Home Portugal Universidade de Coimbra: saiba como ingressar, preço e cursos

Universidade de Coimbra: saiba como ingressar, preço e cursos

0
Universidade de Coimbra: saiba como ingressar, preço e cursos
Universidade de Coimbra tem o maior número de estudantes brasileiros em Portugal

Estudar em Portugal é o objetivo de muitos jovens brasileiros, seja a graduação ou mestrado, o país atrai estudantes que buscam qualidade de ensino, de vida e bom custo-benefício. Dessa forma, a Universidade de Coimbra tem sido uma das opções mais buscadas pelos estudantes brasileiros.

Neste artigo, vamos apresentar em detalhes a instituição, melhores cursos, custos, como ingressas e se vale a pena escolher a UC, confira.

Conheça a Universidade de Coimbra

A Universidade de Coimbra é um das mais antigas instituições de ensino superior em Portugal, com a fundação que remonta ao ano de 1290. Além de figurar no ranking de melhores universidades em Portugal é uma pioneira em abrir vagas para estudantes brasileiros ingressarem por meio do Enem.

Atualmente a UC é composta por oito Faculdades: Letras, Direito, Medicina, Ciências e Tecnologia, Farmácia, Economia, Psicologia e Ciências da Educação, Ciências do Desporto e Educação Física. São cerca de 25 mil estudantes, sendo que cerca de 5 mil são de nacionalidade estrangeira de 41 nacionalidades.

Quer morar em Portugal com segurança e qualidade de vida?

Recomendamos a assessoria boutique da Atlantic Bridge, para quem deseja ir para Portugal de forma planejada, sem contratempos e com a segurança de ser acompanhado pelos profissionais mais experientes do mercado.

Como entrar na Universidade de Coimbra?

A Universidade de Coimbra foi a primeira instituição portuguesa a aceitar o Enem como forma de ingresso e facilitar estudar em Portugal. Essa é a maneira mais usada pelos brasileiros que pretendem estudar na universidade. Porém, existem também outras formas de ingresso, a seguir detalhamos:

1. Como se candidatar a universidade de Coimbra pelo Enem

A nota do Enem é a principal forma de ingresso dos estudantes brasileiros para a graduação. Os alunos que ingressam pelo Enem tem status de estudante internacional. Esse processo também pode ser a opção de alunos com cidadania europeia que não tem residência nesses países – com exceção da portuguesa que, obrigatoriamente, devem concorrer pelo concurso nacional.

O Enem pode ser usado como forma de ingresso nos cursos de Licenciatura e Mestrado Integrado, em ambos é preciso atender as notas de corte da universidade e realizar as conversões de acordo com a fórmula disponibilizada pela universidade.

Caso o aluno não tenha feito o ENEM ou não tenha nota suficiente, é preciso fazer o “ano zero” para depois iniciar o curso que deseja.

Prazos de candidatura

O processo de candidatura é todo realizado online e pode ser feito pelo site da UC. Assim como outras universidades portuguesas, o processo acontece em 3 fases, ou seja, são 3 momentos nos quais é possível se candidatar:

  • 1ª fase: acontece de meados de dezembro até final de janeiro com resultado no início de fevereiro;
  • 2ª fase: acontece no mês de março até meados de abril, com resultado no final de abril;
  • 3ª fase: a última oportunidade para se candidatar acontece de meados de junho a meados de agosto, com resultado no final do mês.

O ideal é se candidatar na primeira ou, no máximo, na segunda fase, uma vez que é preciso ter a carta de aceita para dar entrada no visto. As datas podem sofrer alguma alteração de um ano para outro, por isso, verifique os prazos antes de iniciar o processo.

Documentos para candidatura

  • Autodeclaração de que o candidato não tem nacionalidade portuguesa, nem está abrangido por nenhuma das condições que impedem a candidatura a este concurso e de que está na posse dos pré-requisitos, caso sejam exigidos;
  • Autodeclaração das classificações obtidas no Enem ou print screen (tela) das classificações obtidas no Enem;
  • Documento comprovativo da conclusão do ensino médio;
  • Cópia simples do documento de identificação, que pode ser passaporte ou carteira de identidade.

2. Candidatura pelo processo tradicional

A candidatura pelo processo tradicional, que se aplica a quem vive há mais de 2 anos em Portugal ou tem cidadania portuguesa, acontece de forma diferente, não sendo possível usar a nota do Enem.

Os estudantes com cidadania ou equiparados, precisam realizar o Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior Público, uma prova unificada, semelhante ao Enem que permite candidatura para até, 6 cursos/universidades. Dessa forma, é preciso realizar os exames que acontecem anualmente para se candidatar.

O processo nacional acontece em duas fases, sendo a primeira em agosto e a segunda, referente às vagas remanescentes, em setembro. Pode haver também uma 3ª fase, quando houver vagas.

estudar na Universidade de Coimbra em Portugal

E para mestrado e doutorado?

Nesse caso, os estudantes brasileiros precisam se candidatar diretamente no site da Universidade, para concorrer com alunos portugueses, europeus e internacionais.

Quais são os cursos da Universidade de Coimbra?

É impossível falar da Universidade de Coimbra sem se lembrar de um dos cursos mais referenciados da universidade: Direito. O curso oferecido na modalidade de licenciatura, com duração de 3 anos é um dos principais da instituição.

Os cursos de mestrado integrado na área da engenharia também são bem reconhecidos, entre eles Engenharia de civil e Engenharia electrotécnica e de computadores. Com duração de 5 anos os cursos conferem grau de mestre aos estudantes.

Já na área da saúde, o curso de Medicina Dentária é outro bastante reconhecido e muito bem-conceituado na universidade. Com duração de 5 anos, o curso também confere grau de mestre e é uma das principais opções para quem deseja estudar na área da saúde.

Medicina na Universidade de Coimbra

O curso de Medicina na UC é bastante reconhecido, estando entra as principais ofertas da universidade e um notas de corte mais elevadas no país. Porém, é preciso ficar atendo a um detalhe, estudantes brasileiros não podem concorrer a vagas no curso. Apenas cidadãos portugueses e europeus, ou estudantes equiparados, podem concorrer a vagas.

Dessa forma, para ingressar no curso de Medicina não é possível usar a nota do Enem, os estudantes precisam realizar o processo pelo Exame Nacional, caso estejam em condições de concorrer a vaga.

Melhores cursos da Universidade de Coimbra

  • Direito;
  • Economia;
  • Engenharia Civil;
  • Engenharia Elétrica e Eletrônica;
  • Engenharia Mecânica, Aeronáutica e de Produção;
  • Engenharia Química;
  • Estatística;
  • Farmácia;
  • Geografia;
  • Línguas Modernas;
  • Medicina;
  • Química.

Quanto custa estudar na universidade de Coimbra?

A universidade de Coimbra é paga, apesar de ser pública, assim como todas as universidades portuguesas. O valor dos cursos depende da faculdade e da modalidade do estudante.

Os estudantes que ingressam como nacionais, ou seja, aqueles que tem cidadania portuguesa ou europeia e aqueles que já vivem em Portugal com estatuto de igualdade, tem valores reduzidos na licenciatura, mestrado integrado e mestrado.  O valor da propina é anual e na UC podem ser pagos em 10 vezes, com primeira parcela na inscrição e a última em junho.

Veja aqui os valores para licenciatura para 2020/2021 para alunos nacionais e equiparados e aqui os valores para estudantes internacionais para 2020/2021 onde se enquadram os brasileiros.

Licenciatura e Mestrado Integrado

Os valores na Universidade para a Licenciatura e Mestrado integrado são padrão em todos os cursos. Para os estudantes nacionais o valor é de 697€, enquanto os estudantes internacionais, nos quais se enquadram os brasileiros, o valor é 7 mil euros.

Diferente do que acontece em algumas universidades, como a UPorto, não há valores reduzidos para estudantes CPLP – Comunidade de Países de Língua Portuguesa.

Mestrado

Faculdade Curso Propina nacional Propina internacional – brasileiros
Faculdade de Letras Mestrado em Jornalismo e Comunicação 1.063,47€ 7 mil euros
Faculdade de Direito Mestrado em Direito 1.200€ 7 mil euros
Faculdade de Economia Mestrado em Gestão 1.063,47€ 7 mil euros
Faculdade de Farmácia Mestrado em Segurança Alimentar 1.250€ 7 mil euros

Confira em detalhes quanto custa estudar em Portugal e descubra quais as universidades mais caras e as mais baratas.

Doutorado

Faculdade Curso Propina*
Faculdade de Ciências e Tecnologia Doutoramento em Arquitetura 2.750€
Faculdade de Direito Doutoramento em Direito 1.600€
Faculdade de Medicina Doutoramento em Ciências da Saúde 2.500€
Faculdade de Letras Doutoramento em Turismo, Património e Território 2.500€

* No caso do Doutoramento, não há diferença nas propinas para os estudantes nacionais e internacionais.

Bolsas de estudo para a Universidade de Coimbra

Existem vários programas de bolsas de estudo para Portugal, porém, a Universidade de Coimbra apresenta ainda outros programas de bolsas.

O mais conhecido deles é o programa de Bolsas de mérito para Estudantes Internacionais, nele os estudantes que obtenham classificação de acesso igual ou superior a 16 valores (160 pontos) podem concorrer a bolsa. A bolsa é renovável anualmente, tendo apenas que arcar com o valor de 30% da propina do primeiro ano.

Há, ainda, o Quadro de Mérito destinados aos 5% dos alunos melhor colocados em cada ano do percurso acadêmico.

Outros programas de bolsas de estudo e apoio aos estudantes estão disponíveis no site do Sasuc – Serviço de Ação Social da Universidade de Coimbra.

estudantes em Coimbra

Custo de vida em Coimbra para estudantes

O custo de vida é outro fator importante a ser considerado ao escolher uma universidade. Morar em Coimbra pode ser bem mais barato que em outras grandes cidades portuguesas, especialmente por causa do alojamento. É muito comum

Despesas de alojamento em Coimbra

O mais comum, para estudantes em Coimbra, é alugar quartos ou tentar uma vaga nos alojamentos da universidade. A seguir apresentamos os preços médios, confira:

Quatro Individual Compartilhado
Alojamento da universidade 141€ a 186€ 81€ a 123€ por pessoa
Quatro em casa compartilhada 180€ a 300€ 150€ a 200€ por pessoa

Despesas gerais

Existem, ainda, outros gastos na vida dos estudantes em Coimbra, entre eles alimentação, transporte e lazer. A seguir apresentamos alguns deles, confira:

Item Valor
Alimentação – bandejão 2,40€ por refeição
Alimentação – supermercado 110€
Transporte – passe de estudante 15€
Lazer 120€

Gasto médio mensal dos estudantes brasileiros

Para entender melhor os gastos que um estudante de licenciatura ou mestrado integrado pode ter ao viver em Coimbra, fizemos uma estimativa geral considerando as propinas mensais, aluguel de quarto individual e a alimentação nos restaurantes da universidade. Confira:

Item Valor
Propina 700€
Alojamento 186€
Alimentação – 2 refeições diárias no bandejão 144€
Transporte 15€
Lazer 120€
Total 1.165€

No site Numbeo também é possível conferir os valores gerais do custo de vida em Coimbra.

Vale a pena escolher a Universidade de Coimbra para estudar em Portugal?

A Universidade de Coimbra é uma das mais conceituadas de Portugal e está bem posicionada nos rankings mundiais. Além disso, a universidade é bem tradicional e foi uma das primeiras a abrir oportunidades para estudantes brasileiros ingressarem com a nota do Enem.

Entre as principais vantagens da UC está a qualidade, facilidade de ingresso e custo de vida da cidade mais baixo que outras grandes cidades portuguesas. Por outro lado está o custo elevado dos cursos de Licenciatura, Mestrado Integrado e Mestrado entre as principais desvantagens para estudantes brasileiros que não tem cidadania europeia.

Assim, pela qualidade de ensino e estrutura da universidade, estudar na Universidade de Coimbra vale a pena, mas pelos custos envolvidos, pode não ser a melhor escolha. A nossa dica é que você pesquise bem o curso no qual deseja ingressar, conheça a estrutura, compare com outras universidades portuguesas e outras cidades e avalia se a melhor escolha para você.

Planejando estudar em Portugal? Da Licenciatura ao Doutorado, lançamos um guia super completo com todas as informações que você precisa. O e-book Estudar em Portugal apresenta todas as informações necessárias, desde a candidatura, passando pelo visto, até o período de adaptação no país.

1