Pesquisa realizada pelo Departamento Federal de Estatística (Destatis) mostra que o número de imigração aumentou 6,5% em 2022, chegando a 20,2 milhões de pessoas com histórico migratório no país.

Fatores como o conflito entre Rússia e Ucrânia, emprego ou reagrupamento familiar são citados como uns dos principais fatores pelo aumento da imigração nos últimos anos, chegando a um número de 7,3% de imigrantes, com grande volume de refugiados.

Número de imigrantes em ascensão na Alemanha

Segundo dados publicados pelo Departamento Federal de Estatística (Destatis) em números colhidos através do micro censo, o país registrou um aumento de 6,5% de imigrantes a mais em relação ao ano de 2021.

O número aponta um crescimento de 1,2 milhões de imigrantes ou com histórico familiar de imigração, alcançando um percentual de 24,3% de parcela na população do País.

Dentro dessa porcentagem, a pesquisa mostra que, em questão de gênero, os homens são a maioria com antecedentes de imigração, chegando a 24,8% em comparação com as mulheres, que ocupam 23,8%.

Quem é considerado como um imigrante na Alemanha?

Os critérios para a definição da população com histórico de imigração são definidos pela Comissão de Peritos em Capacidade de Integração, considerando pessoas que imigraram para a Alemanha desde 1950, a primeira geração, assim como seus descendentes diretos.

Considerando os números anteriores, isso significa que dos 20,2 milhões de pessoas com histórico de imigração na Alemanha, 15,3 milhões estão no país desde 1950, o que representa 18,4% da população.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Cerca de 5,9% da população com histórico de imigração, ou seja, 4,9 milhões de pessoas, são descendentes diretos desses imigrantes ou nascidos no país com ambos pais imigrantes desde 1950.

Número de descendentes de imigrantes diminuiu

Um dado interessante citado no resultado da pesquisa é de que o número de descendentes diretos de pais imigrantes nascidos no país caiu em comparação ao número de imigrantes chegados em 2022.

Esse aumento deve-se ao número elevado de refugiados que chegaram à Alemanha em consequência de conflitos em seus países, mais especificamente vindos da Ucrânia, Síria e Afeganistão.

Gráfico de imigração na Alemanha
Dados da população da Alemanha por característica imigratória. Fonte: Statistiches Bundesamt (Destatis), 2023.

Número de descendentes com apenas um genitor imigrante

Em 2022, o número de pessoas nascidas na Alemanha com apenas uma parte dos pais com histórico de imigração é de 3,9 milhões, ou seja, 4,6% da população. Esse total representa um aumento de 3,5% de descendentes com histórico de imigração em relação ao ano anterior (2021).

Apesar do antecedente imigratório por parte de um dos pais, conforme os requisitos utilizados por essa pesquisa, essas pessoas não são contabilizadas como parte de população com histórico de imigração.

População imigrante: idade e origem

O resultado da pesquisa mostra que a faixa etária dos imigrantes é mais baixa do que das pessoas sem nenhum histórico de imigração.

Em 2013, a idade média da população imigrante era de 29,9 anos, em comparação à idade do grupo de pessoas não imigrantes, cerca 47 anos. A parcela de homens que imigraram nessa mesma época foi de 53% e 47% eram mulheres.

O que motiva os estrangeiros a emigrar para a Alemanha

O ano de 2013 registrou um grande aumento da imigração em consequência de fatores como fuga, busca por emprego e reagrupamento familiar. Para além de tais motivos, a procura por estudos, formação e profissionalização estão entre os fatores principais de escolha pela imigração para Alemanha.

Diante do conflito iniciado no ano de 2022 entre a Rússia e Ucrânia, o número de imigrantes aumentou de forma exponencial na Alemanha. Dentre os países de origem da população imigrante, três são citados como os principais: Síria (16%), a Roménia (7%) e a Polónia (6%).

Os refugiados chegados da Ucrânia em 2022 não estão totalmente contabilizados no censo, mas já representam 5% da imigração.

População brasileira na Alemanha: números oficiais x estimativas

Em estimativa sobre distribuição e localização dos brasileiros residentes fora do Brasil, atualizada em agosto de 2022 pelo Itamaraty, o número de brasileiros que vivem no exterior chega a 4,4 milhões. Apenas na Alemanha, o número de compatriotas chega a 138.955, conforme o documento.

O número vai em contraste com pesquisa realizada pela Statista, órgão alemão de pesquisa, que divulgou um número de 50.975 no ano de 2021, um aumento de 1.475 cidadãos brasileiros a mais do que no ano de 2020.

A diferença nos números possivelmente ocorre por diversos fatores como, por exemplo, o não registro oficial de residência na prefeitura da cidade onde o brasileiro mora, conhecido na Alemanha como “Anmeldung”. Esse registro é o passo principal para os trâmites necessários na aquisição de um o Título de Residência (Aufenhaltstitel).

Alemanha tem uma grande comunidade brasileira

De acordo com o Itamaraty, a Alemanha está entre os países com maiores comunidades brasileiras, segundo dados do ano de 2021. O gráfico publicado pela repartição mostra que a Europa contabilizou um total de 1.360.881 brasileiros no ano de 2021.

Veja o número de brasileiros na Alemanha contabilizados pela Embaixada e Consulados do Brasil:

Embaixada do Brasil em Berlim 40.000
Consulado-Geral do Brasil em Frankfurt 47.955
Consulado-Geral do Brasil em Munique 51.000

A porcentagem exata de brasileiros dentro da Alemanha é incerta. O Departamento Federal de Estatística (Destatis) não especifica a porcentagem de imigrantes vindos do Brasil, incluindo-os no grupo de apátridas, não contabilizados, não especificados e /ou transcontinentais, somando um total de 127 27, juntamente com outras nacionalidades.

Por outro lado, em pesquisa divulgada pela Agência Federal de Educação Cívica (BPB), com dados de dezembro de 2020, o número de brasileiros era de 49.500 habitantes, representando um total de 0,4% da população imigrante na Alemanha.