A Inglaterra é berço das faculdades mais famosas do mundo. Cursar um mestrado no país é um diferencial em qualquer carreira acadêmica ou profissional, mas, para fazer a pós, é preciso muito planejamento. Por isso, acompanhe o artigo abaixo e entenda como funciona o mestrado na Inglaterra, custos dos principais cursos e bolsas disponíveis.

Como fazer mestrado na Inglaterra?

Fazer mestrado na Inglaterra é uma excelente decisão, principalmente se o seu objetivo é melhorar o currículo, aumentar o seu nível profissional e acadêmico. No entanto, para conseguir estudar em uma das melhores universidades do mundo, é necessário passar por uma seleção anual composta por duas etapas:

  • Inscrição online e envio da documentação;
  • Entrevista com avaliadores.

Embora pareça simples, esse processo exige planejamento e organização. Portanto, comece quanto antes a pesquisar os programas de mestrado disponíveis na sua área e selecione as universidades que deseja estudar na Inglaterra.

Nesse momento, vale considerar também os custos de vida nas cidades onde as universidades estão localizadas. Assim, você poderá avaliar qual instituição é a melhor opção para o seu orçamento e objetivo acadêmico.

Após a aprovação no mestrado, a universidade envia um documento chamado Confirmation of Acceptance of Studies (CAS), que comprova que você foi aceito na instituição. Assim, por meio dele, você poderá solicitar o visto de estudante (Tier 4) e estudar legalmente na Inglaterra.

Precisa ter projeto pronto para se candidatar?

Depende da universidade.

Geralmente, os candidatos a vaga precisam apresentar uma carta de motivação como parte da inscrição no mestrado na Inglaterra.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Nesse documento, é necessário explicar as motivações para estudar aquele curso de mestrado. Também deverá falar sobre suas habilidades, aspirações futuras e experiências profissionais ou acadêmicas relevantes. Além disso, é comum que a instituição solicite o envio de alguns documentos, como:

  • Referências;
  • Histórico acadêmico;
  • Certificado de graduação;
  • Currículo;
  • Proposta de pesquisa.

Como escolher um mestrado na Inglaterra?

Existem muitos aspectos a considerar ao escolher um mestrado na Inglaterra. Então, para tomar a melhor decisão quanto ao curso e à universidade, é importante que você avalie:

  • Perspectiva de carreira: avalie os benefícios e o diferencial que o curso de mestrado da sua escolha pode proporcionar à sua carreira profissional no futuro;
  • Reputação da universidade: analise a reputação da faculdade, a satisfação dos alunos, a qualificação dos professores e a qualidade de ensino;
  • Conteúdo do curso: certifique-se de que os módulos do mestrado abordem temas relevantes e específicos;
  • Localização: considere onde a universidade está localizada, assim como o custo de vida na região e as despesas que você teria ao morar na cidade;
  • Flexibilidade de estudo: se a flexibilidade de horário é importante para você, então prefira as instituições que oferecem a opção de ensino à distância ou aulas de meio período;
  • Taxas e financiamento: como as taxas de matrícula variam, compare os custos de cada curso, consulte opções de financiamento de pós-graduação e bolsas de estudos;
  • Instalações da universidade: a infraestrutura também é um aspecto relevante na escolha do mestrado. Portanto, descubra se a instituição tem um histórico de investimento e melhorias de suas instalações acadêmicas.

Requisitos para fazer mestrado na Inglaterra

Normalmente, é preciso enviar o pedido de inscrição diretamente à universidade escolhida para se candidatar a uma vaga no mestrado na Inglaterra. Por isso, é importante consultar os editais dos programas para saber a lista de documentos e os requisitos necessários para realizar o trâmite.

No entanto, para os estudantes internacionais, além de apresentar a declaração pessoal, o currículo, o histórico acadêmico e a proposta de pesquisa, as universidades podem exigir outros documentos como:

Apresentar todas as informações é fundamental para garantir uma resposta rápida ao pedido de inscrição no curso de mestrado. Contudo, se a banca de admissão tiver que pedir documentos em falta, o processo será prolongado e desgastante.

Quanto custa o mestrado na Inglaterra?

As taxas de mestrado não são fixas e variam entre as universidades e programas de pós-graduação. A reputação da universidade, a infraestrutura oferecida e a qualidade do ensino são os principais fatores que influenciam nos custos do curso.

Segundo o UCAS, a média das mensalidades dos cursos de pós-graduação é de £11 mil por ano. No entanto, é possível encontrar mestrados com taxas que variam de £4.900 a mais de £30 mil.

Por norma, os cursos de humanas e artes são considerados os mais baratos, enquanto mestrados em medicina custam mais. O MBA está entre as qualificações mais caras, para fazer uma especialização dessa categoria na London Business School, o estudante precisa pagar cerca de £97.500, por exemplo.

Para os estudantes internacionais as taxas de mestrado podem ser consideravelmente maiores do que para os estudantes da Inglaterra. Confira abaixo uma comparação de preço para dois cursos de pós-graduação no ano letivo de 2022/2023:

Curso Estudante britânico Estudante internacional
Mestrado em Psicologia Forense e Saúde Mental na Universidade de Manchester £11.000 £23.000
Mestrado em Jornalismo na City University London £10.820 £21.650

Mas é claro, além do valor do curso de pós-graduação, você também deve considerar o custo de vida na Inglaterra. Isso inclui despesas como aluguel, alimentação, transporte, atividades de lazer, entre outros.

Morar em cidades como Londres, Manchester e Birmingham implica em ter despesas maiores e um custo de vida mais caro. Por conta disso, é vital que você pesquise bem e se planeje financeiramente antes de realizar a sua inscrição de mestrado na Inglaterra.

Prédio da Universidade de Oxford
A Universidade de Oxford é uma das melhores para fazer Mestrado na Inglaterra.

Existe bolsa de mestrado?

Sim, a maioria das universidades oferece bolsas de estudo e bolsas para estudantes de mestrado na Inglaterra. Essas ajudas financeiras são concedidas por excelência acadêmica e o potencial demonstrável para pesquisas de destaque.
Confira abaixo a lista de algumas bolsas disponíveis para alunos de pós-graduação:

  • Chevening: programa do governo britânico que oferece bolsas de mestrado para as áreas de artes, negócios, engenharia, bioquímica, entre outros. Tem duração de até 12 meses e está disponível para estudantes internacionais;
  • Universidade de Sussex: bolsa para chanceleres da Universidade de Sussex concedida a estudantes internacionais com bom desempenho acadêmico e fluência no idioma. Cobre 50% da matrícula com duração de 12 meses;
  • Cambridge Gates: destinada para os estudantes internacionais que desejam fazer cursos de pós-graduação na universidade de Cambridge. Além disso, financia todos os custos do estudante.

Diferenças entre o mestrado na Inglaterra e no Brasil

A principal diferença entre o mestrado na Inglaterra e no Brasil é o processo seletivo. As faculdades inglesas não costumam exigir muita produção acadêmica dos candidatos e projetos de pesquisa.

No entanto, diferente de alguns cursos brasileiros, os mestrados na Inglaterra também são divididos em duas modalidades, os ministrados e os baseados em pesquisa. Confira abaixo quais são as características de cada um:

  • Mestrados ministrados: tem a mesma estrutura dos cursos de graduação, são formados por palestras, seminários, exames, dissertações e projetos de grupo. Além disso, os alunos recebem o apoio de um tutor durante o curso;
  • Mestrado de pesquisa: o objetivo é que os alunos aprendam de maneira independente e produzam uma tese sobre um tema específico. Ademais, os programas dessa categoria envolvem pouco ou nenhum ensino em sala de aula, mas designam um orientador para cada aluno.

Como funciona o visto para estudar na Inglaterra?

Para solicitar o visto de estudante e receber a autorização para fazer mestrado na Inglaterra, é necessário apresentar a documentação completa exigida e cumprir alguns requisitos, como:

  • Comprovar aprovação no curso de pós-graduação;
  • Ter dinheiro suficiente para se sustentar e pagar pelo curso;
  • Provar que pode falar, ler, escrever e entender inglês.

O tempo que você pode ficar na Inglaterra depende da duração do curso. No entanto, por se tratar de uma especialização de nível superior, é provável que você possa permanecer no país por até 5 anos. Assim, com essa autorização, o estudante internacional pode morar legalmente na Inglaterra. Além disso, o visto permite que o parceiro e filhos o acompanhem na condição de dependentes ao país.

É possível fazer mestrado e trabalhar?

Sim, mas com algumas ressalvas.

Muitos estudantes de mestrado tentam financiar o mestrado na Inglaterra e cobrir seus gastos trabalhando meio período. Entretanto, para os estudantes não britânicos essa pode ser uma tarefa difícil.

O visto de estudante permite que você trabalhe na Inglaterra, dependendo do curso e se está trabalhando dentro ou fora do período letivo. Por isso, alguns estudantes optam por trabalhos na própria universidade ou em casa.

Tem como ficar na Inglaterra depois de terminar o mestrado?

Sim, existem algumas formas de permanecer no país após terminar o mestrado. A primeira é conseguir uma proposta de emprego em uma empresa na Inglaterra e dar entrada no visto de trabalho.

Com essa nova autorização, o estudante pode morar e trabalhar legalmente no país até a conclusão do seu contrato. E, se permanecer por mais de 5 anos na Inglaterra, pode solicitar a cidadania inglesa.

A segunda alternativa é solicitar a prorrogação do visto de estudante. Nesse caso, você recebe autorização para ficar no país para fazer outro curso de pós-graduação, como o doutorado ou uma especialização em uma universidade inglesa.

Existe também a opção de pedir o visto de casamento ou união estável para ficar na Inglaterra permanentemente. No entanto, para conseguir essa autorização, é necessário comprovar o relacionamento com um cidadão britânico e o seu interesse de se estabelecer no país após a cerimônia.

Vale a pena fazer mestrado na Inglaterra?

Vale muito a pena fazer mestrado na Inglaterra. Além de ser uma experiência enriquecedora para o seu currículo, permite que você se torne um profissional mais qualificado para o mercado de trabalho.

No entanto, apesar das vantagens que o mestrado em outro país proporciona, você deve estar preparado financeira, emocional e psicologicamente para morar na Inglaterra. Afinal, o custo de vida é maior e você estará longe de amigos e familiares. Nessas horas, sempre vale a pena conversar com quem já estudou no país e tirar todas as suas dúvidas.

E lembre-se: acompanhe as últimas novidades sobre estudar na Inglaterra e como é a vida no país pelo Euro Dicas!