Franquias em Portugal: melhores negócios e documentos para abrir a sua

Portugal  / 

Se você deseja se tornar um empreendedor em Portugal, saiba que esse é um sonho possível. Isso porque o mercado de franquias em Portugal está aquecido e de olho em brasileiros que desejam abrir seu próprio negócio fora do Brasil.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

A seguir, preparamos dicas para você ficar por dentro de tudo o que é preciso para investir em Portugal.

Como investir em Portugal

São duas as formas de empreender em solo português. A primeira é investir em um negócio próprio partindo do zero. A desvantagem desse tipo de investimento é que além da burocracia ser maior, o risco de o empreendimento fechar nos primeiros anos de vida é bem grande.

Isso porque você terá que compreender bem a cultura portuguesa e a expectativa dos consumidores com relação a sua marca. No entanto, essa nem sempre é uma tarefa fácil, principalmente estando em um país estrangeiro.

Além disso, tornar uma marca conhecida é um grande desafio para empreendedores de todas as partes do mundo. E em Portugal não seria diferente.

A boa notícia é que você também pode investir em franquias em Portugal e dessa forma empreender com mais segurança e economia. Além de gastar seus euros em uma marca já consolidada no mercado, você também conta com um layout padrão e com todo o suporte da equipe de franchising.

Valor do investimento em franquias em Portugal

Obviamente que o valor de investimento varia de negócio para negócio, mas é possível encontrar franquias com valores que começam em 7 mil euros e podem chegar aos 100 mil euros (ou mais).

Muitas das empresas que franquiam seus negócios, não levam em consideração o valor de investimento em reforma, por exemplo, que deva ser feito no imóvel próprio ou alugado onde funcionará o negócio. O tempo de retorno também varia e pode ser de um, dois ou três anos.

Também já falámos sobre quais são os negócios rentáveis em Portugal e como abrir o seu.

As melhores franquias em Portugal para investir

Se o sangue de empreendedor corre em suas veias, você deve ter ficado interessado em saber como investir no mercado de franchising português.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Sendo assim, preparamos uma lista com as melhores franquias em Portugal para você se tornar dono de um negócio de sucesso:

melhores franquias em portugal para investir

Loja do Condomínio

A Loja do Condomínio é uma rede de lojas especializada no oferecimento de mão de obra terceirizada para condomínios residenciais e comerciais.

Essa rede de franquias portuguesa oferece aos seus clientes serviços de administração, limpeza e manutenção predial, como zeladoria e reparos emergenciais. Além disso, no plano avançado também disponibiliza seguro contra incêndio e médico domiciliar.

Quer saber mais como empreender em Portugal? Leia nosso guia sobre como abrir uma pequena empresa em Portugal.

Quer saber como morar, trabalhar ou estudar tranquilamente em Portugal?

A Atlantic Bridge é o parceiro que nós recomendamos para ajudar a planejar e concretizar o seu sonho de vir para Portugal.

SABER MAIS »

Custo para investir

Fundada em 2002 e atualmente com mais de 70 unidades espalhadas por todo o país, a rede já é uma marca consolidada no mercado europeu e agora pretende expandir seus negócios por meio de franchising. Para investir em uma das franquias em Portugal, o empreendedor terá que desembolsar cerca de 60 mil euros.

Body Concept

Se você está em busca de franquias em Portugal, a Body Concept pode ser uma excelente opção. Trata-se de uma rede de clínicas de estética que oferece serviços como depilação, tratamentos faciais, consulta com nutricionista e outros. Além de tratamentos estéticos corporais e faciais, a marca ainda comercializa produtos próprios.

Fundada em 2005 com o objetivo de democratizar a beleza a nível mundial, a Body Concept possui mais de 50 clínicas só em Portugal e pretende expandir através de novas parcerias.

Entre as vantagens de investir nessa franquia destaca-se a total implementação da clínica, além de materiais e ferramentas de divulgação. Aproveite e confira também quais são as empresas brasileiras em Portugal e analise quais delas oferecem modelo de franquia.

Custo para investir

Para se tornar um franqueado Body Concept, é necessário desembolsar cerca de 42 mil euros. Além disso, o espaço escolhido precisa ter de 80 m² a 140 m².

Equivalenza

A Equivalenza é outra excelente franquia para investir em Portugal. Fundada em 2011 na Espanha, a marca de perfumes e cosméticos rapidamente expandiu seus negócios. Atualmente possui mais de 800 lojas distribuídas por todo o mundo.

Além da de obter uma marca cujos produtos são reconhecidos mundialmente, com um espaço de 35 m² já é possível ser um franqueado.

Custo para investir

O empreendedor brasileiro precisa desembolsar cerca de 23.685€ a título de instalação.

Além do custo de instalação, há também a taxa de franquia, que confere o direito ao franqueado de usar a marca. Cobrada no momento da assinatura do contrato, essa taxa custa cerca de 5.742€.

Outras opções de franquia em Portugal

Das empresas que ultimamente estão crescendo no país, podemos destacar o 100 Montaditos, que é um restaurante de sanduíches focado no público universitário, possui preços bem acessíveis e um atendimento bem descolado.

Além da Body Concept, outras franquias de beleza também são muito bem vistas e possuem um público cativo em Portugal, como a Healthy Nails, Wiñk e outras. Outro tipo de franquia que é facilmente encontrada em Portugal é a do comércio de joias e também de iogurtes e sorvetes. A Llaollao, uma iogurteria de origem espanhola, também está expandindo seus negócios e é uma das franquias em Portugal muito conhecidas.

Além dessas, empresas franquiadas para tomar uma boa xícara de café (que os portugueses amam) e comer alguma coisa (Buondi, Meltino entre outros) também têm sucesso por aqui.

Se tiver interesse nesse tipo de franquia, é importante estar atento à algumas diferenças culturais: os portugueses fumam muito e gostam de jogar conversa fora sem hora para parar. Portanto, se você vai investir em franquias em Portugal de cafeteria/alimentação, leve em consideração o fato de sempre servir um bom café, ter uma máquina com cigarro e ter mesas ao ar livre (esplanadas) com cinzeiro para que os fumantes possam relaxar e consumir em seu negócio.

Quer saber o que é um bom investimento em Portugal? Saiba aqui.

O que é necessário para abrir uma franquia em Portugal?

Se você continua interessado em saber como investir em franquias em Portugal, chegou a hora de conhecer a parte burocrática.

Isso porque assim como nos demais países, Portugal também tem suas regras e cumpri-las à risca será o primeiro passo para o sucesso do seu empreendimento.

documentos para abrir franquia em portugal

Documentação

O documento mais importante para empreender no país é o visto D2 (para imigrantes empreendedores). Com ele, você pode morar legalmente no país, desde que esteja disposto a exercer alguma atividade empresarial em Portugal.

No entanto, a documentação exigida para abrir um negócio nesse país lusitano é bem mais extensa. Confira a seguir:

Confira neste artigo, o passo a passo de como abrir uma conta bancária em Portugal.

Quanto custa abrir uma franquia em Portugal?

Se você é brasileiro e decidiu investir em alguma das franquias em Portugal, é preciso levar em conta alguns custos extras:

  • Taxa de abertura da empresa: 360€, que podem ser pagos em dinheiro ou transferência bancária;
  • Imposto municipal: Derrama, no máximo de 1,5%;
  • IRC: Imposto sobre Rendimento de pessoas Coletivas, alíquota de 25%;
  • Honorários do contador: cerca de 100€ para empresários individuais ou 278,50€ para empresas coletivas;
  • IVA: o Imposto sobre o Valor Acrescentado pode variar de 6% a 23%, de acordo com a natureza da operação da empresa.

Vale a pena investir em Portugal? Leia nosso artigo sobre como está o mercado lusitano.

Considerações antes de abrir franquias em Portugal

Se você está pensando em investir em franquias em Portugal, é importante levar em consideração alguns aspectos e responder algumas perguntas:

  • Você conhece o tipo de negócio que está pensando em abrir?
  • Já fez um plano de negócios na sua vida?
  • Tem apontado os pontos positivos e negativos em relação ao negócio?
  • Qual o seu fôlego financeiro caso as coisas não saiam como o esperado?
  • A marca que você vai trabalhar é reconhecida?
  • Qual o apoio que você vai receber da empresa franqueadora? (marketing, mobiliário e etc);
  • Conhece a legislação de maneira plena em caso de abrir um negócio específico, tipo venda de alimentos?

Talvez, se as perguntas acima ainda não possuem respostas claras e bem definidas, é interessante que você procure respondê-las antes de se arriscar a abrir um negócio e colocar todas as suas poupanças e não ter o retorno pretendido.

Brasileiros podem abrir franquias em Portugal?

Sim, desde que os empreendedores brasileiros consigam apresentar as documentações exigidas, incluindo o visto D2. A boa notícia é que para facilitar o processo de abertura de empresas, Portugal conta com o serviço Empresa na Hora.

De posse do documento de identificação, cartão de contribuinte e cartão de beneficiário da Segurança Social (não obrigatório), procure um posto do Empresa na Hora para legalizar seu empreendimento.

Você será atendido em um balcão e lá mesmo serão elaborados o pacto e o registro comercial. E tudo em cerca de uma hora, em um processo rápido e fácil.

Saiba quais são os produtos brasileiros de maior sucesso na Europa e veja oportunidades de negócio.

Dicas para empreender em Portugal

Se você não deseja cometer os mesmos erros de vários empreendedores imigrantes em Portugal, fique por dentro de algumas dicas úteis. Confira a seguir:

  • Entenda que brasileiros e portugueses são diferentes. Antes de investir em uma franquia em Portugal, procure conhecer a cultura local;
  • Invista em um negócio de baixo custo: essa pode ser uma boa opção para empreender em Portugal, já que a relação dos portugueses com dinheiro é bem diferente dos brasileiros. Um centavo no país europeu vale dinheiro e é levado a sério por quem nasceu em Portugal, já para os brasileiros as moedas não costumam valer tanto e não costumam fazer diferença;
  • Tenha uma boa reserva financeira: essa é uma dica útil para quem vai investir em uma franquia em Portugal ou em qualquer outro país. Assim, o seu negócio permanecerá ativo mesmo que ainda não tenha dado o retorno financeiro esperado.

Agora que você já conhece bastante sobre o mercado de franquias em Portugal, que tal tirar o visto D2 para empreender no país? E não se esqueça de que para entrar na Europa o seguro viagem é obrigatório!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autores

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.