Transporte público em Portugal: entenda como funciona e quanto custa

Portugal  / 

O transporte público em Portugal costuma ser uma das grandes vantagens do país, não só para os turistas, como também para os que desejam imigrar. Planejar uma viagem para outro país passa sempre pelo fator mobilidade: seja pelos custos, a praticidade ou a segurança, por exemplo.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Quando o assunto é mudar de país então, quer seja uma mudança temporária ou definitiva, o custo-benefício do transporte público é sempre uma questão importante, já que o bom desempenho do tema está atrelado à qualidade de vida da população.

Como funciona o transporte público em Portugal

Portugal é um país pequeno e é possível cruzá-lo de norte a sul em um único dia (cerca de 710 km). Muitas das suas cidades contam apenas com serviços de ônibus e táxi. Nas grandes cidades, os bilhetes de metrô, por exemplo, funcionam de maneira um pouco diferente em alguns aspectos, mas apesar disto, uma vez que se pegue o jeito não tem mistério nenhum e a locomoção fica fácil e rápida.

A história dos transportes integrados de Portugal é recente e muitas das suas estradas, rodovias e outros meios de transporte também. Portugal possui trens (comboios), metrôs, ônibus (autocarros) e bonde elétrico.

Veja também o que já escrevemos sobre a educação em Portugal.

Viagem de ônibus

Dentro da categoria de transporte público em Portugal, os ônibus (ou autocarros) talvez sejam as escolhas menos populares. Por ser um serviço que depende muito do trânsito nas cidades, é também o maior alvo de queixas dos cidadãos. Mas não é motivo para preocupação, porque de uma forma geral, o ônibus funciona muito melhor que em muitas cidades na Europa, como Roma ou Paris.

O mais comum é que cada linha possua um intervalo fixo para passar e dependendo do dia, pode-se usufruir da pontualidade. Infelizmente, é muito difícil poder contar com o horário pré-estabelecido. Entretanto existem ferramentas que podem ajudar a saber se o autocarro já passou ou se passará em breve, são aplicativos e ferramentas dos sites das próprias companhias.

No Porto, por exemplo, no site da STCP, ou Sociedade de Transportes Colectivos do Porto, é possível fazer a busca por uma linha, escolher o itinerário dela, isto é, se é ida ou volta, e selecionar a opção “próximas passagens”. Assim dá para calcular aproximadamente de quanto em quanto tempo o autocarro passará.

Outros aplicativos como o Moovit e o TPP, também ajudam a planejar as viagens e o segundo, inclusive, integra as redes de transporte público em Portugal de várias cidades. Esses aplicativos servem para outros meios de transporte e podem ser essenciais para quem deseja se locomover com transportes públicos pelo país.

Conheça as melhores cidades de Portugal para morar.

Viagem de trem

Em Portugal os trens são chamados de comboios e existem atualmente 2.546 quilômetros de ferrovias nacionais em uso. Andar de trem pelo país serve não só para as viagens mais longas, serve também para os deslocamentos cotidianos mais curtos. É muito comum vermos pessoas utilizando o trem para ir trabalhar ou estudar numa cidade próxima àquela onde vive.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

comboio portugal

São 4 linhas de comboio:

Alfa Pendular: essa linha possui as viagens mais rápidas, pois efetua menos paradas entre as estações e viaja a 220 quilômetros por hora. Por isso, o preço também é mais alto, e só vale a pena utilizar caso o deslocamento seja longo. É possível escolher entre classe turística e a primeira classe, além disso, há banheiros, bar, Wi-Fi e espaço para colocar as bagagens.

Intercidades: a linha intercidades funciona diariamente e liga as principais cidades do país. São viagens um pouco mais demoradas, mas muito confortáveis. Também possuem primeira e segunda classe e são um pouco mais baratas do que as viagens de Alfa Pendular.

Regional e InterRegional: os comboios regionais ligam o país de norte a sul e de leste a oeste. São práticos porque costumam conectar as principais cidades com as linhas de comboios urbanos existentes.

Quer saber como morar, trabalhar ou estudar tranquilamente em Portugal?

A Atlantic Bridge é o parceiro que nós recomendamos para ajudar a planejar e concretizar o seu sonho de vir para Portugal.

SABER MAIS »

Urbanos: A linha mais barata e mais frequente de comboios possui uma variedade enorme de paradas e destinos. É também a linha mais barata e mais utilizada por trabalhadores e estudantes. Perfeita para viagens de fim de semana, ou um “bate e volta” para turistar, por exemplo.

Custos das passagens

Os custos das viagens variam de acordo com a linha e a classe escolhida. Os comboios urbanos e regionais não têm diferença de classe ou lugar marcado, são os mais baratos e dependem unicamente da distância que será percorrida. Os custos variam também de acordo com a data da compra: quanto mais cedo a viagem for comprada, mais barato fica a passagem.

Em toda a rede de transporte público em Portugal, existem descontos para estudantes, idosos e jovens até os 23 ou 25 anos, além de promoções ocasionais.

Existe ainda o chamado “Passe Mensal”, que de acordo com as viagens frequentes do passageiro, pode ser renovado todo o mês, ou sempre que necessário, e costuma ficar mais em conta do que viagens avulsas. Este tipo de passe vale a pena para quem estuda ou trabalha em uma cidade e mora em outra, por exemplo.

O melhor lugar para calcular o valor dos passes e montar um itinerário é no site da CP Comboios.

Acessibilidade em Portugal: veja se o país é adaptado a quem tem necessidades especiais.

Viagem de Metrô

Falar de transporte público em Portugal é obrigatoriamente falar do metrô, ou metro, assim mesmo, sem o acento. Uma das maneiras mais práticas de se locomover nas principais cidades do país, o metro funciona muito bem e não é caro. As únicas cidades com metrô em Portugal são a capital Lisboa e a cidade do Porto (no norte do país).

Em Lisboa, ele custa apenas 1,50€ e vale por uma quantidade ilimitada de viagens por 60 minutos a partir da sua primeira validação. Existem ainda os bilhetes, ou passes, diários e integrados a outros tipos de transporte público da cidade. No site do Metropolitano de Lisboa é possível consultar as linhas e os valores do cartão batizado de Viva. Leia também nosso artigo completo sobre o Metro de Lisboa.

No Porto, as passagens funcionam de um jeito um pouco diferente e os valores são calculados de acordo com a distância que se deseja percorrer. Funciona mais ou menos assim: o mapa da cidade é dividido em zonas e quando se compra a passagem, um cartão batizado de Andante, dá para selecionar quantas daquelas zonas vão ser percorridas. O preço começa em 1,20€ e vai aumentando conforme aumenta a distância.

Saiba tudo sobre o metrô do Porto aqui.

metro porto

É importante lembrar que as passagens vêm num cartão, uma espécie de ticket reutilizável, quando comprar pela primeira vez, ele tem um custo, sempre inferior a 1 euro. Quando quiser usar de novo, é só inserir o cartão na máquina e recarregá-lo. Ele é válido por um ano.

A qualidade do serviço é excelente e as estações são bem limpas. Geralmente os trens estão no horário e, exceto em horários de ponta, não estão lotados.

Viagem de carro

Para quem viaja de carro há sempre duas opções de trajeto: as estradas nacionais gratuitas e as autoestradas (rodovias) com pedágio. Ao todo são 3.065 quilômetros de autoestradas no país, a qualidade do asfalto é excelente, mas os preços das portagens (pedágios) são altos.

Por exemplo: para quem deseja viajar de Lisboa ao Porto de carro pagará cerca de 22,20€ de pedágio para ir e mais 22,20€ para voltar. Mas, é claro, que o conforto do carro, a liberdade de poder ir parando nas cidades e as estradas quase vazias são muito convidativas e valem a pena para quem busca mais liberdade de horários.

Você pode calcular o valor das portagens neste site aqui.

Dirigir em Portugal: veja as principais diferenças em relação ao Brasil.

Cidades com aeroporto

As cidades que possuem aeroportos em Portugal são: Lisboa, Porto e Faro (em Portugal continental). Além dos aeroportos nas Ilhas: da Madeira e dos Açores.

Conheça também a lista dos 9 transportes alternativos em Portugal: há opções muito incomuns!

Quanto custa o transporte público em Portugal

No porto

Uma passagem de ônibus (autocarro) no Porto custa 2€ se o bilhete for comprado dentro do ônibus. Para passes mensais de autocarro o valor é de 30€ (normal), para autocarro + comboio, o valor é de 34,55€ e há descontos para estudantes, menores de 13 anos, terceira idade, aposentados e pensionistas. Você pode consultar o site da STCP, responsável pelo transporte público do Porto.

Já no metrô, como já dissemos, os bilhetes de viagem única custam a partir de 1,20€ por viagem (máximo de 1 hora) para Z3 (correspondente a 3 zonas). O valor vai aumentando conforme a distância, a tarifa mais alta é de 5,20€ para Z12.

A assinatura mensal custa entre 30€ (para a zona 3) e 40€. O cartão mensal tem um custo de 6€. Estudantes até 25 anos, crianças até 12 anos e idosos a partir de 65 anos têm descontos também no valor da tarifa mensal.

Uma viagem de trem (comboio) do Porto a Lisboa custa em média 25€ (podendo ter descontos e promoções dependendo do horário). Jovens até 25 anos têm 25% de desconto (Bilhete Jovem). Para quem viaja em grupos de 3 ou 4 pessoas também têm desconto nos Comboios de Portugal.

Nos Comboios de Portugal também não há catracas, mas é preciso validar antes da sua entrada. Durante a viagem, um fiscal sempre confere o seu bilhete.

Valide sempre o seu bilhete

O metrô do Porto não possui catracas, mas é preciso sempre validar o cartão antes de entrar no vagão. Fiscais normalmente conferem os bilhetes e há multas para quem entrou sem pagar ou não validou.

Em Lisboa

Na capital do país, o transporte público funciona muito bem, mas possui mais usuários. Lisboa têm a maior concentração de moradores do país e recebe muitos turistas todos os dias, por isso alguns ônibus e metrôs podem estar lotados em algumas horas do dia.

O preço de uma passagem de ônibus é de 2€, o bonde elétrico custa 3€ e o ascensor (elevador) 3,80€ (até 2 viagens). Já o bilhete para subir o elevador da Santa Justa custa 5,30€ com acesso ao mirante (miradouro). O bilhete de viagem única no metrô custa 1,50€, já o passe mensal custa entre 30€ e 40€.

Tarifas especiais são aplicadas para crianças, jovens até 25 anos, pensionistas e aposentados. Em cada viagem de transporte público em Lisboa é necessário validar o cartão na entrada no veículo. A não validação do cartão gera multas altíssimas.

Mudança na lei de transportes em abril de 2019 tornou preços mais baratos no Porto e em Lisboa

O Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART) aprovou uma redução de tarifa abrange a Grande Lisboa, o Grande Porto e algumas regiões. 

A redução do preço dos passes mensais abrange empresas de ônibus, trem, metro e barcas. Os usuários que viagem dentro do município pagarão 30€ pelo passe mensal. Quem utiliza transportes intermunicipais, pagará até 40€ mensais e ainda há outros benefícios para o agregado familiar.

Saiba tudo sobre essa mudança neste artigo sobre as novas regras do transporte público em Portugal.

Está planejando sua mudança para Portugal? Sugerimos o nosso Ebook Como Morar em Portugal, um guia completo com tudo o que você precisa para mudar para o país, desde o visto, planejamento financeiro, preparação para a viagem e muito mais. Vale a pena!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autores

Tatiana é brasileira e vive em Portugal desde 2013. Mestre em Estudos Culturais e Interartes pela Universidade do Porto, atualmente cursa o mestrado em Estudos Editoriais na Universidade de Aveiro. Copywriter e revisora, brinca que a sua principal especialidade é atender as dúvidas e ajudar aqueles que desejam conhecer Portugal e a Europa.

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.