Certificado Internacional de Vacinação: saiba o que é e como emitir o seu

Europa  / 

Durante o planejamento da viagem, vale consultar se o país de destino exige algum tipo de vacina. Muitas pessoas são pegas de surpresa e acabam perdendo a viagem por não estar com o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia – CIVP – ou por não ter vacinado com, pelo menos, dez dias de antecedência.

Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil.


Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem. Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para a sua viagem.

FAZER COTAÇÃO »

Neste artigo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre esse CIVP.

O que é o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia?

É um documento que você vai precisar apresentar na imigração para comprovar que tomou a vacina que é exigida pelo país de destino. A mais comum das vacinas exigidas para brasileiros é a de febre amarela, no entanto, alguns países podem fazer a exigência de outras vacinas.

Veja nosso artigo sobre a vacina da febre amarela para viajar à Europa.

Para quem serve o Certificado Internacional de Vacinação?

Para todos os viajantes que estão com viagem marcada para alguns dos países que exigem o Certificado de Internacional de Vacinação, incluindo bebês e crianças. O CIVP funciona como um comprovante para prevenir a entrada de doenças no país de destino.

No entanto, mesmo quando se vai para um destino que não faz a exigência da vacinação é sempre bom ter o CIVP em mãos. Sabemos que o Brasil costuma enfrentar surtos de febre amarela e, por consequência disso, muitos países podem fazer a exigência da vacina como medida de prevenção.

Quanto custa?

É de graça, mas antes é preciso tomar a(s) vacina(s) necessária(s). Para isso, basta ir até o posto de saúde do SUS mais próximo da sua casa ou procurar os serviços de vacinação privados credenciados.

Importante destacar que se o país de destino fizer a exigência da vacina contra febre amarela, é necessário tomá-la com no mínimo 10 (dez) dias de antecedência da viagem. Além disso, algumas vacinas são fracionadas em doses, se estiver com uma viagem marcada, apresente um comprovante de viagem antes da vacinação para receber a dose única da vacina.

Atenção

Para quem tomou a vacina contra febre amarela antes de 2014, a mesma tem validade de 10 anos. Já em 2016, a Organização Mundial de Saúde (OMS) passou a reconhecer a vacina como vitalícia. Portanto, para quem vacinou depois dessa data está imune para toda a vida.

Checklist de viagem: tudo o que você precisa conferir antes de embarcar.

Como emitir o Certificado Internacional de Vacinação?

O Certificado Internacional de Vacina é emitido pela Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária. O primeiro passo para emitir seu CIVP é a vacinação. Após isso, você precisará procurar pelo atendimento presencial ou via internet.

Atendimento presencial

Você pode procurar algum dos postos da Anvisa localizados em portos, aeroportos e passagens de fronteiras, e também por unidades de vacinação, públicas e privadas, credenciadas para esse serviço. Veja a lista das unidades da Anvisa.

É possível realizar um pré-cadastro no site da Anvisa e agendar a data e horário de comparecimento no posto mais próximo. Assim, você agiliza o atendimento para a emissão do seu Certificado Internacional de Vacina. No atendimento presencial, o CIVP fica pronto na hora.

Observação: as unidades da Anvisa apenas emitem o Certificado Internacional de Vacina e não realizam vacinação. Além disso, as unidades privadas emitem o CIVP somente para viajantes vacinados no próprio local.

Atendimento Internet

Desde fevereiro de 2019, a Anvisa liberou a solicitação online a fim de facilitar a emissão do Certificado Internacional de Vacina. Desse modo, basta se cadastrar no Portal de Serviços do Governo Federal, anexar os documentos necessários e realizar a solicitação. O prazo para a emissão da primeira via é de 5 (cinco) dias úteis, já a emissão da segunda via é de 7 (sete) dias úteis.

Vai viajar para Portugal? Saiba como funciona o Sistema Nacional de Saúde no país na opinião de uma médica brasileira que vive no país.

Documentação necessária

1. Cartão nacional de vacinação, que deve constar:

Pensando em morar em Portugal?

Venha morar em Portugal sem complicações nem imprevistos com ajuda do nosso guia Como Morar em Portugal.


Num só lugar, você aprenderá o passo a passo para conseguir trabalho em Portugal e tudo sobre custos de vida, as melhores cidades para viver, cidadania, vistos, documentos necessários, educação e muito mais.


Receba grátis o índice e primeiras páginas!

RECEBER AMOSTRA »
  • Data de administração, fabricante e lote da vacina;
  • Assinatura do profissional que aplicou a vacina;
  • Identificação da unidade de saúde onde aplicou a vacina;

2. Documento de identificação original com foto, podendo ser: RG, CNH ou Passaporte.

Para menores de 18 anos

  • Crianças a partir de 9 meses já podem se vacinar;
  • Os pais ou responsáveis legais podem solicitar a emissão do Certificado Internacional de Vacina para crianças ou adolescentes menores de 18 anos nos postos da Anvisa sem a presença da criança ou adolescente. Nesse caso, a certidão de nascimento pode ser apresentada como documento de identificação original;
  • A população indígena que não possui documentação está dispensada da apresentação de documento de identidade;

Contra-indicação da vacina

Existem pessoas que por motivo de alguma doença ou tratamento não podem tomar algum tipo de vacina. Nesse caso, o médico terá que emitir um Atestado de Isenção de Vacinação, escrito em inglês ou francês. Além disso, é recomendável que a Anvisa carimbe uma chancela no atestado.

Segundo o Regulamento Sanitário Internacional (RSI), as autoridades de saúde de outros países devem considerar esse documento. Porém, outras medidas de controle sanitário poderão ser aplicadas pelo país de destino.

Seguro de viagem é obrigatório? Entenda tudo neste artigo.

Quais países exigem o Certificado Internacional de Vacinação?

No Portal da Anvisa é possível consultar as recomendações para a sua viagem e a indicação da exigência ou não do CIVP. Atualmente, 128 países fazem a exigência do Certificado Internacional de Vacina para brasileiros. São eles:

  • Afeganistão;
  • África do Sul;
  • Albânia;
  • Angola;
  • Antígua e Barbuda;
  • Anguilla;
  • Antilhas Holandesas;
  • Arábia Saudita;
  • Argélia;
  • Austrália;
  • Bahamas;
  • Bangladesh;
  • Bahrain;
  • Barbados;
  • Belize;
  • Benin;
  • Bolívia;
  • Botsuana;
  • Brunei;
  • Burkina Fasso;
  • Burundi;
  • Butão;
  • Cabo Verde;
  • Camboja;
  • Camarões;
  • Cazaquistão;
  • Cingapura;
  • Chade;
  • China;
  • Colômbia;
  • Congo;
  • Coreia do Sul;
  • Costa Rica;
  • Costa do Marfim;
  • Cuba;
  • Djibouti;
  • Dominica;
  • Egito;
  • Equador;
  • Eritreia;
  • El Salvador;
  • Etiópia;
  • Fiji;
  • Filipinas;
  • Gabão;
  • Gâmbia;
  • Gana;
  • Guiné Equatorial;
  • Granada;
  • Guadalupe;
  • Guatemala;
  • Guiana Francesa;
  • Guiné;
  • Guiné-Bissau;
  • Haiti;
  • Honduras;
  • Iêmen;
  • Ilhas Maurício;
  • Ilhas Reunião;
  • Ilhas Salomão;
  • Ilhas Seychelles;
  • Índia;
  • Indonésia;
  • Irã;
  • Iraque;
  • Jamaica;
  • Jordânia;
  • Kiribati;
  • Laos;
  • Lesoto;
  • Líbano;
  • Libéria;
  • Líbia;
  • Madagáscar;
  • Malaui;
  • Malásia;
  • Maldivas;
  • Mali;
  • Malta;
  • Martinica;
  • Mauritânia;
  • México;
  • Mianmar;
  • Moçambique;
  • Montserrat;
  • Namíbia;
  • Nauru;
  • Nepal;
  • Nova Caledônia;
  • Nicarágua;
  • Níger;
  • Nigéria;
  • Omã;
  • Panamá;
  • Papua-Nova Guiné;
  • Paquistão;
  • Paraguai;
  • Quênia;
  • Quirguistão;
  • República Centro-Africana;
  • República Democrática do Congo;
  • Ruanda;
  • São Cristóvão e Nevis;
  • São Vicente e Granadinas;
  • Saint-Barth;
  • Saint Helena;
  • Saint Martin;
  • Samoa;
  • Santa Lúcia;
  • São Tomé e Príncipe;
  • Senegal;
  • Serra Leoa;
  • Somália;
  • Sri Lanka;
  • Sudão;
  • Suazilândia;
  • Suriname;
  • Tailândia;
  • Tanzânia;
  • Timor Leste;
  • Togo;
  • Trinidad e Tobago;
  • Tunísia;
  • Uganda;
  • Venezuela;
  • Vietnã;
  • Zâmbia;
  • Zimbábue.

A lista é atualizada constantemente, portanto, aconselhamos a realizar conferir a exigência do destino próximo a data da sua viagem.

Dica para os viajantes

A vacina previne que você leve doenças do seu país de origem para outros países. No entanto, para viajar com tranquilidade é altamente recomendável a contratação de um Seguro Viagem. Afinal, ninguém está livre de sofrer acidentes ou ter alguma enfermidade. Para encontrar o seguro viagem ideal para o seu perfil utilize o nosso simulador de seguros, garantimos o melhor preço aos leitores do Euro Dicas.

Leia também o artigo planos de seguro viagem: como escolher o melhor para seu perfil.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Lívia Tostes é jornalista e vive em Portugal, onde cursa o Mestrado em Comunicação Política pela Universidade do Porto. É apaixonada por gastronomia, fotografia e cinema - especialmente o cinema brasileiro. Viajar sozinha para conhecer novas culturas é seu hobby favorito.