Erasmus Mundus: o que é e como funciona esse programa de intercâmbio

Europa  / 

Existem diversos tipos de programas de intercâmbio, e o Erasmus Mundus é um deles. É um ótimo programa para quem quer estudar em uma universidade da Europa.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

A maioria dos estudantes tem vontade de fazer um intercâmbio quando estão na universidade, mas muitas vezes conseguir uma bolsa de estudos é difícil.

E que tal fazer um curso inteiro no exterior, você já pensou sobre isso? Confira com a gente como o Erasmus Mundus pode ser a solução para todas essas vontades!

Erasmus Mundus: o que é

Erasmus Mundus é um programa de intercâmbio que permite que estudantes europeus possam ir estudar num outro país da União Europeia ou fora da União Europeia e que estudantes de fora da União Europeia possam vir estudar na Europa.

Atualmente está integrado ao programa Erasmus +. É uma das melhores oportunidades que existem para ter uma experiência universitária em diversos países e ainda obter um diploma reconhecido.

Veja nosso guia de intercâmbio na Europa.

Como se inscrever no programa Erasmus Mundus?

Existem vários programas de Erasmus Mundus, por isso você tem que estar atento ao que você quer se aplicar.

Se você já estiver na universidade, deve fazer a inscrição através do gabinete de relações internacionais, assim que abrirem vaga.

Para fazer inscrição sem estar cursando a universidade no Brasil, você deve se candidatar diretamente em uma Universidade na Europa, e depois fazer a candidatura para o pedido de bolsa do Erasmus Mundus.

Brasileiros podem se inscrever?

Sim. Brasileiros podem se inscrever para cursar uma universidade na Europa. Podem já estar cursando a universidade, e ver com quais universidades europeias a sua universidade tem convênio.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Em alternativa, podem se candidatar a fazer o mestrado, doutorado ou pós-doutorado em uma universidade na Europa, através do programa Erasmus Mundus.

Além disso, podem também fazer um intercâmbio tipo estágio, também em uma universidade, participando de pesquisas em projetos.

Tem que pagar para se inscrever?

Não, a inscrição é gratuita. Tem é que ser feita de acordo com a universidade onde você estuda/ vai estudar.

Alguns países da União Europeia possuem universidades com cursos gratuitos, veja quais são e como estudar de graça na Europa.

Qual é o período de inscrição?

O período de inscrição para o programa Erasmus Mundus varia, por isso você deve estar atento às chamadas na sua universidade.

Cada universidade irá fazer o seu próprio período de inscrição e informar os alunos.

Normalmente a chamada de abertura é divulgada no site das universidades. Algumas universidades costumam fazer palestras sobre as oportunidades de intercâmbio existentes, fique atento a isso também.

Posso fazer qualquer nível do curso?

Atualmente o Erasmus Mundus está mais focado no mestrado, fornecendo aos participantes a possibilidade de fazer um mestrado integral, em vários países, recebendo um diploma reconhecido internacionalmente.

Porém, algumas universidades ainda continuam com parcerias para programas de doutorado.

Durante o seu planejamento de intercâmbio, não deixe de conferir o que já falamos sobre quanto dinheiro levar para Europa.

Quais países participam?

Qualquer país pode participar. A única regra é que um estudante da Europa tem que estudar em um país fora da Europa, e vice versa.

Existe alguma ajuda de custo?

O programa Erasmus Mundus oferece uma bolsa de estudos para os estudantes que passam no processo seletivo. O valor da bolsa varia de acordo com o país escolhido para estudar e a modalidade (estudo ou estágio). O site do Erasmus divulga o valor corrente das bolsas e seus complementos, clique em Bolsa do Ensino Superior para saber o valor atual.

Erasmus Mundus vs Erasmus +

Com o objetivo de facilitar a gestão dos programas de intercâmbios, combater o desemprego e gerar mais oportunidades de formação e aprendizado entre estudantes de diferentes países, a União Europeia juntou todos os programas de intercâmbio em um só criando assim o Erasmus +.

Os programas que foram unificados em um só, são:

  • Erasmus Mundus;
  • Aprendizagem ao Longo da Vida;
  • Juventude em Ação;
  • Tempus;
  • Alfa;
  • Leonardo Da Vinci;
  • Edulink;
  • Programas de cooperação com países industrializados no domínio do ensino superior.

Ações Erasmus + são:

  • Erasmus+: Comenius: Foco no ensino escolar;
  • Erasmus+: Erasmus: Foco no ensino superior dos países integrados no programa;
  • Erasmus+: Erasmus Mundus: Foco em Diplomas Conjuntos de Mestrado;
  • Erasmus+: Leonardo da Vinci: Foco em ensino e formações profissionais;
  • Erasmus+: Grundtvig: Foco em educação para adultos;
  • Erasmus+: Juventude em Ação: Foco em aprendizagem não-formal e informal dos jovens;
  • Erasmus+: Jean Monnet: Foco no domínio dos estudos sobre a União Europeia;
  • Erasmus+: Desporto: Foco em atividades de esporte.

Ou seja, o Erasmus Mundus “acabou” e agora faz parte das ações do Erasmus +.

Erasmus Mundus vs Intercâmbio

Já conseguimos perceber que o programa Erasmus Mundus é um tipo de intercâmbio. Mas você sabe quais as diferenças entre ele e os outros programas de intercâmbio?

A maior delas é que, através do Erasmus Mundus você consegue ter um diploma reconhecido internacionalmente, e ainda estudar em diversos países diferentes durante o seu tempo na universidade.

Além disso, é um programa que você não precisa gastar dinheiro para fazer. Pelo contrário, você inclusive recebe uma bolsa de estudos.

Erasmus +

Vale a pena fazer Erasmus Mundus?

Qualquer que seja a possibilidade que você tenha de acrescentar algo ao seu currículo e à sua formação, vale a pena. Uma experiência internacional é algo muito importante tanto para a sua carreira quanto para o seu crescimento pessoal.

Esse novo método de mestrado criado pelo Erasmus + me parece excelente, pois você se formar, tendo um diploma reconhecido internacionalmente é espetacular.

Imagina que assim você pode trabalhar em qualquer parte do mundo, sem ter que ficar pedindo reconhecimento do diploma e passando por essas burocracias chatas.

Além disso, com esse método, você vai passar por experiências incríveis, em diferentes países, aprendendo com professores de diversas culturas.

Erasmus Mundus: dicas para ser aprovado no processo seletivo

Agora que já sabemos como funciona o programa Erasmus Mundus, vamos dar algumas dicas valiosas sobre como conseguir ser aprovado no processo seletivo.

Pesquisar vagas

A pesquisa das vagas é a principal e primeira parte para conseguir uma bolsa. Sinceramente, é a parte mais chata do processo, mas imprescindível. O que acontece muito é que quando começamos a pesquisar pelas vagas, os sites das universidades não são muito claros.

Por causa disso, acontece de não conseguirmos todas as informações que queremos. Além disso, muitos sites de universidades não possuem uma versão em português, nos dificultando ainda mais o entendimento.

Mas mesmo assim, não desista. A pesquisa faz parte do processo e você vai precisar ser muito paciente e persistente.

Melhore o seu currículo

Ter um bom currículo pode te ajudar a garantir a sua vaga. Por isso, faça cursos extracurriculares, participe de trabalhos voluntários, aumente a sua experiência. Todos esses aspectos são muito valorizados pelas universidades no exterior.

Além disso, invista em um curso de línguas estrangeiras (principalmente a do país onde você quer estudar). Muitas vezes o certificado de proficiência em línguas é necessário para a inscrição no Erasmus Mundus.

Tenha um bom currículo acadêmico

Se você está cursando a universidade, você deve levar muito à sério as suas notas. Muitas vezes no Brasil nós não ligamos para isso, mas as universidades no exterior (e até as empresas) levam muito em conta as suas notas finais.

Por isso, se esforce para ter boas notas.

Não se desanime com um não

Sempre dizemos que “o não nós já temos”, e isso é verdade. Por isso temos que tentar. Se a sua primeira candidatura for rejeitada, não desanime. Veja o que você pode aprimorar para continuar a tentar. É muito difícil receber um “sim” logo de cara.

Procure pessoas que já fizeram intercâmbio

Com certeza você conhece alguém que já fez um intercâmbio. Pode ser algum colega de faculdade ou até um professor. Procure essa pessoa para trocar experiências. É muito bom conversar com quem já passou pelo processo seletivo para que você pegue algumas dicas que possam te ajudar.

A minha experiência com o programa Erasmus

Quando eu estava no mestrado eu tive a oportunidade de fazer Erasmus na Itália, durante um semestre. Foi uma das melhores experiências da minha vida.

Vivenciar uma nova cultura, assistir aulas em uma nova língua, fazer novas amizades… é tudo um desafio que você tem que enfrentar.

Correr atrás para não se perder durante as aulas e entender a matéria, pedir explicação para o professor, e não saber se ele está gritando porque é o jeito dele falar ou porque ele está nervoso…

Veja também como estudar na Itália.

Novas conquistas

Tudo isso faz parte e nos faz amadurecer e perceber que quando estamos fora da nossa zona de conforto é que vemos o quanto somos fortes e independentes.

Nesses seis meses na Itália, eu cresci muito como profissional, aprendi a desenvolver minhas habilidades de pesquisa e escrita, essenciais para o mestrado, e ainda melhorei minha capacidade de argumentação.

A vida é feita de desafios

Cresci pessoalmente, passei muitos perrengues e percebi que nada é fácil nessa vida e que devemos enfrentar o que é novo e os desafios, se queremos crescer e melhorar a cada dia.

Por isso, vale muito a pena fazer qualquer tipo de intercâmbio. Eu indico, e quando eu tiver oportunidade, farei outra vez.

Não posso deixar de lembrar que, se você for fazer intercâmbio na Europa, vai precisar de um seguro viagem intercâmbio, é obrigatório em 26 países europeus – e recomendado para todos os países! Saiba tudo aqui.

Você já viu todas as suas opções para estudar no exterior? Tem algum amigo que também tem vontade de fazer intercâmbio? Compartilhe esse artigo com ele!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Julia é brasileira, formada em Turismo e mora em Portugal há 6 anos. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.