Existe um aumento do custo de vida em Portugal?

Portugal  / 

O aumento no custo de vida em Portugal está afetando quem mora em Portugal ou até quem está fazendo planos de se mudar para cá.

Você já deve ter se deparado com essa questão financeira que levanta questionamentos importantes.

Certo?

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Nas próximas linhas nós vamos explicar um pouco o porquê dessa alta, além de mostrar possíveis alternativas para amenizar a situação.

Aumento do custo de vida em Portugal

De alguns anos para cá, Portugal ganhou destaque nas áreas de turismo e imobiliária. Alavancado pelos preços convidativos, segurança e clima amigável. O país virou o destino favorito de turistas de outros países europeus, brasileiros e asiáticos.

O que gerou o aumento do custo de vida em Portugal

Alugar apartamentos por temporada esquentou o ramo imobiliário. Que acabou por ficar ainda mais aquecido com o aumento da imigração no país, a partir de 2016.

O resultado disso tudo é de que o crescimento do turismo e a alta nos imóveis acarretou em um real aumento no custo de vida em Portugal. E isso é muito mais sentido para quem vive nas cidades mais afetadas por essa valorização, como Lisboa e Porto.

Crise imobiliária em Portugal

Custos maiores, salários maiores, não é?

Apesar de se perceber um movimento de algumas empresas no sentido de melhorar os salários dos funcionários, o ordenado do português.

Ainda está longe de acompanhar essa disparada. Por isso, nos últimos meses muita gente tem “segurado a onda” para equalizar as contas familiares e não ficar no vermelho.

Saiba quais são as profissões mais bem pagas em Portugal.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Como driblar o aumento no custo de vida?

Se ficou mais caro se manter, o jeito é adequar seu orçamento à nova realidade. Pensando nisso, muita gente anda fazendo o movimento de sair das grandes cidades e buscar opções em locais próximos, a um custo mais baixo.

Fugir dos grandes centros urbanos

Para se ter uma ideia, alugar uma casa em Lisboa pode custar até seis vezes mais na zona de Belmonte. Sendo a casa com o mesmo tamanho, só por Belmonte ficar na região do centro de Portugal.

Como pode ser visto nessa matéria do site português Sapo.pt falando sobre o assunto.

Claro que nem todas as mudanças precisam ser tão radicais assim! Mas para se ter uma ideia, o metro quadrado em Lisboa está girando em torno de 9,62€.

Enquanto em Setúbal, distrito ao lado, cai para 4,50€. Ou seja, menos da metade.

Quer saber como morar, trabalhar ou estudar tranquilamente em Portugal?

A Atlantic Bridge é o parceiro que nós recomendamos para ajudar você a legalizar o seu sonho de vir para Portugal.

SABER MAIS »

Veja como alugar apartamento em Portugal.

Investir nos descontos e marcas brancas

Outra medida eficaz é aproveitar os descontos e marcas brancas nos supermercados. A maioria das redes oferece cartões de fidelização que quando mais você usa, mais desconto ganha, inclusive de combustível.

Marca branca é qualidade por um preço baixo

Já as marcas brancas são produtos comercializados pelos próprios mercados. Essas marcas apresentam um valor mais baixo que as marcas concorrentes, sem diminuir a qualidade. Ao adotar essas pequenas práticas, a economia ao fim do mês pode ser significativa.

Aproveitar o serviço público

Centro de saúde em Portugal
No Brasil é muito difícil depender do serviço público quando saúde e educação estão em pauta. Aqui em Portugal, ao contrário, há excelentes escolas públicas e uma saúde que tem lá suas deficiências, mas te garante atendimento.

Para quem se acostumou a pagar por esses serviços a vida toda, é até difícil se adaptar a usar o que o governo oferece.

Mais uma quebra de paradigma que o brasileiro que vem morar em Portugal deve fazer.

O poder de compra em Portugal em relação ao Brasil

Muita gente faz o exercício de converter o valor de um produto para o real. No entanto, com a disparada do euro, acaba se perguntando se o custo de vida em Portugal ainda continua mais barato do que no Brasil.

A resposta é muito simples: Sim!

Porque mesmo com o euro em alta e com algumas despesas aumentando, o seu poder de compra se mantém maior.

Vamos simular uma situação

Se você simplesmente converte o valor do macarrão tipo spaghetti, por exemplo:

Vai ter 500g de macarrão a 1,39 euros em Portugal.

E a mesma marca e quantidade por 6,49 reais no Brasil.

Seguindo a cotação de hoje (4,22 reais, cada 1 euro).

O macarrão português está saindo por 5,86 reais.

Sendo assim, você pode pensar que é apenas 0,63 centavos real de diferença, que é quase nada.

O gasto é quase igual? Não se engane!

Atenção a conta que realmente importa fazer

A conta que importa é quanto representa o valor desse pacote de macarrão em relação ao salário mínimo do país.

No caso do Brasil é 0,76% do salário mínimo.

Já no caso de Portugal é 0,21% do salário mínimo.

Ou seja, com o que eu gasto no pacote de macarrão do Brasil dá pra comprar 3 pacotes em Portugal e ainda sobra.

Isso usando o salário mínimo com base de cálculo para os dois países.

Os valores e base foram retirados do mercado português Continente e do mercado brasileiro Pão de Açúcar.

Faz toda a diferença saber calcular dessa forma

Portanto, aplicando esse cálculo às despesas que tem em Portugal versus as que tem no Brasil, vai perceber a diferença.

Vai concluir que o poder de compra de uma pessoa que vive de salário mínimo em Portugal (580 euros) é muito maior.

Comparando com o de uma pessoa que vive de salário mínimo no Brasil (965 reais) ou até em outros lugares do mundo.

Concluindo

De acordo com as previsões, o mercado imobiliário português vai se manter aquecido em 2018.

Mas a boa notícia é que a economia de Portugal também está se fortalecendo.

Atualmente, ela apresenta um dos mais fortes crescimentos da Europa.

O cenário não é de pessimismo

Para quem vive ou está planejando viver em Portugal, o importante é o planejamento. Seja tanto para ter controle dos gastos quanto para se preparar para o mercado de trabalho.

Pensando em planejamento nós criamos um livro digital de como morar em Portugal, não deixe de conferir.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Ana é uma jornalista brasileira que em 2017 saiu do Rio de Janeiro e se mudou com a família para o Porto. Ao lado do marido, o fotógrafo André Furtado, criou o site Portuguiando, espaço que usa para contar um pouco sobre a rotina de uma família de brasileiros em Portugal. Hoje se dedica à paixão pela escrita, à maternidade e a explorar a cultura lusitana.