Tratado de Schengen: o que é e qual a implicação para os brasileiros

Europa  / 

A livre circulação de turistas brasileiros na Europa é uma realidade graças ao Tratado de Schengen. Não ter a necessidade de solicitar um visto de turista, e ter acesso com menos burocracia aos países que fazem parte do tratado, são algumas das vantagens criadas por esse tratado.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Veja o que é o Tratado de Schengen, quais países fazem parte e o que isso significa para os brasileiros.

O que é o Tratado de Schengen

É um acordo feito entre 26 países europeus, que estabelece a livre circulação de pessoas entre esses países. O tratado está em vigor desde 1985 e estabelece também a obrigatoriedade de um seguro viagem para os visitantes.

Com esse tratado foi possível diminuir a burocracia nas fronteiras e melhorar o acesso dos visitantes. Portanto, quando entramos na Europa, passamos pela imigração de um país, e a partir daí não precisamos mais passar pelo mesmo processo em cada fronteira, tudo isso graças ao Tratado de Schengen.

Países que fazem parte

Atualmente 26 países fazem parte do Tratado de Schengen. Alguns países não fazem parte do tratado mas adotaram a política da livre circulação, como é o caso do Vaticano, por exemplo.

Os países que fazem parte do Tratado de Schengen são:

Vai visitar um dos países acima? Então faça a cotação do seu seguro viagem no Portal Seguros Promo.

Implicações do Tratado de Schengen para brasileiros

O Tratado de Schengen é um ótimo benefício para os brasileiros. Como sabemos, os brasileiros não precisam de visto de turista para entrar na Europa. E por causa do Tratado de Schengen, a circulação dentro da Europa é facilitada.

Ou seja, a partir do momento que entramos na Europa por um país que pertence ao Espaço Schengen, podemos circular por todos os outros países que fazem parte do espaço sem ter que passar pela imigração em todas as fronteiras.

Existem algumas regras que deverão ser cumpridas, como por exemplo o período de estadia máximo é de 90 dias, e é obrigatório ter um seguro viagem.

Seguro viagem para o Tratado de Schengen

O seguro viagem para o Tratado de Schengen é obrigatório para os turistas brasileiros. Ele poderá ser pedido na imigração, na hora que você for entrar na Europa. A cobertura mínima exigida é 30 mil €.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

O valor que você irá pagar no seu seguro vai depender de alguns fatores, como tempo de estadia na Europa, idade, condições de saúde, seguradora escolhida. Normalmente você conseguirá encontrar seguros a partir de R$12 por dia.

A melhor maneira de obter o melhor preço é fazendo cotações online. Você pode encontrar o melhor preço através da nossa calculadora de seguros. Em parceria com o portal Seguros Promo, garantimos o menor preço aos leitores do Euro Dicas e ainda oferecemos o cupom de desconto EURODICAS5, basta inserir esse código na parte de pagamento para ganhar 5% de desconto.

Não se esqueça de levar a sua apólice de seguro na mala de mão, pois ela poderá ser necessária quando você for passar pela imigração.

Visto

Como já dissemos, os brasileiros são isentos de visto de turista para entrar no Espaço Schengen. Nós podemos permanecer na Europa por um máximo de 90 dias como turistas. Para entrar na Europa, temos que comprovar algumas coisas (como por exemplo ter uma reserva de hotel, passagem de volta para o Brasil comprada, seguro viagem e dinheiro).

Cada país na Europa possui as suas regras de imigração, por isso quando você for viajar deve olhar quais as regras básicas para entrar no país (principalmente no país que você chegar), mesmo o país fazendo parte do Tratado de Schengen.

Circulação de turistas

Por conta do Tratado de Schengen, existe uma política de livre circulação entre os países que fazem parte do tratado. Por isso, quando você entrar na Europa por um país que faz parte do Tratado de Schengen, você terá que passar pela imigração.

Depois disso, todas as vezes que você mudar de país a burocracia vai ser bem menor (independente do meio de transporte que você utilizar). Na maior parte das vezes você não irá nem passar pela imigração.

Isso não quer dizer que nunca vão te pedir os seus documentos. Existe sim a política da livre circulação, mas podem haver momentos em que os seus documentos serão solicitados, para comprovar a legalidade no país.

Visitar os países que fazem parte do Tratado de Schengen

Muitas pessoas têm vontade de fazer um mochilão pela Europa. E graças ao Tratado de Schengen, a circulação entre os países fica facilitada.

Por isso, se você quer viajar pela Europa, e visitar os países que fazem parte do Tratado de Schengen, confira a lista desses países, para que você monte o seu roteiro sabendo que terá menos burocracia e mais facilidade para viajar.

Não deixe de planejar a sua viagem com antecedência, se informar sobre o clima dos países e fazer as reservas dos hotéis. Assim você conseguirá garantir os melhores preços e ainda preparar a sua mochila com as peças certas para a estação. Saiba tudo sobre as estações do ano na Europa.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Julia é brasileira, formada em Turismo e mora em Portugal há 6 anos. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.