Faculdade em Portugal: saiba como fazer a graduação no país

São muitos os estudantes brasileiros que se mudam para fazer faculdade em Portugal. Seja pelo reconhecimento internacional das instituições ou pelo vontade de morar no exterior, o país tem sido destino de muitos jovens que fazem toda a graduação fora.

Mas é fácil se inscrever nas universidades portuguesas? Como funciona o processo seletivo para brasileiros? É de graça estudar nas faculdades públicas? Conheça a repostas para essas e outras dúvidas.

Como ingressar na Faculdade em Portugal?

Existem várias maneiras de estudar em Portugal e ingressar nas universidades do país. Antes de seguir é bom entender que no país existem um sistema semelhante ao Enem, é o Concurso Nacional de Acesso, gerido pela DGES – Direção-Geral do Ensino Superior. O sistema reúne a maioria das universidades públicas portuguesas.

Entretanto, enquanto estrangeiro existem outras formas de entrar na faculdade em Portugal, seja pelo Enem ou pelo sistema direto da universidade.

Pelo processo tradicional

O processo tradicional para ingressar na faculdade em Portugal, na maioria das instituições é simplificado e funciona pelo Concurso Nacional de Acesso. O processo, semelhante ao Enem, engloba provas nas áreas específicas do curso desejado.

Por que escolhemos a Goldenergy em Portugal?

Para concorrer a uma vaga pelo Concurso Nacional de Acesso é preciso:

  • Ser titular de um curso de ensino secundário, ou de habilitação legalmente equivalente;
  • Realizar, ou ter realizado nos últimos dois anos, os exames nacionais correspondentes às provas de ingresso exigidas para os diferentes cursos e instituições a que vai concorrer;
  • Realizar os pré-requisitos se forem exigidos pela instituição para o curso a que vai concorrer;
  • Não estar abrangido pelo estatuto do estudante internacional regulado pelo Decreto-Lei n.º 36/2014, de 10 de março, alterado e republicado pelo Decreto-Lei n.º 62/2018, de 6 agosto.

Ou seja, caso seja estrangeiro, é preciso ter o estatuto de igualdade ou viver legalmente no país a pelo menos 2 anos.

Pelo Enem

O modelo de ingresso nas instituições portuguesas mais buscado pelos estudantes brasileiros é pelo Enem. Desde 2014 o Exame Nacional do Ensino Médio começou a ser aceito pelas universidades portuguesas, a primeira a adotar foi a Universidade Coimbra.

O processo funciona de acordo com cada faculdade e vai depender da instituição escolhida. Porém, uma das características comuns é a conversão das notas do Enem com peso de acordo com as disciplinas relevantes para o curso. Assim, dependendo do curso cada nota será calculada com um peso.

A Universidade de Coimbra criou uma calculadora para ajudar os alunos brasileiros a verificar a correspondência das notas obtidas para concorrer a uma vaga na instituição. A calculadora informa na hora se as notas obtidas podem ser usadas para o ingresso na universidade. Vale lembrar que cada universidade tem uma nota para os cursos de licenciatura e mestrado integrado.

faculdade em Coimbra Portugal

Atenção: não é possível entrar na faculdade de medicina em Portugal com a nota do Enem. Isso porque os cursos de medicina não são abertos para estudantes estrangeiros, para se candidatar é preciso realizar o Concurso Nacional, ou seja, é preciso realizar o exame e ainda, viver no país com estatuto de igualdade ou ter cidadania europeia.

Universidades que aceitam o Enem

Em 2020, são 50 as universidades portuguesas que aceitam o Enem, a lista está em ordem de adesão, sendo as últimas as mais recentes:

  • Universidade de Coimbra;
  • Universidade do Algarve;
  • Instituto Politécnico de Leiria;
  • Instituto Politécnico de Beja;
  • Instituto Politécnico do Porto;
  • Instituto Politécnico Portalegre;
  • Instituto Politécnico do Cávado e do Ave;
  • Instituto Politécnico de Coimbra;
  • Universidade de Aveiro;
  • Instituto Politécnico da Guarda;
  • Universidade de Lisboa;
  • Universidade do Porto;
  • Universidade da Madeira;
  • Instituto Politécnico de Viseu;
  • Instituto Politécnico de Santarém;
  • Universidade dos Açores;
  • Universidade da Beira Interior;
  • Universidade do Minho;
  • Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário;
  • Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias;
  • Instituto Politécnico de Setúbal;
  • Instituto Politécnico de Bragança;
  • Instituto Politécnico de Castelo Branco;
  • Universidade Lusófona do Porto;
  • Universidade Portucalense;
  • Instituto Universitário da Maia;
  • Instituto Politécnico da Maia;
  • Universidade Católica Portuguesa;
  • Universidade Fernando Pessoa;
  • Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida;
  • Instituto Leonardo da Vinci;
  • Escola Superior de Saúde do Alcoitão;
  • Universidade Lusíada – Norte;
  • Universidade Lusíada;
  • Escola Superior de Enfermagem de Coimbra;
  • Escola Superior Artística do Porto;
  • Universidade Europeia;
  • Instituto Universitário de Lisboa;
  • Escola Superior de Saúde Norte da Cruz Vermelha Portuguesa;
  • Universidade Autônoma de Lisboa;
  • Instituto Politécnico da Lusofonia;
  • Instituto de Estudos Superiores de Fafe;
  • Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes;
  • Instituto Superior Dom Dinis;
  • Instituto Superior de Gestão;
  • Instituto Superior de Gestão e Administração de Santarém;
  • Instituto Superior de Gestão e Administração de Gaia;
  • Instituto Português de Administração de Marketing;
  • Instituto Politécnico de Viana do Castelo;
  • Instituto Português de Administração de Marketing.

Quanto custa fazer faculdade em Portugal?

A dúvida sobre quanto custa estudar em Portugal é muito comum, a resposta é que depende da instituição na qual você pretende estudar e do regime que ingressa. O primeiro a se ter em consideração é que todas as faculdades em Portugal são pagas. Diferente do que acontece com as instituições federais no Brasil, em Portugal as instituições são pagas.

As universidades praticam diferentes preços para estudantes nacionais e estrangeiros. Um estudante português cursando licenciatura ou mestrado integrado nas instituições públicas, paga, no máximo, 871,52€ por ano, que é o teto estabelecido pelo Governo.

Mas, para alunos estrangeiros o preço varia muito e pode ser até 10 vezes mais do que para um estudante nacional.

Preço de graduação para alunos brasileiros

Para entender os valores, apresentamos alguns preços dos cursos mais procurados, com destaque para os mais baratos e os mais caros.

Os preços apresentados são para estudantes brasileiros, isso porque em algumas instituições, como a Universidade do Porto, os alunos brasileiros tem descontos de até 45% em relação aos  demais alunos estrangeiros, uma vez que faz parte da CPLP – Comunidade de Países de Língua Portuguesa.

Os preços se referem a propina, ou seja, o valor anual a ser pago. As instituições tem modelos próprios de parcelamentos, na UPorto, por exemplo, pode ser paga em 10 vezes sem juros.

Universidade Preços mais baixos Preços mais elevados
Universidade do Porto 1.925€ 3.300€
Universidade de Lisboa 3 mil € 12.500€
Universidade de Coimbra 3 mil € 7 mil €

Preço de graduação em Universidades privadas

Entre as universidades privadas, nem sempre há diferença entre o valor pago pelos estudantes locais e estrangeiros, uma vez que não há subsídio do governo para o ensino. Além disso, é comum que nas universidades privadas o valor da propina – pagamento anual da universidade – varie de acordo com número de créditos ou disciplinas cursadas.

Assim, os alunos pagam de acordo com o número de disciplinas nas quais se matricula, mas há uma taxa de matrícula fixa que varia conforme o curso.

Universidade  Preços mais baixos Preços mais elevados
Universidade Fernando Pessoa 2.350€ 6.300€
Universidade Lusófona 499€ + valor por ECT 4.995€ + valor por disciplina
Universidade Católica 365€ + 12,90€ por ECT 365€ + 16,95€ por ECT

Bolsa de estudo para fazer faculdade em Portugal

Estudar em Portugal com bolsa de estudo  é o objetivo de muitos jovens que buscam uma vaga no país.

Existem algumas modalidades de bolsas para quem deseja estudar em Portugal, uma das mais comuns é a do Santander, focada em períodos de mobilidade no exterior. O Santander Universidades oferece bolsas que englobam as despesas com hospedagem, passagens e a universidade. O programa é anual e podem se inscrever alunos de universidades parcerias do Brasil.

Mas para quem deseja cursar a formação completa em Portugal, existem outras modalidades de bolsas que melhor se adéquam. Algumas universidades oferecem bolsas para estudantes internacionais, é preciso consultar o site da instituição pretendida para verificar a existência. No site da DGES também é possível consultar o processo para solicitação de bolsa de estudos em Portugal.

Também existem bolsas disponibilizadas pelo Consulado de Portugal, são vários programas de diferentes instituições promovidas na página da instituição. Consulte as organizações e modelos de bolsas disponíveis, as bolsas do Instituto Camões são as mais conhecidas.

Melhores universidades de Portugal

As melhores universidades de Portugal segundo os principais rankings internacionais de 2020, como o QS World University Ranking e o Academic Ranking of World Universities, as instituições melhor avaliadas são:

O diploma de faculdade em Portugal é válido no Brasil?

Automaticamente não. Todo diploma emitido no exterior, deve passar pela revalidação para valer no Brasil, inclusive o diploma português. O processo é essencial para exercer a atividade no Brasil e, em algumas situações, pode ser necessário cursar disciplinas complementares, caso a instituição de ensino brasileira julgue necessário.

Para realizar o pedido é preciso juntar os documentos solicitados. No caso da licenciatura, são solicitados documentos como cópia do diploma e do histórico escolar, contendo as disciplinas ou atividades cursadas e aproveitadas em relação aos resultados das avaliações e frequência.

fazer faculdade em Portugal

O aluno deve escolher uma instituição de ensino brasileira para realizar o processo, só é possível entrar com o pedido em uma instituição. Por isso, é importante pesquisar as compatibilidades entre os cursos e avaliar qual melhor se adequa a grade de disciplinas estudada no exterior para evitar ter que frequentar aulas e fazer provas.

O portal Carolina Bori reúne todas as informações para quem precisa revalidar o diploma obtido no exterior no Brasil.

Vale a pena fazer faculdade em Portugal?

Sim. O modelo de ensino adotado em Portugal pelo processo de Bolonha é diferente do brasileiro, porém está dentro das práticas dos principais países europeus. Um diploma com origem no exterior, assim como toda a carga de conhecimento adquirido fora pode ser um fator diferencial para o mercado de trabalho.

Por outro lado, para quem deseja viver em definitivo no país pode ter a oportunidade de estudar as práticas portuguesas. Assim como de fazer uma rede de contatos na área que deseja atuar, seja com professores ou colegas.

Além disso, tem mais oportunidade de viver experiências ainda mais enriquecedoras, como participar dos programas de intercâmbio Erasmus, que promove a mobilidade dos alunos com pagamento de bolsa para os países europeus. O programa é uma oportunidade de vivenciar ainda mais intensamente a vida fora do país, estudar em instituições reconhecidas e conhecer uma nova cultura.

Animado para se mudar e começar a estudar em Portugal? Então é hora de começar a se planejar, a vida em um país novo requer um bom preparo. O e-book Como Morar em Portugal é um guia completo para quem deseja se mudar com planejamento e começar uma nova vida no país. Solucione todas as dúvidas, desde o visto até a instalação no país.

Carolina é mineira e vive no Porto, em Portugal, desde 2018. Conheceu a cidade em 2013, quando realizou um intercâmbio acadêmico, se apaixonou e voltou para estudar e aproveitar o que o país tem de melhor. Ama organizar roteiros de viagens detalhados e compartilha um pouco das experiências de viagem no @ourvieworld. Graduada em Jornalismo, se especializou em Marketing Digital, área na qual atua há 6 anos. Atualmente é mestranda em Ciência da Comunicação na Universidade do Porto.

Artigos relacionados

Como trabalhar em Portugal: visto, salários e oportunidades

Todos os passos para trabalhar em Portugal: veja como obter o visto de trabalho, média salarial, os melhores sites de emprego e mais.

Visto para Portugal: tipos, custos e como solicitar o seu

Vai se mudar para Portugal?Sozinho ou com a família? Confira o visto necessário, custos e procedimentos passo a passo para viajar tranquilo.

Como morar em Portugal em 2020 (Guia Atualizado!)

Dicas que ninguém te conta sobre como morar em Portugal na primeira pessoa: passo a passo, como conseguir um visto, qual é o custo de vida e mais.

Sites de emprego em Portugal: veja a lista com os melhores

Descubra os melhores sites de emprego em Portugal e algumas alternativas para encontrar a sua vaga, seja através de sites, agências ou pelas redes sociais.

Custo de vida em Portugal 2020: quanto custa viver no país

Conheça o custo de vida em Portugal, quanto custa alugar apartamento, fazer compras do mês, gasto com saúde, transporte e salário para viver no país.

Estudar em Portugal de graça: programas e bolsas de estudo

Estudar em Portugal de graça pode ser mais comum do que você imagina, basta ser aprovado em programas de bolsas e intercâmbios. Veja como se inscrever!

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube