Seguro viagem: guia completo com toda a informação

Seguro Viagem  / 

Apesar de não ser obrigatório para todos os destinos, o seguro viagem é um documento muito importante para você viajar protegido caso imprevistos aconteçam.

Muitas pessoas têm dúvidas com relação ao seguro viagem. Então, escrevemos este texto para buscar esclarecer tudo para você sobre a proteção.

O que é um seguro viagem?

Seguro de viagem é o seguro destinado a cobrir despesas médicas, hospitalares e odontológicas, cancelamento de viagem, extravio bagagem, acidente de voo, repatriação sanitária, morte, entre outras perdas que podem ocorrer durante sua viagem.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

O seguro de  viagem pode ser nacional ou internacional e, mesmo que não seja obrigatório para muitos destinos, é uma proteção importante.

seguro viagem documentos

Saiba o que é, como escolher e como contratar um seguro viagem internacional.

Para que serve essa proteção?

Serve como uma espécie de plano de saúde para o turista, mas por um determinado período. Isso significa que ele é válido durante o tempo contratado da viagem.

Que órgão regulamenta e supervisiona os planos de seguro viagem no Brasil?

No Brasil, os planos de seguro de viagem são regulamentados e supervisionados pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP).

De acordo com a SUSEP, os planos devem ser compatíveis com as complexidades hospitalares. Além disso, devem garantir a cobertura dos valores coerentes com os praticados nas redes de saúde privada no destino do segurado.

Os planos que possuem valores mais elevados atendem, principalmente, às pessoas que viajam para lugares que têm custos médicos altos, como, por exemplo, os Estados Unidos.

E o que fazer em caso de problemas com a seguradora?

Primeiramente, busque solucionar o problema diretamente com a seguradora, ainda mais se o caso for urgente. Caso não tenha resolvido, entre em contato com a SUSEP para fazer a reclamação.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Em que países o seguro viagem é obrigatório?

O documento é obrigatório para os países europeus que fazem parte do Tratado de Schengen. Os seguintes países exigem seguro de cobertura mínima de 30 mil euros para que turistas pisem em seus territórios:

  • Alemanha;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Chipre;
  • Dinamarca;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • Espanha;
  • Estônia;
  • Finlândia;
  • França;
  • Grécia;
  • Holanda;
  • Hungria;
  • Islândia;
  • Itália;
  • Letônia;
  • Lituânia;
  • Liechtenstein;
  • Luxemburgo;
  • Malta;
  • Noruega;
  • Polônia;
  • Portugal;
  • República Tcheca;
  • Suécia;
  • Suíça.

Confira o guia que fizemos sobre seguro viagem Europa.

Apesar de o Reino Unido não fazer parte do Acordo de Schengen, turistas que visitam a Irlanda também devem ter seguro de viagem internacional. Mas não é exigida a cobertura mínima como nos países regidos pelo tratado.

Confira mais informações sobre o seguro de viagem para a Irlanda.

A contratação de uma cobertura para a Austrália só é obrigatória para estudantes de intercâmbio.

A maioria dos países da América Latina não exige o seguro ao turista, exceto em Cuba (cobertura mínima de US$ 10 mil para assistência médica) e na Venezuela (US$ 40 mil, com cobertura para assistência e repatriação médica, além de auxílio funerário).

Além disso, o governo venezuelano também exige que o turista contrate um seguro adicional para a cobertura de roubos, furtos ou extravio de bagagem.

Por que é importante contratar um seguro viagem?

Nunca se sabe se algum imprevisto desagradável acontecerá na sua viagem. Por isso, devemos estar prevenidos para não termos que pagar caro por isso.

O seguro lhe dá mais tranquilidade e segurança por te proteger contra os riscos aos quais está exposto em sua viagem, seja ela de férias, de negócios ou em intercâmbio.

Muitos fatos podem “atrapalhar” sua viagem, como: acidente, cirurgia emergencial, regresso antecipado por conta de morte na família, perda de bagagem, cancelamento de voo, entre vários outros.

Por isso, nada melhor do que estar protegido e fazer o seu seguro viagem para não estar exposto a riscos.

Onde contratar um plano?

O seguro viagem pode ser contratado diretamente na agência onde você comprou seu pacote turístico, em empresas especializadas na comercialização avulsa de planos de seguro viagem, nos sites das seguradoras ou em sites comparadores de seguros.

Sugerimos que você faça a cotação do seu seguro através da nossa calculadora de seguro viagem. Em parceria com o Seguros Promo, iremos ajudar você a encontrar o plano perfeito para a sua viagem e garantimos o menor preço aos nossos leitores. E o melhor: sem custos adicionais.

Oferecemos desconto

Se você fizer a contratação de seu plano no Seguros Promo através da nossa calculadora e inserir na hora do pagamento o nosso código EURODICAS5, ganha 5% de desconto. Caso opte por pagar por boleto bancário, tem mais 5% de desconto. Assim, você pode reduzir em 10% o valor do seu seguro viagem.

cotar seguro viagem online

Quanto custa um seguro viagem?

Essa proteção custa barato, principalmente se compararmos os gastos que teríamos caso não o tivéssemos e precisássemos de assistência.

Os preços dos planos variam de acordo com a seguradora e com as coberturas. Para uma viagem pelo Brasil, por exemplo, é possível encontrar planos a partir de R$ 6 por dia. Já pela Europa, há planos a partir de R$ 12 por dia de viagem (cotação feita em abril de 2019 no site Seguros Promo).

Você pode realizar sua cotação e verificar, sem sair de sua casa, o valor dos planos para o seu destino.

Faça agora mesmo a sua cotação e saiba os valores dos planos que lhe oferecem o melhor custo-benefício.

E o que interfere no valor dos planos?

Vários fatores podem interferir no valor do seu plano de seguro, como: a duração de sua viagem, o destino, sua idade, se você vai praticar esportes radicais, se você é estudante, quantas pessoas vão viajar com você (dependendo da quantidade, o valor pode diminuir), entre outros.

Qual plano devo contratar?

Podemos citar algumas seguradoras que estão entre as melhores e mais recomendadas para adquirir seu plano, como:

Porém, o melhor para você vai depender do seu destino e do seu perfil de viajante.

Quais são as coberturas mais comuns?

Algumas das coberturas mais comuns são:

  • Atendimento médico e odontológico, 24 horas por dia;
  • Indenização caso ocorra morte acidental ou invalidez em viagem;
  • Perda ou extravio de bagagem,
  • Assistência para localizar a bagagem;
  • Auxílio farmácia;
  • Cancelamento de voo;
  • Seguro de interrupção ou cancelamento de viagem, em caso de emergência médica;
  • Traslado de corpo;
  • Convalescença em hotel;
  • Passagem aérea ida e volta para um familiar caso tenha problemas de saúde;
  • Assistência jurídica;
  • Pagamento antecipado de fiança, além de oferecer muitos outros benefícios.

Como essa proteção é disponibilizada?

O seguro de viagem é disponibilizado na forma de apólice ou de bilhete.

Há opções de apólices específicas para o período da sua viagem, apólices “Multi Trip”, que podem oferecer cobertura para um número ilimitado de viagens dentro de um período de tempo. Essa proteção é interessante para quem faz mais de duas viagens internacionais por ano e fica até 30 dias em cada uma.

Saiba todas as informações sobre o seguro viagem anual no artigo que escrevemos sobre o tema.

Posso cancelar meu plano?

Cada seguradora, agência ou site que venda seguro tem suas regras para cancelamento de seguro viagem. Mas geralmente é possível cancelar seu seguro até sete dias antes da data de seu embarque.

Se você contratar o seu seguro no Seguros Promo terá vantagens: caso precise cancelar, pode proceder o cancelamento até 24 horas antes da sua vigência, independentemente da data da compra. O site reembolsa o valor integral pago.

Como escolher o plano ideal?

A escolha do plano ideal vai depender do seu perfil e destino. Ao escolher suas coberturas, você deve considerar quais são os benefícios oferecidos, os limites e os valores de cada plano, para selecionar o que proporcione o melhor custo-benefício para você.

Perfil do Viajante

Por exemplo, para entrar na Europa é necessário ter cobertura médica e hospitalar mínima de 30 mil euros. Entretanto, idosos, grávidas e pessoas com doenças preexistentes, por exemplo, devem contratar planos de seguro viagem mais completos para cobrir suas especificidades.

Uma pessoa que viaje para um destino de praia e vá apenas curtir o local deve fazer um tipo de plano. Já outra que viaje para um destino de neve e esquiar durante a sua viagem, deve fazer outro plano, mais específico para a sua condição.

Destino

Você vai viajar para os Estados Unidos e o país não exige seguro viagem na imigração. Mas você pesquisou e sabe que os custos de uma emergência ou urgência nos hospitais norte-americanos são bem altos. Levando isso em consideração, o ideal é a contratação de um plano com uma cobertura elevada, acima de 50 mil dólares.

Coberturas complementares

Outro fato a ser considerado são as coberturas complementares: o que, para você, é importante em um plano. Quer seguro anti roubo? Concierge? Maior garantia de viagem de regresso? Assim, já filtra os planos que têm as coberturas que você julga essenciais na sua viagem.

Caso queira saber mais sobre os planos de seguro viagem e como escolher o melhor para o seu perfil, confira o artigo que escrevemos sobre o tema.

Há riscos que podem não estar cobertos?

Sim. Há riscos excluídos para a contratação de um seguro viagem. Exemplos: viagem para zona de guerra, viagem com o objetivo de receber tratamento médico ou de fazer um parto, terrorismo (a maior parte dos planos de cancelamento de viagem exclui coberturas e ressarcimentos para perdas ou danos decorrentes de terrorismo). Os critérios são determinados nas condições gerais de cada seguradora, incluindo a definição e o local e a data da ocorrência.

Por isso, é necessário ler com atenção a apólice para saber exatamente os riscos que estarão cobertos.

O que fazer em caso de sinistro?

Caso algum imprevisto ocorra em sua viagem e você precise de assistência, você deve entrar em contato com a seguradora contratada (mesmo que você tenha adquirido seu plano com um site comparador de seguros, o responsável é sempre a seguradora), com todos os seus documentos pessoais em mãos, assim como a apólice do seu seguro viagem.

O contato deve ser feito antes mesmo de ir a um hospital e ele está discriminado na sua apólice. Normalmente, deve ser feito por telefone, quando é caso de emergência. Se não estiver com muita pressa, pode utilizar outros canais de atendimento da seguradora, como chat, e-mail ou outros.

Qual é a diferença entre seguro bagagem complementar e suplementar?

Como o nome diz, o seguro de bagagem complementar completa a indenização paga pela companhia aérea até o valor da apólice. Isso significa que se o valor para extravio de bagagem descrito na apólice é de R$ 700 e a companhia aérea paga R$ 300, você receberá do seguro um valor de R$ 400 de indenização.

Já com o seguro suplementar você recebe o valor estabelecido na apólice de seu seguro viagem, além do valor pago pela companhia. Por exemplo: sua apólice tem o valor de R$ 700 para extravio bagagem e a companhia aérea te paga R$ 300 de indenização, você receberá os R$ 700 da seguradora + os R$ 300 da companhia aérea.

Devo transportar comigo a apólice durante a viagem toda?

Sim. Assim que você contratar seu plano, deve imprimir a apólice e levar com você, em sua bagagem de mão. Além disso, é recomendado que você leve sua apólice em sua mochila para todos os lugares para onde você for na sua viagem.

Idosos, grávidas e pessoas com doenças preexistentes podem contratar plano?

Sim, de acordo com as condições gerais expostas na apólice do plano. É recomendável a contratação de uma cobertura maior para despesas médicas e hospitalares e um seguro viagem específico com base nas suas condições.

Por quanto tempo devo contratar um plano?

É importante estar coberto durante todo o período de sua viagem. Mas podem ocorrer imprevistos na sua ida ou volta. Por isso, sugerimos antecipar e prorrogar, por, pelo menos, um dia, a validade do seu seguro viagem.

Quando devo contratar?

Não há um prazo. O plano pode ser contratado até mesmo no dia do seu embarque. Mas é preciso se atentar ao tempo que a seguradora leva para ativar o seu seguro depois da compra.

Há empresas que pedem até 72 horas de prazo para fazer esse processo. Então, para evitar possíveis problemas, é recomendável a contratação do seguro viagem pelo menos uma semana antes do embarque.

Como é feito o reembolso do seguro viagem?

Muitos planos funcionam com o sistema de reembolso – você faz o pagamento do atendimento e posteriormente o seguro lhe ressarce o valor gasto. Por isso, é importante guardar todos os comprovantes de pagamentos de todas as despesas tidas.

Por outro lado, existem planos que não trabalham com reembolso e, dessa forma, não é necessário que você efetue nenhum pagamento. Nesse caso, a seguradora trata o caso diretamente com o hospital.

Vale a pena contratar seguro viagem de cartões de crédito?

Depende. Algumas bandeiras de cartões de crédito disponibilizam o serviço de seguro viagem de forma gratuita ou a preços atrativos. Porém, é importante verificar, antes de tudo, se as coberturas oferecidas vão suprir as suas necessidades durante a viagem.

Caso a resposta seja não, a melhor coisa a fazer é contratar um seguro viagem específico para você.

Confira aqui se seguro viagem Visa vale a pena.

Qual é a diferença entre o seguro de viagem e assistência de viagem?

De acordo com os especialistas do Portal Seguros Promo:

A diferença entre seguro viagem e assistência de viagem é que o seguro o cliente paga e depois é reembolsado, já no caso da assistência, o cliente não paga nada. Ambos estão inclusos em qualquer plano de seguro e o que faz com que o cliente pague ou não pelo serviço dependerá do hospital ou clínica para onde vá.

Se ele for em um hospital conveniado, indicado pela seguradora, o cliente estará coberto pela assistência. Mas, caso queria ir para um hospital de sua preferência ou não haja rede credenciada no local, ele deverá pagar pelos serviços prestados e depois será reembolsado pela seguradora. Essa opção de assistência viagem e seguro viagem somente é válida em casos de escolha de hospital ou clínica. Em caso de assistência farmacêutica, por exemplo, o cliente deverá pagar para depois ser reembolsado.

Saiba mais neste artigo: diferença entre seguro viagem e seguro saúde.

Como saber se um seguro viagem é bom e confiável?

Há seguradoras que são recomendadas pela maioria das pessoas. Mas, caso você tenha alguma dúvida com relação à reputação de um seguro viagem, pesquise a avaliação de usuários em sites, como: Reclame Aqui, Trustpilot, Facebook, entre outros.

Ler o que blogueiros escrevem e esclarecer dúvidas com os atendentes das seguradoras também pode ser interessante para saber mais informações sobre determinado seguro viagem.

Além disso, a SUSEP está à disposição para solucionar todas as suas dúvidas em relação à idoneidade de uma seguradora. O telefone de atendimento ao consumidor é 0800 021 8484.


É necessário contratar seguro viagem para Portugal?

Sim, é necessário seguro viagem para Portugal. Como vimos acima, Portugal faz parte do Tratado de Schengen, que exige que você contrate um seguro com cobertura mínima de 30 mil euros para entrar no país.

O Seguro Viagem para Portugal é um documento que serve para te proteger caso algum imprevisto aconteça em sua viagem para o país lusitano. Ele cobre despesas médicas, hospitalares e odontológicas que podem ocorrer durante a sua viagem.

Além disso, um bom seguro viagem para Portugal cobre, ainda, cancelamento de viagem, extravio bagagem, acidente de voo, repatriação sanitária, morte, entre outros gastos que podem aparecer durante sua viagem.

Mas existem acordos bilaterais entre Brasil e Portugal sobre o atendimento de saúde nos dois países.

Você pode ir ao Núcleo Estadual do Ministério da Saúde para solicitar o seu PB4, um Certificado de Direito à Assistência Médica (CDAM), que dá aos brasileiros o acesso ao atendimento de saúde pública em Portugal.

Mas o PB4 substitui o seguro viagem para Portugal?

Essa é uma das dúvidas mais comuns de quem vai viajar para Portugal. A resposta para esta pergunta é não. O PB4 dá a condição de os brasileiros serem atendidos pela rede pública de saúde portuguesa, assim como os portugueses. Mas o seguro viagem é mais abrangente.

O documento tem coberturas além da saúde, como, por exemplo, para extravio de bagagem, cancelamento de voos, casos mais graves de saúde e outras situações que podem acontecer durante a viagem. No entanto, é importante frisar que as coberturas vão depender do seguro contratado.

Seguro viagem para o Tratado de Schengen: saiba quando é necessário.

Assim, na prática, o PB4 não substitui o seguro viagem em Portugal. Porém, se você o apresentar diante da imigração, o certificado cumpre função equivalente à de uma apólice emitida por uma seguradora, o que elimina a obrigatoriedade de apresentação de um seguro viagem.

Dessa forma, é recomendado viajar com os dois documentos: o PB4, que é gratuito, e o seguro viagem, específico para você.

Veja o artigo que escrevemos sobre a diferença entre PB4 e seguro viagem. Confira também se o PB4 precisa ser apostilado e saiba mais sobre o certificado.

E o que fazer em caso de sinistro?

Se você estiver viajando com o PB4 e com o seguro viagem e acontecer algum imprevisto em sua viagem, e você necessite de assistência médica, você tem duas possibilidades:

1. Dirigir-se até um hospital público do país com o seu certificado em mãos e ser atendido como se fosse um cidadão português. Neste caso, pagará os valores que seriam cobrados a um cidadão local pela emergência ou urgência no hospital;

2. Contatar a sua seguradora, com todos os seus documentos pessoais em mãos, assim como a apólice do seu seguro viagem, e seguir as recomendações do atendente. O contato deve ser realizado antes mesmo de ir a um hospital.

O contato está discriminado na sua apólice de seguro viagem para Portugal e, para ser atendido mais rapidamente (em casos emergenciais), o ideal é fazer o contato via telefone. Caso não esteja com muita pressa, pode usar outros canais de atendimento disponibilizados pela seguradora, como chat, e-mail ou outros.

Confira, ainda, informações sobre seguro viagem para a Espanha e sobre seguro viagem para a França.

Tenho passaporte europeu. Preciso de seguro viagem para a Europa?

Se você possui passaporte europeu, é cidadão legal de um país da União Europeia. Por isso, sua entrada é facilitada em qualquer país integrante do bloco, assim como o Espaço Schengen.

Assim, você possui os mesmos direitos que um cidadão europeu: pode morar e trabalhar legalmente em outro país e tem direito ao sistema público de saúde.

Dessa forma, não é obrigatório seguro viagem para quem tem passaporte europeu, apesar de ser sempre muito recomendado. Para ter acesso ao sistema de saúde europeu, você deve ter um documento que comprove sua residência no país para garantir seu cartão de saúde.

O que pode acontecer caso eu não contrate seguro viagem para Portugal?

A principal consequência é ter a possibilidade de não conseguir entrar em Portugal e ter que voltar para o Brasil sem aproveitar a viagem programada.

Apesar da obrigatoriedade de ter que estar com seu seguro viagem em mãos, a imigração não solicita sua apresentação para todos os turistas. Mas de qualquer forma, não vale a pena correr riscos. Porém, além de correr risco de ser deportado, outras coisas desagradáveis podem acontecer em sua viagem, como:

Muitas coisas podem acontecer, como:

  • Perda ou extravio de bagagem;
  • Você precisar voltar antes da data programada da sua viagem por alguma morte ou internação de parente de primeiro grau e ter que pagar outra passagem ou multa por não possuir seguro com essa cobertura;
  • Seu voo ser cancelado etc.

Quem deve contratar seguro viagem para Portugal?

Todas as pessoas que viajem para Portugal, seja a turismo ou para se mudar definitivamente para o país.

Onde devo apresentar o seguro viagem?

O seguro viagem pode ser pedido pelo agente de imigração do aeroporto. Apesar de ele não ser solicitado para todas as pessoas, é necessário viajar com esse documento em sua bagagem de mão.

Veja também como organizar mala para a Europa.

Qual plano devo contratar?

Depende. Os planos devem ser escolhidos de acordo com as coberturas oferecidas e você deve levar em consideração o que é mais imprescindível contratar para a sua viagem. Quanto mais coberturas seu plano oferecer, melhor.

Além disso, você deve considerar o seu perfil de viajante e o seu destino. Uma pessoa que viaje para um destino de praia e vá apenas curtir o local deve fazer um tipo de plano. Já outra que viaje para um destino de neve e vá praticar esportes radicais durante a sua viagem, deve fazer outro plano, mais específico para a sua condição.

Outra questão a ser considerada: idosos, grávidas e pessoas com doenças preexistentes, por exemplo, podem contratar planos de seguro viagem para Portugal, com base nas condições gerais expostas na apólice do seguro.

No entanto, é recomendável a contratação de uma cobertura maior para despesas médicas e hospitalares e um seguro viagem específico, de acordo com suas condições.

Por isso, os planos de seguro viagem que podem ser recomendados para uma pessoa, podem não ser para outra. Leia o artigo que fizemos e entenda mais sobre como escolher o melhor para você.

Algumas seguradoras confiáveis

Confira algumas seguradoras conhecidas e recomendadas para comparar seu seguro viagem para Portugal:

Outras maneiras de saber se um seguro viagem é confiável

Apresentamos algumas seguradoras que são de confiança. Porém, se você quiser saber mais sobre elas e sua reputação, planos e o que as pessoas que já usaram o serviço acham, basta consultar sites, como o Reclame Aqui, o Trustpilot, o Facebook, entre outros e esclarecer suas dúvidas.

Caso você, mesmo assim, esteja com receio de contratar um plano de seguro viagem por algum motivo, consulte a Superintendência de Seguros Privados (SUSEP). O órgão que regulamenta todas as seguradoras está disponível para solucionar suas dúvidas em relação à idoneidade de uma seguradora ou corretora. O telefone de atendimento ao consumidor é 0800 021 8484.

Qual é a cobertura mínima de plano de seguro viagem para Portugal?

O tratado de Schengen exige que a cobertura mínima para despesas médicas e hospitalares seja de 30 mil euros para entrar no país. Esse é um ponto a se atentar. Mas você pode escolher a seguradora e o plano que melhor que convierem, de acordo com essa condição.

Entretanto, outra ressalta é que se você viajar com o PB4, o seguro viagem para Portugal não é um item obrigatório para a imigração, apesar de muito relevante.

O que um seguro viagem para Portugal cobre?

Depende das coberturas contratadas. Ele pode cobrir, por exemplo:

  • Atendimento médico e odontológico, 24 horas por dia;
  • Indenização caso ocorra morte acidental ou invalidez em viagem;
  • Perda ou extravio de bagagem,
  • Assistência para localizar a bagagem;
  • Auxílio farmácia;
  • Cancelamento de voo;
  • Seguro de interrupção ou cancelamento de viagem, em caso de emergência médica;
  • Traslado de corpo;
  • Convalescença em hotel;
  • Passagem aérea ida e volta para um familiar caso tenha problemas de saúde;
  • Assistência jurídica;
  • Pagamento antecipado de fiança, além de oferecer muitos outros benefícios.

Por isso, sempre ressaltamos a importância de ler com muita atenção sua apólice de seguro viagem para contratar as coberturas e os limites de acordo com as suas necessidades.

Quanto custa um seguro viagem para Portugal?

Normalmente um seguro viagem para Portugal ou para qualquer outro país custa barato, principalmente se formos calcular os gastos que teríamos caso precisássemos da assistência e tivéssemos que pagar por isso.

A partir de R$ 12 por dia de viagem você já consegue contratar um bom plano de seguro viagem com boas coberturas. Mas o valor pode ser maior, dependendo do que for realmente necessário para você em sua viagem.

O valor do seu seguro viagem vai depender de alguns fatores, como:

  • Duração de sua viagem;
  • Destino;
  • Sua idade;
  • Se você vai praticar esportes radicais;
  • Se você é estudante;
  • Quantas pessoas vão viajar (dependendo da quantidade de contratantes do seguro viagem, o preço pode cair), entre outros.

Saiba onde encontrar seguro viagem barato.

Onde contratar?

Você tem diversas opções para contratar seu seguro viagem para Portugal. As mais comuns e confiáveis são:

  • Agências de viagem e turismo;
  • Empresas especializadas na comercialização de planos de seguro viagem;
  • Sites das seguradoras;
  • Sites comparadores de seguro viagem.

Nossa recomendação

O pessoal do Euro Dicas sempre recomenda para seus leitores que façam a cotação através da calculadora de seguro viagem aqui do Portal. Basta responder a algumas perguntas básicas sobre sua viagem e você receberá uma lista de planos de seguradoras reconhecidas no mercado indicadas para o seu destino. Além disso, o Euro Dicas garante o menor preço para os seus leitores.

Se preferir, pode também realizar a cotação diretamente através do Portal Seguros Promo. O site é um comparador de seguro viagem e, por comercializar diversos plano todos os dias e possuir parceria com algumas das melhores seguradoras do mercado, consegue oferecer preços mais baixos.

Além disso, é confiável, tem atendimento de excelência para esclarecimento de dúvidas e ainda cobre as ofertas da concorrência, caso você encontre o mesmo plano com preço mais barato em outro lugar.

Veja o que é, como escolher e como contratar um seguro viagem internacional.

Oferecemos desconto

Para pagar ainda mais barato pelo seu plano de seguro viagem Portugal, basta inserir o nosso código EURODICAS5 (tudo junto e maiúsculo) na hora do pagamento. Assim, você ganha 5% de desconto. E para ganhar mais 5%, é só efetuar o pagamento com boleto bancário. Dessa forma, você consegue pagar menos 10% do plano que já está com um bom preço.

Realize agora mesmo a sua simulação, compare os valores dos planos que lhe oferecem o melhor custo-benefício e escolha aquele que mais se encaixe no seu perfil.

Cupom de desconto no seguro viagem: consiga aqui o seu.

Posso contratar meu seguro viagem para Portugal no dia da viagem?

Pode. Não existe prazo para contratação de seu seguro viagem. Porém, é necessário se atentar ao tempo que a seguradora leva para ativar o seu seguro depois da compra (algumas podem levar até 72 horas para o processo).

Para evitar problemas, recomendamos que contrate seu seguro vigem com, pelo menos, uma semana de antecedência à data de sua viagem.

Posso contratar seguro viagem de cartões de crédito?

Sim. Não há problema nenhum em contratar seguro viagem de cartão de crédito, contanto que ele tenha cobertura mínima para países europeus.

Algumas bandeiras de cartões de crédito disponibilizam gratuitamente o serviço de seguro viagem. Mas, mesmo sendo de graça, é importante que você analise todas as coberturas oferecidas para saber se elas vão suprir suas necessidades durante o período em que estiver fora.

Se não forem suficientes, deve comprar um seguro para Portugal que seja específico para o que você vai precisar durante sua viagem.

Veja o artigo que escrevemos sobre o seguro viagem Visa e saiba se ele vale a pena.

E por quanto tempo devo contratar o seguro de viagem para Portugal?

Por todo o período de sua viagem, desde quando você embarca até o seu desembarque no aeroporto do Brasil. Mas, para minimizar riscos, é aconselhável antecipar e prorrogar por um dia, pelo menos, a validade de seu seguro viagem Portugal.

Assim, se você vai viajar no dia 10 e chegar no Brasil no dia 20, o ideal é contratar as coberturas do dia 9 até o dia 21.

O seguro viagem para Portugal é obrigatório e indispensável. Por isso não perca tempo e utilize a nossa calculadora de seguros para encontrar o plano ideal para o seu estilo de viagem e para o seu bolso. Garantimos aos nossos leitores o melhor preço nos principais planos do mercado.

Vou viajar para a Itália. Posso substituir o seguro pelo  IB2?

Não. O IB2 é um certificado que dá direito de acesso ao atendimento público de saúde na Itália, à semelhança do PB4 em Portugal. O país possui acordos bilaterais com o Brasil, mas o IB2 (CDAM)  não substitui o seguro viagem.

O seguro viagem é mais abrangente. Pode cobrir, por exemplo, extravio de bagagem, cancelamento de voos, casos mais graves de saúde e outras situações que podem ocorrer durante a viagem. As coberturas vão depender do plano contratado.

Não viaje sem seguro. Utilize a nossa calculadora de seguro viagem e encontre o plano adequado ao seu estilo de viagem e seu destino. Garantimos aos leitores do Euro Dicas o menor preço. Depois é só fazer as malas! Boa viagem!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.