Visto de empreendedor na Espanha: saiba o que é e como solicitar

Espanha  / 

Apostar em ter um negócio próprio no exterior tem sido a solução buscada por empresários brasileiros que desejam iniciar, expandir e gerar lucros em território espanhol através do visto de empreendedor na Espanha.

A possibilidade para ter um visto de empreendedor na Espanha esta amparada por lei e tem a finalidade de atrair cada vez mais estrangeiros interessados em residir e aplicar recursos que aqueçam a economia do país.

O que é o visto de empreendedor na Espanha

É um tipo de visto concedido pelo governo espanhol e que brasileiros podem solicitar.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

O visto de empreendedor é concedido para pessoas que queiram abrir um negócio na Espanha, e é concedido desde que o interessado preencha os requisitos. Com o visto de empreendedor, o titular e a família, além dos dependentes economicamente do mesmo, poderão viver na Espanha legalmente. E, superando 2 anos de residência legal no país, podem entrar com o pedido de cidadania.

Veja também os demais tipos de visto para Espanha.

Como funciona o visto para empreender na Espanha?

Ser um investidor na Espanha não cabe em qualquer bolso, pois é necessário empregar uma quantia financeira significativa que é estabelecida de acordo com o investimento aplicado.

Esse tipo de visto autoriza a residência no país por 2 anos e posteriormente poderá ser renovado, desde que a empresa continue existindo e gerando volume de negócios.

Quem pode solicitar o visto de empreendedor na Espanha

Qualquer pessoa poderá requerer essa autorização, desde que apresente os requisitos exigidos pelo governo espanhol. São eles:

  • Comprar imóvel na Espanha no valor de quinhentos mil euros ou mais;
  • Ação ou depósito bancário de um milhão de euros ou superior;
  • Investimento de dois milhões de euros ou superior em títulos da dívida pública espanhola;
  • Projetos empresariais de interesse geral na Espanha (tecnologia, por exemplo).

Para iniciar o processo de solicitação do visto é necessário se dirigir até o Consulado Espanhol no Brasil e apresentar documentos pessoais e específicos do investimento. Posteriormente, o restante do processo dará seguimento na Espanha.

Quais são os requisitos para conseguir o visto de empreendedor?

Para se ter um visto de empreendedor na Espanha o primeiro passo é preencher os requisitos, e o primeiro deles é ter o perfil profissional: a qualificação adequada para exercer o que está propondo. E quando se trata de uma empresa com sócios, o governo espanhol avalia a capacidade de cada um dos membros.

Plano de Negócio: uma segunda e importante exigência do governo espanhol para concessão do visto de empreendedor.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Veja os dados que devem constar no documento de plano de negócio:

  • Data de início;
  • Local onde será exercida a atividade;
  • Tipo social da empresa;
  • Impacto que terá economicamente;
  • Descrição de quantas vagas de trabalho serão oferecidas;
  • Descrição do produto ou serviço que será prestado;
  • Estudo do mercado;
  • Estudo do público alvo;
  • Análise da oferta e da demanda e investimento e investidores.

E por fim, descrever qual o interesse econômico da Espanha com o empreendimento que se pretende fazer.

Conheça também o Visto D2 Portugal: visto de empreendedores para o país.

Documentos para solicitar o visto de empreender na Espanha

Os documentos básicos são:

  • Passaporte;
  • Certidão de Antecedentes criminais;
  • Comprovante de rendimentos para seu sustendo e da família;
  • No caso de imóveis adquiridos na Espanha, apresentar a escritura e o registro de propriedade.

Vale lembrar que outros documentos podem ser solicitados para comprovação.

Como é o processo desde o pedido até a concessão?

O pedido de visto de empreendedor deverá ser feito no Brasil, em um consulado espanhol. Neste link, você poderá encontrar mais informações do consulado mais perto da sua casa.

No consulado você será informado de toda documentação que deverá ser apresentada. Ressaltando que alguns documentos deverão ser traduzidos por tradutor juramentado.

O acompanhamento do processo deverá ser feito pela internet com o número que será concedido no consulado da Espanha.

Você pode fazer o agendamento para entrega da documentação neste site.

Confira também a lista completa de documentos para morar na Espanha.

Qual é o custo deste tipo de visto?

A taxa para o pedido de visto de empreendedor na Espanha, em junho de 2018 é de R$232, e o consulado só aceita pagamento feito em dinheiro, nada de cartão de débito ou crédito e nem cheque.

Se o visto for indeferido, o solicitante não tem direito ao dinheiro de volta.

O que devo fazer quando chegar na Espanha?

Uma vez que você consegue o visto e viaja para Espanha, ao chegar deve fazer a documentação que é exigida para todos os estrangeiros que vivem no país. O NIE, e no caso de uma pessoa com o visto de empreendedor pode ser feita a “tarjeta verde”, que é de residência.

Além disso, faça o empadronamiento, que serve para assinalar onde você está morando e é um documento que registra sua entrada no país e contará os 2 anos necessários para pedir a cidadania.

Qual a validade do visto e como é feita renovação?

O prazo inicial para quem tem o visto de empreendedor na Espanha, não importa o tipo de empreendimento, tem duração de 2 anos. Na Espanha mesmo, o prazo poderá ser renovado para 5 anos. Sempre observando se os requisitos para tal estejam dentro do exigido.

E tendo completado dois anos, o empreendedor também poderá dar entrada com o pedido de cidadania.

Entretanto, quem desejar morar na Espanha e ter o próprio negócio, mas não dispõe de rendimentos superiores a quinhentos mil euros, o país também oferece a possibilidade de residência e trabalho para aos pequenos e médios empresários brasileiros e seus familiares. Para conhecer detalhadamente os requisitos, documentações e como proceder, veja como abrir empresa na Espanha.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Taiana é brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilha no seu blog Partiu Espanha roteiros, dicas e as impressões de viver no exterior.