A “única” loja de bebidas alcoólicas na Suécia: veja como funciona

Suécia  / 

Imagine só uma rede de lojas que vende bebidas alcoólicas onde não existe interesse em gerar lucro financeiro. Essa é a ideia por trás do Systembolaget, a “única” loja de bebidas alcóolicas na Suécia, ou melhor, a única rede autorizada a vender bebidas com teor alcoólico acima de 3,5% no país. Hoje você vai ficar sabendo como isso tudo começou e como funciona a venda de álcool na terra dos vikings!

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

A “única” loja de bebidas alcóolicas na Suécia: como surgiu o Systembolaget

O Systembolaget funciona na Suécia desde 1955, mas a história que desencadeou a criação desse monopólio do governo sueco começou bem antes.

 

Há centenas de anos foram feitas várias tentativas de regulamentar a produção e consumo de álcool na Suécia, mas nada funcionou. Em 1766 o então rei da Suécia Adolfo Frederico (Adolf Fredrik) acabou cansando e desistiu de vez, abolindo todos os projetos que existiam na época.

A decisão do rei Adolfo tornou a Suécia uma verdadeira terra de ninguém no quesito álcool, visto que tanto o consumo quanto a produção ficaram fora de controle, fazendo com que surgisse então um problema de saúde pública.

Quer saber tudo sobre a Suécia? Então leia este artigo.

Por que existe uma “única” loja de bebidas alcoólicas na Suécia?

Foi só em 1830 que o consumo de álcool na Suécia deu os primeiros sinais de que tudo passaria a ser mais moderado, sendo que foi em 1850 o governo sueco começou a ter controle sobre a venda de bebidas alcoólicas no país, e em 1870 o lucro gerado com a venda de álcool no país passou a ser obrigatoriamente repassado ao governo.

Para resumir: desde aquela época o governo sueco começou a tomar medidas que pudessem frear o consumo de álcool no país, visto que o consumo fora de controle é extremamente prejudicial à saúde. Eu sei que talvez você que está lendo este texto agora vai falar que é errado o governo “se meter” tanto na vida das pessoas, mas eu estou aqui apenas para te contar alguns fatos históricos, e não fazer julgamento sobre eles, ok?

Bom, com a Primeira Guerra Mundial chegou um verdadeiro racionamento de bebidas alcóolicas aqui na Suécia (existiram, inclusive, várias regras sobre quem poderia comprar e qual quantidade poderia ser adquirida).

Em 1955 o racionamento deixou de existir e as pessoas passaram a poder comprar o tanto de bebidas alcóolicas que desejassem nas lojas da rede estatal Systembolaget. O fim desse racionamento fez com que o consumo voltasse a aumentar, e então o governo aumentou bastante os impostos sobre o álcool, fazendo com que o preço ficasse mais salgado para os consumidores.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Veja também como funciona o transporte público na Suécia.

Qual é a relação dos suecos com o álcool?

Hoje em dia o consumo de álcool ainda é alto na Suécia, apesar dos preços altos que eu te contei ali em cima (daqui a pouco vou te contar mais detalhes). Muitas festas aqui são regadas a muito álcool, e existem, inclusive, muitos casos de pessoas que tem o que se chama aqui de “alcoolismo de fim de semana”. Ou seja: muitos suecos exageram bastante sim, principalmente aos finais de semana. Isso existe tanto entre pessoas mais novas quanto entre pessoas mais velhas.

Saiba tudo sobre a capital da Suécia.

Como os suecos fazem para comprar álcool?

Quem pode comprar bebidas alcoólicas na Suécia

Mesmo o consumo sendo alto, particularmente eu acho que a situação seria ainda pior se não existisse o Systembolaget, visto que só é possível comprar bebidas em grandes quantidades que tenham o teor alcoólico acima de 3,5% lá (desde que você tenha no mínimo 20 anos). Fora isso, é possível comprar bebidas mais fracas em maior quantidade em supermercados, desde que você seja maior 18 anos.

 

Sei que agora você talvez esteja se perguntando como funciona a venda de bebidas nos restaurantes, bares e baladas da Suécia, certo? Acontece que não é todo restaurante que tem permissão para vender bebidas alcóolicas, e para entrar em uma balada ou um bar na Suécia sozinho(a) você vai precisar ter no mínimo 18 anos, sendo que alguns estabelecimentos podem exigir que você seja até mais velho que isso (aqui onde eu moro, por exemplo, tem um bar onde só entra maior de 23 anos).

O que os brasileiros pensam ao chegar na Suécia? Descubra aqui.

Como comprar álcool na Suécia: como funciona o Systembolaget

Para comprar alguma coisa no Systembolaget você vai precisar ter no mínimo 20 anos. Leve sempre alguma forma de identificação válida e com foto quando for fazer compras lá, principalmente se a sua aparência for de uma pessoa mais nova. Se pedirem documento e você não apresentar algum, vai sair de mãos vazias. Não adianta chorar. Ah, o mesmo vale para comprar e/ou fazer encomendas de bebidas através do site do Systembolaget.

Ao entrar no site pela primeira vez você tem que escolher uma das duas opções: “tenho menos de 20 anos” ou “tenho 20 anos ou mais”. Aviso: quem tem menos de 20 não vai conseguir burlar o sistema.

Se você estiver bêbado(a), as lojas do Systembolaget são proibidas de vender álcool para você (sendo que o mesmo acontece em muitos bares). Além disso, é totalmente proibido que pessoas com mais de 20 anos comprem bebida para pessoas mais novas (o que acaba acontecendo, mas quem é pego fazendo isso terá sérios problemas).

Como é uma loja do Systembolaget na Suécia

Na Suécia as lojas do Systembolaget funcionam na base do self-service, mas existem atendentes que podem te ajudar a encontrar algum produto ou até mesmo te dar dicas de harmonização de cervejas, vinhos, etc.

Além disso, lá também é possível comprar a versão sem álcool de muitas bebidas, ou até mesmo produtos com teor mais baixo que 0,5% de álcool.

Além de fazer compras, no site oficial você pode ler artigos e dicas sobre vários assuntos. Aqui estão alguns exemplos (em sueco):

Como Systembolaget ajuda a combater o alcoolismo na Suécia

Já te contei ali em cima que uma das medidas adotadas pelo governo sueco para combater o alcoolismo no país é a alta taxa de imposto sobre as bebidas alcoólicas, certo? Bem, mas essa não é a única frente de ataque.

O governo sueco também aposta na educacão e concientizacão da populacão como armas fundamentais para combater o consumo de álcool no país. Confira algumas propagandas do Systembolaget que já foram ou estão sendo vinculadas na TV e na internet, e também alguns vídeos educativos:



Título:
Irmãos.

Mensagem: “Precisa de dicas de como dizer não quando seu irmão mais novo te pedir para comprar álcool? Visite o site omsystembolaget.se”



Contexto:
um turista sueco vai a um supermercado com o filho nos Estados Unidos. Um vendedor vai até ele e o convence a comprar a oferta de natal (compre 2 leve 1 de graça). Quando o sueco coloca as garrafas no carrinho, o vendedor começa a falar “assim neste natal você poderá beber o triplo…” mas não termina a frase porque a criança sueca o encara com uma expressão confusa no rosto.

Mensagem final: “Na Suécia nós não vendemos álcool como em outros lugares. Isso faz com que nosso consumo seja menor, e assim menos pessoas se comportam de forma perigosa.”

Saiba tudo sobre Estocolmo, a capital da Suécia.

Quanto custam as bebidas alcoólicas na Suécia?

Quer saber quanto custam algumas bebidas na Suécia? Você pode visitar o site oficial do Systembolaget e digitar por exemplo o nome de alguma bebida, marca, ingrediente e até mesmo país (escreva “Brasilien” se quiser ver os preços dos importados do Brasil, por exemplo). Confira agora alguns preços:

  • Cerveja Heineken – lata 330ml: 12,90 kr (R$5,30)
  • Cachaça 51 – garrafa 700ml: 249 kr (R$102)*
  • Cerveja Skol – lata 300ml: 35,30 kr (R$14,50)*

*Os produtos brasileiros na Suécia foram incluídos aqui para que as pessoas do Brasil possam ter uma referência em relação os preços, e não porque os produtos mencionados são necessariamente popular entre os suecos. Saiba também como são as tradições de natal na Suécia.

Para visitar o país é obrigatório contratar o seguro viagem para a Suécia, veja aqui como comprar o seu.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Taís é natural do Espírito Santo e mora na Suécia há mais de 6 anos. Criou o Aqui no Exterior, um canal no YouTube, página no Facebook e perfil no Instagram onde ela mostra tudo sobre a vida no exterior, sobre viagens, sobre intercâmbio e tudo que tem a ver com esses temas.