Morar sozinho ou dividir apartamento? Em tempos de crise econômica e orçamento mais apertado, em algumas regiões da Espanha, é muito difícil viver sem ter que compartilhar um “piso” com duas, três ou até quatro pessoas. Em Madrid, capital do país, as ofertas limitadas e os preços implacáveis das locações de imóveis ajudaram a popularizar ainda mais a busca por esse tipo de modelo, usado inicialmente por estudantes e que agora está sendo ampliado também para outros perfis. Para conhecer o terreno onde você vai pisar e não correr riscos, neste artigo explicaremos todos os detalhes para você saber como buscar quartos para alugar em Madrid.

Quartos para alugar em Madrid: tudo que você precisa saber

Viver em um apartamento compartilhado pode ser uma experiência muito positiva, mas também pode ser um verdadeiro desastre. Afinal de contas, louça suja e falta de papel higiênico podem causar estragos em qualquer tipo de relacionamento.
A questão é que muitas vezes a busca pelo cantinho dos sonhos levanta muitas dúvidas entre os inquilinos. É importante saber como essa transação é regulamentada na Espanha e ter, por exemplo, um contrato assinado, além de saber quais são as vantagens e desvantagens dessa modalidade de locação.

Regulamentação para alugar quartos em Madrid

Para início de conversa, os inquilinos de quartos para alugar em Madrid não desfrutam da proteção que a lei espanhola dá a quem aluga um apartamento inteiro. Isso porque, segundo a justiça, as regras da Lei de Locações Urbanas (LAU) não se aplicam a esses casos.
De acordo com os critérios jurídicos, esse tipo de locação é regido, em primeiro lugar, pelo que é acordado entre as partes e, na sua falta, pelo Código Civil (artigos 1554 e seguintes sobre arrendamento genérico).
Procurar quartos para alugar em Madrid
Embora seja comum fazer um acordo verbal, muita gente acredita que não terá imprevistos no imóvel. Mas, o aconselhável para quem vai buscar quartos para alugar em Madrid, é que haja um contrato de aluguel por escrito e assinado pelo inquilino e proprietário do imóvel.
Assim, você saberá quais são os direitos e deveres de ambas as partes e poderá evitar muita dor de cabeça no futuro. Entre outros aspectos, é importante que esse documento tenha os seguintes itens descritos:

  • Preço estipulado;
  • Duração do contrato;
  • Forma de pagamento;
  • Exatamente qual quarto o inquilino ocupará;
  • Consequências ao sair antes ou depois da data programada;
  • Serviços incluídos no aluguel (luz, gás, telefone, internet, etc.).

Além disso, alguns proprietários podem pedir de 1 a 2 meses de depósito, mais o valor do aluguel vigente para você entrar. Os depósitos retornam no final do contrato. Tenha estes cálculos em mente e tudo por escrito.

Os melhores sites para alugar quarto em Madrid

Como encontrar quartos para alugar em Madrid? Nos últimos anos, essa era uma tarefa bastante difícil por conta da grande procura por imóveis e da pouca oferta disponível, já que uma boa parcela dos apartamentos estava destinada aos aluguéis de temporada para turistas.
Mas agora, com a crise econômica provocada pelo coronavírus, você vai encontrar muitas ofertas, o tempo inteiro, com preço um pouco melhor e pode começar a escolher aquelas que se encaixam em suas necessidades sem sair do sofá de casa, ou seja, pela internet.
Para te ajudar nesse processo, vamos listar abaixo os principais sites usados na Espanha que podem ajudá-lo nessa missão.

Pisocompartido.com

Uma das páginas mais populares para buscar quartos para alugar em Madrid é o Pisocompartido.com, que pertence ao site Pisos.com. Ele é especializado em alojamento compartilhado e faz bastante sucesso entre o público jovem por ter uma estética colorida e bem divertida, além de fácil navegação e um mapa com a localização dos imóveis. Só em Madrid, mais de 2.200 quartos para alugar estavam disponíveis no catálogo virtual durante a nossa pesquisa.

Uniplaces

O site Uniplaces é mais uma opção para quem precisa encontrar o lugar ideal para morar. A plataforma online portuguesa foi criada em 2011 e tem foco em estudantes universitários.
Oferece reservas instantâneas e uma ampla variedade de apartamentos a preços acessíveis em Madrid, com diferentes datas de disponibilidade. Além de ver fotos dos quartos, é possível saber quais são as regras do espaço e a documentação exigida.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Procura assessoria para morar na Espanha?

Para solicitar a sua cidadania espanhola, visto, documentos, validação de diploma ou acompanhamento jurídico recomendamos o Escritório Madeira da Costa. Agende a sua consultoria e mude para a Espanha com segurança e tranquilidade.

SABER MAIS →

Badi

O Badi é uma espécie de Tinder para compartilhar um apartamento, pois tem um sistema que facilita encontrar um companheiro mais adequado ao seu perfil. Para fazer isso, a plataforma analisa automaticamente pessoas com interesses e personalidades semelhantes.
Você é uma pessoa quieta que gosta de ficar aos sábados assistindo a um filme? O Badi indicará quais quartos disponíveis têm um inquilino com as mesmas preferências que você.
Além disso, o Badi possui um sistema de geolocalização para encontrar quartos para alugar por proximidade e um sistema de bate-papo para que seus usuários se comuniquem após a conexão. Em 2015, ele ganhou o prêmio de melhor aplicativo espanhol do ano concedido pela The App Date.

Habitoom

Essa plataforma da web que possui aplicativos para Android e iOS também funciona como uma rede social porque ajuda a colocar as pessoas que procuram um quarto para morar em contato com quem oferece o espaço para tornar a convivência mais agradável.
Um fator diferencial é que os usuários avaliam não somente o apartamento em que vivem, mas também relatam suas experiências, preferências e atividades.

Fotocasa

O Fotocasa é um dos sites mais populares para quem busca um imóvel para alugar na Espanha, mas também tem a opção para quem quer compartilhar o apartamento.
É muito simples de usar e possui um grande número de filtros: por município, bairro, código postal, preço, número de quartos, número de banheiros, etc. Além de fotos, o site possui vídeos dos apartamentos, informa se o preço caiu e se as taxas comunitárias estão incluídas.

Idealista.com

O Idealista.com tem o maior catálogo de propriedades entre todos os sites, com mais de dois mil anúncios de quartos para compartilhar no centro de Madrid.
É possível filtrar a busca por área geográfica, tamanho, preço, estado do imóvel, número de quartos, número de banheiros, piso, características, data de publicação do anúncio e se procura um apartamento só de meninas ou de meninos. É simples de usar e oferece muitas informações ao usuário.

EasyPiso

Criado em 2004, o EasyPiso é um dos sites mais antigos do mercado. A sua interface é semelhante a qualquer página de aluguel de apartamento e funciona por geolocalização. Tem uma opção muito interessante para os inquilinos, pois eles completam um perfil com as preferências dos quartos que estão buscando e, dessa forma, os proprietários podem entrar em contato.

Outros sites para alugar quarto em Madrid

Facebook

As páginas do Facebook também são uma boa maneira de encontrar apartamentos para compartilhar pela Internet. Nas redes sociais, você pode encontrar grupos de pessoas na mesma situação que você, que conhecem alguém ou que estão procurando alguém para dividir um apartamento.
Mudança para Madrid
Diariamente são publicados anúncios de quartos e abaixo listamos alguns links para ajudar na sua busca:

Passo a passo para encontrar um quarto para alugar em Madrid

Escolhemos o Pisocompartido.com, um portal especializado em apartamentos compartilhados na Espanha, para mostrar o passo a passo de como encontrar quartos para alugar em Madrid. A interface é bem fácil de usar. Confira a seguir nosso passo a passo:

  • Geralmente, não é necessário o registro de usuário para acessar os serviços básicos. Na página principal você deve colocar a cidade em que deseja morar (Madrid), o que procura (um quarto), o tipo de quarto (individual ou duplo), se precisa estar mobiliado ou não, o valor máximo que está disposto a pagar por mês, se tem preferência por companheiros de gênero (homens, mulheres ou ambos), se é fumante e se tem animais de estimação;
  • Depois de usar o filtro para fazer a sua pesquisa, vão surgir vários anúncios. Ao entrar em um deles, você verá o mapa com a localização do imóvel e o tempo mínimo e o máximo da estadia. Também vão aparecer as regras da casa, se o valor do aluguel já inclui as despesas básicas mensais (água, luz, gás), entre outros;
  • Gostou do quarto? A maioria dos anúncios publicados que vimos têm o ícone do WhatsApp e, ao clicar nele, você será direcionado a página do aplicativo e poderá enviar uma mensagem direta para o anunciante. Caso não haja essa opção, é só preencher o formulário de contato com seu nome, e-mail e telefone e aguardar a resposta. Bem simples, né?

Quanto custa um quarto para alugar em Madrid?

As pessoas que buscam quartos para alugar em Madrid pagam, em média, 402 euros por mês, de acordo com análise feita pela plataforma Badi. O centro é o distrito com a maior oferta de quartos, seguido por Chamberí, Latina, Carabanchel e Puente de Vallecas. Esses cinco distritos concentram 40% da oferta publicada no site. Veja alguns preços a seguir:

  • Moncloa: 438€ por mês;
  • Retiro: 439€ por mês;
  • Salamanca: 478€ por mês;
  • Sol: 450€ por mês;
  • Malasaña: 465€ por mês;
  • Chamberí: 455€ por mês.

Melhores bairros para alugar quartos em Madrid

A capital espanhola é grande e eclética. Ou seja, são diversos bairros para morar com características completamente diferentes umas das outras, mas excelentes para viver. Escolher uma região não é uma tarefa fácil e vai depender do perfil de cada um como mostraremos a seguir.
O bom de Madrid é que a cidade tem uma excelente infraestrutura de transporte público. O metrô e o ônibus funcionam muito bem, então você estará bem conectado mesmo que more um pouco mais afastado do centro.

Moncloa

A área da Ciudad Universitaria e a parte de Chamberí, que faz fronteira com Moncloa, são muito procuradas por estudantes, já que o principal campus da Universidade Complutense de Madrid (a maior Universidade da Espanha) está localizado nessa região. É um lugar bastante agradável, tranquilo, com um grande número de bares e restaurantes, além de muitas áreas verdes e locais para praticar esportes. O transporte público permitirá que você se mova rapidamente, de ônibus e de metrô.

Retiro

O Retiro é central e uma das áreas mais privilegiadas de Madrid. Aqui é onde está localizado o belíssimo Parque El Retiro, local muito agradável para praticar esportes, fazer piquenique no gramado, andar de pedalinho no lago ou simplesmente tomar sol. O bairro também abriga uma das principais atrações da cidade: o Museu do Prado.
A região conta ainda com praças, escolas, supermercados, diversos restaurantes e comércio, além de ser incrivelmente bem conectada com toda a cidade. Morar sozinho nessa região custa caro, mas como a ideia é compartilhar um quarto, vale a pena conferir os preços.

Bairro Salamanca

Se há algo que caracteriza o bairro de Salamanca é o luxo! Não é a toa que ele é conhecido como “la milla de oro” (a mina de ouro) de Madrid. Elegante e tradicional, concentra ruas de compras com marcas de luxo, como a Calle de Jose Ortega y Gasset, Calle Serrano e Calle Velazquez, além dos restaurantes mais descolados da capital espanhola. Apesar disso, é um lugar bastante calmo e residencial, porém dos mais caros. Assim como em outras áreas de Madrid, é muito fácil chegar ou sair do bairro.

La Latina

La Latina é uma das áreas mais tradicionais de Madrid, com um bom custo-benefício e numerosos edifícios antigos em constante busca de inquilinos. Perto do centro da cidade e em meio a pontos turísticos, é ideal para quem procura praticidade e movimento. Há uma grande oferta gastronômica e cultural, o que faz com que a região seja muito frequentada pelos jovens nos finais de semana e amigos que vão tomar “cañas y tapas” aos domingos. Além de bares e restaurantes, tem vários mercados muito bons.

Sol

Considerado o centro de Madri, o Sol (toda a área em torno da famosa Puerta del Sol) é, sem dúvida, o epicentro da vida turística, cultural e de lazer, com muitas praças, lojas, cafés, bares e restaurantes. Se você quer agito 24h por dia, sete dias por semana, esse vai ser definitivamente um dos melhores bairros para você alugar um quarto.

Malasaña

Malasaña é um dos bairros mais populares de Madrid e uma ótima opção para quem procura um lugar jovem e descolado com uma atmosfera mais alternativa e boêmia. A região, com a Praça 2 de Maio, é ícone da cena de Madri dos anos 70 e 80, com lojas de estilo e uma rica arquitetura onde os edifícios antigos se destacam. Localizada ao norte de Gran Vía, é um lugar onde vivem muitos expatriados.

Lavapiés-Embajadores

Essa é é uma das regiões mais típicas da capital espanhola e uma boa opção para quem procura algo mais barato. Em Lavapiés-Embajadores convivem pessoas de todo o mundo e, além da riqueza multicultural, há uma grande variedade de restaurantes e lugares para comer. Nesta área está localizado o famoso Museu Reina Sofia. Por lá, você também vai encontrar o centro cultural La Tabacalera, o mercado de San Fernando e várias livrarias, teatros e cafés. O maior mercado de pulgas de Madrid, o El Rastro, também fica bem perto, a 5 minutos a pé.
Mas como é normal nas grandes cidades, as casas no centro têm um tamanho inferior ao das casas situadas na periferia e, no caso de Lavapiés-Embajadores, a superfície média das casas gira em torno dos 56 m2, de acordo com os dados da Prefeitura de Madrid. Por outro lado, a média da capital sobe para 84 m2. Ou seja, o bairro é agradável, mas os apartamentos são menos espaçosos.

Chamberí

Outro bairro bastante tradicional de Madrid, próximo ao centro, Chamberí conta com barzinhos e lojas muito antigas que foram passadas de geração em geração. Existem diversas tendinhas, grandes supermercados e comércio onde é possível encontrar produtos frescos e orgânicos sem sair do bairro. Trata-se de uma região residencial, porém a um passo de onde tudo acontece e com transporte público que te leva para todos os cantos da cidade.

Outros bairros e distritos de Madrid onde morar

Além das áreas que vimos ser ideais para alugar um quarto, há outros bairros que podem ser uma boa opção de moradia, em Madrid. Depende, mais uma vez, das prioridades de cada um ao procurar seu novo lar.

Chueca

Bem no coração da cidade, esse é o bairro onde o movimento gay nasceu em Madrid e um dos marcos da cena madrilenha dos anos 80. Internacionalmente conhecido por sua atmosfera e vida noturna, recebe muitos estudantes que querem viver no centro.

Pacífico

Está localizado na parte sul do distrito de Retiro e é uma das áreas centrais da capital. Com uma comunicação muito boa, tanto de ônibus quanto de metrô.

Argüelles

Ao lado de Moncloa, uma área eminentemente universitária. Tem as mesmas vantagens em termos de lazer e transporte público.

Cuidados necessários para encontrar quartos para alugar em Madrid

Chegou a hora de prestar atenção a inúmeros detalhes que jamais devem passar despercebidos para você encontrar quartos para alugar em Madrid. Confira nossas dicas abaixo:

Planejamento e a importância ao tempo de busca

Muitas vezes, por preguiça, deixamos a busca de um lugar para morar para o último momento. Entretanto, é de extrema importância fazer uma pesquisa e avaliar os seguintes fatores: média dos preços, espaço dos imóveis, localização e infraestrutura da região, entre outros. Quanto mais tempo e calma você tiver, mais fácil será encontrar algo que atenda todas as suas necessidades.

Visite o lugar e conheça as regras

Os apartamentos geralmente parecem maiores e mais bonitos nas fotos dos anúncios do que ao vivo. Então, não deixe de fazer uma visita para verificar o tamanho real do imóvel e em que condições ele está. Além disso, muitas vezes você encontra o cantinho perfeito, mas as regras e as despesas da casa não se encaixam no seu estilo de vida ou orçamento e acabam se tornando um pesadelo.
Dividir apartamento em Madrid
Portanto, antes de fechar o acordo converse com o locatário e se certifique sobre alguns itens como:

  • Valor médio das contas divididas entre os moradores da casa (água, luz, gás e internet);
  • Regras para limpeza;
  • Rotina dos outros moradores;
  • Possibilidade de receber visitas e fazer festas.

Cuidado com os golpes

Como em todo lugar, na Espanha também pode rolar uma tentativa de golpe na hora de procurar quartos para alugar em Madrid. A internet é muito útil, mas é comum ver golpistas se aproveitando dos estrangeiros pela falta de conhecimento sobre como as coisas funcionam no país. Eu mesma quase fui vítima quando estava no Brasil buscando um apartamento para alugar em Barcelona.
Desconfie dos anúncios com fotos lindas e decoração de revista por um preço abaixo de mercado. E o mais importante: nunca faça nenhum depósito antes de visitar o imóvel e exija um contrato assinado em mãos.

Alugar quarto ou apartamento? Confira as vantagens e desvantagens

Como tudo na vida, morar sozinho ou dividir apartamento com outra pessoa também tem suas desvantagens e desvantagens. Veja a seguir.

Vantagens de alugar um apartamento

A ideia de viver sozinho pode parecer um tanto solitária, mas faz toda diferença para quem adora paz, privacidade e pequenas liberdades. Imagine poder decorar e organizar a casa do seu jeitinho, andar pelos cômodos a vontade, assaltar a geladeira de madrugada sem incomodar o vizinho de quarto ou ouvir a sua playlist favorita no sofá da sala inúmeras vezes. Ou seja, você vai criar suas próprias regras.

Desvantagens de alugar um apartamento

Alugar apartamento em Madrid não é das tarefas mais fáceis. Principalmente se você acaba de chegar na cidade, não tem um contrato de trabalho, comprovante de renda e uma boa grana para pagar a fiança e as taxas cobradas pelas imobiliárias pelo serviço de intermediação de locação de imóveis.
Outra desvantagem é que, dependendo do seu orçamento, talvez seja mais complicado encontrar apartamentos bons no centro da cidade. As despesas da casa também serão maiores já que você não terá com quem dividir os gastos com luz, água, gás e internet.
Morar sozinho também significa não ter companhia para limpar e arrumar a casa, alguém para ajudar nos momentos mais simples como trocar uma lâmpada ou furar a parede para pendurar um quadro, ou ainda um ombro amigo quando bater aquela solidão.

Vantagens de alugar um quarto

Alugar um quarto significa gastar menos com aluguel e despesas básicas como luz, água, gás e internet já que, ao morar com uma ou mais pessoas, as contas do mês serão rachadas e todos vão pagar a mesma quantia. Essa opção também é perfeita para quem quer viver em um bairro central, melhor localizado, sem falir.
Outro ponto favorável em compartilhar um apartamento é poder ampliar o seu círculo social e quem sabe conhecer pessoas que se tornarão amigas por toda a vida. Ter alguém para ver aquela série na TV ou simplesmente jogar conversa fora é um ponto positivo se você gosta de estar sempre rodeado de pessoas. Sem mencionar que, uma vez morando com alguém, é mais fácil combinar saídas, programas e viagens em conjunto.
Com mais gente em casa, as tarefas domesticas serão divididas, o dia a dia será menos cansativo e sobrará mais tempo para o lazer. Além disso, no aluguel de um apartamento, internet e TV geralmente não estão no pacote e ao alugar um quarto, a vantagem é que você já entra com tudo instalado e só divide as contas.

Desvantagens de alugar um quarto

Se por um lado ter uma companhia permanente pode ser bom, por outro diminui bastante a privacidade e a liberdade. Ao dividir apartamento, você terá que se enquadrar e respeitar as regras da casa a fim de garantir a boa convivência e o bem-estar de todos. Ou seja, não dá pra fazer o que quiser, na hora que quiser e achar que está tudo bem. Se morar com a família já pode ser bastante difícil, imagine conviver com desconhecidos de hábitos e personalidades diferentes dos seus.
Se você estuda, por exemplo, seu estilo de vida pode ser muito diferente de alguém que trabalha ou de um casal mais velho e a convivência diária pode ser um grande desafio, assim como ter um companheiro de difícil temperamento.
Desvantagens de alugar um quarto em Madrid
Outro problema é a limpeza e a organização da casa. Não por acaso a faxina é uma das principais causas de brigas entre os moradores. Mesmo que as tarefas de cada um sejam combinadas, pode haver um bagunceiro na casa e sobrar para os outros. Então, é preciso muita cautela, paciência e tolerância para evitar desentendimentos quando você aluga um quarto. Portanto, reflita sobre os fatores acima mencionados e avalie se esta é a melhor opção para você.

Dicas para encontrar um quarto econômico para alugar em Madrid

Na hora de buscar quartos para alugar em Madrid, a dica para economizar é procurar com calma e antecedência nos sites ou redes sociais. Muitas vezes, morando um pouco mais afastado, você consegue melhores preços. Então, outra opção seria procurar em bairros afastados do centro, ou até mesmo na região metropolitana.
Em Madrid, a maioria dos subúrbios está bem conectados por meio dos transportes públicos e possuem serviços básicos como: supermercados, farmácia, lojas e posto de saúde. Os subúrbios do norte da cidade são os mais recomendados e entre eles indicamos Majadahonda, Pozuelo de Alarcón, San Sebastián de los Reyes e Alcobendas.

Dicas para encontrar um quarto com conforto para alugar em Madrid

Na hora de escolher quartos para alugar em Madrid, é preciso levar em conta que o seu novo cantinho tem que ser prazeroso e acolhedor. O ideal é que o espaço seja um local de relaxamento e, sobretudo, onde você possa desfrutar uma boa noite de sono. Vai ser difícil encontrar um colchão dos deuses, mas preste atenção em alguns detalhes importantes.
Na capital espanhola, os prédios costumam ser muito colados uns com os outros e os apartamentos são pequenos. Então, uma dica bastante importante é avaliar a iluminação do ambiente e saber se o quarto tem janela ou não.
Nas zonas mais antigas da cidade também é comum encontrar edifícios sem elevador e, dependendo do andar, você terá muitos lances de escada para subir. A localização é muito particular de cada um, mas para quem busca por conforto também é bom ter tudo o que precisa por perto: transporte, supermercados, farmácia, comércio e restaurantes ao redor.

Aproveite sua estadia em Madrid

A capital e sede do governo nacional é a maior cidade do país e também a mais populosa, com pouco mais de 6.700 milhões de habitantes. É grande, mas, ao mesmo tempo, acolhedora e cosmopolita. Localizada no coração da Península Ibérica, Madrid está muito bem conectada com outras regiões e em poucas horas de viagem você chega a diversos lugares como Andaluzia ou Catalunha. Além disso, tem o principal aeroporto internacional do país e concentra a maioria das grandes empresas multinacionais.
Madrid pode se gabar de ter alguns dos museus mais importantes do mundo, como o Museu do Prado e Reina Sofía. E também de receber grandes festivais de música, como o Mad Cool, A Summer Story, DCODE, Asot 900 e Download Festival. Embora a vida noturna seja efervescente com shows, cinemas e teatros, dá para escolher ter uma vida tranquila e curtir a natureza em belos lugares como o Parque do Retiro, por exemplo.
Com uma variedade enorme de restaurantes, você vai comer bem e gastar pouco. Isso, em uma grande capital, geralmente não é fácil. A cidade possui ainda um sistema de transporte público muito bom, com 13 linhas de metrô e 11 linhas de trens que conectam o centro com outras regiões.
Com as dicas acima, você já sabe como e onde buscar quartos para alugar em Madrid. Portanto, lembre-se que não basta preparar a mala e fazer uma festa de despedida com os amigos e a família. O segredo do êxito é preparar-se bastante, com muita cautela e planejamento e estar disposto a encarar os imprevistos. Essa mudança pode ser a maior e mais importante da sua vida.

Ajuda para morar na Espanha

Tem vontade de morar na Espanha e não sabe como começar o seu planejamento? É normal ter dúvidas em um processo de mudança de país! Pensando nisso, nossa equipe escreveu o Ebook Como Morar na Espanha com todos os passos que você precisa seguir para realizar esse sonho sem surpresas ou imprevistos! Vale a pena!