Seguro viagem barato: saiba como encontrar a melhor opção

Seguro Viagem  / 

Muitas pessoas não sabem, mas a contratação de um seguro viagem é obrigatória para a maioria dos países do velho continente. Isso significa que se você tentar entrar no país e um fiscal solicitar o seu certificado de seguro e você não o tiver, você pode ser a entrada barrada. Convenhamos que ninguém quer passar por uma situação como estas, não é mesmo? No entanto, no decorrer deste artigo você vai entender que esse não é o único motivo para te fazer contratar um seguro viagem para a Europa e terá algumas dicas de como contratar um seguro viagem barato.

Seguro viagem barato: como conseguir

Antes de mais nada, você sabe o que é seguro viagem? Trata-se de um seguro, assim como os de automóvel, residência, equipamentos portáteis, entre outros, que oferece proteção ao segurado durante um período pré-determinado. Este período corresponde à duração da viagem e deve ser informado no ato da contratação.

Após responder algumas perguntas referentes aos viajantes e ao tipo de viagem a ser feita, o mesmo receberá um certificado de seguro, também chamado de apólice. É nela que estarão todos os seus direitos e deveres como segurado, para poder ter uma viagem tranquila e sem preocupações.

O seguro viagem é obrigatório na Europa por conta do chamado Tratado de Schengen. Este acordo garante a livre circulação de mercadorias e pessoas entre seus países membro, incluindo estrangeiros. Sabe aquele famoso mochilão pelos países europeus? Então, é graças a ele que isto é possível. Outro benefício é a ausência de necessidade de visto para alguns países, incluindo o Brasil.

Mas, nem só de direitos é feito um acordo. Para que as condições acima sejam válidas, é preciso que a viagem seja para fins turísticos e possua duração máxima de 90 dias. Outra exigência é a contratação de um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros.

Este valor visa assegurar que o viajante tenha meios de cobrir eventuais despesas médicas e hospitalares, além de custear um eventual regresso sanitário. No entanto, este não é o único benefício. Confira outras coberturas abaixo.

Descubra quando o seguro de viagem é obrigatório.

O que cobre o seguro viagem?

Uma viagem é sempre um momento de expectativa e ninguém quer que nada de errado. Já imaginou chegar à Itália para aquela lua de mel romântica e descobrir que suas malas foram extraviadas? Ou, ainda, escorregar na neve e acabar rompendo algum ligamento? Pode parecer apenas uma suposição, mas são situações reais e que podem acontecer com qualquer pessoa. São os chamados imprevistos.

E como imprevistos não escolhem hora e nem lugar para acontecer, é bom estar prevenido. O seguro viagem oferece diversas coberturas entre obrigatórias e opcionais, sendo as principais:

Obrigatórias

  • Despesas médicas, hospitalares e odontológicas;
  • Traslado médico;
  • Regresso sanitário;
  • Traslado de corpo.

Opcionais

  • Indenização em caso de invalidez total ou permanente causada por acidente durante a viagem;
  • Indenização em caso de morte natural ou acidental ocorrida durante a viagem;
  • Extravio de bagagem;
  • Cancelamento de viagem;
  • Despesas farmacêuticas;
  • Assistência jurídica;
  • Pagamento de fiança;
  • Prorrogação de estadia;
  • Seguro de equipamentos portáteis;
  • Entre outras.

Se você planeja viajar o mundo, andar de moto na Tailândia, de Vespa no interior da Itália ou fazer snowboard nos Alpes Suíços, com certeza a melhor opção é escolher um seguro bem completo. O valor não muda tanto, e você poderá viajar mais tranquilo e curtir suas férias sem preocupação.

Como encontrar um seguro viagem barato?

Para encontrar a opção mais econômica e encontrar um seguro viagem barato, você precisa saber as datas da sua viagem, o destino e pesquisar muito!

Compare os preços, as coberturas e verifique qual seguro é mais barato para sua viagem internacional. Uma das melhores opções para encontrar um seguro viagem barato é através do nosso comparador de seguro viagem. Em parceria com o Seguros Promo, é possível comparar todas as seguradoras e reservar diretamente pelo site.

Mais economia através do boleto bancário

Para economizar ainda mais com o seu seguro de viagem, você também pode escolher como forma de pagamento o boleto bancário. No site do Seguros Promo e também no nosso comparador, você ganha 5% de desconto escolhendo essa forma de pagamento. Ou então, pode parcelar com cartão de crédito em até 6x dependendo do valor do seguro.

Oferecemos desconto

Se você procura um seguro viagem barato, vai gostar de saber que aqui no Euro Dicas oferecemos um cupom de desconto. Basta adicionar EURODICAS5 na parte de pagamento que você vai ganhar mais 5% de desconto no seu seguro. O cupom é válido tanto no nosso comparador, quanto no Seguros Promo. E os descontos são acumulativos, pagando no boleto bancário e aplicando o cupom, você economiza 10% no valor do seu seguro viagem barato.

Seguro viagem barato

Seguro de viagem barato: dicas para contratar o melhor

Graças à tecnologia ficou cada vez mais fácil contratar um seguro viagem barato sem complicações. Engana-se quem pensa que este é um procedimento complicado ou burocrático. Confira algumas dicas e truques para fazer uma escolha assertiva.

1. Reflita sobre as suas necessidades

O melhor seguro viagem não é o mais barato e nem o mais caro, mas sim aquele que melhor atende às suas necessidades. Isso porque as apólices são altamente customizáveis e as coberturas contratadas interferem diretamente no valor final.

Antes de contratar qualquer seguro, reflita sobre as suas necessidades. Pesquise a disponibilidade de hospitais e clínicas médicas no local de destino, bem como o custo médio para os principais serviços. Isso ajudará a definir o valor ideal de contratação.

Se você pretende praticar esportes radicais durante a viagem, isto também precisa ser discriminado em apólice. Caso contrário, um eventual acidente neste momento pode ficar desamparado pelo seguro. Mulheres grávidas também devem informar a condição durante a contratação, assegurando atendimento médico para ela e para o bebê.

2. Pesquise e compare

Existem inúmeras empresas que oferecem seguro viagem, cada uma delas com coberturas e valores diferentes. Para evitar surpresas desagradáveis, pesquise muito antes de contratar. Certifique-se que a operadora escolhida é regulamentada pela SUSEP e leia atentamente aos planos e condições.

Uma boa dica é pesquisar a opinião de clientes anteriores. Alguns sites, como o Reclame Aqui, oferecem uma boa visão quanto aos índices de reclamação, resposta e solução de problemas. Se notar que há muitas reclamações sem resposta, fuja!

3. Defina as datas de viagem

Este é um passo fundamental para garantir que você esteja amparado nos momentos de maior necessidade. Muitas pessoas esquecem de contratar e só se lembram quando já chegaram ao destino. No entanto, o seguro viagem apenas pode ser contratado antes do embarque, informando data e local de partida e de regresso.

Informe exatamente o número de acompanhantes, bem como suas idades e demais informações solicitadas. Quando se trata de seguro, nenhuma informação deve ser ocultada.

4. Selecione a melhor forma de pagamento

Assim como os preços, as formas de pagamento também podem variar bastante. Escolha aquela que melhor se encaixa no seu orçamento. Em muitos casos o parcelamento pode ser feito sem a incidência de juros. Considerando que as viagens internacionais costumam ser custosas, esta é uma grande vantagem.

Se você pesquisar com calma e antecedência é possível encontrar excelentes preços e promoções, tornando a contratação ainda mais barata.

5. Imprima e guarde consigo os documentos

Feito isso, está pronto o seu seguro. Imprima a apólice e guarde-a junto aos documentos. É importante garantir que ele fique acessível para ser apresentado na imigração, caso o fiscal solicite. Uma boa dica é deixá-lo na sua mala de mão.

Leia atentamente as condições gerais e conheça seus direitos e obrigações. Atente-se quanto aos telefones úteis e anote-os na agenda, para ligar em caso de necessidade.

Vale a pena contratar um seguro viagem?

Se você preza por sua segurança e tranquilidade em qualquer lugar do mundo, vale (e muito) a pena contratar um seguro viagem. Isso porque ele te dará todo o amparo que você precisa em momentos de adversidade.

Na sua viagem para Europa, contratar um seguro de viagem não é escolha, é obrigação. Para entrar nos países do Espaço Schengen, é necessário ter contratado um seguro com cobertura de pelo menos trinta mil euros em despesas médicas.

A polícia da imigração podem te pedir o comprovante da apólice ainda no aeroporto. Por isso, é importante pesquisar bem e escolher um bom seguro de viagem para sua viagem para Europa.

Mesmo nos países onde não é obrigatório, o seguro viagem se faz necessário e igualmente importante em qualquer lugar do mundo. Afinal, nunca se sabe quando os imprevistos vão acontecer e, na dúvida, é melhor estar preparado.

Melhor seguro viagem: veja 5 sugestões e dicas para saber escolher.

Principais coberturas

Os seguros de viagem podem parecer bem parecidos entre si, mas é preciso comparar item por item. As coberturas são bem diferentes e você precisa estar atento ao que ela cobre. Confira alguns tipos de cobertura como exemplo:

  • Despesas médicas;
  • Despesas de translado em caso de acidente;
  • Despesas com fisioterapia;
  • Passagem de volta antecipada;
  • Hospedagem em hotel em caso de atraso de voo;
  • Transporte de familiares em caso de internamento no exterior;
  • Despesas odontológicas;
  • Despesas de farmácia;
  • Reembolso em caso de cancelamento de voo;
  • Extravio de bagagem;
  • Transporte do corpo em caso de morte;
  • Seguro em caso de morte acidental;
  • Assistência jurídica;
  • Orientação em caso de perda de documentos.

Viajando para fora da Europa

Se você for viajar para os Estados Unidos da América, por exemplo, é importante que saiba que o país é conhecido pelo seu alto custo em despesas médicas. Por isso, viajar para a América do Norte sem seguro de viagem não é uma boa opção. Se você ficar doente ou sofrer algum acidente por lá, poderá ter que vender até seu carro para pagar. Por isso, não compensa.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Para uma viagem para os Estados Unidos é necessário escolher uma seguradora com boa cobertura em despesas médicas para garantir o seu sossego. Escolha um seguro viagem barato, entretanto, com uma boa cobertura em despesas médicas e viaje descansado, sem preocupação.

Seguro viagem anual: conheça a solução ideal para quem faz várias viagens por ano.

Viagens com mais de um destino

Também é possível conseguir descontos se você fizer uma viagem com mais de um destino. Pesquise os requisitos para entrada em cada país, se é necessário visto de turismo e quais as coberturas mínimas necessárias.

Viu como é fácil contratar um seguro viagem barato? Faça sua cotação no nosso comparador de seguro viagem sem compromisso, compare os planos,  garanta o seu e boa viagem!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autores

Evellyn Lima é brasileira e atualmente não tem endereço fixo. Resolveu viver uma vida de nômade digital. É jornalista, redatora, revisora e compartilha detalhes e surpresas das suas viagens no Instagram @ninguemcontadaviagem.

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.