Seguro de viagem é obrigatório? Saiba em quais países

Seguro Viagem  / 

Muitos viajantes ficam em dúvida se seguro viagem é obrigatório. Adiantamos que a obrigatoriedade depende do seu destino, mas a necessidade de contratar uma proteção é constante. E neste artigo vamos esclarecer para você questões relacionadas a essa obrigatoriedade, para que países é necessária essa proteção, por que é obrigatório para determinados países, principais coberturas, onde contratar seu seguro viagem, entre outras. Vamos lá?!

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Seguro viagem é obrigatório para Europa?

Sim, o seguro viagem é obrigatório para Europa para todos os países que compõem o Tratado de Schengen, um acordo realizado entre 26 países da Europa, que estabelece a livre circulação de pessoas entre esses países.

Quais países europeus exigem a proteção?

Fazem parte do Tratado de Schengen os seguintes países, que exigem um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros para imigrantes em despesas médicas e hospitalares, repatriação médica e sanitária como condição de entrada:

  • Áustria;
  • Alemanha;
  • Bélgica;
  • Dinamarca;
  • Espanha;
  • Estônia;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • França;
  • Finlândia;
  • Grécia;
  • Hungria;
  • Holanda;
  • Itália;
  • Islândia;
  • Letônia;
  • Liechtenstein;
  • Lituânia;
  • Luxemburgo;
  • Malta;
  • Noruega;
  • Polônia;
  • Portugal;
  • República Tcheca;
  • Suécia;
  • Suíça.

Saiba tudo sobre o seguro viagem Europa.

Por que é obrigatório?

Como adiantamos, os países citados possuem um acordo, no qual o seguro viagem é obrigatório, com cobertura mínima de 30 mil euros como condição de entrada na imigração. Caso não possua a proteção, o turista corre o risco de ser barrado na imigração.

Seguro viagem é obrigatório avião

Os países que exigem que o turista contrate um seguro viagem justificam a exigência para não ter a obrigatoriedade de arcar com seus custos médicos e odontológicos em seu serviço público de saúde.

Dessa forma, o seguro de viagem é necessário caso aconteça algum imprevisto com o turista, ele sofra algum acidente no continente europeu, sua bagagem seja extraviada, ele precise de uma emergência odontológica, entre outros riscos aos quais ele está exposto e que o seguro viagem cobre.

O que acontece se não contratar o seguro viagem obrigatório?

Caso você não contrate o seguro viagem obrigatório, pode ter problemas na sua entrada na Europa. Quando você chegar no primeiro aeroporto na Europa que pousar, os agentes da imigração lhe farão algumas perguntas e verificarão seus dados no sistema, e poderão solicitar que você apresente seu seguro de viagem.

Além de correr o risco de não entrar no território europeu, caso aconteça algo com você em sua viagem, você terá uma despesa bem alta, tendo em vista que os custos com hospitais na Europa normalmente são elevados, principalmente relacionados à internação e cirurgia, isso sem falar nos outros benefícios que o seguro viagem proporciona ao segurado.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Conheça os motivos para não morar ilegalmente na Europa.

Seguro viagem obrigatório: quem não precisa contratar?

Cidadãos brasileiros que possuam dupla cidadania (europeia) estão isentos da contratação de um seguro de viagem internacional para Europa.

Para quais outros destinos o seguro viagem é obrigatório?

Além dos países mencionados signatários do Espaço Schengen (Europa), o seguro viagem é obrigatório nos seguintes países:

  • Austrália: o seguro viagem não é obrigatório para o turista no país, mas o governo exige a contratação do Overseas Student Health Cover (OSHC) para estudantes intercambistas, que dá acesso ao sistema público de saúde do país;
  • Cuba: desde 2010, o seguro viagem é obrigatório para Cuba, com cobertura mínima de USD 10 mil;
  • Equador: desde de 2018, o seguro viagem é obrigatório para o Equador, mas o país não exige uma cobertura mínima, apenas o comprovante do seguro. Segundo o governo do Equador, “o recurso é uma garantia de que o viajante possua um seguro que o cubra em acidentes e doenças durante a estadia no país”;
  • Venezuela: a proteção com uma cobertura mínima de USD40 mil para assistência médica, repatriação médica e funerária é exigida pelo país desde 2013;
  • Reino Unido: apesar de não integrar o Tratado de Schengen, na Irlanda, o seguro viagem é obrigatório, mas não é exigido o valor mínimo de 30 mil euros.

Descubra qual seguro viagem escolher, de acordo com cada público.

Quanto custa um seguro viagem?

Um seguro viagem custa barato, principalmente se calcularmos os gastos que teríamos caso algum imprevisto desagradável acontecesse enquanto estamos fora e precisássemos pagar por ele.

Agora que você já sabe onde o seguro viagem é obrigatório e a importância dessa proteção, deve entender, também, que o valor de seu plano vai depender de diversos fatores, como:

  • Seu destino;
  • Sua idade (seguro viagem para o público idoso costuma custar 50% a mais);
  • Seguradora escolhida;
  • Duração de sua viagem;
  • Coberturas selecionadas, entre outros.

Para você comprovar que vale a pena adquirir sua proteção não somente quando o seguro viagem é obrigatório, confira a seguir exemplos de preços médios de um seguro viagem para a Europa, cotados em novembro de 2019 para uma viagem de 8 dias ao país no site Seguros Promo.

Plano  Despesas Médicas e Hospitalares  Seguro Bagagem  Valor
TA 40 Especial Internacional, da Travel Ace USD 40 mil USD 1.200 complementar R$ 79,76 (R$ 9,97 por dia)
AC 35 Europa + Telemedicina, da Assist Card 35 mil € 1.200 € complementar R$ 95,68 (R$ 11,96 por dia)
Affinity 60 Mundo (exceto EUA), da Affinity USD 60 mil USD 1.200 complementar R$ 133,68 (R$ 16,71 por dia)
Intermac 150 Ouro, da Intermac Assistance USD 150 mil USD 1.000 suplementar R$ 194,88 (R$ 24,36 por dia)
AT 100 Inter, da Assist Trip USD 100 mil USD 1.500 complementar R$ 519,52 (R$ 64,94 por dia)

Seguro viagem bom: o que avaliar antes de contratar um plano.

Onde contratar?

Há diversas maneiras de você comprar seu seguro viagem. As mais comuns são:

  • Pela agência onde você comprou sua passagem aérea;
  • No site da própria seguradora;
  • Em sites comparadores de seguro viagem.

Nós recomendamos que faça a cotação e a compra de seu seguro viagem pelo comparador de seguro viagem do Euro Dicas, que te direciona para a página no Seguros Promo.

Você também pode adquirir sua proteção diretamente pelo site do Seguros Promo, nosso parceiro, que oferece bons planos com os melhores preços. Basta preencher as informações solicitadas no site (seu destino, as datas de embarque e de desembarque, seu nome, seu e-mail e seu telefone) e clicar em “Pesquisar”.

Depois de escolher o melhor plano para você, clique em “Selecionar” e depois em “Comprar”. Preencha todos os dados solicitados do segurado e a forma de pagamento. Ao final da compra, insira o nosso cupom de desconto EURODICAS5 para pagar menos 5% no valor de seu seguro viagem.

Descubra se Seguros Promo é confiável, se vale a pena e como usá-lo.

Seguro viagem é obrigatório: principais coberturas

As principais coberturas de um seguro viagem são:

  • Despesas médicas, hospitalares e/ou odontológicas em viagem (DMHO);
  • Traslado médico;
  • Traslado de corpo;
  • Regresso sanitário;
  • Invalidez permanente total ou parcial por acidente em viagem;
  • Morte em viagem;
  • Morte acidental em viagem;
  • Perda ou extravio de bagagem.

Além dessas, a indenização por atraso ou cancelamento de voo, a assistência jurídica, o auxílio de farmácia, entre outras coberturas são também muito importantes.

Conheça qual é o melhor seguro viagem e veja dicas para escolher o seu.

PB4 substitui seguro viagem para Portugal?

Não. O PB4 é um Certificado de Direito a Assistência Médica, que dá direito ao brasileiro que viaje para Portugal de usufruir da saúde pública em Portugal, assim como os portugueses, caso precisem de atendimento no Brasil, devido a um acordo bilateral entre Portugal e Brasil.

Apesar de ser possível entrar em Portugal apenas portando o documento (pois o seguro viagem é obrigatório somente se o brasileiro não tiver o PB4), o certificado serve somente para assistência médica. Ele não oferece, por exemplo, outras coberturas que o seguro viagem oferece, como:

  • Extravio de bagagem;
  • Cancelamento de voo;
  • Morte acidental;
  • Traslado médico;
  • Traslado do corpo;
  • Etc.

Outro ponto a destacar é que se você viajar para outro país europeu ou se o seu voo fizer conexão em outro país do Tratado de Schengen, será obrigatória a contratação de um seguro viagem.

Conheça as principais diferenças entre o PB4 e o seguro de viagem.

Exemplos de quem precisou de seguro viagem

Você pode me dizer, ah mais não vai acontecer nada comigo. Sim, esse é o desejo de todo mundo. Mas, imprevistos acontecem e, é preciso estar prevenido ou então vai ter que pagar quantias assustadoras e à vista.

Eu, por exemplo, sei de dois casos graves de pessoas conhecidas que precisaram utilizar o serviço médico no exterior. A primeira foi um senhor que teve um AVC durante suas férias em Portugal. Ele precisou ficar internado em Lisboa por mais de 3 meses e as despesas médicas foram enormes. Graças a Deus ele tinha o seguro de viagem, mas mesmo assim, a família gastou uma boa grana para poder cuidar dele em outro continente, sem ter esses gastos previstos nos seus planos.

O segundo caso, foi uma estudante de 25 anos que foi de Portugal para Tailândia com o namorado. Lá, eles alugaram uma pequena moto e se envolveram um acidente de trânsito. Os dois tiveram que ser operados, ficaram muito machucados e não tinham contratado um seguro de viagem. Todas as despesas tiveram que ser pagas de forma particular por parentes e à vista.

Saiba também qual é a diferença entre seguro viagem e seguro saúde.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autores

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.