Short-Term Study Visa. Além disso, devem cumprir alguns requisitos como:

  • Não pertencer a nenhum país da União Europeia ou Suíça;
  • Ter consentimento de seus pais ou responsáveis para estudar na Inglaterra;
  • Ter sido aprovado em um curso de inglês com duração de 11 meses ou menos;
  • Comprovar que pode pagar pelo seu retorno ou continuação da viagem;
  • Estar matriculado em um curso oferecido por instituições credenciadas;
  • Provar que tem dinheiro suficiente para cobrir suas despesas pessoais e escolares sem trabalhar, ou que tem parentes e amigos que possam sustentá-lo e abrigá-lo durante o curso.

Os estudantes devem solicitar o visto online no mínimo 3 meses antes de viajar para a Inglaterra. E, como parte do processo de inscrição, o requerente deve marcar uma consulta em um centro de aplicação de visto para fornecer os documentos necessários e provar a sua identidade.

O centro de solicitação de visto pode reter o passaporte e a documentação apresentada pelo estudante enquanto processa o requerimento.

Documentos necessários

Após cumprir os requisitos necessários para solicitar o Short-Term Study Visa, os estudantes também devem fornecer alguns documentos para conseguir o visto. Confira abaixo quais são eles:

  • Passaporte atual ou outro documento de viagem válido;
  • Informações sobre onde planeja ficar e seus planos de viagem;
  • Comprovação de que pode se sustentar durante a viagem à Inglaterra;
  • Tradução certificada, se os documentos não estiverem em inglês ou galês;
  • Provas do pagamento das taxas do curso ou que tem dinheiro suficiente para cobri-las;
  • Resultados do teste de tuberculose, se o estudante for de um país onde tem que realizar o exame;
  • Informações de contato de pelo menos um dos pais ou responsável legal, se for menor de 18 anos.

Também devem ser apresentados outros documentos relacionados ao curso, como uma carta de aceitação da instituição educacional contendo o nome do curso, duração e os custos.

Child Student Visa

O Child Student Visa pode ser solicitado pelos estudantes que tiverem entre 4 e 17 anos e quiserem estudar em uma escola independente da Inglaterra. Nesse caso, o tempo de permanência do aluno depende da sua idade, data de inscrição e a duração do curso.

Como solicitar

Para solicitar o Child Student Visa, os estudantes devem estar matriculados em um curso de uma escola independente na Inglaterra e cumprir com diversos requisitos listados no site do governo britânico, como:

  • Ter uma oferta de vaga em curso ofertado por uma escola independente;
  • Ter o consentimento dos pais ou responsáveis para estudar na Inglaterra;
  • Comprovar que tem dinheiro suficiente para se sustentar na Inglaterra e para pagar o curso.

Os estudantes podem chegar à Inglaterra até 1 mês antes do início do curso, mas não antes da data indicada pelo visto Child Student Visa.

Documentos necessários

O Child Student Visa demora cerca de três semanas para ficar pronto. Contudo, para isso acontecer o requerente deve apresentar todos os documentos corretamente. Confira abaixo a documentação exigida para esse tipo de autorização:

  • Passaporte atual ou outra documentação de viagem válida;
  • Confirmação de aceitação para estudos do provedor do curso;
  • Prova do seu relacionamento com seu pai ou responsável legal;
  • Evidência das qualificações utilizadas para conseguir a vaga no curso;
  • Resultado do teste de tuberculose;
  • Consentimento por escrito dos pais ou responsável legal para estudar na Inglaterra.

A depender das circunstâncias do estudante estrangeiro podem ser exigidos outros documentos. Por isso, é importante consultar o site do governo antes de iniciar o processo de solicitação do visto.

É possível estudar e trabalhar na Inglaterra?

Sim, mas depende do tipo de visto solicitado pelo estudante. O General Study permite que os alunos estrangeiros estudem e trabalhem legalmente na Inglaterra, desde que estejam matriculados em um curso com duração superior a 6 meses.

O Child Student também permite que os estudantes maiores de 16 anos estudem e trabalhem na Inglaterra, mas com algumas condições:

  • O trabalho pode ser em período integral somente durante as férias;
  • Estágio remunerado não deve ocupar mais de 50% do tempo do curso;
  • O trabalho deve ser de meio período durante as aulas, não excedendo o limite de 10h semanais.

Como estudar de graça na Inglaterra?

O ensino médio e fundamental são gratuitos e de qualidade na Inglaterra. No entanto, estudar em uma universidade inglesa tem um custo relativamente alto para os estudantes, pois o governo britânico não oferece ensino superior público.

Diante disso, os estudantes recorrem a alternativas para reduzir os custos com o ensino superior, como bolsas de estudo, empréstimos e outras formas de apoio financeiro.

Além disso, as taxas para estudar na Inglaterra podem variar dependendo do nível de estudo e a cidadania do estudante.

Bolsas de estudo na Inglaterra

As universidades inglesas oferecem diversas bolsas de estudo para estudantes da Inglaterra e estrangeiros. Há opções de financiamento parciais e integrais, que cobrem os gastos dos alunos durante o curso.

Para conseguir uma bolsa para estudar na Inglaterra, os estudantes precisam participar de um processo seletivo de uma instituição de ensino ou organização internacional. Acompanhe abaixo as principais bolsas de estudos disponíveis para estrangeiros:

Diferenças entre o sistema de ensino na Inglaterra e no Brasil

O sistema de ensino inglês é bastante diferente do brasileiro, por isso se você planeja estudar no país, vale a pena conhecer o seu funcionamento. A primeira diferença é na organização dos anos educacionais.

Enquanto no Brasil eles são contados de maneira contínua, nas escolas públicas inglesas eles são organizados por estágios, a saber:

  • Educação primária: primeira a sexta série para crianças entre 5 e 11 anos;
  • Educação secundária: sétima a décima primeira série para adolescentes;
  • Sixth form: décima segunda e décima terceira série é uma fase não obrigatória e serve como preparação para a universidade.

A idade mínima para entrar na escola é outra diferença. Na Inglaterra, as crianças começam a estudar a partir dos 5 anos, mas podem frequentar a pré-escola em creches antes desse período. No Brasil, o ensino é obrigatório para crianças entre 4 a 17 anos.

Por fim, diferente do Brasil, os estudantes realizam vários exames nacionais para avaliar seus conhecimentos acadêmicos. O primeiro, conhecido como SAT (Standard Attainment Test), é aplicado no final do segundo e sexto ano da educação primária. Nos testes são cobrados conhecimentos específicos sobre ciências, matemática, leitura e as notas são usadas pelos professores como parâmetro do desempenho dos alunos.

No final do décimo primeiro ano escolar há aplicação do Certificado Geral de Educação Secundária (GCSE). Esse é um dos testes mais importantes, pois suas notas são usadas na seleção de universidades e empresas inglesas.

Vale a pena estudar na Inglaterra?

Com certeza!

Estudar na Inglaterra é uma oportunidade única para aprender inglês no berço do idioma. Durante os estudos você vivencia uma nova cultura e faz amigos não apenas da Inglaterra, mas de várias partes do mundo. Isso, sem dúvida, garante novas habilidades sociais e uma visão de mundo diferente.

Estudar na Inglaterra é um grande acréscimo no seu currículo e experiência profissional. A qualidade do ensino inglês é reconhecida mundialmente e você estudará nas melhores universidades com centros de pesquisa e professores renomados. Embora seja um investimento alto, vale a pena se inscrever em bolsas com financiamento parcial ou integral para viver essa experiência.

Perguntas frequentes

Como estudar na Inglaterra com passaporte europeu?

Cidadãos com passaporte europeu precisam solicitar o visto de estudante para estudar na Inglaterra. Por outro lado, os europeus que residem no Reino Unido, devem solicitar o Settled Status para ter autorização de estudar na Inglaterra.

Como estudar medicina na Inglaterra?

Para estudar medicina na Inglaterra é preciso apresentar o teste de proficiência em inglês, ser aprovado em exames de admissão como o BMAT (BioMedical Admissions Test), assim como cumprir com os demais requisitos do edital.

Com que idade posso ir estudar na Inglaterra?

Crianças com passaporte britânico podem ingressar na escola pública na Inglaterra a partir de 5 anos. Para estrangeiros, o governo britânico disponibiliza vistos de estudo para crianças a partir de 4 anos.

Como estudar na Inglaterra com a nota do Enem?

A nota do Enem é um pré-requisito nos processos seletivos de algumas universidades inglesas. Em geral, a nota é somada com outros fatores de avaliação como histórico escolar e nível de inglês, por exemplo. Mas os alunos precisam fazer os testes de admissão do país.

Como funcionam as férias dos estudantes na Inglaterra?

As férias dos estudantes na Inglaterra são divididas em 6 etapas, a saber: férias de verão durante 5 a 6 semanas, 3 férias intermediárias com duração de 1 semana e a da Páscoa com duração de 2 semanas.

Ficou com vontade de morar na Europa? Então conheça o nosso ebook Sonho de Viver na Europa, em que brasileiros contam o melhor (e o pior!) de ser um imigrante brasileiro na Europa, confira!