Seguro viagem é um item indispensável no planejamento de qualquer viajante, independentemente da obrigatoriedade do destino ou não, pois é ele quem vai garantir uma assistência caso aconteça algum imprevisto. Neste artigo, vou te explicar tudo sobre o seguro, como funciona, como contratar, como escolher e muito mais!

Antes, deixa eu responder a três perguntas de maneira bem rápida.

Perguntas Respostas
Quanto custa o seguro viagem? Depende de muitas variáveis, mas você encontra planos a partir de R$ 15,00 por dia de viagem.
Seguro viagem é obrigatório? Depende do destino da viagem. Na Europa, por exemplo, ele é obrigatório para 26 países.
Qual o melhor seguro viagem? O que é melhor vai depender do perfil do viajante, da seguradora, quantidade de dias da viagem e se necessita de alguma cobertura específica.

O que é seguro viagem?

Seguro viagem é um serviço oferecido por seguradoras que garante a proteção e assistência ao viajante em caso de imprevistos, sejam eles relacionados com saúde, voo, bagagem, acidentes de trânsito, documentação e outros.

É o seguro que vai oferecer o suporte e atendimento caso algum contratempo aconteça durante a sua estadia fora de casa. Dessa forma, o viajante pode ficar mais relaxado para curtir tudo que o destino tem a oferecer.

É obrigatório contratar um seguro viagem?

Depende do destino.

Existem muitos países em que o seguro viagem é obrigatório e devem ser apresentados na imigração, caso o agente venha solicitar a apresentação do documento, assim como existem muitos países em que não exige nenhuma obrigatoriedade.

O que precisa ter em mente é que nos países em que o seguro é obrigatório, há também, uma exigência de coberturas específicas. Veja alguns exemplos:

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →
  • Nos 26 países da Europa que fazem parte do Espaço Schengen, o seguro viagem Europa é obrigatório e a exigência é que tenha cobertura mínima de 30 mil euros para as despesas médicas e hospitalares (DMH);
  • No Chile, antes da pandemia, não era obrigatório apresentar o seguro viagem. Contudo, as regras foram alteradas e o país passou a exigir o seguro e com cobertura mínima de USD 30 mil para a DMH e que ela tenha extensão para Covid-19 e repatriamento em caso de morte pelo vírus.

Portanto, o ideal é consultar as regras do destino antes de contratar o seguro viagem. E mesmo que o destino não faça a exigência do mesmo, ele não deixa de ser altamente recomendável. Como falei, é ele que vai garantir a sua proteção enquanto estiver longe de casa.

Como funciona o seguro viagem?

O seguro viagem serve para garantir proteção e assistência ao viajante para vários tipos de imprevistos. Então, funciona da seguinte forma:

No planejamento da viagem, o viajante deve contratar um seguro e guardar/imprimir a apólice do mesmo. Daí, se durante a viagem acontecer algum problema, o viajante deve entrar em contato com a central de atendimento da seguradora para receber as orientações de como proceder.

Extravio de bagagem

Caso o viajante tenha a bagagem extraviada no aeroporto, ele pode obter assistência do seguro para localização da mesma junto à companhia aérea e garantir um valor em dinheiro do seguro bagagem complementar ou suplementar.

Necessidade de atendimento médico

Caso o viajante sofra alguma queda e venha a torcer ou quebrar um pé. Ele poderá acionar o seguro viagem para garantir o atendimento médico e hospitalar em uma rede de saúde credenciada. Essas redes são constituídas de clínicas e hospitais privados e a seguradora é quem realiza o pagamento da conta.

Outro exemplo e esse um pouco trágico, mas que pode acontecer com qualquer pessoa, é ocorrer algo muito grave como um acidente, infarto, AVC ou até mesmo falecimento do viajante. Em caso de alguma fatalidade, o seguro vai garantir o traslado do corpo ou repatriamento sanitário para o país de origem.

Problemas com voos

Quem nunca teve um voo atrasado e até cancelado? Isso é muito comum e pode trazer muito transtorno ao viajante. Caso você enfrente um atraso longo, cancelamento, overbooking, perda de bagagem ou qualquer outro stress com a companhia aérea, a seguradora irá garantir que seus direitos sejam atendidos e você pode inclusive ganhar um valor extra de indenização.

De maneira geral, podemos definir o seguro viagem como sendo o melhor amigo do viajante. Aquele que acompanha em todos os momentos, mas principalmente nos ruins, oferecendo todo o apoio nas horas difíceis e nos perrengues da viagem.

O que o seguro viagem cobre?

São muitas as coberturas oferecidas pelo seguro viagem, mas elas vão depender do plano contratado.

Existem planos mais básicos que garantem apenas as assistências fundamentais obrigatórias por norma da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), assim como existem planos mais completos que garantem toda e qualquer proteção ao viajante.

De maneira geral, o seguro viagem cobre o seguinte:

  • Despesas médicas e hospitalares (DMH);
  • DMH por Covid-19*
  • DMH para a prática de esportes;
  • DMH para gestantes;
  • Traslado médico;
  • Taslado de corpo;
  • Regresso sanitário;
  • Despesas farmacêuticas (por reembolso);
  • Despesas odontológicas;
  • Fisioterapia;
  • Gastos por atraso de voo;
  • Convalescença em hotel;
  • Cancelamento da viagem;
  • Extravio de bagagem;
  • Danos à mala;
  • Passagem e hospedagem para um familiar (em caso do viajante precisar de internação);
  • Assistência jurídica em caso de acidente de trânsito;
  • Remessa de dinheiro para o exterior para o pagamento de fiança em caso de acidente de trânsito;
  • Orientação em caso de perda de documentos;
  • Seguro em caso de invalidez permanente;
  • Seguro em caso de morte acidental.

*O seguro viagem Covid não é oferecido por todas as seguradoras, mas muitas delas se adaptaram perante a necessidade atual do viajante.

A Assist Card e a Affinity, por exemplo, passaram a oferecer uma cobertura para gastos relativos à quarentena para o caso do viajante testar positivo na véspera do voo de volta para a casa. Outras, como a Universal Assistance, garante a DMH por Covid, assim como a indenização por diagnóstico do vírus e o traslado em caso de morte.

Seguro viagem deve estar no planejamento
Muitas seguradoras oferecem cobertura para Covid no seguro viagem.

Quanto custa um seguro viagem?

De modo geral, um seguro viagem não custa caro, principalmente se comparado a assistência que terá caso o imprevisto resolva aparecer. É possível encontrar planos básicos a partir de R$ 15 por dia de viagem até planos acima de R$ 100 por dia de viagem.

Mas dizer quanto custa o seguro ao certo, depende de alguns fatores. Como explicado no tópico acima, existem planos básicos e completos. Também existem seguradoras que são melhores e outras piores. Nesse caso, recomendo verificar a avaliação nos portais de reclamações como, por exemplo, o Reclame Aqui.

Além do plano e da seguradora, o destino, a quantidade de dias e a idade do viajante também vão interferir no custo final. Porém, para te dar uma noção de quanto custa, realizamos uma cotação no dia 16 de fevereiro de 2022 através do nosso comparador de seguro viagem simulando 10 dias de viagem pela Europa.

Selecionamos quatro planos entre básicos e completos.

Cobertura UA 40 Mundo Intermac Euro 40 Inter Coris 60 Europa Basic + Covid-19 AC 60 Mundo Covid-19 Quarentena*
DMH USD 40 mil EUR 40 mil EUR 60 mil USD 60 mil
DMH por Covid não não USD 10 mil USD 30 mil (dentro da DMH principal)
Traslado de corpo USD 40 mil EUR 40 mil EUR 50 mil USD 10 mil
Regresso sanitário USD 60 mil EUR 40 mil EUR 50 mil USD 40 mil
Seguro bagagem USD 1.500 EUR 500 EUR 1.000 USD 1.200
Cobertura odontológica USD 500 EUR 400 EUR 60 mil USD 500
Gastos Por Atraso do Voo não EUR 200 (após 12 horas) não USD 100 (após 6 horas)
Total R$ 264,89 R$ 240,76 R$ 282,36 R$ 728,49

O plano AC 60 Mundo Covid-19 Quarentena, da Assist Card tem um valor muito mais elevado que outros planos, pois depois do episódio do Casal das Maldivas, a seguradora passou a oferecer a cobertura para possíveis gastos com a quarentena.

Sendo assim, se o viajante testar positivo na véspera do voo de retorno, ele poderá acionar a seguradora para solicitar o reembolso com gastos extras relativos à hospedagem, alimentação e remédios.

Apesar do valor mais alto, ele é um plano completo que oferece todas as assistências necessárias a um viajante, principalmente diante da realidade atual de pandemia, uma vez que a vacina não nos impede de contrair o vírus. Portanto, podemos concluir que o valor dele tem um bom custo-benefício.

Onde comprar o seguro viagem?

Existem várias maneiras de comprar. Uma delas é utilizando o nosso comparador de seguro viagem em parceria com o Seguros Promo ou até mesmo utilizar outros comparadores existentes no mercado como, por exemplo, o Real Seguro Viagem.

Outra maneira de adquirir o seguro é através dos sites oficiais das seguradoras. Nesse caso, procure pesquisar sobre qual é a melhor seguradora para não entrar em uma furada e contratar uma que não conta com um bom atendimento.

Se quiser, também pode contratar através de agências de viagem ou com um corretor de seguros. Mas já adianto que essas duas opções não são as melhores, pois eles precisam ganhar uma comissão em cima da venda, logo acaba saindo mais caro.

Desconto no seguro viagem

Muitas seguradoras e comparadores apresentam cupons de desconto nos seus respectivos sites. Antes de contratar, vale verificar de há algum desconto ativo.

Se optar por contratar através do nosso comparador de seguro viagem ou diretamente no Seguros Promo, você pode ganhar até 5% de desconto ao utilizar o nosso código EURODICAS5. E se optar pelo pagamento via Pix ou Boleto bancário, garante mais 5%, totalizando 10% de desconto na compra do seguro.

Qual seguro viagem escolher?

A escolha do seguro só depende de você. Como já falei, existem vários fatores que devem ser analisados. Comece com a análise do seu perfil enquanto viajante, respondendo as seguintes perguntas:

  • Sou idoso?
  • Estou em gestação?
  • Vou praticar esporte durante a viagem?
  • Tenho alguma doença preexistente?
  • Posso contrair Covid / sou do grupo de risco?

Se a resposta for “sim” para alguma das perguntas acima, significa que deverá escolher um seguro viagem que tenha uma cobertura específica. Além disso, busque informações sobre as seguradoras e se aquela que deseja contratar tem uma boa avaliação. Afinal, quando contratamos o seguro, o mínimo que a gente espera é por um atendimento de qualidade.

Por último, você pode conferir o nosso ranking de melhor seguro viagem e escolher um dos planos previamente analisados pela nossa equipe. O importante mesmo é garantir a proteção para ter uma viagem mais tranquila.

Experiência de uma brasileira com Seguro Viagem na Itália

Nada melhor do que contar com uma história real de uma brasileira que precisou acionar a cobertura do seguro viagem durante sua estada na Europa.

A história é da Vivian Ruziscka Felix, que viajou para a Itália com seus dois filhos em novembro de 2021, amparados com o Seguro viagem da Porto Seguro.

Vivian Felix e família
Imagem do Arquivo Pessoal da Vivian Felix

Visita à Itália em período de pandemia

“De acordo com as regras vigentes na Itália naquele período, era necessário apresentar um exame PCR ou Antígeno na chegada , fazer uma quarentena fiduciária ( auto monitoramento) e após 10 dias, era necessário apresentar novo exame PCR para Covid e assim seríamos liberados para circular na Itália tomando os devidos cuidados” – disse Vivian.

“Quando passaram os 10 dias, o governo local mandou-nos mensagem de texto agendando o referido exame e dois dias depois eu e meu filho menor testamos positivo e minha filha testou negativo. Juntamente com o resultado, eles nos impuseram um rígido protocolo de isolamento, nos impedindo de sair por prazo indeterminado. Fomos avisados que um novo exame apenas seria possível em 10 dias.”

Positivo para Covid, mas com auxílio do seguro viagem

“Imediatamente liguei para meu seguro viagem a cobrar e pedi uma consulta domiciliar e no mesmo dia o médico veio para verificar como estávamos e isso foi fundamental.”

O Governo italiano apenas disse pra ficarmos em casa, mas não deu nenhum orientação do que fazer em caso de sintomas e por falarmos muito mal o italiano, qualquer orientação seria por telefone e isso seria muito difícil.

“E com a seguradora, falamos em português , a cobrar da Itália para o Brasil. A primeira ligação a atendente recusou o atendimento. Resolvi ligar de novo e explicar melhor e fui atendida pelo Eduardo, não me esqueço o nome dele, e ele disse que ia me ligar de volta e ligou mesmo. Nem acreditei, pq a partir daí, tudo foi resolvido.

Nessa mesmo dia o médico pediu novo exame e no dia seguinte encaminhamos o pedido médico e a seguradora autorizou os exames em coleta domiciliar, que acabou acontecendo no final de semana, um sábado.

Na segunda feira, recebemos os exames por email e ficamos todos aliviados que estavam todos negativos, pois somos os 3 asmáticos, num país no qual não dominávamos a língua e com medo de estarmos doentes e ficarmos sem nenhuma orientação para preservar nossa saúde.

Ainda que tivéssemos que seguir isolados, saber que não estávamos sozinhos foi fundamental.”

De acordo com Vivian, ela já tinha contratado o seguro da mesma empresa anteriormente, mas não havia a cobertura para covid-19. Mas a seguradora ampliou a cobertura devido à pandemia e o atendimento do Eduardo foi excelente.

Era justamente o que esperava de um seguro saúde. Sem reparos!

Como comprovar seguro viagem?

Para comprovar é muito simples. Após a compra, você receberá a apólice do seguro viagem no e-mail informado, pode imprimir ou deixar acessível na caixa de e-mail.

Ao viajar, caso o agente da imigração solicite a apresentação do seguro viagem, basta apresentar a apólice. Algumas seguradoras, oferecem aplicativos para celular onde o viajante pode acessar a apólice de maneira rápida, assim como acionar o atendimento do seguro.

Não esqueça que o seguro é altamente recomendável independente da obrigatoriedade do destino, por isso, deve fazer parte do planejamento financeiro da viagem. Faça a cotação no comparador do Euro Dicas e boa viagem!