A capital da Inglaterra é um dos destinos mais populares de estrangeiros, seja para morar de maneira temporal ou permanente. No entanto, como o custo de vida em Londres é elevado, você precisa se planejar bem financeiramente para arcar com todas as despesas enquanto estiver na cidade.

Para isso, acompanhe nosso artigo e veja quanto custa viver em Londres e como você pode elaborar seu orçamento com as ferramentas e dicas que apresentamos. Vamos lá?

Qual o custo de vida em Londres?

O custo de vida em Londres é de em média £2.759,53 por mês para um casal sem filhos com orçamento econômico e moderado morando em um apartamento longe do centro da cidade. Lembrando que esse valor é apenas uma referência e pode variar segundo o seu estilo de vida de cada pessoa.

As despesas mensais de um casal podem aumentar bastante se decidirem morar em um apartamento no centro ou área nobre da cidade, por exemplo. Assim como se fizerem compras em supermercados caros ou saírem para jantar várias vezes na semana.

Dessa forma, para ter uma noção do seu custo de vida na cidade é importante calcular as despesas de maneira individualizada e conforme as suas necessidades.

Custo de vida em Londres é caro?

Sim, os números de março de 2023 sugerem que Londres é a cidade mais cara do Reino Unido.

A prova disso é que, segundo o Numbeo, uma pessoa solteira precisaria de cerca de £5.414,8 por mês em Londres para manter o mesmo padrão de vida que poderia ter com £3.400 em Liverpool, incluindo o aluguel de casas nas duas cidades.

Já se imaginou morando na Inglaterra?

Com o nosso Ebook Morar na Inglaterra você pode! Neste livro digital, você encontra todos os passos para imigrar de forma legal e segura para a Inglaterra. Garanta o seu e dê o primeiro passo rumo à sua nova vida na Terra do Rei!

PREPARAR MINHA MUDANÇA →
Comprar euro mais barato?

A melhor forma de garantir a moeda europeia é através de um cartão de débito internacional. Recomendamos o Cartão da Wise, ele é multimoeda, tem o melhor câmbio e você pode utilizá-lo para compras e transferências pelo mundo. Não perca dinheiro com taxas, economize com a Wise.

Cotar Agora →

Percebe a diferença? Somado a isso, ainda existem outros fatores externos que influenciam no aumento do custo de vida em Londres, como a crise que a Inglaterra enfrenta e a inflação elevada.

Aumento do custo de vida em Londres

O custo de vida aumentou significativamente em todo o Reino Unido durante 2021 e 2022. A taxa anual da inflação atingiu o patamar de 10,1% em janeiro de 2023, refletindo no acesso aos bens e serviços da população inglesa.

Apesar do aumento da inflação afetar todos os aspectos da vida dos consumidores, foi na compra de alimentos e na conta de energia que eles sentiram mais uma das maiores crises de custo de vida enfrentada pelo país.

Isso porque, o preço do gás aumentou 129% e a eletricidade ficou 67% mais cara entre janeiro de 2022 e janeiro de 2023. Esses fatores influenciaram na economia da Inglaterra no custo de vida em Londres, elevando as despesas mensais dos moradores.

Mauro e uma mulher abraçados com a Tower Bridge ao fundo
Mauro é um brasileiro que mora em Londres desde 2011 e conta que o custo de vida na cidade aumentou.

Para sabermos como é o custo de vida em Londres, entrevistamos o Mauro dos Santos, um brasileiro que mora em Londres desde 2011 e atua como consultor empresarial na cidade. Segundo ele, tudo ficou mais caro devido à pandemia da Covid-19 e a Guerra da Ucrânia. O valor da energia quase que dobrou, assim como o combustível na cidade.

Chegou uma época em que o litro do diesel subiu de £1,05 para £1,80. E com isso, o preço de comida e roupas subiram, sair para comer fora ficou mais caro, beber em bar ficou muito mais caro também.

Mauro também destaca que, hoje, em Londres, o seu maior custo fixo é com moradia. O brasileiro paga £1 mil para dividir um apartamento com mais uma pessoa. Mas esse valor pode chegar a £1.500 dependendo da localização e apartamento.

Mesmo assim, ainda é possível encontrar quartos para dividir em uma casa e pagar entre £400 e £800. Contudo, quem prioriza por qualidade, terá que gastar mais com moradia. O segundo maior gasto de Mauro é com transporte público. Em média, ele acredita gastar cerca de £30 por semana, mesmo ele trabalhando em casa, e só precisando usar o transporte público quando sai para ver alguém ou fazer compras.

Viver nos arredores de Londres é mais barato?

Com certeza!

Quanto mais perto do coração de Londres, mais caros são os preços de casas e apartamentos para alugar. Segundo o Numbeo, o preço médio do aluguel de um apartamento de 1 quarto no centro da capital da Inglaterra é de £2.041,75, mas pode baixar para £1.430,05 se estiver localizado nos arredores de Londres.

Antes de alugar um imóvel distante do centro de Londres, você precisa considerar as despesas que teria com transporte e o seu estilo de vida. Dependendo da localização, você teria que passar um tempo valioso no metrô para chegar ao trabalho, ir ao cinema ou dar um passeio pela cidade.

Por isso, pesquise bem o mercado imobiliário da cidade e analise com cuidado quais ofertas são as mais vantajosas para você.

Receba a Inglaterra na sua Caixa de Entrada 🇬🇧󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿

Inscreva-se na nossa Newsletter da Inglaterra e receba no seu email nossas notícias, artigos e colunas sobre o país, na visão de brasileiros que moram na terra do Rei. Ajudamos a planejar a sua mudança, cadastre-se grátis e descubra a Inglaterra conosco!

INSCREVER GRÁTIS→

Como calcular custo de vida em Londres?

Para calcular o custo de vida em Londres, é preciso considerar as principais despesas mensais que você terá morando na cidade, incluindo: aluguel, alimentação, entretenimento, transporte, entre outros.

Ao pesquisar o custo médio de cada aspecto desses, você consegue estipular um valor mínimo para morar em Londres. Além disso, no orçamento também devem estar inclusas as despesas extras como saídas para restaurantes, passeios e viagens, mas isso depende de cada pessoa.

Então, para te ajudar, ensinamos abaixo o passo a passo de como calcular essas despesas e no final você poderá fazer o seu orçamento.

Principais despesas do custo de vida em Londres

O custo de vida em Londres varia muito dependendo do tipo de estilo de vida que você escolher. No entanto, existem algumas despesas que precisam ser consideradas no seu orçamento ao decidir morar na capital da Inglaterra, como:

  • Aluguel;
  • Compras no supermercado;
  • Contas da casa;
  • Alimentação;
  • Transporte;
  • Gastos com saúde;
  • Lazer;
  • Educação.

Custo de vida em Londres com aluguel

A média de preços de alugueis de apartamentos de 1 quarto fora do centro de Londres é de £1.430,05.

No entanto, os preços dos apartamentos para alugar em Londres costumam ser altos, principalmente dos imóveis localizados no centro da cidade e em bairros nobres próximos as principais atrações e áreas da cidade.

A boa notícia é que é possível encontrar imóveis com aluguéis mais baratos em bairros longe do centro. Embora você tenha que pegar o metrô ou ônibus para ir ao trabalho, são uma ótima alternativa para quem deseja economizar.

Nessa hora, vale a pena fazer as contas no papel para saber o que vale mais a pena: gastos com transporte e menor aluguel ou gastos com aluguel mais alto e economiza no transporte. Sem contar tempo de deslocamento também. Acompanhe a seguir os preços dos alugueis em Londres, segundo o site Numbeo.

Imóvel Valor
Apartamento c/ 1 quarto no centro da cidade £2.041,75
Apartamento c/ 1 quarto fora do centro da cidade £1.430,05
Apartamento c/ 3 quartos no centro da cidade £3.833,81
Apartamento c/ 3 quartos fora do centro da cidade £2.531,35

*Os preços dos alugueis apresentados acima foram consultados no site Numbeo em 11 de março de 2023.

Sites de imóveis

Consultar sites de imobiliárias ou imóveis a venda em Londres é uma boa maneira de pesquisar preços de alugueis. Esses sites permitem que os interessados filtrem as ofertas por valores, bairros e outros requisitos. Além disso, neles você tem acesso aos preços reais praticados na cidade. A

lguns dos principais sites para alugar apartamento são:

Melhores zonas para morar em Londres

Ao planejar onde morar em Londres é preciso ter noção da dimensão da capital inglesa, que está dividida em seis zonas, cada uma delas parece como uma cidade à parte.

Entre as opções das melhores zonas para morar em Londres está Woolwich, na região sudeste. Ela é ideal para estudantes, já que está perto das universidades e conta com fácil acesso ao centro da cidade. Os valores das acomodações costumam ser mais acessíveis, mas em sua grande maioria são apenas quartos para alugar.

Ainda no sudeste de Londres, encontra-se Deptford. Essa região é semelhante à anterior, porém com mais moradores e valores ainda mais baratos. Apesar disso, os índices de crimes na região são maiores.

No subúrbio, há ainda Leytonstone, com muitas casas a valores mais altos do que no nordeste e leste da cidade. Também existe Stratford, que em sua zona abriga quase 100 mil habitantes. Essa é uma região de Londres com alto crescimento, principalmente porque foi utilizado como residência nos Jogos Olímpicos de Verão em 2012.

Outros lugares para morar em Londres

Já entre as zonas famosas está Greenwich. O aluguel nessa zona é considerado razoável, especialmente porque está mais próximo ao centro e é uma região segura. Greenwich ainda é bem servida por transportes públicos e outros serviços.

Pembridge Square Garden no outono em Notting Hill
As despesas com aluguel e moradia consomem a maior parte do orçamento das famílias em Londres.

Brixton é outra região muito indicada para se morar em Londres, mas sofre ultimamente com a alta dos aluguéis por ter sido renovada. Mesmo assim, possui valores abaixo de outros pontos na cidade. A zona é bem atendida por estações de metrô e ônibus, além de inúmeros outros serviços importantes no dia a dia.

Comprar casa em Londres

Se a sua opção for comprar casa em Londres, esteja atento aos valores. Em primeiro lugar, você precisará decidir entre contrato freehold ou leasehold.

No freehold, a casa e o terreno serão seus, muito semelhante ao que acontece nos contratos brasileiros. Já no tipo leasehold, você se torna proprietário por um determinado tempo, seja 10, 15, 50 ou 100 anos.

Para pesquisar imóveis e valores, você pode acessar sites como o Rightmove e o Zoopla. Embora a lei não impeça estrangeiros de comprar casa em Londres, você precisa analisar com cautela toda a burocracia necessária.

Segundo o Zoopla, a média de preços de imóveis no centro de Londres é de mais de 2 milhões de libras. Ao norte de Londres, o valor médio diminui para cerca de 700 mil libras. A região mais barata é ao leste da cidade, com valores por volta de 450 mil libras.

Contas da casa

Os gastos com a casa também devem ser considerados no custo de vida em Londres. Na cidade, os serviços de gás, eletricidade e água são prestados por empresas privadas. Em geral, os custos da conta de energia e água variam se você tiver ou não um medidor.

Quem tem um medidor moderno em casa, por exemplo, paga o preço exato pelo que consumiu. Mas se você não tiver, terá que pagar uma taxa com base no bairro onde você mora e tamanho da propriedade. No site do Thames Water, empresa de água londrina, é possível simular os gastos com ou sem medidor.

Para ajudar no orçamento, confira os preços médios dos valores de água, luz, gás e internet no site Numbeo.

Despesa Valor
Eletricidade, aquecimento, água, lixo para apartamento de 85 m² £289,10
Internet (60 Mbps ou mais, dados ilimitados, cabo / ADSL) £28,38

*Os preços apresentados acima foram consultados no site Numbeo em 11 de março de 2023.

Certamente, as contas de casa influenciam no orçamento familiar e como algumas delas são variáveis é possível economizar. Nesse quesito, por exemplo, o Mauro recomenda ficar atento com a energia e usar menos o aquecedor e outros eletrodomésticos como a máquina de lavar, por exemplo.

Alimentação

Os gastos com alimentação variam conforme o estilo de vida de cada pessoa e influenciam no custo de vida em Londres. Na cidade, é possível encontrar inúmeras redes de supermercados com preços acessíveis e produtos de boa qualidade.

Segundo o levantamento de dados do NimbleFins do Office of National Statistics, os gastos com alimentação representam dois terços do orçamento familiar no Reino Unido. Estima-se que uma família composta por dois adultos e uma criança, gasta, em média, £139,70 por semana apenas em compras no supermercado e por delivery. Ou seja, cerca de £558,8 por mês.

Por outro lado, um homem ou mulher jovem, gastaria cerca de £50 por semana em compras no supermercado, cerca de £200 por mês. Mas é claro, esse valor varia conforme os hábitos alimentares, renda, tamanho e composição familiar, entre outros. Apesar desse número não ser exclusivo de Londres, oferece uma boa estimativa para quem pretende morar na cidade.

Mas para você ter uma noção dos preços dos alimentos, confira abaixo os valores médios cobrados na capital inglesa, segundo o site Numbeo.

Alimentos Preços médios
1 litro de leite £1,18
1 kg de arroz £1,92
1 dúzia de ovos £2,63
1 kg de queijo £6,53
1 kg de carne £10,41
1 kg de maçã £2,06
1 kg de banana £1,26
1 kg de tomate £2,46
1 kg de batata £1,15
1 kg de cebola £1,12

*Os preços apresentados acima foram consultados no site Numbeo em 11 de março de 2023.

Supermercados em Londres

A maioria dos supermercados na Inglaterra funcionam sete dias por semana, sendo que no domingo o horário é reduzido. Grandes redes, funcionam até às 22 horas, sendo que alguns mercados ficam abertos até meia-noite, mas não são todos.

Os principais supermercados também possuem sites para o cliente fazer suas compras sem sair de casa. Essa é uma boa maneira de você calcular o quanto gastará com supermercado no mês. Confira alguns dos principais supermercados londrinos:

Para economizar com as despesas com alimentação, o Mauro recomenda fazer compras em redes de supermercados mais em conta e evitar sair muito para comer fora.

Com alimentação, existe sempre as opções mais baratas, como comprar no Lidl, uma rede de supermercados mais barata. Também é importante saber onde você come ou bebe porque, hoje em dia, você pode facilmente pagar £12 em um cocktail, ou £6 em um chope. E se puder evitar sair muito. Isso realmente vai te ajudar a economizar.

Transporte

Assim como a moradia, os custos mensais com transporte em Londres variam de acordo onde você mora. Por exemplo, um apartamento na Zona 5 pode ser mais barato que o da Zona 2, mas as tarifas de transporte para o centro de Londres podem ser mais altas. Acompanhe abaixo alguns custos médios com transporte.

Despesa Valor
Passe diário £2,60
Passe mensal £160
Corrida de táxi (tarifa inicial + tarifa por 1 km) £30,60
1 litro de gasolina £1,78
Passe único para região metropolitana £6,70

Como você terá que usar o transporte público — ônibus, metrô ou trem — para se locomover pela cidade, é importante considerar esse custo. A maioria dos londrinos usa um cartão de viagem mensal ou anual, como o Oyster.

O cartão Oyster é recarregável e você pode comprar passagens para as áreas que mais viajar. Também existem planos mensais ou anuais. Um cartão de viagem mensal para zonas 1-4 custa £224,70. Para você conferir esse custo, basta acessar a calculadora de tarifas do sistema de transporte público londrino.

  • Zonas 1-2: £156,30;
  • Zonas 1-3: £184;
  • Zonas 1-4: £224,70;
  • Zonas 1-5: £267,30;
  • Zonas 1-6: £285,70.

Considere essa despesa na hora de calcular o custo de vida em Londres.

Gastos com saúde

O sistema público de saúde da Inglaterra, o NHS, é gratuito para todos os residentes ou cidadãos europeus que vivem no país. Dessa forma, você tem acesso a médicos e outros tipos de tratamentos sem nenhum custo adicional, diminuindo um pouco o custo de vida em Londres.

Mas para os estrangeiros que moram na Inglaterra, é cobrada uma taxa de saúde anual. O valor é estipulado com base na idade do requerente, tempo de permanência no país e tipo de visto, veja alguns exemplos:

  • Visto de estudante ou Youth Mobility Scheme: £470 por ano;
  • Visto e imigração com menos de 18 anos: £470 por ano;
  • Para todos os outros pedidos de visto e imigração: £624 por ano.

Mas em como qualquer lugar do mundo, na Inglaterra você também pode contratar um plano de saúde privado e ter um atendimento especializado. Contudo, os valores costumam ser bem caros.

Acompanhe a seguir os preços de alguns remédios e rápida visita médica em março de 2023 segundo o Expatistan:

Despesa Custo
Remédio para resfriado por 6 dias (tylenol, frenadol, coldrex ou marcas equivalentes) £4,26
1 caixa de antibióticos (12 doses) £10
Visita curta ao médico particular (15 minutos) £97

Lazer

Mauro comenta que Londres é uma cidade cheia de lugares gratuitos para visitar em todas as épocas do ano. No inverno, por exemplo, o brasileiro gosta de frequentar lugares fechados como museus e cinemas.

Como quase todos os museus são de graça, então você aproveita e aprende bastante, se diverte e ainda não paga nada, afirma Mauro.

Já no verão, Mauro recomenda visitar os parques maravilhosos de Londres. Também existem vários markets (feiras) e bairros em Londres legais onde você pode passear o dia inteiro e gastar quase nada ou nada. Algumas recomendações são:

  • Markets: Borough Market, Spitafields, Mercato Metropolitano;
  • Bairros: Hackney onde você pode passear pelos canais, Camden Town e Greenwich.

Sem dúvida, não falta entretenimento em Londres, e há milhares de atividades para preencher seu tempo livre. No entanto, quanto isso refletirá no seu custo de vida na capital da Inglaterra dependerá inteiramente dos seus próprios gostos, preferências e hobbies.

Portanto, para que você possa calcular melhor seus gastos mensais com lazer, trouxemos os seguintes preços:

Atividade Preço
Refeição em restaurante barato £15
Refeição para 2 pessoas em restaurante médio (3 pratos) £70
Jantar básico para dois no pub do bairro £41
2 ingressos para o cinema £25
2 bilhetes para o teatro (melhores lugares disponíveis) £214
Jantar para dois em um restaurante italiano na área de expatriados, incluindo aperitivos, prato principal, vinho e sobremesa £71
1 coquetel no clube do centro £12
Cappuccino na área de expatriados da cidade £3,26
1 cerveja no bar do bairro (500ml) £5,93
Aluguel de quadra de tênis (1 hora no fim de semana) £11,61

*As informações da tabela acima foram consultadas nos sites Numbeo e Expastistan em 11 de março de 2023.

Custo de vida em Londres com educação

Londres tem várias creches, escolas e universidades de alto escalão. No entanto, como a admissão nessas instituições de ensino costuma ser complicada, muitas pessoas optam pelo setor privado para educar seus filhos.

Como a despesa com educação pode refletir no aumento do custo de vida em Londres, é importante que você conheça os valores médios para colocar seus filhos em creches e escolas particulares ou anuidades da universidade:

Despesa Valor
Pré-escola (ou jardim de infância), dia inteiro, particular, mensal para 1 criança £1.554,45
Escola primária internacional, anual para 1 criança £17.290,48
Mensalidade da escola diurna em Londres £4.258,09
Mensalidade do internato em Londres £6.838,06
Anuidade de graduação para estudantes internacionais na University of Westminster £16.204
Anuidade do curso de Biomedicina na Birkbeck, University of London £16.020
Mestrado em Administração na London Business School £44.900
Quarto em alojamento (contas inclusas) £848
Quarto em alojamento privado (sem despesas) £750

Resumo do custo de vida em Londres

O custo de vida em Londres varia de acordo com o seu estilo de vida e hábitos de consumo. Mas em média um casal sem filhos com um orçamento econômico gasta no mínimo £2.759,53 por mês para morar em Londres. Acompanhe abaixo as despesas detalhadas.

Despesa Valor
Aluguel de apartamento de 1 quarto fora do centro da cidade £1.430,05
Alimentação £441
Eletricidade, aquecimento, água, lixo para apartamento de 85 m² £289,10
Internet (60 Mbps ou mais, dados ilimitados, cabo / ADSL) £28,38
Transporte £571,40
Total £2.759,53

Comparação do custo de vida com Londres e interior da Inglaterra

O custo de vida em Londres é bastante elevado e isso só se torna mais evidente quando o comparamos com outras cidades pequenas da Inglaterra. Por conta disso, muitos estrangeiros que decidem fazer desse país o seu novo lar escolhem as cidades pequenas para morar.

Diante disso, comparamos o custo de vida em Londres com Bristol e Liverpool para que você conheça a diferença nas despesas.

Despesa Londres Bath Liverpool
Aluguel de apartamento de 1 quarto fora do centro da cidade £1.430,05 £820 £565,38
Alimentação £441 £390 £395
Eletricidade, aquecimento, água, lixo para apartamento de 85 m² £289,10 £241,57 £190,85
Internet (60 Mbps ou mais, dados ilimitados, cabo / ADSL) £28,38 £33,83 £31,50
Transporte £571,40 £307,04 £160
Total £2.759,53 £1.792,44 £1.342,73

*Para a elaboração da tabela acima, consideramos o custo de vida de um casal sem filhos com um orçamento econômico nas três cidades.

Quanto é um bom salário para o custo de vida em Londres?

A resposta dessa pergunta também depende do seu estilo de vida. Para uma pessoa solteira, um salário de £2.700 por mês pode ser suficiente para pagar as despesas mensais e aproveitar um pouco a cidade. Contudo, esse valor pode aumentar consideravelmente se você vier morar a dois ou com a família.

Mulher em frente ao notebook fazendo cálculos
Um casal precisa receber mais do que um salário mínimo para viver bem em Londres.

A boa notícia é que os salários médios pagos em Londres são uns dos maiores da Inglaterra. Segundo o Numbeo, em média um trabalhador londrino ganha £3,044.15 por mês. Em 2023, o salário mínimo da Inglaterra aumentou para £10,42 a hora para trabalhadores acima de 23 anos e £10,18 para aqueles entre 21 a 22 anos.

Simulamos o valor do salário mínimo na Inglaterra através do Salary Calculator. De acordo com a ferramenta, um funcionário com carga horária de trabalho de 44 horas semanais com mais de 23 anos, recebe no mínimo £1.964, mas se descontarmos as férias e feriados, esse valor reduz para £1.790.

Vale a pena viver em Londres?

A resposta é: depende dos seus objetivos.

Na opinião do Mauro, morar em Londres vale a pena para quem se muda para a capital com emprego garantido e em uma área que paga bem. Essa também é uma alternativa vantajosa para jovens que planejam ficar na cidade temporariamente.

Por outro lado, o brasileiro acha que não vale a pena viver em Londres se você planeja sair do Brasil para ganhar dinheiro trabalhando em subempregos.

A não ser se você venha em uma situação muito baixa, eu acho que não vale tanto a pena. Isso porque você não vai conseguir guardar tanto dinheiro que vai mudar muito a sua vida. Você vai viver uma vida precária, vai comer bem, vai se vestir, mas vai viver em um quarto ou em uma casa dividida com várias pessoas.

Portanto, reflita quais são os seus objetivos ao morar em Londres. Para te ajudar nessa decisão, também recomendamos o vídeo abaixo do canal Na Vibe. Nele, você confere as despesas detalhadas para viver em Londres e dicas de como economizar na capital.

Agora que você já sabe tudo sobre o custo de vida em Londres, não perca tempo e comece a fazer o seu planejamento financeiro. E se precisar de ajuda com a sua mudança para a Inglaterra, conheça o nosso Ebook Como Morar na Inglaterra com informações sobre documentos, vistos, costumes e dicas de mudanças para o país.