Carta convite: veja o que é, para que serve e como fazer

Europa  / 

Provavelmente você já ouviu falar em carta convite se você já viajou ou tem planos de viajar para o exterior e ficar hospedado na casa de algum familiar ou amigo. Mas é comum existirem muitas dúvidas com relação a esse documento, para que ele serve, como fazê-lo, qual é o modelo etc.

Por isso fizemos este artigo, para esclarecer tudo o que você precisa saber.

Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil.


Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem. Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para a sua viagem.

FAZER COTAÇÃO »

O que é e para que serve a carta convite

A carta convite é um documento informal usado para confirmar na imigração que você ficará hospedado na casa de alguém no país para onde você está viajando.

Ao viajar para fora do Brasil, é preciso ter, entre outros documentos, reserva em um hotel ou hostel. Mas caso você se hospede na residência de algum familiar, amigo ou estiver viajando em sistema de house sitting, deve levar consigo uma carta convite escrita pelo anfitrião, que deve ser residente legal no país onde você for visitar ou morar.

Ela serve como comprovação de que sua acomodação e suas despesas (dependendo da carta, o anfitrião pode se responsabilizar também pelas despesas relacionadas à alimentação, passagens etc.) estarão asseguradas por quem for te receber.

Confira como fazer intercâmbio de graça na Europa.

Como e quando usar a carta convite

Como vimos, o documento é usado como comprovante de hospedagem no país de destino e deve ser apresentado, caso solicitado, na imigração.

Além disso, a carta convite pode ser apresentada para solicitar visto para determinados destinos, visando substituir um comprovante de hospedagem. No entanto, os Estados Unidos, por exemplo, não a consideram um documento oficial.

Por isso, o ideal é pesquisar nos consulados dos países no Brasil quais são os documentos aceitos.

Descubra tudo sobre a Europa: história, idioma, moedas e muito mais.

carta convite o que e

Detalhes a se atentar

Veja algumas informações importantes:

Seu anfitrião deve ser nativo ou residente legalizado no país

É importante ressaltar que a carta convite deve ser escrita pela pessoa que vai te hospedar e que seu anfitrião seja residente legal no país para onde você vai viajar. O documento pode ser redigido a próprio punho (neste caso, atentar-se à caligrafia legível) ou no computador (facilita a leitura pelos órgãos da imigração).

Idioma do documento

De preferência, a carta deve ser feita no idioma do país onde você esteja visitando, especialmente se o país em questão exige que esse documento seja registrado em algum órgão oficial.

Carta convite original

Outro ponto a se atentar é: se puder, solicite que o seu anfitrião envie a carta original pelo correio. Assim, você terá o documento original em mãos. No entanto, a maioria dos países costuma aceitar a carta escaneada e enviada por e-mail.

Carta X visto

É importante destacar que a carta convite não te dá direito a nenhum tipo de visto e não te isenta da obrigatoriedade de pedir visto se você permanecer por mais de 90 dias na Europa.

Confira quanto tempo você pode ficar na Europa como turista e saiba tudo sobre o ETIAS, o novo visto para viajar para a Europa.

Registro

A necessidade de registro vai depender das embaixadas ou consulados no Brasil de cada país. No entanto, anfitrião no Brasil que esteja recebendo um estrangeiro deve autenticar a carta convite em cartório brasileiro e o documento deve ser enviado ao interessado para que este possa apresentá-lo à autoridade consular, de acordo com o que diz o Portal Consular.

Pensando em morar em Portugal?

Venha morar em Portugal sem complicações nem imprevistos com ajuda do nosso guia Como Morar em Portugal.


Num só lugar, você aprenderá o passo a passo para conseguir trabalho em Portugal e tudo sobre custos de vida, as melhores cidades para viver, cidadania, vistos, documentos necessários, educação e muito mais.


Receba grátis o índice e primeiras páginas!

RECEBER AMOSTRA »

Mesma carta convite

Caso você more no Brasil, vá para o exterior com sua carta convite e depois regresse para o Brasil e vá de novo para o mesmo destino, hospedando-se no mesmo local, é preciso solicitar ao anfitrião que escreva outra carta convite, com novas datas da viagem.

Como fazer uma carta convite: passo a passo

Fazer uma carta convite é simples. Entre outras informações, vimos que o documento deve ser redigido pelo anfitrião e que pode (e é até melhor) fazê-lo no computador. As informações que devem constar na carta convite são as seguintes:

  • Dados do anfitrião: nome, documento de identidade, nacionalidade, profissão, endereço completo da residência e contato;
  • Dados do(s) visitante(s): nome, número do passaporte, nacionalidade, profissão, endereço de residência e contato;
  • Motivo/objetivo da viagem. Em caso de viagem de negócios, incluir dados sobre a empresa;
  • Vínculo/relacionamento entre as partes;
  • Período da viagem: dia em que chegará no país e dia de saída;
  • Termo de responsabilidade financeira, se o anfitrião for responsável por todas as despesas do hóspede durante a sua estadia na sua residência. Caso não arque com as despesas do hóspede, informar na carta que ele tem condições de pagar suas despesas no período em que estiver no país.

Junto à carta é interessante que seja anexada uma cópia do passaporte ou algum documento de identidade do anfitrião. Mas isso não é obrigatório.

Observação: apesar de a carta convite ser um documento universal, é aconselhável que você confirme quais são as informações necessárias no consulado correspondente ao país visitado.

Leia também o artigo que fizemos com tudo o que precisa para viajar para a Europa: documentos, euros e planejamento.

Modelo de carta convite

Não há um modelo oficial a ser seguido para fazer uma carta convite. Porém, é importante que ela tenha todas as informações para serem apresentadas na imigração do país de destino.

A seguir, veja um modelo publicado pelo Itamaraty para quem for brasileiro e quiser hospedar um estrangeiro em sua casa. Esse modelo pode ser adaptado de acordo com as necessidades de cada um.

Prezados Senhores,

Eu (nome do anfitrião, estado civil, profissão, nacionalidade), portador da carteira de identidade (número da carteira de identidade), residente à rua (endereço completo), convido (nome do convidado, nacionalidade, profissão), portador do passaporte (número do passaporte), residente à rua (endereço completo), a visitar-me no período de (início do período) a (fim do período), a fim de (objetivo da viagem).

Esclareço que, durante sua permanência no Brasil, o(a) Senhor(a) (nome do convidado) ficará hospedado(a) no seguinte endereço: (endereço completo).

Comprometo-me a assumir todas as despesas de meu convidado com hospedagem, alimentação e outras que se fizerem necessárias durante sua estada no Brasil.

Atenciosamente,
(assinatura do anfitrião)

Além da carta convite, é necessário comprar passagem de ida e de volta caso você não possua cidadania europeia, ter dinheiro para se manter no período em que estiver fora (principalmente se a carta convite não informar que o seu anfitrião será o responsável pelas suas despesas) e seguro viagem.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.