Empreender em Portugal: sugestões de negócios e erros a evitar

Portugal  / 

Transformar ideias em realidades, inovar, tornar-se dono de seu próprio negócio muitas vezes é complicado em qualquer lugar do mundo; é preciso, primeiramente, muito planejamento. E quando se trata de colocar em prática planos em outro país? Neste artigo vamos falar sobre empreender em Portugal.

Como empreender em Portugal

Caso queira empreender em Portugal e não possua cidadania europeia, você precisa estar legalizado no país, que oferece visto específico para investidores, o chamado Visto D2. Não há capital mínimo estipulado para obter o visto D2.

Porém, para conseguir este visto é necessário apresentar um bom plano de negócios e definir o tipo de empresa que deseja abrir, assim como reunir toda a documentação solicitada pelo Consulado de Portugal no seu estado. Neste link você pode verificar o que é exigido no Consulado de São Paulo.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Com a grande demanda de solicitação vistos, o prazo para emiti-los ficou maior – cerca de 8 meses, sendo que o empreendedor deve se mudar para Portugal somente após o visto ter sido emitido. Quando chegar, deve entrar com o pedido de autorização de residência.

Os vistos estão demorando um pouco mais do que o previsto, mas a abertura da empresa costuma ser rápida. O empreendedor deve ir a um balcão do Empresa na Hora (veja os locais e endereços no site do Portal do Cidadão) e apresentar documento de identidade, como seu Número de Identificação Fiscal (NIF).

No local, deve optar por seu modelo de sociedade e obterá em cerca de uma hora o seu registro. É válido destacar que empreendedor precisa ter uma conta em um banco em Portugal e, de preferência, já ter definido o nome do contador da sua empresa. Em menos de uma semana a empresa já pode estar funcionando.

Talvez seja interessante a leitura do artigo que fizemos sobre como abrir empresa em Portugal sendo brasileiro.

Quem pode empreender em Portugal

Qualquer investidor estrangeiro pode empreender no país. Portugal estimula o empreendedorismo e oferece incentivos a investidores estrangeiros. Portanto, se você possui um bom plano de negócios, planejamento financeiro e vontade de inovar e de morar no exterior, empreender em Portugal é muito viável.

Leia também a notícia que divulgamos: Portugal anuncia o Tech Visa e 100 milhões para inovação tecnológica.

Em que empreender em Portugal

Empreender não significa somente tornar-se dono de seu próprio negócio; significa também inovar, concretizar suas ideias, confiar que elas darão certo e colocá-las em execução.

empreender em portugal o que

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

A maioria dos empreendedores que vão para o país investe em um dos seguintes ramos:

  • Alimentação (principalmente cafeterias e restaurantes com pratos brasileiros);
  • Comércio (lojas de roupas, trajes de praia e chinelos Havaianas, minimercados etc.);
  • Hospedagens (o número de turistas e imigrantes brasileiros está cada vez maior. Por isso, quem investe em hostel, por exemplo, tem grandes chances de prosperar).

Veja como é morar no exterior depois dos 40 anos.

Áreas de negócio e sugestões para empreender em Portugal

Como empreender deve ser uma ideia inovadora, é importante ter em mente que, mesmo se você abrir um restaurante (há diversos espalhados pelo país), esse estabelecimento deve ter um diferencial em relação aos demais, como, por exemplo, uma comida que não é típica do país e que você sabe que ninguém faz igual.

Podemos citar várias ideias e sugestões para empreender em Portugal. Veja a seguir algumas.

  • Loja virtual de produtos a preços acessíveis (o e-commerce em Portugal ainda não é tão intenso quanto no Brasil);
  • Estúdios de Pilates (visando proporcionar melhor qualidade de vida à população sem a necessidade de ir à academia);
  • Conserto de eletrônicos (esse tipo de mão de obra é bastante procurado, até mesmo pelos brasileiros que moram em Portugal e precisam de assistência técnica);
  • Hospedagem a preços acessíveis: hostel, por exemplo (com a quantidade de turistas e de imigrantes que pretendem morar no país e ainda não conseguiram alugar apartamento, uma hospedagem acessível tem potencial em Portugal, pois a procura é bem grande);
  • Creche (muitos pais não têm com quem deixar suas crianças quando vão para o trabalho. Muitas vezes, um deles tem que ficar sem trabalhar para cuidar delas. Por isso, uma creche ou um local com pessoas especializadas para cuidar de crianças é uma boa sugestão para empreender em Portugal);
  • Empresa de transporte de pessoas e de cargas;
  • Salão masculino (com serviços de corte, barbearia, design de sobrancelhas, coloração, tratamento de pele etc. Homens estão cada vez mais cuidando de sua aparência. Se o mercado de salão feminino já está saturado, o masculino vem ganhando força);
  • Conserta tudo (no Brasil, essa função também pode ser conhecida como “marido de aluguel”);
  • Mecânico de automóvel que atenda também a domicílio;
  • Consultoria (de advogado, imobiliária, ambiental, etc).

Além disso, é possível empreender em muitas profissões, como coaching, personal trainer, designer e TI sem gastar tanto.

Quer saber como pode morar, trabalhar ou estudar tranquilamente em Portugal?

A Atlantic Bridge é o parceiro que nós recomendamos para ajudar você a legalizar o seu sonho de vir para Portugal.

SABER MAIS »

Saiba também como empreender no país com imóveis através do nosso Guia passo a passo para comprar imóvel em Portugal.

Franquias

Franquias podem ser opções mais “pé no chão” para investir em Portugal. Isso porque você utiliza um modelo de negócio que já existe no mercado e que já está concretizado.

Existem prós e contras de montar uma franquia. Não será preciso criar um modelo que você não sabe se realmente terá o resultado esperado. Você já está vendo que o modelo que pesquisou e escolheu porque se identificou está sendo aceito pela população.

No entanto, tem seus contras também, como, por exemplo, ficar “engessado”, sendo obrigado a vender os serviços do pacote da franquia e padronizar o atendimento de acordo com o modelo do local. Além disso, na maioria dos casos, você precisa pagar royalties ao franqueador, normalmente um percentual que varia de acordo com seus lucros ou uma taxa fixa pré-estipulada.

Franquias como a perfumaria Equivalenza, a loja de beleza Nails, Pão em Casa, Mundo Verde e Burguer King são algumas que atuam em Portugal. No portal franchising.pt você pode saber mais informações sobre cada franquia no país.

Leia também o artigo sobre franquias em Portugal e saiba o que deve levar em consideração antes de abrir uma franquia no país.

Brasileiros que empreenderam em Portugal

Riscos existem para tudo na vida e, se empreender já requer muito planejamento e força de vontade no nosso país, onde não é a nossa casa pode ser ainda mais difícil. Mas nada que impeça que brasileiros alcancem resultados de sucesso ao empreender em Portugal.

O carioca Fabiano de Abreu é um exemplo. Ele investiu em um pequeno alojamento na cidade de Paiva, em Aveiro. Confira neste link a matéria a respeito.

A empresária brasileira Liliani Weietcovsky, proprietária da empresa de eventos Lima Limão, acredita que a chegada de brasileiros movimentou o mercado de eventos em Portugal, com decoração e menu farto, o que não é um costume no país. Já Tatiana Sabatie se juntou à amiga Fabiana Barcellos e abriu uma assessoria para ajudar quem deseja morar em Portugal. Confira o texto neste link.

Além desses, há vários outros casos de sucesso. Empreender em Portugal ou em qualquer outro lugar depende, antes de tudo, de você mesmo!

Veja também quais são as empresas brasileiras em Portugal que mais fazem sucesso.

Melhores cidades para empreender em Portugal

Segundo o Bloom Consulting 2018, Lisboa lidera como a melhor cidade para investir em Portugal. Em seguida, vem Porto e Braga está na terceira colocação. De acordo com estatísticas, Vila Nova de Gaia vem ganhando posições e está também entre as cidades mais escolhidas por investidores em Portugal.

Para empreender principalmente no verão, Faro, no Algarve, também é muito indicada e tem muitas opções, principalmente por causa do aumento do número de turistas na região.

Se o seu objetivo é empreender em Portugal e morar no sul do país, confira o artigo que fizemos sobre casas para venda no Algarve e saiba como e por que comprar na região.

Principais erros ao empreender em Portugal

Fizemos uma lista dos principais erros ao empreender em Portugal, confira:

1. Não fazer uso da terceirização legalizada de Portugal

Ao contrário do Brasil, em Portugal tem muito emprego terceirizado. O mercado de trabalho em Portugal já entendeu que a terceirização é o caminho para se pagar menos imposto.

Logo, utilizar sua empresa unipessoal para trabalhar dentro de outra empresa pode ser a melhor opção para você entrar no mercado de trabalho. Muitas empresas na Europa tem o próprio dono como único empregado. Obter o D2 através de empresa Unipessoal para trabalhar em outra empresa é muito fácil, e não requer investimentos em estrutura.

Veja um artigo completo sobre bom investimento em Portugal.

2. Ser otimista demais e não ter reservas financeiras

Eu não iria empreender em Portugal com 5 mil € no bolso e família à tira-colo. A não ser que tivesse já um emprego terceirizado alinhado com conhecidos.

Apenas para você conseguir alugar um imóvel sem fiador, você vai precisar deixar uma caução ou pagar meses antecipado de aluguel. Só aqui você  gasta de início com pelo menos 2 mil € em Lisboa. A manutenção da tua empresa com os impostos básicos de segurança social e contador começam em 300€ mensais. É preciso ter consciência dos gastos e não se arriscar sem ter a reserva necessária.

empreender em portugal quem pode

3. Não conhecer o mercado de Portugal

É preciso perceber que o mercado de Portugal é diferente do mercado do Brasil. Muito do que o brasileiro compra, o português nem dá bola, e vice-versa. Eles têm hábitos de consumo muito diferentes dos nossos.

Você definitivamente não quer ser um vendedor de panos para quem já tem panos. Uma análise de plano de negócio com um escritório local pode fazer toda a diferença, antes de você investir mais de 5  mil € em Portugal. O brasileiro precisa aprender que know-how e conhecimento profissional possuem valor.

Conheça quais são os costumes de Portugal.

4. Desconsiderar a formalidade europeia com impostos

No Brasil você gere suas contas bancárias como bem entende. Em Portugal as Finanças (a Receita Federal deles) está de olho. Se você não quiser que seu contabilista te abandone, registre toda movimentação da empresa e guarde os recibos de todas as contas feitas com ela.

Pague seus impostos. O Governo de Portugal está dando a residência para você ajudar a carregar o barco, e não para apenas onerá-lo.

Dos meus clientes de visto D2, cerca de 40% não conseguem se adaptar seja economicamente ou culturalmente, e retornam ao Brasil. Preparação pode ser a diferença entre uma experiência portuguesa feliz, ou de insatisfação. Faça a sua lição de casa, e tua residência europeia com o visto D2 terá muito sucesso!

Ficou com vontade de se mudar para Portugal? Recomendamos que você adquira o nosso E-book Como Morar em Portugal. É um guia completo com todos os passos para morar no país, desde o planejamento, legalização, documentos, moradia, custo de vida e muito mais. Vale a pena!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autores

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.

Brasileiro, foi um dos primeiros empresários a obter o visto D2 para pequenos empreendedores em Portugal. Hoje se dedica a ensinar empreendedorismo e auxiliar brasileiros a obter residência e/ou cidadania portuguesa e italiana. Fundador da consultoria Strobel e Santos. Apaixonado por motociclismo e viagens.