Em busca de um “piso” para “alquilar” na Espanha? São muitas as possibilidades para encontrar o seu imóvel e vamos falar delas neste artigo. Descubra tudo o que você precisa saber para alugar apartamento na Espanha.

Como alugar apartamento na Espanha?

Existem duas maneiras de encontrar apartamento para alugar na Espanha: por conta própria ou contando com a assessoria de uma imobiliária. Se você deseja procurar sozinho por um lugar, é bom saber que hoje a pesquisa por anúncios acabou ficando mais fácil com a grande oferta na internet.

Claro que ter o auxílio de um corretor de imóveis e de uma imobiliária pode economizar tempo e trabalho na busca por alugar apartamento na Espanha, facilitando o processo de encontrar o imóvel ideal para você. Entretanto, também é importante levar em consideração que as agências pedem, normalmente, o valor de um mês de aluguel como comissão.

De qualquer forma, vai ser importante fazer algumas definições antes de tomar a sua decisão. Por isso destacamos alguns pontos que você deve levar em consideração no seu planejamento.

Aspectos importantes para alugar apartamento na Espanha

Se você está buscando apartamento para alugar na Espanha, algumas perguntas precisam ser respondidas antes, como, por exemplo:

  • Qual a cidade que melhor atende aos seus objetivos?
  • Você é trabalhador, estudante ou aposentado?
  • Você precisa morar em cidades grandes, como Madrid ou Barcelona, ou pode optar por um endereço mais periférico e utilizar o transporte público para locomoção diária?
  • Qual o tipo de imóvel você deseja, um próprio ou pode ser um quarto em um apartamento compartilhado?
  • Qual a sua disponibilidade de recursos? Pense que as maiores cidades são as mais caras e, quanto mais central a localização do imóvel, mais caro será o aluguel.
  • O apartamento precisa estar mobiliado ou não? Se você estiver de mudança com família e filhos, é interessante contar com a comodidade dos apartamentos mobiliados, que facilitarão sua chegada. No entanto, saiba que eles têm aluguel mais alto e normalmente a fiança pedida pelo proprietário é maior por dispor de fogão, geladeira, máquina de lavar, etc.

Com certeza, se você já tiver as respostas para estas questões em mente, todo o processo de busca de um imóvel na Espanha vai ser mais fácil.

Onde encontrar apartamento para alugar na Espanha?

A internet é hoje o maior catálogo de apartamentos para alugar na Espanha, com muitos sites e aplicativos operando em todo o país. Sem dúvida, essa é maneira cômoda, prática e rápida de encontrar o seu imóvel, mas não é a única opção.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Como mencionado anteriormente, existe a possibilidade de contar com a ajuda de um corretor de imóveis que irá lhe assessorar a encontrar o apartamento ideal.

Se você estiver disposto a pagar a taxa solicitada, pode valer a pena economizar todo o tempo da procura e contar com alguém para intermediar as tratativas para você. Além disso, também é útil contar com um profissional que conheça bem a região.

Um conselho para ajudar a definir exatamente em que bairro procurar é utilizar um mapa da cidade com as linhas de transporte público. E, uma vez em território espanhol, não deixe de caminhar pela cidade para conhecer o ambiente do local onde você deseja morar. Uma simples caminhada pode lhe surpreender ou lhe fazer mudar de ideia.

Melhores sites para buscar apartamentos

No final das contas, entre todas as maneiras existentes de encontrar um apartamento para alugar na Espanha, a mais utilizada hoje em dia acaba sendo mesmo a internet, através dos sites e aplicativos especializados.

Mas, quais são os portais com as melhores ofertas e maiores possibilidades para alugar apartamento na Espanha? É exatamente isso que veremos agora!

Vamos direto ao ponto! Existem muitos os sites para alugar apartamento na Espanha, como você pode observar na lista a seguir:

Entretanto, dois deles merecem um destaque especial, que são: Idealista e Fotocasa.

Idealista

O Idealista é hoje o portal com maior número de oferta de imóveis para alugar na Espanha e essa é a maior vantagem desse portal. Existem apartamentos que não estão publicados em nenhum outro meio, o que faz com que suas chances de encontrar um imóvel aumentem bastante.

Isso ocorre porque o idealista é a preferência tanto dos proprietários como das pessoas que buscam alugar apartamento na Espanha.

Fotocasa

Mudando de aplicativo, vamos falar do segundo maior portal para alugar apartamento na Espanha, o Fotocasa.

Seu diferencial está no desenho fácil de compreender e intuitivo, inclusive, a sua estrutura é bem parecida com a plataforma do Airbnb.

Melhores imobiliárias para alugar

Se você prefere contar com a ajuda de profissionais na Espanha, poderá visitar uma imobiliária para ser assessorado na busca de um apartamento para alugar na Espanha.

Apesar de poder exigir que você se desloque até uma agência, esse processo acaba poupando seu tempo. Isso porque você conversará com um especialista de imóveis na região que lhe ajudará a encontrar um que se ajuste às suas necessidades.

Hoje em dia, é até muito provável que as tratativas com a agência possam ser realizadas de forma remota também. Além disso, pode haver uma segurança maior.

Ao optar por alugar um apartamento na Espanha através de uma imobiliária, será obrigatoriamente feito um contrato de locação de acordo com os parâmetros legais. Esse contrato é uma garantia de que o combinado entre as partes (proprietário do imóvel e locatário) seja respeitado.

E aí? Gostou de ideia de contar com um corretor no processo? Então saiba quais são as melhores imobiliárias da Espanha:

Outras formas de alugar apartamento na Espanha

Outra opção para encontrar um apartamento para alugar na Espanha é através de grupos do Facebook. Uma modalidade bastante requisitada por esse meio é o aluguel de quartos por estudantes em cidades universitárias.

Diariamente são publicados anúncios de apartamentos e quartos, abaixo alguns deles:

No entanto, não deixa de ser uma alternativa para outros casos também. Mas, lembre-se de nunca fechar negócio sem antes ver o imóvel.

Dessa forma, não faça transferências de valores antes de ter a certeza de que o anúncio não se trata de uma fraude ou golpe.

onde encontrar apartamento para alugar na espanha

Documentos para alugar apartamento na Espanha

E aí, já escolheu seu apartamento? Então vamos à parte mais importante: a análise da documentação.

Na maioria das vezes, você só precisará apresentar dois documentos, que são:

  • Documento de identificação (DNI, NIE ou Passaporte);
  • Comprovante de renda (Contracheque, comprovantes de rendimentos ou demais documentos comprovativos de recursos financeiros).

Alugar apartamento na Espanha não é difícil, mas pode ser um pouco trabalhoso, principalmente para quem não possui um emprego no país.

Apesar de poucos documentos exigidos, a análise da comprovação de renda é bastante restritiva, o que nos leva ao ponto seguinte deste artigo.

Brasileiros precisam apresentar outros documentos?

Na prática, não é necessária a apresentação de outros documentos a não ser os citados anteriormente. Mas, como mencionado, a comprovação da renda é bastante criteriosa e pode limitar muito as opções de brasileiros que não trabalhem na Espanha. Mas, por que isso?

Isso ocorre porque alguns proprietários e praticamente todas as imobiliárias exigem a realização de um seguro contra inadimplência. E é aí que surge o problema, já que as seguradoras raramente aceitam inquilinos que não trabalhem na Espanha.

Ainda que você possua uma boa entrada de recursos e tenha como comprovar, essa exigência poderá lhe limitar, se esse for o seu caso, claro.

Mas, a boa notícia é que não são todos os proprietários que fazem esta exigência. Por isso, pode ser uma vantagem alugar apartamento na Espanha de um particular e negociar.

Isso também pode fazer você economizar o valor de um mês de aluguel a título de comissão, que as imobiliárias exigem.

Desse modo, algo que pode ajudar a comprovar renda, apesar de não ser obrigatório, é mostrar movimentação financeira no país. Portanto, é importante abrir uma conta bancária na Espanha.

Quanto custa um apartamento para alugar na Espanha?

O custo de um apartamento na Espanha pode variar por diversas razões. Alguns dos fatores mais relevantes que influenciam no preço final do imóvel é a cidadae e a quantidade de quartos.

Para exemplificar preparamos uma tabela com as 4 cidades mais populosas da Espanha. Essa tabela foi realizada de acordo com informações contidas no site Numbeo, considerando imóveis de 1 e 3 quartos no centro da cidade.

Apartamento no centro das cidades 1 Quarto 3 Quartos
Média Espanhola 645,82 € 1.025,17 €
Madrid 887,42 € 1.610,17 €
Barcelona 896,98 € 1.515,62 €
Valência 726,36 € 1.120,00 €
Sevilha 622,50 € 1.058,33 €

Obviamente, um apartamento com 3 quartos vai custar muito mais do que o apartamento que tenha apenas um. E, claro, os imóveis da província de Madrid e Barcelona são responsáveis por elevar a média nacional no preço dos aluguéis.

Além desses fatores, a distância para o centro da cidade é outra questão que pode fazer a diferença. Por isso, preparamos também uma tabela com as mesmas cidades exemplificadas anteriormente, com a diferença que agora temos a média dos aluguéis fora dos centros urbanos.

Observe como o preço muda consideravelmente:

Apartamento fora do centro das cidades 1 Quarto 3 Quartos
Média Espanhola fora dos centros urbanos 494,18 € 755,53 €
Madrid 661,91 € 1.108,82 €
Barcelona 711,24 € 1.081,40 €
Valência 510,87 € 740,46 €
Sevilha 487,50 € 690,91 €

Em muitos casos, como é o exemplo de Sevilha e Valência por não serem cidades com grandes extensões como Madrid e Barcelona, morar fora do centro da cidade não é o mesmo que morar longe do centro.

Muitos Pueblos, como são chamadas as pequenas cidades de uma província espanhola, estão a menos de 10 minutos do centro da cidade e com preços muito mais acessíveis.

Cidades mais caras para alugar apartamento na Espanha

Outro fator que influencia bastante é o tamanho dos imóveis. Como pudemos ver, os preços de Barcelona para as condições apresentadas foram superiores. Entretanto, considerando o preço por metro quadrado, a situação muda de figura.

Por isso, preparamos uma lista com as 10 cidades mais caras considerando o preço por metro quadrado, segundo o site Statista, que são as seguintes:

Cidade (Comunidade Autônoma) Preço por m2
Madrid (Comunidade de Madrid) 16,3 €
Barcelona (Catalunha) 16,2 €
San Sebastián (País Basco) 14,4 €
Bilbao (País Basco) 12,5 €
Palma de Mallorca (Ilhas Baleares) 11,6 €
Sevilha (Andaluzia) 10,3 €
Málaga (Andaluzia) 10,1 €
Las Palmas de Gran Canária (Ilhas Canárias) 10,1 €
Vitoria-Gasteiz (País Basco) 9,6 €
Girona (Catalunha) 9,2 €

Podemos observar que capitais que são consideradas baratas, como Sevilha ou Málaga, por exemplo, entram nessa lista por possuírem apartamentos menores.

Na prática, paga-se mais, em média, por um aluguel em Valência, mas por um apartamento de maiores proporções, o que faz com que o preço do metro quadrado caia bastante.

Cidades mais baratas para alugar

Em contrapartida, podemos selecionar também os alugueis mais baratos das capitais de províncias da Espanha. Assim, segundo dados fornecidos pelo portal do Idealista, as capitais mais baratas da Espanha por metro quadrado são as seguintes:

Cidade (Comunidade Autônoma) Preço por m2
Zamora(Castela e Leão) 5,2 €
Ciudad Real (Castilla-La Mancha) 5,5 €
Cáceres (Extremadura) 5,6 €
Ávila (Castela e Leão) 5,7 €
Jaén (Andaluzia) 5,8 €
Lugo (Galícia) 5,8 €
Cuenca (Castilla-La Mancha) 5,9 €
Teruel (Aragão) 6,2 €
Ourense (Galícia) 6,2 €
Albacete (Castilla-La Mancha) 6,2 €

Nesse ranking, a cidade de Zamora é a que possui o metro quadrado mais barato entre as capitais de províncias espanholas.

Localizada na Comunidade Autônoma de Castela e Leão, o ranking segue com cidades das Comunidades de Castilla-La Mancha, Extremadura, Andaluzia, Galícia e Aragão.

Se formos levar em consideração o preço médio das Comunidades Autônomas, a que apresenta a menor média de preço por metro quadrado é a Comunidade de Extremadura, com 5,3 €/m2.

como sao os apartamentos na espanha

Como são os apartamentos na Espanha?

Em primeiro lugar, os apartamentos na Espanha são chamados de pisos, tanto pelas pessoas que buscam como pelos profissionais e imobiliárias. Assim, esse termo acaba sendo bastante utilizado nos sites para alugar apartamento na Espanha.

Mas por que é importante saber disso? Porque você encontrará uma grande quantidade de pisos em alquiler na Espanha. Esse tipo de imóvel é mais popular do que as casas, chamadas de viviendas, e as ofertas são muito maiores, principalmente nas grandes cidades.

Mas, então como é um apartamento na Espanha? Indo direto ao ponto, a maioria dos apartamentos para alugar na Espanha possui boa infraestrutura com varandas, sistema de climatização e, em alguns casos, mobília básica.

É claro que você pode alugar um apartamento na Espanha sem mobília. Assim, não só o valor do aluguel poderia ser mais baixo, como também o valor pedido de fiança.

Porém, alugar um imóvel já mobiliado tem suas vantagens, como facilitar a vida das pessoas recém-chegadas ao país, sobretudo das que possuem família.

Cuidados ao alugar apartamento na Espanha

Alugar um apartamento na Espanha não é nenhum problema. Pode ser um pouco trabalhoso, sobretudo dependendo da cidade de sua escolha, mas não há motivos para grandes preocupações.

A Espanha é um país muito turístico, com várias ofertas de alojamento, e que recebe estrangeiros o ano todo. Então, também existe a possibilidade de alugar um imóvel por temporada e até por plataformas, como o Airbnb.

Entretanto, é importante que você fique atento a algumas questões, para evitar qualquer problema, como possíveis golpes.

Cuidado com preços muito abaixo da média

Quando uma oportunidade surgir a um preço muito abaixo da média da cidade, tome cuidado. As boas oportunidades existem, mas é preciso ter muita cautela porque também existem anúncios falsos na internet.

A verdade é que a maioria dos anúncios são reais, mas não podemos ignorar a existência de golpes e, normalmente, as vítimas são estrangeiros que estão fora da Espanha. A pressa e ansiedade em garantir um apartamento faz com que algumas pessoas tomem decisões equivocadas.

Portanto, se for pedido um depósito a título de reserva do local ou mesmo para fechar o contrato sem que você nem tenha visto o imóvel, fuja. Não deposite seu dinheiro sem antes visitar o local e ler bem o contrato.

Por isso, recomendamos que você alugue um espaço no Airbnb, por exemplo, por um período de pelo menos um mês. Assim você terá tempo de visitar e participar de todo o processo presencialmente.

Confirme o nome do proprietário do imóvel no contrato

Algo que também deve ser verificado antes de assinar e pagar pelo imóvel é a comprovação da titularidade. É importante saber se a pessoa que está assinando é mesmo o dono do apartamento ou da casa e se seu nome está constando corretamente no contrato.

Peça sempre para ver a Escritura ou um documento que comprove o registro e o titular da propriedade, não tenha vergonha e não se intimide.

Leia bem o contrato de aluguel

Infelizmente, alguns proprietários e até corretores podem incluir cláusulas abusivas no contrato, por estarem alugando para um estrangeiro. Portanto, leia atentamente o contrato e não tenha medo de conversar caso algo não lhe faça sentir confortável.

Outro ponto importante é ficar atento à cobrança de taxas extras.

Conclusão

E aí, o que você achou de todas essas dicas? Esse processo não é difícil, mas demanda tempo e planejamento, principalmente para um estrangeiro que está indo morar na Espanha.

Entre em contato com diferentes proprietários e agências, explore as opções. Confira toda a documentação do imóvel, do proprietário e claro, leia o contrato de aluguel com atenção.

Ainda que você tenha dificuldade com o idioma, não tenha vergonha de conversar e tirar todas as suas dúvidas.

Ficou com vontade de morar na Espanha? Nós ajudamos! Conheça o nosso Ebook Como Morar na Espanha e veja o passo a passo completo para organizar a sua mudança. Ele foi escrito por outros brasileiros que moram na Espanha e sabem exatamente o que você deve (e o que não deve!) fazer para que a sua mudança seja bem sucedida, saiba tudo!