Curiosidades sobre a Suécia, as 10 mais malucas

Suécia  / 

O mundo é muito grande e é claro que a distância entre países e culturas pode dar origem a costumes e curiosidades bem “diferentonas” aos olhos de quem é estrangeiro em algum lugar, como é o caso de uma brasileira na Suécia, por exemplo.

Você pode conferir como é a comunidade dos brasileiros na Suécia.

10 curiosidades sobre a suécia

Hoje vou falar de algumas coisas um tanto quando “esquisitas” (no bom sentido) que me chamaram atenção aqui neste país gelado que eu tanto gosto! Confira agora as 10 curiosidades sobre a Suécia.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

01 – Suecos adoram leite

Os suecos adoram leite
Suecos adoram leite. Além de acompanhar o café, na Suécia, leite (puro!) é algo que pode estar presente em TODAS as refeições em muitos lares suecos, ao ponto de aqui ser possível pedir leite como bebida em lanches vendidos em várias redes de fast food.

Ah, estima-se que cada sueco bebe em torno de 83 litros de leite por ano, o que dá quase 300ml por dia!

02 – Vacas têm direito a pastar ao ar livre

Falando em leite, eu descobri que durante o verão as vacas suecas tem o seu direito de pastar ao ar livre garantido por uma lei!

Sim, isso mesmo e tem uma explicação: por causa do frio que toma conta do país durante boa parte do ano esses animais ficam em locais fechados durante muito tempo, e nada mais justo de deixá-las um pouco mais livres quando a temperatura aumenta, não é mesmo?

O dia da tão esperada soltura é muito especial e é conhecido como kosläpp, um evento que reúne muita gente para ver o momento em que as vacas são liberadas para ficar soltas nos pastos. E como elas ficam felizes! Olha só.

03 – A língua oficial

Outra das 10 curiosidades sobre a Suécia é sobre a língua. A língua oficial da Suécia é o sueco, mas o idioma só ganhou este status em 2009. Antes disso o país simplesmente não tinha um idioma oficial! Que coisa, né?!

Também já falamos de como estudar na Suécia de graça

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

04 – Origem do nome Suécia

O nome “Suécia” foi dado ao país cerca de 2000 anos atrás pelo povo Svear, sendo que na língua deles svear significa nosso e rike significa reinado.

Juntando “svear” + “rike” temos “svearike” (ou “nosso reinado”), que é um nome próximo do nome moderno do país na língua local: Sverige.

05 – IKEA

Sabe a rede de lojas IKEA? Ela é de origem sueca, mas até aqui não tem nada de diferentão, certo? Na verdade eu fiquei de queixo caído de verdade quando descobri que a IKEA consome cerca de 1% de toda a madeira produzida no mundo, e a rede é tão popular na Europa e em outras partes do mundo que em 2012 foram publicados mais catálogos da IKEA do que bíblias!

06 – Banheiro

Se você estiver na Suécia e precisar ir ao banheiro, não estranhe se você não encontrar uma lixeira para jogar fora o papel higiênico usado.

Aqui geralmente jogamos o tal papel usado dentro do vaso sanitário mesmo, sendo que lixeira em banheiros geralmente é o destino de apenas coisas que não podem ser descartadas com uma descarga (e muitas vezes a tal lixeira sequer existe).

07 – Bebês ao frio

Bebês na Suécia ficam na rua com frio
Também não estranhe se você estiver andando por aqui no inverno e encontrar bebês sozinhos em seus carrinhos do lado de fora das casas ou até mesmo de creches. Eles são deixados do lado de fora no frio, porém são bem agasalhados e, claro, desde que a temperatura não caia demais.

Obviamente este costume não é uma regra geral, mas ele é sim muito comum em muitas cidades e a explicação é que ficando do lado de fora os bebês poderão ter acesso a ar fresco e ficar longe de certas doenças (lembre-se que o inverno aqui é rigoroso e que as pessoas ficam muito tempo em ambientes fechados).

08 – Placas que alertam motoristas

Uma lembrancinha muito popular (e ilegal) entre turistas que vem à Suécia são as placas que alertam motoristas sobre a presenca de alces em uma certa região, e por isso um grande número dessas placas é roubada todos os anos. Que coisa feia, né?

09 – A Rainha fala português

Rainha Silvia da Suécia
Essa é uma das 10 curiosidades sobre a Suécia que mais vai surpreender você. Você sabia que a rainha da Suécia se chama Silvia e fala português (muito bem, por sinal)? Ela não nasceu do Brasil, mas a mãe dela é de São Paulo, lugar onde Silvia passou boa parte da infancia.

Silvia mantém contato com o Brasil e viaja frequentemente ao país para visitar seus projetos filantrópicos no país e também para visitar os parentes.

10 – Dias para celebrar comida

Toda quinta-feira acontece algo quase sagrado para muitos suecos: é dia de tomar sopa de ervilha e comer panquecas com geléia e uma espécie de chantilly sem açúcar.

Além disso, suecos tem dias nacionais para celebrar (leia-se “para comer”) alguns pratos, principalmente os que são doce. Confira algumas datas:

  • 25 de março: dia de comer Waffle/Wafel (våffel em sueco)
  • 8 de outubro: dia do bolinho de canela (kanelbullar em sueco)
  • 45 dias antes da páscoa: dia de comer uma espécie de bolinho chamado Semla (Semlor no plural). Esta delícia é composta por um bolinho/pãozinho feito a base cardamomo, e o recheio mais tradicional é uma massa de amêndoas e por cima de tudo uma camada generosa de chantilly.
  • 13 de dezembro: dia do bolinho de açafrão. (os nomes em sueco variam de acordo com o formato que é dado ao bolinho, sendo que Lussekatter e Lussebullar são os nomes mais comuns). Um detalhe importante: o açafrão usado aqui não é o açafrão da terra (comum no Brasil), mas sim o açafrão extraído do pistilos de flores de Crocus sativus.

E aí, gostou das 10 curiosidades sobre a Suécia? Compartilhe sua opinião nos comentários!

Saiba também como é celebrado o Natal na Suécia.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Taís é natural do Espírito Santo e mora na Suécia há mais de 6 anos. Criou o Aqui no Exterior, um canal no YouTube, página no Facebook e perfil no Instagram onde ela mostra tudo sobre a vida no exterior, sobre viagens, sobre intercâmbio e tudo que tem a ver com esses temas.