Priority Pass: veja como ter acesso à sala VIP dos aeroportos

Passagens Aéreas  / 

Horas de espera, filas para comprar um café ou um sanduíche, preços abusivos, mais filas para utilizar o banheiro, nenhuma tomada para recarregar seu celular ou notebook, poltronas nada confortáveis para sentar (isso quando elas estão disponíveis). Se essa é a imagem que vem à sua cabeça quando pensa em aeroportos, talvez você esteja precisando participar de um clube exclusivo, chamado Priority Pass.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

O que é o Priority Pass?

O site Priority Pass é um clube VIP (“very important person” na sigla em inglês). Ao entrar no clube, comprando sua associação pelo site da empresa, você passa a ser membro, com acesso a salas VIP de aeroportos do mundo todo.

É um serviço para quem gosta de conforto na viagem. E, diferentemente de outros serviços similares que existem no mercado, ele não exige passagem de primeira classe, nem bilhete de companhias aéreas específicas ou cartões de crédito com anuidades altas.

Basta entrar no site, realizar o cadastro, pagar e começar a usufruir.

O melhor: o preço não é absurdo. Custa a partir de 99 dólares por ano (ou R$33 ao mês).

História da empresa

O Priority Pass existe desde 1992. Nasceu da constatação de que todos querem desfrutar do conforto oferecido para a primeira classe nas salas VIP, mesmo que com bilhete de embarque para a classe executiva ou econômica.

Assim surgiu a ideia do clube “inclusivo”.

Atualmente, são mais de 1300 salas, em 600 cidades de 148 países do mundo todo.

O que o Priority Pass oferece

Entre as comodidades oferecidas pelo Priority Pass, há mesas de trabalho com internet gratuita; poltronas confortáveis para descanso; lanches, bebidas e drinques já inclusos no valor da assinatura; banheiros (até mesmo com chuveiro em algumas salas); tratamentos de spa; venda de produtos de luxo e outros “mimos”.

Priority Pass sala VIP

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Como participar

Para fazer parte do clube, basta se cadastrar no site da Priority Pass e efetuar o pagamento.

Não é preciso reservar antecipadamente as salas e é possível utilizar o cartão digital do associado, sem necessidade de apresentar o cartão físico.

Quanto custa?

São três planos oferecidos pela empresa, e os valores são estipulados em uma estimativa da quantidade de vezes que o associado fará uso das salas:

  • Standard, por 99 dólares, recomendado para o viajante ocasional. Nesse plano, o associado paga mais 32 dólares a cada visita.
  • Standard Plus, 299 dólares, para o viajante regular. O plano inclui dez utilizações gratuitas de sala. Depois, paga-se 32 dólares a cada utilização a mais.
  • Prestige, 429 dólares, para o viajante frequente. A utilização de salas é ilimitada.

Os valores são anuais.

Pontos positivos do Priority Pass

  • É possível levar convidados, mediante pagamento de uma taxa extra (32 dólares);
  • É possível levar crianças, desde que acompanhadas de adulto responsável;
  • Possui aplicativo bastante funcional e elogiado no Google Play e na Apple Store.

Pontos negativos do Priority Pass

  • A empresa é americana e afirma possuir suporte para atendimento em português de segunda a sexta, das 7h às 20h. No entanto, para atendimento telefônico, é preciso ligar para os Estados Unidos pelos telefones +1 800 352 2834 ou +1 972 735 0536. Outra maneira de contato é pelo e-mail [email protected]
  • Limitações de permanência: em algumas salas, há um limite de horas de permanência (por exemplo, o associado só pode usufruir de duas ou três horas no espaço). E o acesso também pode ser restrito devido às limitações de lugares de cada sala.
  • As salas não são todas mantidas pelo Priority Pass. Elas geralmente são resultado de parcerias com companhias aéreas ou bandeiras de cartões de crédito. Ou seja: não espere encontrar o mesmo serviço e o mesmo conforto em todas as salas. O atendimento não é padronizado e até mesmo as regras de utilização mudam de sala para sala.

Visite o site da Priority Pass e conheça você mesmo todos os serviços e benefícios do clube VIP.

Opinião dos consumidores sobre o Priority Pass

Play Store e Apple Store

Os usuários dos aplicativos do Priority Pass estão bastante satisfeitos com o serviço.

  • Na Apple Store, a avaliação é 4.6 em 5 estrelas;
  • Na Play Store, a avaliação é de 4.3 em 5 estrelas.

Reclame Aqui

Consultamos o portal Reclame Aqui, de queixas de consumidores. Não há avaliação do Priority Pass nos últimos dois anos devido ao baixo número de reclamações.

Na avaliação geral, a empresa é “não recomendada” e isso se explica porque as queixas, mesmo que poucas, não são respondidas pela empresa. Novamente, a falta de atendimento no Brasil prejudica a boa reputação.

Entre as queixas existentes, há relatos de cobranças indevidas no cartão de crédito, de renovação de assinatura sem autorização do cliente e de acesso negado em algumas salas VIP.

Trustpilot

No site Trustpilot, mais insatisfação, de usuários do mundo todo. Na avaliação da Priority Pass,  74% dos usuários do portal consideram o serviço oferecido pelo Priority Pass “muito ruim”. Para 8%, é “excelente”; 7% “ruim”; 6% “muito bom” e 5% “bom”.

Confira algumas opiniões que traduzimos do Trustpilot:

“Depende do aeroporto. Alguns não oferecem um serviço que justifique o custo. O PP (Priority Pass) deve classificar os aeroportos e cobrar de acordo”.

“Grande variedade de salas em todo o mundo, às quais você tem acesso por uma taxa bastante razoável. Uso o Priority Pass há anos e considero inestimável para um passageiro frequente”.

Recomendação do Euro Dicas

A proposta do serviço é bastante interessante para quem usa muito os aeroportos. Se esse não for o seu caso e você só fizer uso em uma ou duas viagens anuais, o custo possivelmente não se justifique.

Além do valor, percebemos que o serviço tem apresentado barreiras ao bom funcionamento do clube, especialmente entre salas VIP do Brasil.

Um primeiro passo para reverter esse quadro seria a empresa providenciar atendimento em português, inclusive para melhorar sua avaliação e, assim, manter-se bem posicionada no mercado.

Depois, é preciso garantir que o atendimento VIP seja efetivamente realizado. O cliente não está pagando para receber um serviço comum, ele está aceitando pagar por algo que não é essencial, a fim de ter seus desejos atendidos. Afinal, no mercado VIP, as expectativas precisam ser realizadas!

Expectativa x realidade

Por outro lado, quem viaja bastante, principalmente com conexões, sabe das dificuldades encontradas e dos valores abusivos praticados nos aeroportos.

Ter um local tranquilo, com refeição garantida, e até, porque não, com a possibilidade de tomar um banho entre voos, pode sim valer o investimento. Só não espere o atendimento VIP dos sonhos em todos os aeroportos. Pode ser que seus planos sejam frustrados em alguma parada.

Boa sorte!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Cláudia Zucare Boscoli trabalha como jornalista há 20 anos, tendo se formado na Cásper
Líbero, com extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha),
especialização em Marketing Digital pela FGV e pós-graduação em Jornalismo Econômico
pela PUC-SP. Já trabalhou para IstoÉ Online, O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo e
Editora Abril, entre outros veículos. Adora viajar, conhecer novas culturas e contar o que
descobriu.