Seguro de viagem para a Europa, veja se é necessário e como fazer

Seguro de viagem para a Europa

Europa  / 

Vai viajar para um país que exige seguro de viagem? Então, trate logo de providenciar um. Mesmo que você não acredite, é muito importante incluir esse item nos preparativos da viagem.

Acidentes e problemas de saúde são realmente fatos imprevisíveis, que pode acontecer com qualquer um. E se estamos viajando para outro país, esses problemas podem se tornar mais complicados ainda.



Seguro de viagem

Fazer seguro de viagem Europa
Muitos países exigem que os turistas apresentem um documento que comprove que o seguro de viagem foi feito pela pessoa. Isso evita que o turista traga maiores problemas para o sistema de saúde do local.

Seguro ajuda a solucionar problemas

E para o turista, a opção de contar com um seguro saúde também é algo extremamente útil. Imagine você passar mal ou sofrer algum acidente fora do seu país e não ter algo que lhe garanta cobertura e o atendimento adequado.

Situação extremamente incômoda, não é mesmo? Então nada de passar sufoco em viagens, férias e passeios. Viaje tranquilo contando com o um seguro de viagem.

O mercado oferece diversas modalidades de seguro de viagem. A seguir, você esclarece as principais dúvidas em relação a esse produto, antes de optar por algum. Logo, se você não quer passar por transtornos durante a sua tão sonhada viagem, eu te aconselho a ler esse artigo até o final e descobrir como você se prevenir melhor, combinado?

Como funciona o seguro de viagem?

O seguro de viagem se parece com um plano de saúde, porém tem a validade condicionada ao tempo em que o segurado ficará fora do país. Ele oferece garantias de atendimento e indenização no caso de acidentes ou doenças. É feito, como já dito, principalmente por pessoas que viajam para fora do país – já que os seguros nacionais não têm validade no exterior.

O seguro de viagem serve apenas para a saúde?

Seguro de viagem serve apenas para saúde?

Na verdade, não.
Muitos planos cobrem também outros serviços muito úteis para quem viaja, como extravio de bagagem, assistência jurídica, remarcação de passagens e até repatriação de corpos, no caso de falecimentos no exterior.

Confira também algumas dicas que vão ajudar no planejamento da sua viagem para Europa

Quais as coberturas de um seguro viagem completo?

Os seguros básicos costumam cobrir apenas atendimento de urgência e emergência. Porém, se você quer contar com todos os benefícios de um seguro de viagem completo, terá coberturas em casos de:

  • Atendimento médico e odontológico 24h;
  • Visita ao segurado hospitalizado;
  • Seguro no caso de interrupção ou cancelamento da viagem, em caso de emergência médica;
  • Despesas farmacêuticas;
  • Acompanhante em caso de hospitalização prolongada;
  • Hospedagem após alta hospitalar;
  • Remarcação de passagem para regresso;
  • Assistência funeral;
  • Repatriação médica e funerária, que garante o retorno do viajante ao Brasil tanto em caso de doença e acidente quanto em caso de falecimento;
  • Indenização no caso de morte;
  • Localização de bagagem extraviada;
  • Indenização no caso de invalidez permanente ou total;
  • Despesas jurídicas;
  • Indenização no caso de extravio de bagagem;
  • Pagamento antecipado de fiança.

É realmente necessário fazer um seguro de viagem?

É necessário fazer seguro de viagem?

Como já foi mencionado, acidentes e doenças não tem hora para chegar. E se você passar por um problema mais grave no exterior, gastaria muito mais dinheiro para ter um bom atendimento – além de passar transtornos até encontrar um local que pudesse lhe atender.

Você teria de arcar com consultas (nem todos os países atendem os estrangeiros de graça em seus hospitais públicos), exames, medicação ou até mesmo procedimentos cirúrgicos ou transporte de ambulância.

Portanto, vale mais gastar um pouco adquirindo um seguro de viagem do que passar por esses problemas fora do seu país, não acha?



Quanto custa o seguro de viagem para Europa?

Você pode não acreditar, mas um seguro de viagem costuma custar menos que o valor de uma consulta médica! Por isso, não há motivos para abrir mão desse serviço, mesmo que o país para onde você irá viajar não exija seguro.

Os preços são bem acessíveis e costumam ter um valor a partir de aproximadamente R$ 300 – sendo que tudo dependerá das coberturas que você vai incluir no pacote do seguro.

Como contratar um seguro de viagem para Europa?

Contratar seguro de viagem
Esses tipos de seguro podem ser adquiridos em empresas especializadas em seguros, em instituições bancárias ou diretamente com a companhia aérea pela qual você vai viajar. Na maioria das vezes a contratação é bem simples e pode até mesmo ser feita pela internet.

Vale ressaltar que você ainda pode fazer um seguro viagem para destinos nacionais. Porém, o produto é mais conhecido para viagens internacionais, pois muitos países exigem que o turista entre no país coberto por esse serviço.

Uma opção para quem não quer perder muito tempo com planejamento de viagem (no caso de turismo na Europa), é comprar pacotes de viagem para a Europa, onde as agências incluem seguro de viagem.

Qual seguro de viagem devo contratar?

As regras do seguro de viagem obedecem às normas do país para qual o turista vai viajar – pois alguns têm exigências de coberturas específicas. No entanto, você também pode escolher coberturas adicionais para o seguro, para tornar sua viagem ainda mais tranquila. As empresas que comercializam esse tipo de produto têm conhecimento sobre as exigências dos países e, assim, podem te orientar.

Como escolher coberturas de um seguro de viagem?

Quanto mais coberturas, melhor para você. Caso tenha condições de contratar um seguro de viagem completo, não hesite em optar por ele.

Vale saber que existem coberturas diversas. Alguns seguros oferecem até mesmo proteção a objetos eletrônicos, como câmeras fotográficas e aparelhos de telefone celular. Tais coberturas podem ser requeridas à parte.

Existem seguros para prática esportivas radicais?

Seguro de viagem para práticas esportivas
Mesmo que você acredite que não, tem sim. Nem todas as empresas seguradoras trabalham com seguro viagem para esportes radicais, mas é uma excelente opção que você deve fazer, caso sua viagem seja para a realização deste tipo de atividade. Isso porque você estará mais sujeito a sofrer acidentes.

Os seguros de viagens para esportes radicais costumam cobrir acidentes, remoções, exames, cirurgias e outros procedimentos médicos para problemas obtidos com a prática de esportes radicais.

Se você vai fazer uma viagem “fora do comum” não deixe de falar com uma dessas empresas, pois existem diversas coberturas de seguros de viagem especiais que podem te proteger.

Qual é a melhor seguradora para fazer um seguro de viagem?

Não existe uma seguradora melhor para você contratar o seu seguro de viagem. Faça uma pesquisa e veja qual delas atende mais e melhor às suas necessidades. Mas, atenção! Cuidado com empresas poucos conhecidas ou com alvo de muitas reclamações – o que pode causar transtornos a você se tiver que acionar o seguro durante a viagem.

Busque sempre empresas idôneas, conhecidas e com boa reputação no mercado. Pedir indicações para amigos também pode ser uma boa para contratar um seguro de viagem com mais tranquilidade e segurança.

É verdade que existem cartões de crédito que oferecem seguro de viagem?

Seguro de viagem do cartão de crédito
Sim, alguns cartões de crédito – principalmente os de status mais altos – oferecem seguro de viagem. Alguns disponibilizam o serviço básico até mesmo gratuitamente ou a preços bem atrativos.

Porém, existem regras para ter acesso ao seguro de viagem por meio de seu cartão de crédito. Alguns cartões oferecem o serviço por preços bem baixos, mas exigem que o pagamento da apólice seja feita por ele.

Ps: Se você optar por utilizar o seguro oferecido pelo seu cartão de crédito, verifique se o país para onde vai viajar aceita as coberturas inclusas e se vale realmente a pena. Caso contrário, prefira adquirir o seguro em uma seguradora ou banco.

Você pode conferir quanto dinheiro levar para Europa

Por quanto tempo devo contratar o seguro?

O turista deve fazer o seguro de viagem pelo tempo de sua estadia no exterior. Obviamente, podem acontecer imprevistos com a ida e a volta da viagem, então, a dica é antecipar e prorrogar em alguns dias a validade do seguro.

Quando devo contratar?

Muitas pessoas perguntam quando devem fazer a contratação do seguro, mas não existe prazo, a contratação do seguro de viagem pode ser feita até mesmo no dia anterior ao embarque.

Porém, fazer as coisas em cima da hora nunca é bom negócio. Para evitar possíveis problemas, recomenda-se contratar o serviço com pelo menos uma semana de antecedência do embarque.

Leve o seguro para todo o lado

Para comprovar que fez o seguro, tenha sempre em mãos o contrato. Ao desembarcar no país destino pode ser que o departamento de imigração lhe peça esse documento e se você não apresentar terá transtornos e sua entrada pode até ser barrada.

Mantenha os documentos do seguro sempre com os outros documentos durante a sua estadia, para comprovar a contratação e até mesmo para acionar os serviços no caso de acidentes ou problemas de saúde.

Como serei atendido através do seguro de viagem?

Geralmente, possuindo um seguro saúde, você terá uma relação dos locais que poderá buscar assistência médica. Se você precisar de um procedimento de emergência, entre em contato com a seguradora, para que a empresa faça a liberação do atendimento necessário.

Vale ressaltar que muitos seguros viagem funcionam com o sistema de reembolso. Você faz o pagamento do atendimento e depois o seguro lhe ressarce os valores gastos. Por isso, guarde todos os comprovantes de pagamento das despesas que teve.

Reembolso e atendimento

Mas há planos também que não trabalham com reembolso e você não precisa fazer nenhum pagamento. Nesse caso, a seguradora trata direto com hospitais. Algo que também deixa as pessoas um pouco receosas é sobre em qual idioma será atendido ao adquirir o seguro de viagem. E se precisar entrar em contato com a seguradora, será provável que o atendimento a você seja dado no idioma português.

Tive problemas com o seguro de viagem e agora?

Problemas com seguro de viagem
No caso de problemas com o seguro de viagem que você contratou, você deve reclamar com a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) – que é o órgão que regulamenta os serviços de seguros privados do Brasil.
Porém, o passo inicial para resolver o problema é sempre, primeiramente, com a própria seguradora – ainda mais se você estiver precisando do serviço com urgência. Entre em contato via telefone com todos os seus documentos pessoais e referentes ao seguro em mãos para resolver a situação.

Em caso de urgência fale primeiro com a seguradora

Esses seguros não costumam dar problemas no exterior, mas mesmo assim, não hesite falar com a seguradora. Se tiver ainda mais reclamações sobre o atendimento que recebeu no exterior, aí sim, você pode recorrer a SUSEP prosseguindo com uma reclamação.

Isso porque no momento da emergência, o que resolve mesmo é se entender diretamente com a seguradora para que seu problema seja resolvido na hora e você tenha o atendimento ao qual tem direito!

Existe diferença entre o seguro de viagem e assistência de viagem?

Sim, embora os dois costumam ser chamados de seguro viagem. No caso do seguro de viagem, os atendimentos médicos são pagos pela própria pessoa, que é ressarcida do valor posteriormente.

Já com a assistência de viagem o turista normalmente não precisa fazer nenhum pagamento, pois o plano resolve as questões de pagamento diretamente com a unidade de saúde utilizada pelo segurado.

A assistência de viagem costuma ser mais cara do que o seguro de viagem

Vale ressaltar que é importante que as seguradoras oferecem os dois tipos de serviço em um único produto. Se você contratar terá muito mais tranquilidade com o serviço adicional de assistência viagem.

Não esqueça de esclarecer essas questões na hora de contratar o seu seguro viagem, combinado?

Que países exigem o seguro de viagem?

Países que exigem seguro de viagem
Lembre-se de que a maior parte dos países da Europa exigem o seguro viagem, devido ao Tratado de Schengen. A cobertura mínima do seguro que o turista deve ter para transitar nesses países da Europa é de 30 mil euros.

Os países que exigem o seguro saúde na Europa são:

  • Alemanha;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Dinamarca;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • Espanha;
  • Estônia;
  • Finlândia;
  • França;
  • Grécia;
  • Holanda;
  • Hungria;
  • Islândia;
  • Itália;
  • Letônia;
  • Lituânia;
  • Luxemburgo;
  • Malta;
  • Noruega;
  • Polônia;
  • Portugal;
  • República Tcheca;
  • Suécia;
  • Suíça.

Quatro novos integrantes permanecem em fase de integração na Zona Schengen : Liechtenstein, Bulgária, Romênia e Chipre, mas existe na mesma a obrigaturiedade de ter um seguro de viagem com cobertura mínima de 30 mil euros.

A saúde pública na Europa não é gratuita

Importante lembrar que a maioria dos países europeus prioriza o atendimento “gratuito” de saúde para os seus cidadãos, mas cobra cada centavo de turistas ou cidadãos estrangeiros no caso de necessidade. Então, sempre que for viajar, faça um seguro de viagem e não se preocupe caso seja necessário utilizar.

E fora da Europa, é necessário seguro de saúde?

Vale ressaltar que Cuba também exige que o turista possua seguro de viagem. A diferença é que o plano pode ser comprado no próprio aeroporto.

Já a Austrália exige seguro saúde para estudantes de intercâmbio – sendo que é exigido um seguro específico: o Overseas Students Health Cover (OSHC). Na Austrália, turistas que desembarcam apenas para passeios, não precisam contar com seguro viagem.

Um conselho? Tire todas as suas dúvidas nos respetivos consulados (físicos ou online) dos países para que você vai viajar, antes de contratar um seguro saúde.

Prepare-se e escolha um seguro de viagem atempadamente

Como vimos, é essencial preparar-se antes da viagem para que sua estadia seja mais segura no país de destino. Por isso, antes de contratar qualquer plano, pesquise, analise e compare para fazer a melhor escolha.

Para solucionar todas as suas dúvidas, como a idoneidade de uma seguradora ou corretora você pode tirar informações junto a SUSEP, cujo telefone de atendimento ao consumidor é 0800 021 8484. Te desejo uma viagem incrível e completamente segura!

Veja também funciona o sistema de saúde em alguns países da Europa:

COMPARTILHE

Erick é luso-brasileiro, aos 21 anos mudou para a Europa e dedica parte do seu tempo para ajudar outros brasileiros realizarem o sonho de viver na Europa. Mora atualmente em Portugal, trabalha com tecnologia e é fundador da Euro Dicas.