Uma das principais preocupações que rondam a mente dos que sonham em se aventurar na terra da rainha é encontrar moradia. Alugar apartamento na Inglaterra nem sempre é tarefa fácil, seja na capital Londres ou em cidades do interior.

A busca por um apartamento, casa ou quarto exige uma grande pesquisa que envolve divisão da cidade, funcionamento do transporte público e preços aquecidos pelo mercado imobiliário britânico. Vamos entender melhor como funciona esse processo? Confira tudo no artigo a seguir.

Saiba como alugar apartamento na Inglaterra

Mudar-se para uma cidade nova já pode ser complicado, certo? Não conhecer as ruas principais, os lugares de fácil acesso, os melhores transportes e ainda assim ter que decidir onde morar analisando os preços, as regiões e o tamanho da casa podem ser uma dor de cabeça. Agora fazer tudo isso quando você está mudando de país, pode ser ainda mais complicado.

Vamos começar pelo que muitos consideram ser o mais importante no momento de encontrar apartamentos para alugar na Inglaterra, os preços.

Quanto custa alugar apartamento na Inglaterra?

O valor de um aluguel por aqui tem muitas variáveis e que impactam no custo de vida na Inglaterra. A principal é a cidade e a localização dentro da cidade escolhida. Os valores dos imóveis variam basicamente pelo perfil (quantidade de quartos, espaço e se possuem mobília), pela localização e pelo estilo de vida buscado.

Se está pensando em morar na Inglaterra é bom que saiba existem opções como casas ou apartamentos que não são compartilhados, se você busca privacidade e pode pagar mais caro por isso. E há também alternativas de flats ou estúdios para quem procura espaços menores.

Uma forma mais flexível de moradia são quartos em casas compartilhadas, uma proposta direcionada para estudantes, pessoas sozinhas ou até mesmo casais que decidem economizar. Neste caso, geralmente as contas já estão incluídas no preço do aluguel.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Valor médio dos apartamentos para alugar na Inglaterra

O valor médio mensal pago para alugar um apartamento na Inglaterra em 2021 é £951, segundo a calculadora da BBC.

A ferramenta tem como base dados de preços fornecidos por analistas de imóveis residenciais em 12 meses até o final de junho de 2020. Esse número, no entanto, pode sofrer bruscas variações da cosmopolita Londres, que abriga a maioria dos estudantes e imigrantes, até cidades do interior, que possuem menos ofertas, ou morar em cidades do interior, que possuem menos ofertas de emprego na Inglaterra.

É preciso considerar também que quando um imóvel for alugado, será necessário efetuar pagamento do depósito inicial. Geralmente é solicitado em torno de 3 meses de aluguel adiantado. Quando você deixar o apartamento esse valor será devolvido ou, se necessário, utilizado para reparos.

Confira também os preços médios dos aluguéis do apartamento em outras cidades da Inglaterra em 2021, segundo dados do site Numbeo.

Londres £1.689,31
Oxford £1.099,62
Cambridge £1.119,12
Birmingham £755,62
Liverpool £645,86

Escolha sua zona

Nessa aventura – nem sempre prazerosa – de encontrar apartamentos para alugar na Inglaterra, é importante considerar o acesso ao transporte. A variação de preços de imóveis na capital inglesa depende da localização em relação às áreas e bairros de Londres cobertas pelo transporte público de Londres que, ao todo, são nove.

Áreas centrais de Londres

Para morar na área central da capital da inglesa, você provavelmente vai gastar menos tempo e dinheiro para se locomover tendo fácil acesso ao metrô (Underground), aos trens de superfície (Overground) e aos ônibus. Em alguns casos, pode valer a pena pagar aluguel mais caro e economizar com transporte durante o mês.

Regiões mais afastadas

Em regiões mais afastadas da área central, onde o aluguel pode ser mais barato, o tempo gasto em viagem será maior, assim como o valor das passagens. Isso não será um problema, no entanto, se você optar por usar bicicleta como meio de locomoção.

Como alugar apartamento na Inglaterra

Bairros mais caros

Bairros mais centrais como Westminster e Chelsea (zona 1) geralmente são os mais caros. Um apartamento de dois quartos nessa região tem preços iniciais estampados em anúncios que ultrapassam £1.800 ao mês sem contas inclusas.

Bairros e cidades mais econômicas

Já um imóvel com espaço semelhante em zonas mais afastadas como Barking (zona 4), no Leste de Londres, pode ser encontrado a partir de £1.000. Para locomoção, no entanto, haverá custos maiores.

No interior, os valores costumam ser mais atrativos. Na segunda maior cidade do país, Birmingham, os anúncios apresentam valores de aluguel que partem em torno de £750 para casas ou apartamentos com 1 quarto no centro da cidade.

Taxas a serem pagas

Outro fator importante a ser analisado são as taxas extras a serem pagas. Esses valores não necessariamente estarão incluídos no aluguel ou serão pagas pelo landlord (responsável pelo imóvel). O Council Tax, que é o imposto regional referente a serviços como a coleta de lixo ou a ocupação do espaço de terra, pode ser repassado como taxa extra para o inquilino pagar. Em 2021, os moradores de Londres pagaram entre £699.62 a £2,098.88 de Council Tax.

Outra taxa existente é a TV Licence. O valor atual é de £159 por ano e deve ser pago ao governo pelo responsável da residência que possui um aparelho de televisão. Além disso, será necessário arcar com outros custos como energia elétrica, gás, água e internet.

Como são as casas e quais são as opções para alugar?

O tamanho da casa, número de quartos e banheiros também vão influenciar muito no valor, além do número de pessoas que vão morar nela. Se você pretende vir sozinho, dependendo do seu salário vale mais a pena morar no centro e dividir um apartamento do que morar sozinho em um lugar afastado – dividir casa com gente que você não conhece é muito normal por aqui.

Se você vem com a família, dividir casa pode não ser a melhor opção, aí os salários e o número de quartos vão pesar mais.

Acomodações temporárias

Se a ideia de morar com desconhecidos te assusta, mas você acredita que não pode pagar por uma casa ou apartamento só, fique uns dias em um hotel, hostel ou Airbnb e busque saber se há alguém no seu escritório ou em sua comunidade que busca dividir o aluguel.

Assim, você já tem uma conexão e algo em comum com aquela pessoa antes mesmo de passarem a viver juntos.

Onde procurar apartamento na Inglaterra?

Existem diversos canais disponíveis para iniciar a busca para alugar apartamento na Inglaterra, como websites, aplicativos de celular e agências imobiliárias. Na maioria dos casos, os canais estão ligados às agências.

No entanto, alguns possibilitam alugar diretamente com o proprietário do imóvel, sem pagar taxas extras, mas a quantidade de imóveis disponíveis nessa modalidade é reduzida.

Muitos desses canais de busca possibilitam filtrar a pesquisa por zona, preço mínimo e máximo a ser pago, tipo de imóvel e quantidade de quartos, e se tem ou não que mobiliar apartamento na Inglaterra. Outro fator importante a ser verificado no anúncio é a possibilidade do proprietário aceitar crianças, animais de estimação, estudantes ou casais, o que costuma variar bastante.

Melhores sites para encontrar apartamentos na Inglaterra para alugar

Geralmente os anúncios são feitos com valores semanais (per week – pw) ou mensais (per calendar month – pcm). Para entender a média que será paga por mês em um anúncio semanal, é possível fazer um cálculo rápido multiplicando o valor semanal por 52 (total de semanas no ano) e dividindo o resultado por 12 (total de meses no ano).

Documentação para o contrato de aluguel

Quando finalmente tudo parece ter sido decidido, chegou o momento de assinar o contrato de aluguel. Esse último passo é decisivo para que a aventura de alugar apartamento na Inglaterra seja concluída com sucesso.

Antes de qualquer coisa, vale lembrar que é necessário ter passaporte europeu ou visto de trabalho na Inglaterra que possa provar o seu direito de residência e o tornar apto para fazer um contrato de aluguel.

Os documentos exigidos e referências podem variar dependendo do tipo de moradia, do proprietário ou da agência. Veja a seguir a lista de exigências para apartamentos:

  • Passaporte;
  • Comprovante de renda;
  • Referência do landlord anterior;
  • Referência do empregador;
  • Conta bancária no Reino Unido;
  • Depósito de 3 meses;
  • Mínimo de 6 meses de contrato.

A partir dos documentos será feita uma análise de crédito na hora de concretizar o tão esperado contrato final. A análise está ligada, entre outros fatores, com a sua renda, então ter um emprego que possa te fazer elegível é importante.

Depois que tudo for aprovado e o contrato for fechado, é hora de aproveitar o apartamento e se preparar para a nova aventura de viver entre as mais de 50 milhões de pessoas que escolheram a Inglaterra como casa.

Meios alternativos de moradia

Para quem está disposto a viver em lugares diferentes e ter uma nova experiência com moradia, existem outras alternativas para encontrar apartamentos para alugar na Inglaterra, opções que geralmente exigem maior investimento de dinheiro.

Uma delas é apresentada pelo The Collective, que oferece a opção de co-living, uma forma de aluguel onde é possível viver em comunidade, mas com quartos privados. Neste local é viável, por exemplo, morar por 5 meses em um quarto pequeno, mobiliado, com contas inclusas, espaço para co-working e acesso a eventos culturais com cerca de £148,35 por noite.

Ainda para quem chega em Londres sem moradia fixa é possível utilizar o Airbnb, serviço online e comunitário onde se oferece hospedagem por dias ou temporadas. Muitos usuários optam pela plataforma enquanto procuram um apartamento definitivo.

Dicas aos recém-chegados

No momento de visitar o imóvel, é importante avaliar com cuidado se todos os itens do apartamento funcionam, principalmente torneiras, pressão de água, aquecimento e iluminação. Na minha experiência, não tenha medo de verificar item por item e conferir o contrato de aluguel, no qual constam todas as informações referentes ao estado do imóvel, tipo de bandeira (para gastos como eletricidade) e outros detalhes importantes.

O interessado também pode solicitar a verificação do Energy Performance Certificate (EPC), um certificado que avalia a eficiência energética da propriedade e que deve estar atualizado. Cheque se a área possui mercados próximos, assim como estações de ônibus e metrô. No inverno, quando a cidade registra temperaturas mais baixas, maior agilidade para ir e voltar do trabalho pode fazer diferença na sua rotina.

Documentos para alugar apartamento na Inglaterra

É possível solicitar também o número de registro do seu landlord e verificar se ele está apto para exercer a função. No site London Landlord Accreditation Scheme (LLAS), um dos grupos de acreditação, credenciamento e treinamento de profissionais que atuam no setor de aluguel privado no Reino Unido, milhares de pessoas podem ser verificadas.

Também é preciso ter em mente que parte dos imóveis para alugar na Inglaterra são bastante antigos e, por isso, costumam ter as contas básicas mais altas do que os imóveis mais modernos. Por outro lado, apartamentos novos também custam mais caro. Eu já ouvi comentários de que as casas construídas nos últimos 20 anos também não apresentam um isolamento térmico tão eficiente. Portanto, você pode gastar mais com aquecimentos nos meses mais frios.

Então, na hora de alugar apartamento na Inglaterra, é preciso ter em mente todas essas questões, avaliar o orçamento a curto, médio e longo prazo, assim como analisar necessidades e gostos pessoais.

Não fique a espera de respostas, mexa-se!

Outra dica é não esperar somente pelo contato do agente imobiliário, pois ele pode não ligar de volta. É importante ter a iniciativa de agendar uma visita para conhecer o apartamento que você está interessado.

Devido à alta procura, a disponibilidade dos imóveis pode mudar muito rápido. Após a assinatura do contrato, os pagamentos geralmente são feitos por transferências bancárias e, em alguns casos, agências contratam outras empresas para fazer o depósito protegido, o que pode ser mais seguro.

E isso vale principalmente para as cidades menores, que observaram um boom imobiliário desde a pandemia. Muitas famílias, especialmente vindas de Londres, e mudaram para cidades do interior da Inglaterra em busca de mais qualidade de vida.

A cidade em que eu moro, por exemplo, tem 25 mil habitantes e como é pequena, dá para fazer tudo a pé. E mesmo em meio às restrições da pandemia, nós tivemos o privilégio de aproveitar as áreas verdes e a beleza da natureza ao redor de casa. Por isso, praticamente não se acha casas para alugar ou comprar, devido à demanda aquecida.

Cuidado com os golpes

Encontrar apartamentos para alugar na Inglaterra também pode ser muito complicado se você não estiver atento aos possíveis golpes (scams). Por isso, quando o assunto é moradia é preciso manter os olhos bem abertos. Um dos golpes conhecidos em Londres acontece quando uma pessoa se passa por landlord, faz anúncios online de quartos ou apartamentos, capta o interessado e pede para que o depósito seja feito para a reserva. No entanto, não existe imóvel disponível e as fotos são falsas.

Portanto, não alugue espaços somente olhando fotos. Marcar uma visita e conhecer o local é imprescindível. Também duvide de ofertas com preços muito baixos em áreas que costumam ser mais caras, esses geralmente são anúncios fakes.

Saiba tudo sobre os golpes de aluguel de apartamento na Europa nesse artigo e formas de evitar cair nessa roubada.

Seguro viagem é essencial

E não esqueça: se planeja morar na Inglaterra, saiba que o seguro viagem é essencial. Para fazer a cotação do seu seguro de forma personalizada, recomendamos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele apresenta planos das principais seguradoras do mercado e ainda garantimos os melhores preços aos leitores do Euro Dicas.

Se preferir, pode também utilizar o portal Seguros Promo, comparador online que nós recomendamos e utilizamos para realizar algumas cotações. E agora aproveite para conferir também quais são os principais documentos para morar na Inglaterra.