Apartamentos para alugar na Europa: documentos e melhores sites

Está em busca de apartamentos para alugar na Europa? Se ainda está no Brasil, a internet será sua aliada. Se já estiver no velho continente, nada melhor do que conferir ao vivo as ofertas do mercado. Vamos te dar dicas sobre como fazer a locação nos principais países europeus. Confira.

Como encontrar apartamentos para alugar na Europa?

Para fazer uma boa locação na Europa, você vai precisar de boa informação e muita pesquisa. Vamos te explicar como você deve proceder em cada um dos principais países europeus, com dicas de plataformas de locação e de imobiliárias.

Apartamentos para alugar na Europa ainda estando no Brasil

Se você quer alugar apartamento na Europa, mas ainda está no Brasil, você deve utilizar a internet como sua aliada. Ela te dará uma boa ideia do tipo de apartamento disponível no país em questão e também dos valores praticados pelo mercado.

Ter este parâmetro é muito bom, tanto para garantir que você não seja ludibriado pagando a mais, nem caia em no golpe do aluguel de apartamento que é muito comum no velho continente: o apartamento lindo e maravilhoso, na melhor vizinhança, por uma barganha.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Fuja desta tentação. Sabe aquela história de que quando o milagre é demais, o santo desconfia? Pois é! Melhor ficar com um bom custo-benefício na média do preço de mercado.

Depósito só com a chave na mão

Outro cuidado muito relevante: não faça depósitos antes de ter a chave na mão. Utilize a internet para fazer uma seleção dos melhores candidatos, mas não feche o negócio sem antes visitar pessoalmente o apartamento. Lembre-se que as fotos podem enganar – a ponto até de imóvel nem existir de fato.

O melhor é você chegar no novo país tendo hospedagem por alguns dias garantida em casa de parentes ou amigos, em hostel, ou em um quarto alugado via Airbnb, por exemplo. Não vai custar tão caro e você terá mais segurança para fechar a locação.

Atenção ao contrato de locação

É importante também que você se proteja com um contrato de locação. Na Europa, muitas vezes os donos dos imóveis não fazem contrato e alugam seus apartamentos de maneira bastante informal. Isto pode até ser atraente por conta do preço, mas você fica vulnerável às exigências do locatário.

É preciso que você entenda claramente quanto vai pagar. Também, se há reajuste e quando e baseado em que ele ocorre. Confira se há multa caso você não fique pelo tempo todo do contrato. E se há exigências na devolução do imóvel. Por exemplo, se o locatário exige que você entregue o imóvel pintado, você também deve exigir o mesmo na entrada.

Documentos necessários para a locação

Cada país tem suas próprias exigências sobre a documentação necessária e falaremos de cada um especificamente abaixo.

No entanto, basicamente, os documentos devem comprovar quem é você, se trabalha ou estuda no país, se tem autorização de permanência e se tem condições financeiras para bancar o aluguel.

Como economizar no aluguel?

Para quem está em busca de opções mais baratas de aluguel, boas possibilidades são:

  • Apartamentos compartilhados;
  • Apartamentos mais afastados da região central da cidade escolhida. Mas lembre-se de calcular se o custo do transporte não levará a economia feita com o aluguel por água abaixo. Morando no centro, você acaba se locomovendo muito mais a pé, especialmente nas cidades europeias.

É melhor alugar com imobiliárias ou não?

Depende. A locação do imóvel por imobiliária pode ser mais segura tanto para o inquilino quanto para o proprietário, pois a chance de golpe é bem menor. No entanto, as imobiliárias costumam cobrar uma porcentagem em cima do valor do aluguel, fazendo com que o mesmo fique mais caro e a negociação seja mais difícil.

Por outro lado, fazer a locação diretamente com os proprietários, acaba sendo muito mais vantajosa. Dessa maneira, você consegue fazer a negociação do valor do imóvel e caução com mais facilidade. Porém, se estiver olhando apartamento para alugar na Europa diretamente com o senhorio, a dica que posso te dar é fazer uma visita pessoalmente ao local para evitar surpresas.

Como realizar o pagamento do aluguel?

Para fazer o pagamento do aluguel sem gastar muito, você pode utilizar plataformas de remessa de dinheiro para o exterior. Exemplos são: Remessa OnlineTransferWise.

Além de praticarem taxas mais baixas que os bancos tradicionais, elas garantem bastante transparência na movimentação financeira. Antes de realizar a remessa, você já sabe quanto pagará e quanto o destinatário vai receber.

Alugar apartamento em Portugal

Os documentos necessários para alugar apartamento em Portugal podem variar. Se você alugar diretamente com o senhorio, ele pode exigir pouca documentação. Já diretamente com a imobiliária, possivelmente será solicitado:

  • Documento de Identificação (passaporte ou título de residência);
  • Comprovante de renda;
  • NIF (número semelhante ao CPF no Brasil);
  • Adiantamento do aluguel (normalmente dois a seis meses);
  • Fiador (e documentação da pessoa) ou meses de aluguel de adiantamento – isto depende de cada proprietário.

Os melhores sites para alugar apartamento em Portugal são:

As dicas de imobiliárias são:

Chaves na mão

Em Portugal existe uma modalidade de aluguel chamada “Chaves na Mão” que se destina a quem quer chegar no país com o imóvel totalmente funcional e pronto para morar.

Funciona como uma consultoria: você informa como é o apartamento que deseja, a equipe procura o apartamento, manda fotos e faz videoconferência para que você veja o imóvel.

Se ficar satisfeito, a empresa ainda prepara a documentação e ativa os serviços de água, luz, gás e internet. Obviamente, tamanho conforto tem seu custo e é uma opção de locação mais cara.

Alugar apartamento na Espanha

Se procura apartamento para alugar na Espanha, saiba que o inquilino é quem paga a taxa de serviço da imobiliária, que é de 7% a 10% do valor do aluguel. Então, esteja preparado para isto se não fechar a locação diretamente com o proprietário.

As imobiliárias também exigem abertura de conta-corrente em banco espanhol e comprovação de mudança para o país por motivo de trabalho ou estudos.

Na Espanha não é comum os contratos terem um fiador, mas a caução é paga. Alguns chegam a pedir seis meses de aluguel adiantado para fechar negócio. Cabe a você decidir se aceita ou não.

As melhores imobiliárias para alugar apartamento na Espanha são:

Via internet, você pode consultar os seguintes portais:

Alugar apartamento na Inglaterra

Os documentos solicitados para quem quer alugar apartamento na Inglaterra podem variar, dependendo do proprietário ou da imobiliária. Mas, em geral, as exigências são:

  • Passaporte;
  • Comprovante de renda;
  • Referência anterior de locação (caso possua);
  • Referência do empregador;
  • Conta bancária no Reino Unido;
  • Depósito de três meses de aluguel;
  • Contrato mínimo de aluguel de seis meses.

Os melhores sites para alugar apartamento na Inglaterra são:

Geralmente os anúncios colocam o valor semanal de locação (per week – pw) ou mensal (per calendar month – pcm).

Para quem está disposto a viver em lugares diferentes e ter uma nova experiência, existe a possibilidade do The Collective, que é um co-living, ou seja, uma forma de aluguel onde é possível viver em comunidade, mas com quartos privados. Mas apesar de coletiva, esta alternativa é mais cara: os quartos são mobiliados, com contas inclusas, espaço para co-working e acesso a eventos culturais. Os valores ultrapassam mil libras por mês.

Apartamentos para alugar na Europa porta

Alugar apartamento na França

Você vai precisar dos seguintes documentos para alugar um apartamento na França:

  • Passaporte;
  • Comprovante de residência no país, como o recibo dos três últimos meses do aluguel atual;
  • Comprovante de situação profissional na França, como um contrato de trabalho ou documento de estudante;
  • Comprovante de renda, sendo que seu salário deve ser pelo menos três vezes maior do que o valor do aluguel.

Também será necessário ter um fiador (caution ou garant, em francês) e um RIB (documento que indica sua conta bancária na França).

É possível que a imobiliária ou proprietário aceite um fiador que não more no país. Mas será preciso apresentar também documento de identidade e comprovante de renda do fiador.

Os melhores sites para que busca apartamento são:

Alugar apartamento na Itália

Basicamente, para alugar apartamento na Itália será necessário:

  • Documento de identidade (se for italiano é a ID italiana, se for brasileiro o passaporte brasileiro);
  • Se não for italiano, podem solicitar o permesso di soggiorno (permissão de permanência no país), para provar que você está legalmente na Itália;
  • Códice Fiscale (o CPF italiano);
  • Comprovante de rendimentos;
  • Pagamento de dois aluguéis como caução, que serão devolvidos no final do contrato, desde que o apartamento seja entregue nas mesmas condições em que foi alugado;
  • Carta de referência, caso você possua.

Na Itália não é preciso ter fiador.

As duas maiores imobiliárias que atuam na Itália são:

Outra opção para alugar apartamento na Itália é diretamente com o proprietário. Para encontrar esses apartamentos, a melhor maneira é a pesquisa na internet:

Alugar apartamento na Alemanha

Se você quer alugar apartamento na Alemanha, há muita demanda e pouca oferta de apartamentos, especialmente nas maiores cidades.

Mas é muito raro fechar a locação à distância ou mandando outra pessoa avaliar o lugar por você. Geralmente, o proprietário quer encarar seu futuro inquilino olho no olho. E causar uma boa impressão é fundamental por lá.

As plataformas que disponibilizam os anúncios com fotos do imóvel e mapa da localização são um bom começo para as buscas. Abaixo, elencamos alguns dos mais indicados:

Não é muito comum ter fiador na Alemanha. Em geral, a pessoa paga um primeiro aluguel adiantado mais três aluguéis de caução – e o dinheiro fica aplicado pelo proprietário do imóvel, exatamente como acontece no Brasil.

Mas pode ser que o proprietário aceite fiador pessoa física, ou um banco que atue como fiador – o que é mais raro ainda de se conseguir sendo estrangeiro.

A cobrança pelo serviço da imobiliária fica a cargo do proprietário na Alemanha.

Os documentos necessários para alugar apartamento na Alemanha são:

  • Passaporte;
  • Comprovante de renda dos três últimos meses ou contrato de trabalho;
  • Registro de residência (que pode ser o endereço provisório);
  • Pesquisa no Schufa, Serasa alemão, que comprova que você é um bom pagador.

E aí, pensando em morar na Europa? Recomendamos nosso ebook O sonho de viver na Europa, que reúne diversas histórias reais de brasileiros que decidiram emigrar para o velho continente.

Boa pesquisa e boa sorte!

Cláudia Zucare Boscoli trabalha como jornalista há 20 anos, tendo se formado na Cásper Líbero, com extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), especialização em Marketing Digital pela FGV e pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP. Já trabalhou para IstoÉ Online, O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo e Editora Abril, entre outros veículos. Adora viajar, conhecer novas culturas e contar o que descobriu.

Artigos relacionados

Family Search: saiba se é seguro e como funciona

Para ajudar a conectar familiares existe o Family Search, ferramenta que coleta, preserva e compartilha registros genealógicos no mundo todo.

Apostila de Haia: o que é, como fazer e quanto custa

Entenda o que é a Apostila de Haia, por que ela ajuda quem quer morar fora do Brasil, quais documentos pode apostilar e onde apostilar.

Carta de motivação: modelos e dicas para preparar o documento

Confira dicas para preparar uma carta de motivação, um modelo desse documento e veja exemplos de como escrevê-la para intercâmbio, mestrado e universidade.

Erasmus Mundus: o que é e como funciona esse programa de intercâmbio

O Erasmus Mundus é um programa de intercâmbio que oferece bolsas para brasileiros. Veja como funciona, como se candidatar e dicas para ser aprovado.

Carta convite: veja o que é, para que serve e como fazer

Carta convite: o que é, para que serve, como fazê-lo, qual é o modelo, como e quando usá-la e detalhes a se atentar sobre o documento.

Países fáceis de imigrar: veja os 4 mais receptivos da Europa

Confira a lista de países fáceis de imigrar e descubra o porquê da facilidade. Veja como é a adaptação, visto e burocracias para brasileiros nesses países.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube