Saúde na Irlanda: como é o sistema de atendimento no país

Quem pensa em morar em outro país leva em consideração uma série de fatores para poder tomar a decisão mais acertada. Um dos itens que devemos pensar é o sistema de saúde do país para o qual desejamos imigrar. Neste artigo, irei explicar como funciona o sistema de saúde na Irlanda.

Saúde na Irlanda e o que atrai muitos brasileiros para o país

Um número cada vez maior de brasileiros tem escolhido a Irlanda para chamar de lar. Durante quatro anos, eu fui uma dessas brasileiras. Morei na famosa ilha Esmeralda entre 2014 e 2017.

Muitos de nós escolhemos a Irlanda por ser um dos poucos países da Europa que oferece o visto de estudo e trabalho, permitindo que o imigrante vá para o país durante oito meses para estudar inglês e também trabalhar.

Os altos salários e as oportunidades de emprego são outros fatores que fazem com que brasileiros decidam ir morar na Irlanda. Ao mesmo tempo, esse é um país completamente diferente do nosso, seja em seus costumes e tradições como também na forma de funcionamento de suas instituições.

Informar-se sobre o sistema de saúde irlandês é essencial antes de imigrarmos, porque, como sabemos, geralmente procuramos um médico quando há algo de errado. E, nessas horas, quem sabe como funciona a saúde na Irlanda ganha vantagem.

Precisa enviar dinheiro para o exterior?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Como é a saúde na Irlanda?

O sistema de saúde irlandês tem grande diferença em relação ao nosso. Se você conhece alguém que já emigrou para esse país, com certeza já ouviu algum comentário em relação à saúde por ali, visto que esse é um ponto crítico até mesmo para os irlandeses.

O conceito de saúde pública praticamente inexiste na Irlanda e, por isso, é necessário pagar pelas consultas. A saúde pública gratuita existe apenas em alguns casos específicos, que serão explicados mais adiante.

Quem necessita de atendimento médico na Irlanda é primeiro atendido pelo general practitioner (GP), que é o que chamamos no Brasil de clínico geral.

Esse profissional pode te atender tanto em uma clínica quanto na sua casa, e será o responsável pelo primeiro exame a fim de verificar o seu caso.

Taxas pagas pelo atendimento médico

Então, ele pode te encaminhar para o hospital ou um médico especialista para que seja realizado o exame específico relacionado ao seu caso. O atendimento do GP costuma ter preço entre 50€ e 70€.

Devido ao fato de não haver saúde pública, o atendimento em um hospital público em casos de urgências ocorre com a cobrança de taxas. Uma consulta por motivo de doença ou por acidente, por exemplo, custa 100€ para aqueles que não possuem seguro.

Farmácia na Irlanda

Caso você seja encaminhado ao hospital pelo GP, não será necessário pagar essa taxa.

De forma geral, as áreas de atendimento do Brasil têm exames de maior qualidade do que aqueles na Irlanda, com exceção da área obstétrica, que é considerada mais avançada na Ilha Esmeralda do que no nosso país.

Adaptação à Irlanda: veja a opinião de quem não conseguiu se adaptar ao país.

Saúde pública na Irlanda: quem tem gratuidade?

Conforme mencionei, a saúde pública gratuita ocorre em casos específicos. Crianças irlandesas com menos de seis semanas de idade podem ser atendidas na saúde pública.

Portadores do Medical Card, benefício concedido a cidadãos europeus que comprovem a impossibilidade de arcar com despesas médicas, aposentados e crianças até seis anos de idade também não necessitam pagar por esse atendimento.

O encaminhamento do GP para hospitais do sistema de saúde público para casos não emergenciais pode ter uma longa espera, chegando a meses para que o agendamento ocorra. Claro que essa espera depende do exame a ser realizado, do local e da especialidade.

A taxa de 100€ para atendimento emergencial é aplicada nos ambulatórios ou departamentos de emergência de hospitais públicos da Irlanda, com exceção de gestantes, portadores do Medical Card e pacientes em processo de tratamento de doenças infectocontagiosas.

Saúde privada: como são os planos de saúde no país

A saúde privada é a denominação dos diferentes planos de saúde existentes. Antes de contratar um plano de saúde, é essencial verificar todas as informações relacionadas à cobertura do mesmo, os hospitais e clínicas com os quais ele faz parceria e as condições de atendimento.

O contrato dos planos de saúde costuma ter vigência de um ano com renovação automática e, portanto, quem não deseja renovar o plano deve informar a seguradora com antecedência.

A principal vantagem do plano de saúde é diminuir a demora dos atendimentos que, como eu disse, pode ser longa em hospitais públicos. Existem planos com descontos para familiares e algumas empresas até mesmo oferecem parceria com planos de saúde.

dublin ponte james joyce

O seguro saúde é obrigatório?

Cidadãos europeus que residam na Irlanda não necessariamente precisam obter um seguro saúde. As condições do governo irlandês acerca da obrigatoriedade do seguro saúde aplicam-se a estrangeiros provenientes de países de fora da União Europeia e que não possuam cidadania de um dos países participantes do Tratado de Schengen.

Se você é cidadão brasileiro sem cidadania europeia que imigra para a Irlanda sob a condição do visto de estudo e trabalho, deve obrigatoriamente contratar um seguro saúde antes de sua viagem.

Estudantes em intercâmbio na Irlanda precisam de seguro de saúde?

A contratação desse serviço não era obrigatória até o ano de 2011, mas passou a ser uma das exigências do governo irlandês para todos os cidadãos estrangeiros que permaneçam na ilha por um período maior do que 90 dias.

O seguro saúde fornecido pelo governo tem valor em torno 120 a 150 euros e deve ser adquirido pelo estudante antes de emigrar para o país. Ainda que você não tenha que obter o visto antes de chegar na Irlanda, o oficial no aeroporto pode pedir pelos seus documentos relacionados ao seguro saúde.

Veja como é a imigração na Irlanda neste artigo.

Minha experiência

Quando eu imigrei para a Irlanda, em 2014, contratei o meu visto de estudo e trabalho diretamente com a escola, sem o auxílio de uma agência de intercâmbio. Isso me ajudou a economizar dinheiro, mas também forneceu algumas dores de cabeça.

A escola me auxiliou no processo de obtenção do seguro de saúde governamental e ressaltou a importância de que eu mantivesse esses documentos que comprovavam que eu estava assegurada quando fosse passar na imigração. E foi preciso mesmo.

Ressalto: você está chegando em um país novo, muitas vezes sem falar tão bem inglês, e deve passar pelo estressante processo que é conversar com um oficial da imigração que tem o poder de decidir a sua entrada e permanência no país.

Se os seus documentos estiverem organizados e certinhos, não há com o que se preocupar.Por isso, não se esqueça de se informar com a agência ou escola acerca do seguro saúde.

galway dock irlanda

O seguro viagem é obrigatório para entrar no país?

Cidadãos brasileiros que desejam viajar para a Europa devem ter um seguro viagem internacional, com cobertura mínima de 30.000€.

Esse seguro é essencial para fornecer tranquilidade e segurança para aqueles que viajam para o continente europeu e se prevenir contra possíveis imprevistos que possam ocorrer durante a viagem.

Se você está viajando com uma agência, provavelmente o valor do seguro está coberto no seu pacote. Caso contrário, é necessário contratar um seguro viagem que se encaixe nos moldes exigidos pela União Europeia.

Custos com saúde na Irlanda

Conforme eu expliquei, a saúde pública não é sinônimo de gratuidade na Irlanda. Aqueles que desejam um atendimento em caráter não emergencial devem ser atendidos por um general practitioner, cujo valor de consulta gira em torno de 50 a 70€.

O atendimento em caráter emergencial em hospitais de saúde pública tem valor em torno dos 100€, e costuma incluir possíveis exames que possam ser solicitados. É recomendável que você procure o GP para que ele possa te encaminhar para o hospital e, dessa forma, você evite pagar essa taxa emergencial.

Os valores de plano de saúde podem variar de acordo com o tipo de plano de saúde contratado, e é essencial ler e entender todas as cláusulas do plano antes de contratá-lo, a fim de entender sua cobertura.

A saúde na Irlanda funciona de forma diferente daquela que estamos acostumados no Brasil, e é essencial entender tal funcionamento antes que seja necessário consultar-se com um médico.

Eu tenho uma amiga que, no ano de 2015, sofreu um pequeno acidente e teve que ir ao hospital público de um movimentado bairro de Dublin.

Além de pagar a taxa de 100€, ela teve que esperar longas horas para ser atendida, e o próprio médico a avisou que o atendimento costuma ser mais rápido caso o GP seja contactado e, então, encaminhe o paciente para o hospital.

Dicas finais

  • Informe-se acerca do seguro saúde que você contratou e dos clínicos gerais disponíveis no bairro em que você deseja morar para evitar surpresas desagradáveis na hora de uma emergência;
  • Mantenha salvo em seu celular os números de emergência, do GP e do hospital mais próximo, bem como do seu contato emergencial;
  • Muitos seguros de saúde e planos de saúde dispõem de um cartão que pode ser guardado na carteira para ser facilmente acessível em caso de emergência;
  • A rapidez do atendimento de saúde na Irlanda também está sujeita à cidade e ao bairro em que você se localiza já que, como é de se esperar, bairros populosos podem ter um atendimento de saúde mais lento.

Quer saber mais sobre viver na Irlanda? Então descubra qual é o custo de vida em Dublin.

Carol é natural de São Paulo, mas já morou na Itália, Irlanda e, atualmente, mora na capital de Portugal, Lisboa. Formada em Letras pela Universidade de São Paulo, ela faz mestrado em tradução na Universidade de Lisboa e trabalha como redatora por paixão. Comunicativa, gosta de compartilhar dicas sobre viagem, tecnologia e a vida no exterior por acreditar que essas informações possam ajudar outras pessoas. Ela também é criadora de conteúdo no Instagram, na área de edição de vídeos.

Artigos relacionados

Como morar na Irlanda: confira tudo sobre viver no país

Como morar na Irlanda: saiba o custo de vida, vantagens e desvantagens, visto, como alugar e comprar casa e as melhores zonas e cidades.

Custo de vida na Irlanda: confira os gastos médios mensais

Saiba qual é o custo de vida na Irlanda, os gastos mensais médios, quanto é um bom salário no país, além de outras informações.

Como trabalhar na Irlanda: conheça o mercado e oportunidades

Trabalhar na Irlanda é seu objetivo? Reunimos tudo que precisa saber: salário mínimo, melhores áreas para trabalhar e onde procurar emprego.

Emprego na Irlanda: veja o que é preciso para conseguir o seu

Saiba como conseguir emprego na Irlanda, em quais áreas existem mais oportunidades, onde procurar, como conseguir o visto de trabalho e mais.

Comidas típicas da Irlanda: conheça as comidas e bebidas tradicionais

Conheça as comidas típicas da Irlanda. Saiba quais são os melhores pratos, como são feitos, qual a sua origem e as bebidas típicas da Ilha da Esmeralda.

Alugar apartamento na Irlanda: como encontrar o imóvel ideal

Confira aqui dicas de como alugar apartamento na Irlanda, melhores sites, média de preços e encontre o melhor imóvel para sua estadia no país.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube