Comprar passagem com milhas aéreas

Passagens Aéreas  / 

Comprar passagem com milhas aéreas, você provavelmente conhece ou já ouviu falar de alguém que faz muito bom uso delas. Trocar milhas por passagens nacionais ou para o exterior pode até te parecer coisa de quem viaja muito ou gasta fortunas no cartão de crédito. Mas a verdade é que hoje em dia é muito mais fácil acumular e trocar milhas pela viagem dos sonhos.

Como comprar passagem com milhas aéreas

Em conceito, o sistema de milhagem foi uma maneira bastante assertiva das companhias aéreas de conseguir fidelizar e recompensar de alguma forma esse viajante assíduo. Inicialmente, a recompensa funciona revertendo cada milha de voo em uma milha “física”, que passa a ser acumulada no cadastro do cliente.

Trocar as milhas pela passagem, produtos ou upgrades

Assim que reunir determinada quantia, será possível, portanto, efetuar a troca das pontuações e comprar passagem com milhas aéreas, trocar por produtos diversos da companhia ou mesmo optar por upgrades, como voar de classe executiva, por exemplo.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

No entanto, comprar passagem com milhas aéreas tem alguns aspectos que necessitam de atenção, como você vai entender.

Saiba também como funciona e se vale a pena voar com companhia aérea low cost.

É preciso estar inscrito em algum programa de milhagem

No entanto, não basta somente viajar para conseguir esses pontos. Para começar a acumular, é preciso estar inscrito em algum programa de milhagem, oferecido pela companhia aérea; por um programa de vantagens conveniado; ou reunindo pontos através do seu cartão de crédito.

Em praticamente todos os casos, é importante ficar atento à validade das milhas ou pontos obtidos, que geralmente expiram dentro de dois anos.

Como conseguir milhas? Só viajando?

Se você não é um viajante assíduo, provavelmente vai demorar muito tempo para fazer valer a pena um programa de milhagem. Nestes casos, é possível também aderir ao sistema através do seu cartão de crédito, acumulando pontos ao invés de milhas; e também com programas de vantagens como o Multiplus, netpoints e Km de Vantagens, oferecidos por lojas, farmácias, supermercados, postos de gasolina e outros estabelecimentos. Veja como proceder em cada caso.

Programas de milhas e vantagens

Programas de milhas e vantagens

Antes de perguntar qual o melhor programa de milhas para começar a acumular, responda: qual companhia aérea você usa mais? Praticamente todas as companhias aéreas possuem um programa de milhas, e nada impede que você se cadastre em todos eles, mas é altamente recomendado acumular milhas naquela em que costuma viajar mais ou que oferece mais vantagens para o seu perfil.

Se viaja bastante, boa notícia! Além de acumular milhas com maior facilidade, temos uma dica curiosa para conseguir até dobrar sua pontuação. Apesar de voos diretos serem mais confortáveis, se a intenção é obter milhas, pense na possibilidade de preferir voos com conexão. Afinal, você acumula milhas por trecho percorrido.

Precisa enviar dinheiro do Brasil para a Europa?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram e etc), a plataforma que nós recomendamos é a TransferWise.


Com mais de 35.000 avaliações positivas, na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Além do mais, se você viaja bastante é importante entender o que fazer no caso de voo atrasado ou cancelado. Saiba quais são os seus direitos e como proceder.

Concentre os seus pontos numa programa só

O importante, essencialmente, é ser fiel a uma companhia aérea. Não deixe que seus pontos fiques espalhados entre vários programas de milhagens e você não conseguir acumular o suficiente em nenhum deles.

As milhas podem ser usadas em várias companhias

Mas vou acumular milhas para viajar em uma única companhia? Não. Para isso existem as chamadas alianças internacionais. Através delas, diversas companhias se unem permitindo que o cliente de determinada companhia parceira emita passagens para qualquer outra da mesma aliança.

As maiores e mais populares são:

Melhores opções para obter milhas

Se o seu objetivo com as milhas é ter a flexibilidade de voar dentro do Brasil e no exterior, atualmente as opções ofertadas por algumas companhias nacionais são:

GOL, programa smiles

Com o programa smiles, o passageiro acumula milhas não somente para gastar com a GOL, mas também com companhias como a Delta, AirFrance, KLM, Qatar, TAP, Alitalia, CopaAirlines, AirCanada, Emirates e outras. Além dos voos, há mais benefícios em serviços e produtos.

A empresa também é associada a um programa de vantagens, o netpoints, que oferece pontos a partir de qualquer compra em lojas conveniadas. Clique aqui para ver os estabelecimentos participantes.

Azul, programa TudoAzul

Programa TudoAzul
No programa TudoAzul, o cliente cadastrado tem acesso também a parceria da Azul com a United e a TAP, podendo escolher para onde vão seus pontos. No TudoAzul também existem conveniências com lojas, instituições financeiras e restaurantes.

LATAM, programa Multiplus

De modo semelhante a GOL, a LATAM faz parte de uma ampla rede de fidelidade, a Multiplus. Ao se cadastrar, o cliente pode fazer a transferência de milhas do cartão de crédito, utilizar pontos em postos de gasolina e comprar em lojas parceiras da rede. Em termos de viagem, os pontos acumulados podem ser convertidos em milhas para viajar com a LATAM, AirBerlin, AmericanAirlines, British Airways, Iberia, Qatar e outras da rede global OneWorld.

Avianca, programa Amigo

Avianca: com o programa Amigo, o cliente pode acumular pontos sempre que viajar com qualquer uma das 27 companhias aéreas parceiras. Dentre elas estão a AirCanada, AirChina, TAP, Lufthansa, SWISS, United e outras. O programa também oferece pontos através de compras online, gastos em cartões de crédito conveniados e empresas de serviços diversos.

Conheça também as melhores companhias aéreas da Europa.

Usando o cartão de crédito para adquirir milhas

Mastercard Black e milhas aéreas
Quem não viaja muito e mesmo assim quer se beneficiar dos programas de milhagem e comprar passagem com milhas aéreas, uma alternativa bastante viável é adotar cartões de crédito como ferramenta para viajar. Oferecidos por bancos, seguradoras, companhias aéreas e programas de fidelidade, os cartões de crédito permitem acumular pontos (que serão trocados por milhas) e ainda oferecem benefícios relacionados.

Qualquer cartão de crédito dá para acumular milhas?

Geralmente, os cartões desse segmento são conhecidos pelos termos “black”, “infinite”, “platinum”, “gold” e outros semelhantes. Também como característica, eles possuem altas taxas de anuidade, chegando até a R$ 1.200 (exemplo dos cartões American Express, The Platinum Card e Mastercard Black).

Vantagens e anuidades dos cartões de crédito

As anuidades costumam ser negociáveis com a operadora do cartão, e além disso algumas variáveis precisam ser avaliadas antes de escolher um. Apesar do custo de manutenção, alguns cartões trabalham com pontos que nunca expiram, e ainda te oferecem benefícios como salas VIPs em aeroportos, Priority Pass, transfers gratuitos e outros.

Portanto, se você é uma pessoa responsável com suas finanças e tem a fatura do cartão em dia, uma dica para acumular ainda mais milhas é passar a pagar tudo com ele. Água, luz, telefone, até o salgado na padaria podem ser pagos na função crédito, e assim, render pontos para o seu programa de fidelidade e fazer valer cada centavo. Nesse caso, vai compensar muito comprar passagem com milhas aéreas.

A passagem fica mais barata com milhas?

Depende. Assim como acontece para comprar uma passagem no dinheiro, as milhas também possuem um melhor dia, horário e eventos – como promoções que podem gerar uma economia de até 80%. Geralmente, os finais de semana são os melhores momentos para encontrar passagens aéreas por um menor número de milhas.

Outra dica é deixar para emitir o bilhete entre 90 e 45 dias de antecedência da viagem, se nacional, e entre 120 e 90 dias, se o voo for para o exterior. Os melhores meses são janeiro, julho e os melhores dias da semana são os feriados.

Você pode conferir também algumas dicas que já compartilhamos para comprar passagens aéreas baratas.

De quantas milhas preciso para viajar?

Na hora de comprar passagem com milhas aéreas, é difícil estimar a quantidade necessária de milhas para enfim trocar pelo bilhete. Mesmo dentro de uma mesma companhia ou programa de fidelidade, muitos são os fatores que influenciam nesse montante.

Em geral, as variáveis são praticamente as mesmas que determinam o preço de uma passagem convencional: destino da viagem, a época do ano em que pretende embarcar, e também a antecedência da compra das passagens.

Segundo dados levantados pelo portal Melhores Destinos com exclusividade para a EXAME.com no final do ano passado, a variação se mostrou considerável entre um programa de milhas e outro, principalmente quando se altera a cidade de partida e destino. Veja alguns dos números obtidos como média partindo de 15 cidades brasileiras, para determinadas localidades:

Miami

  • LATAM: 47.069
  • GOL: 43.750
  • Azul: 34.813
  • Avianca: 70.000

Orlando

  • LATAM: 60.000
  • GOL: 40.000
  • Azul: 78.000
  • Avianca: –

Nova York

  • LATAM: 50.000
  • GOL: 91.429
  • Azul: 70.188
  • Avianca: –

Madri

  • LATAM: 127.500
  • GOL: 96.786
  • Azul: 85.481
  • Avianca: 80.000

Milão e Roma

  • LATAM: 126.875
  • GOL: 75.625
  • Azul: 86.878
  • Avianca: –

Londres

  • LATAM: 85.625
  • GOL: 112.000
  • Azul: 85.924
  • Avianca: 80.000

Paris

  • LATAM: 126.875
  • GOL: 106.000
  • Azul: 113.466
  • Avianca: –

Buenos Aires

  • LATAM: 21.875
  • GOL: 22.125
  • Azul: 26.394
  • Avianca: –

As diferenças entre destinos e programas de milhas, mostram bem que comprar passagem com milhas aéreas, embora possa compensar, não é uma decisão assim tão simples.

Escolha bem a cidade de partida

Antes de decidir comprar passagem com milhas aéreas é importante analisar e escolher a melhor cidade de partida. Além dos números apresentados, a pesquisa ainda aponta que determinados programas de milhagem são mais vantajosos que outros apenas ao alterar cidade de partida do viajante.

Então, antes de fazer o seu cadastro, pesquise minuciosamente sobre as companhias que melhor atendem a sua localidade e qual é a média de pontos que ela costuma praticar para te levar aos seus principais destinos de interesse.

As passagens pelo programa TudoAzul são mais baratas

Em outro levantamento também realizado pelo portal, foram pesquisados o custo das passagens aéreas pelos principais programas de fidelidade das companhias nacionais. O resultado apontou maior vantagem para o TudoAzul, da Azul. O segundo lugar ficou para o sistema Mutiplus, da LATAM. O terceiro e quarto lugares ficaram para o Smiles, da GOL, e Amigo, da Avianca, respectivamente.

A pesquisa considerou a quantidade de pontos necessárias para resgatar passagem entre 15 cidades brasileiras, cotados em 5 datas diferentes. Como resultado, houve uma variação no custo dos voos entre companhias diferentes de até 600%. De São Paulo a Natal, por exemplo, a variação de milhas teve variação entre 10 mil e 60 mil pontos.

Saiba também como encontrar passagens aéreas promocionais para a Espanha e voos baratos para Portugal.

Os valores e benefícios podem alterar a qualquer momento

Lembrando, entretanto, que as estimativas não se mantêm, e que podem se alterar a qualquer momento. Por isso, é importante que você avalie também os benefícios de cada programa (não se limitando somente as milhas), a disponibilidade de cada empresa para seus aeroportos de partida e demais fatores decisivos para você.

Vale a pena comprar milhas?

Quando acontecer de não haver saldo suficiente para comprar passagem com milhas aéreas, existem duas alternativas: ou você paga uma parte em milhas e outra em dinheiro, ou compra as milhas que faltam. Essa é uma prática bastante comum (apesar de não muito bem vistas pelas companhias), e atualmente existem diversas empresas especializadas somente nesse tipo de serviço.

Funcionando como uma espécie de mercado livre de milhagens, as plataformas disponíveis fazem o intermédio entre pessoas que querem comprar e vender suas milhas; e o negócio pode render vantagens para ambos os lados.

Sites para comprar milhas

Maxmilhas
Dentre as opções mais famosas e confiáveis nesse tipo de transação temos a HotMilhas, que compra suas milhas para depois revende-las; e a MaxMilhas, que atua somente como um mediador entre vendedor e interessado na compra. Algumas outras empresas nacionais são a AeroMilhas, GlobalMilhas, JB Milhas e VoeSimples.

Cada empresa efetua as transações de acordo com políticas particulares, e o preço da milha também varia. Em algumas plataformas é a própria pessoa que vende as milhas quem determina o preço que deseja comercializar. Em outras, esse valor é determinado mediante cotações, de modo que cada milha não possui valor fixo.

Portanto, comprar e vender milhas é um negócio bastante viável para quem procura bons preços em passagens aéreas de última hora ou alta temporada; e também é vantagem para quem tem milhas, não as vai utilizar e estão prestes a expirar, por exemplo.

Se você gostou desse artigo, também pode ser útil ler como economizar em viagem.

Em destaque na Euro Dicas
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é a TransferWise. Com mais de 35.000 avaliações positivas, na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Nós usamos o Seguros Promo para comparar várias opções e economizar.

    COMPARAR SEGUROS »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE

Brasileira, tem formação em Design de Games e Comunicação em Computação Gráfica. Apaixonada por tecnologia, cinema e literatura, desapegou e foi viver na Europa em 2015. De volta ao Brasil, hoje é grande entusiasta de um estilo de vida quase nômade.