O custo de vida na Inglaterra é um dos principais aspectos que você deve considerar se planeja morar, trabalhar ou estudar no país. Por isso, apresentaremos abaixo quais são os custos médios com as despesas com alimentação, transporte, saúde, lazer, entre outras.

Assim, você conseguirá fazer um planejamento financeiro sólido e tomar as melhores decisões quando for morar na Inglaterra. Acompanhe!

Perguntas Respostas
Quanto é o custo de vida na Inglaterra? A média do custo de vida na Inglaterra para uma pessoa em Londres é de £1.081,70 por mês, sem o aluguel.
Quanto dinheiro precisa para morar na Inglaterra? A estimativa é que um casal gasta cerca de £ 2.814,68 para morar no centro de Londres, £ 1.221,64 em Leeds e £ 1.213,22 em Liverpool.
Quanto custa um aluguel? De acordo com dados do Numbeo, o aluguel de um apartamento com um quarto no centro de Londres é £ 2.116,09, em Leeds £ 826,67 e em Liverpool £ 791,88.

Qual o custo de vida na Inglaterra?

De acordo com o site Numbeo, em 2023 uma pessoa solteira gasta cerca de £1.081,70 por mês para viver na capital da Inglaterra. Isso sem contar com o aluguel e gastos extras que você pode ter no dia a dia.

Mas é claro, esse valor é apenas uma estimativa, já que o gasto mensal de uma pessoa varia conforme diversos aspectos como:

  • Estilo de vida;
  • Local onde mora;
  • Número de pessoas da família;
  • Tipo de imóvel, entre outros.

Assim, quem deseja morar no centro de uma cidade grande como Londres com sua família, provavelmente terá que arcar com custos mais altos. Por outro lado, é possível aproveitar a boa qualidade de vida oferecida pela Inglaterra gastando pouco, basta morar em cidades distantes da capital inglesa. Em Leeds, por exemplo, o custo de vida sem aluguel de uma pessoa solteira é de £782 e de uma família de quatro pessoas é de £2.679,50.

É importante lembrar aqui que a Inglaterra passa por uma crise econômica com o aumento do custo de vida em todo o país, impulsionado pelo aumento no custo de energia e alimentos.

Custos de moradia na Inglaterra

A moradia é o aspecto que, sem dúvida, mais encarece o custo de vida na Inglaterra. Os aluguéis em grandes cidades como Londres costumam ser altos, principalmente se os imóveis estão localizados próximos ao centro da cidade ou em bairros nobres.

Sonha morar na Inglaterra?

Conheça o nosso Ebook Morar na Inglaterra e saiba como se mudar para o país com toda a segurança, de forma legal e contando com a informação atualizada do Euro Dicas. A qualidade de vida do Reino Unido espera por você!

SABER MAIS →

Assim, quem possui um orçamento reduzido, deve optar por imóveis menores, situados em bairros distantes do centro ou viver em cidades do interior do país, como Leeds. Para ter uma ideia mais clara dessas despesas, veja abaixo os custos com aluguel e contas de casa:

Custos de aluguel

Como os custos de aluguel podem variar dependendo da localização e tipo de imóvel, consultamos o site Numbeo para ter uma média de preços dos aluguéis em três cidades na Inglaterra em setembro de 2023. Confira abaixo quais são os custos para morar em um apartamento perto e longe do centro da cidade:

Imóvel Londres Leeds Liverpool
Apartamento de 1 quarto no centro da cidade £ 2.116,09 £ 826,67 £ 791,88
Apartamento de 1 quarto fora do centro da cidade £ 1.492,34 £ 621,43 £ 557,33
Apartamento de 3 quartos no centro da cidade £ 4.113,33 £ 1.606,25 £ 1.428,12
Apartamento de 3 quartos fora do centro da cidade £ 2.596,84 £ 1.075 £ 900

Atenção! A cotação acima foi realizada no site Numbeo em 04 de setembro de 2023.

Valor médio das contas da casa

As contas da casa também influenciam no custo de vida na Inglaterra. No entanto, assim como o aluguel, esses gastos variam muito de uma cidade para outra e com o tipo de serviço contratado.

Para ter uma noção do valor médio das despesas com a casa, veja abaixo os preços aplicados em diferentes cidades da Inglaterra segundo uma consulta realizada no site Numbeo em setembro de 2023.

Despesa Londres Leeds Liverpool
Eletricidade, água, aquecimento, refrigeração e coleta de lixo £ 322,44 £ 213,66 £ 254,67
Internet £ 33,15 £ 31,31 £ 30,67

É importante destacar que esses valores são apenas uma referência. Os custos podem aumentar de acordo com as condições do imóvel, a época do ano e o seu estilo de vida. No inverno, por exemplo, é comum que os gastos mensais aumentem bastante devido ao uso contínuo do aquecimento.

Felizmente, existem diversas opções de fornecedores no país. Por conta disso, é possível fazer cotações e escolher a empresa que oferece melhor custo-benefício para diminuir os gastos mensais.

Despesas com a licença de televisão, imposto anual de cada município e a Taxa Council são outros gastos que devem ser incluídos nas contas da casa. Assim, os valores acima podem aumentar consideravelmente ao incluir essas despesas.

Quanto custa a alimentação na Inglaterra?

Os gastos com alimentação representam uma importante parcela do custo de vida na Inglaterra. Mas esse valor depende de uma série de fatores como o seu estilo de vida, o local onde as compras são feitas, quantas pessoas moram com você, entre outros.

Assim, para ajudar no controle dos gastos com alimentação, trouxemos os custos médios de alguns alimentos no supermercado e das refeições em restaurantes na Inglaterra.

Custos de supermercado

Os custos de supermercado na Inglaterra podem ser altos. A boa notícia é que o país tem uma grande variedade de supermercados, alguns com preços bastante competitivos.

Diante disso, para você ter uma ideia do quanto poderá gastar com as compras de supermercado, elaboramos uma lista dos preços de alguns alimentos em Londres, Leeds e Liverpool. Confira:

Alimentos Londres Leeds Liverpool
1 litro de leite £ 1,33 £ 1,09 £ 0,91
500 g de pão branco fresco £ 1,48 £ 1,13 £ 1,04
1 kg de arroz branco £ 2,01 £ 1,40 £ 1,57
1 dúzia de ovos £ 3,46 £ 2,40 £ 2,17
1 kg de queijo £ 7,14 £ 6,18 £ 6,79
1 kg de filé de frango £ 7,45 £ 5,91 £ 5,84
1 kg de carne vermelha £ 11,84 £ 10,63 £ 10
1 kg de maçãs £ 2,06 £ 2,72 £ 2,25
1 kg de tomate £ 2,95 £ 1,96 £ 2,41
1,5 litro de água £ 1,16 £ 1,17 £ 1,13

Quem deseja enxugar os gastos com supermercados pode optar por grandes redes como Aldi e Lidl, que possuem preços acessíveis. O Lidl, por exemplo, oferece cupons de desconto todas as semanas e ajudam bastante a economizar no final do mês. Para aqueles com gosto mais refinado ou que procuram produtos brasileiros, podem fazer as compras do mês no Sainsbury ou Tesco.

Custos para comer fora

É preciso ter cautela para não aumentar o custo de vida na Inglaterra quando o assunto é comer fora. Isso porque, os preços das refeições em restaurantes e pubs em grandes cidades como Londres são mais elevados do que no restante do país.

Aliás, até dentro de uma mesma cidade é possível encontrar uma grande variedade de preços em bairros diferentes. Diante disso, fizemos uma consulta no site Numbeo para saber os custos para comer fora em três cidades inglesas.

Despesa Londres Leeds Liverpool
Refeição para uma pessoa em restaurante barato £ 20 £ 15 £ 15
Refeição para duas pessoas em restaurante médio £ 80 £ 60 £ 60
Lanche no McDonalds £ 8 £ 7 £ 6,25
Garrafa de 500 ml de cerveja £ 6 £ 4,30 £ 4,65
Lata de 300 ml de Coca-Cola £ 1,98 £ 1,67 £ 1,46
Capuccino £ 3,55 £ 3,22 £ 3

Quanto custa o transporte na Inglaterra?

Os custos com meios de transporte ingleses são relativamente baixos, apesar dos recentes aumentos nos preços das passagens de metrô. Mas, assim como os demais, esse gasto também pode variar dependendo da cidade, bairro e até da frequência que você utiliza o transporte público.

Estação de metrô de Paddington com poucos passageiros.
O transporte público na Inglaterra funciona bem, mas os custos variam conforme cada cidade. Crédito: Andrea Côrtes

Em cidades como Leeds o passe mensal custa em média £75, enquanto em Londres o preço chega a £170. Contudo, esse valor pode aumentar dependendo da região onde você mora e/ou trabalha na Inglaterra.

Nas cidades médias como Liverpool o valor com transporte é um pouco mais baixo comparado com a capital inglesa, o passe mensal pode chegar a £68. Por isso, é importante colocar essas despesas na ponta do lápis antes de escolher o melhor local para morar na Inglaterra.

Gastos carro na Inglaterra

Os gastos com carro na Inglaterra podem ser maiores do que você imagina. Isso porque, além do preço da compra do veículo, também é necessário arcar com outros custos como:

  • Combustível;
  • Seguro do automóvel;
  • MOT (verificação anual do veículo);
  • Imposto do automóvel;
  • Manutenção;
  • Estacionamento;
  • Despesas rodoviárias, entre outros.

Para ajudar no cálculo dessas despesas, você pode usar a calculadora de custos de automóveis da Money Helper, que é um serviço de aconselhamento online aprovado pelo governo britânico. Ainda segundo a Money Helper, o custo médio de manutenção de um carro com as taxas de impostos governamentais, é de £3.116 por ano. Já as despesas com combustível têm aumentado constantemente nos últimos anos.

Confira abaixo quanto custa recarregar e abastecer o veículo na Inglaterra em setembro de 2023:

Recarga de carro elétrico na Inglaterra

O carregamento do carro elétrico pode ser feito em três locais: em casa, no destino ou durante a viagem. Dependendo da sua escolha, você pode pagar caro ou economizar bastante com cada recarga, veja só:

  • Casa: os custos variam de £0,12 a £0,41 por quilowatt-hora (kWh), mais o custo da instalação inicial;
  • Destino: os custos variam de gratuito a £0,60 por kWh, mais assinatura mensal ou taxa de conexão;
  • Viagem: o preço varia de £0,16- £0,69 por kWh, com exceção do Shell Recharge e do carregamento ultrarrápido Lonity, que são os fornecedores mais caros do mercado.

Preço do combustível na Inglaterra

Os proprietários de veículos convencionais gastam em média £ 1.435 por ano com combustível, sendo £ 1.272 para um carro a gasolina típico e £ 1.683 para um diesel típico, assumindo uma quilometragem média para cada tipo de 10.140 e 15.130 Km por ano, respectivamente.

Mas é claro, esse valor depende principalmente do número de quilômetros que você dirige e da qualidade de combustível usada no seu veículo.

Custo com educação na Inglaterra

Os custos com educação na Inglaterra podem variar dependendo do local, nível escolar, instituição e até a condição do estudante no país. Explicamos com mais detalhes esses gastos abaixo:

Ensino básico

Na Inglaterra, todas as crianças são obrigadas a frequentar a escola dos 5 aos 16 anos e a permanecer no ensino até os 18 anos. Depois desse período, é comum que os jovens continuem seu ciclo de aprendizagem em cursos de qualificação profissional e universidades.

Em geral, os filhos de estrangeiros que moram na Inglaterra podem estudar em escolas públicas no país gratuitamente. Nesses casos, os responsáveis precisam arcar com despesas como uniformes, refeições e livros extracurriculares que não são oferecidos pelo sistema educacional.

Mas a Inglaterra também conta com escolas privadas de ensino básico. Para ingressar em uma dessas instituições, é preciso pagar uma mensalidade que varia de acordo com o tipo de escola e a cidade. Consultamos o Numbeo para saber a média da mensalidade de uma escola internacional em três cidades da Inglaterra em 2023. O resultado foi o seguinte:

Cidade Mensalidade escolar
Londres £20.211,36 por ano
Leeds £10.000 por ano
Liverpool £6.213,33 por ano

Ensino superior

As mensalidades de graduação para estudantes internacionais na Inglaterra variam de £11.400 a £38.000, sendo o custo médio estimado de £22.200 por ano.

É importante lembrar que as taxas dos cursos na Inglaterra variam de acordo com o seu nível de estudo, instituição e local onde planeja estudar no país. Em geral, os cursos de humanas e ciências sociais tendem a custar menos, enquanto programas de graduação laboratorial e clínica são mais caros.

Custo com saúde na Inglaterra

A Inglaterra possui um sistema de saúde gratuito e de qualidade, o National Health System (NHS). Composto por uma ampla rede de hospitais e clínicas públicas, está disponível para todos os residentes do país.

Essa característica, sem dúvida, torna o custo de vida na Inglaterra mais econômico para quem decide morar no país. Afinal, não é preciso se preocupar com o pagamento de planos de saúde e assistência médica privada, bastante cara na Europa.

Os estrangeiros que não possuem cidadania britânica também podem ter acesso ao NHS, desde que tenham residência definitiva no país. Caso contrário, será preciso pagar uma taxa anual para ser atendido pelo sistema público de saúde.

Geralmente, o pagamento da taxa do NHS é efetuado durante a solicitação do visto. Nesses casos, o valor varia de acordo com a idade do estrangeiro e tipo de visto para Inglaterra. Acompanhe abaixo quais são as tarifas cobradas em 2023:

Requisitos Taxa anual
Visto de estudante £470
Visto para menores de 18 anos £470
Demais tipos de visto £624

Alguns estrangeiros estão isentos do pagamento da taxa do NHS, como aqueles que estão solicitando o visto permanente, asilo ou proteção humanitária.

Além disso, quem viaja para a Inglaterra com visto de turismo não precisa pagar a tarifa e pode ter acesso a atendimento de urgência e emergência pelo sistema de saúde. Mas terão que pagar a conta do hospital se precisarem de um atendimento mais complexo.

Custos de lazer na Inglaterra

Provavelmente os custos de lazer na Inglaterra são os mais subjetivos de todos listados. Afinal, esse tipo de despesa varia muito do estilo de vida de cada pessoa, das suas prioridades e das atividades de lazer que prefere.

Quem gosta de ter uma vida social ativa e deseja explorar todas as atrações que a Inglaterra pode oferecer, terá um gasto maior com lazer. Dessa forma, para você poder se planejar melhor, elaboramos uma lista com os preços de algumas atividades em três cidades inglesas.

Despesa Londres Leeds Liverpool
2 ingressos para o cinema £24 £14 £15
2 ingressos para o teatro (melhores lugares) £189 £85 £80
Jantar para dois em um restaurante italiano na área nobre da cidade £76 £48 £45
1 drink em restaurante no centro £13 £9 £9
1 cerveja de 500 ml no pub £6 £4,58 £4,30

Resumo do custo de vida na Inglaterra

Após detalhar as principais despesas do custo de vida na Inglaterra, elaboramos um resumo com os gastos médios de um casal sem filhos que mora nas cidades de Londres, Leeds e Liverpool.

É importante frisar que os orçamentos referentes à alimentação e lazer não foram incluídos, pois variam de acordo com o estilo de vida de cada pessoa. Confira.

Despesa Londres Leeds Liverpool
Apartamento de 1 quarto no centro da cidade £2.116,09 £826,67 £791,88
Eletricidade, água, aquecimento, refrigeração e coleta de lixo £322,44 £213,66 £254,67
Internet £33,15 £31,31 £30,67
Transporte (passe mensal metropolitano) £343 £150 £136
Total para um casal £2.814,68 £ 1.221,64 £1.213,22

Conforme mencionamos anteriormente, o custo de vida em Londres é maior que nas demais cidades inglesas como Liverpool e Leeds. Mas é claro, os valores podem aumentar ou diminuir conforme as preferências de cada morador.

Para ter uma noção melhor dos preços da capital inglesa em 2023, confira abaixo o vídeo do canal NA VIBE, com um relato detalhado de brasileiros que vivem em Londres.

Quais são as cidades com menor custo de vida na Inglaterra?

O alto custo de vida em Londres muitas vezes ofusca o fato de que existem várias cidades baratas na Inglaterra para morar com bons índices de segurança, educação, moradia e emprego.

Assim, para tornar a sua escolha mais fácil, a seguir apresentamos algumas das cidades com menor custo de vida na Inglaterra:

  • Durham;
  • Leicester;
  • Lancaster;
  • Coventry;
  • Newcastle;
  • Lincoln;
  • Nottingham;
  • Liverpool;
  • Warwick;
  • Manchester.

O custo de vida na Inglaterra é alto?

Sim. O custo de vida na Inglaterra é um dos mais altos do mundo. No entanto, os salários mínimos e médios também são elevados, permitindo que as pessoas consigam cobrir seus gastos básicos com maior facilidade.

Existem outros fatores que também reduzem bastante o custo de vida no país, como o acesso gratuito ao sistema de saúde público (NHS). O governo britânico também oferece educação pública de qualidade nos níveis básico e médio a todos os residentes do país.

Café vazio no centro da cidade de Margate, Inglaterra.
Morar na Inglaterra não é barato, mas os salários são altos e há outros benefícios atrativos. Crédito: Andrea Côrtes

Entretanto, como vimos, o custo de vida na Inglaterra depende especialmente da cidade na qual se vive. Isso porque um dos aspectos de maior peso nos gastos mensais é o valor do aluguel.

Diferenças entre cidades grandes e pequenas

Em grandes cidades como Londres, o custo com aluguel está bem acima da média no país e encarece a vida dos residentes. Ainda mais se o imóvel estiver localizado em bairros nobres e próximos do centro.

Já nas cidades menores, o custo de vida costuma ser bem mais em conta. Pois, apesar do gasto extra com transporte, essas regiões possuem aluguéis com preços menores e uma ótima qualidade de vida.

Custo de vida na Inglaterra em relação a outros países europeus

Morar em qualquer país tem seus custos. Por isso, o primeiro passo para quem decide viver na Europa é conhecer a média das despesas mensais para planejar o seu orçamento mensal.

Diante disso, verificamos no Numbeo o custo de vida na Inglaterra em relação a outros países europeus. Para facilitar a comparação, usamos os valores em euros informados pelo site, considerando os gastos mensais fixos de uma pessoa nas capitais da França e Portugal.

Despesas Londres Lisboa Paris
Aluguel de um apartamento de 1 quarto no centro da cidade 2.462,27 € 1.293,39 € 1.291,28 €
Soma das despesas de casa mensais 416,02 € 158,73 € 230,84 €
Passe mensal para transporte público 200,64 € 40 € 84,10 €
Total 3.078,93 € 1.492,12 € 1.606,22 €

*Para facilitar a comparação, consultamos os preços das despesas na Inglaterra com a cotação do euro disponibilizada no site Numbeo.

O custo de vida na Inglaterra é compatível com os salários?

Sim, como falamos anteriormente, o salário mínimo na Inglaterra permite que os residentes consigam cobrir todas as despesas básicas de um estilo de vida econômico. Com essa remuneração, uma pessoa consegue pagar as despesas relacionadas à manutenção da casa, transporte, alimentação e o aluguel de um imóvel simples.

No entanto, o salário mínimo pode não ser suficiente para quem planeja morar nas melhores cidades na Inglaterra ou em bairros nobres. Nesses casos, para manter um estilo de vida mais alto, é necessário conseguir um emprego com maior remuneração.

Poder de compra na Inglaterra

O poder de compra na Inglaterra varia consideravelmente entre regiões devido a fatores como inflação e eventos econômicos. Lugares mais desenvolvidos, como Londres e partes do Sul do país, estão vivenciando um aumento do poder de compra.

Enquanto isso, regiões como Leste da Inglaterra e a região Oeste sofrem com as pressões econômicas e aumento da inflação. Esse cenário resulta em uma queda no poder de compra da população.

Essa disparidade regional no poder de compra está ligada tanto a eventos internos como Brexit, quanto a problemas globais como a pandemia da Covid-19 e a guerra na Ucrânia que afetam a economia do país.

Esperamos ter ajudado você a entender quais são os principais custos para morar na Inglaterra. Considere essas informações e também as despesas do seu estilo de vida na hora de elaborar o seu orçamento. Confira nosso  e-book Como Morar na Inglaterra para saber o passo a passo de como planejar sua mudança para o exterior.